Banca de DEFESA: RAQUEL RIBEIRO BARBOSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RAQUEL RIBEIRO BARBOSA
DATA : 29/03/2019
HORA: 08:30
LOCAL: SALA 2 DO PPGCF
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DO POTENCIAL ANTI-HELMÍNTICODO EXTRATO DAS FOLHAS DA Calotropis procera EM NEMATÓIDES GASTRINTESTINAIS DE OVINOS PARA O DESENVOLVIMENTO DE FITOTERÁPICO DE USO VETERINÁRIO


PALAVRAS-CHAVES:

Apocynaceae, flor-de-seda,fitoterápico, nematodes, veterinária.


PÁGINAS: 121
RESUMO:

Os nematóides gastrintestinais são uma das principais preocupações de produtores no que diz respeito a sanidade de pequenos de ruminantes. A ocorrência da resistência anti-helmíntica, em função do uso indiscriminado, tem favorecido investigações sobre o uso de tratamentos alternativos. A C. procera pertence à família Apocynaceae, popularmente conhecida como “bombardeira”, “flor de seda”, “algodoeiro de seda” e “rosa cera”, nativa da África e Índia, a espécie, apresenta boa adaptabilidade às condições semiáridas do Nordeste brasileiro. Relatos dessa planta por produtores rurais indicam o uso na alimentação animal e no alívio de distúrbios gastrintestinais. Dessa forma, este estudo objetivou avaliar o potencial antihelmíntico do extrato hidroetanólico das folhas daC. procerapor meio de ensaios in vitro e in vivo em nematóides gastrintestinais de ovinos naturalmente infectados. O experimento foi divido nas seguintes etapas: I. Preparo do extrato e estudo fitoquímico;II. Avaliação da atividade anti-helmíntica in vitro;III.Avaliação da Citotoxicidade eToxicidade oral aguda e IV. Ensaio Clínico.Como resultados, o extrato que apresentou melhor perfil fitoquímico e rendimento foi o extrato em etanol 70% preparado na proporção 1g/20ml (planta/solvente),por meio da triagemfitoquímica foi observada a presença demetabólitos secundários pertencentes aos grupos dos flavonoides,saponinas, alcaloides e fenois.Ainda, a análise por Cromatografia em Camada Delgada,sugeriu a presença de rutina, canferol, vitexina.Na análise por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência Aclopada a Espectofotômetro de Massas Ion – Trapfoi possível identificar21 compostos fenólicos. Em relação ao estudo in vitro para avaliação da atividade anti-helmíntica, oextrato deC. procera apresentou um percentual de inibição da eclodibilidadede ovos superior a 90% naconcentraçãode 24mg/mle de 100 % nas concentrações superiores a 36 mg/ml após 48 h de incubação. No teste do desenvolvimento larval,mais de 90% das larvas permaneceram em estágio rabditóide em concentrações superiores a 6 mg/ml doextrato deC. procera. A avaliação da citotoxicidade pelo ensaio de MTT(brometo de [3-(4,5-dimetiltiazol-2yl)-2,5-difenil tetrazolium]) mostrou que as concentrações de 1 a 1.000 μg/ml do extratonão apresentaram citotoxicidade quando comparadas ao controle negativo. Oteste de toxicidade oral aguda em ratos, não apresentou mortalidade nas dosesde 1.000 mg/Kg e 2.000 mg/Kg, via oral, assim como, não foram observadasalterações significativas nos parâmetros hematológicos e bioquímicos nos grupos tratados. Os resultados apresentados no ensaio clínico com ovinosdemonstraram uma redução significativa (76%)pós-tratamento,no 14º dia na contagem de ovos por grama de fezes, quando administrada a dose oral única de 500 mg/Kg. Não foram observadas alterações hematológicas e bioquímicas que evidenciem toxicidade hepática e renal nos animais tratados com o extrato de C. procera.Pode-se concluir que esse estudo forneceu evidências da atividade anti-helmínticado extrato das folhas da C. procera em nematóides gastrintestinais de ovinos naturalmente infectados.Embora o extrato da C. procera possa não ter um efeito anti-helmíntico altamente eficaz (>90%), o efeito redutor observado nesse estudo pode ser de grande valor em programas de controle integrado de parasitos.


MEMBROS DA BANCA:
Externa ao Programa - 1714262 - LILIAN GIOTTO ZAROS DE MEDEIROS
Externa à Instituição - MAIRA CONCEIÇÃO JERONIMO DE SOUZA LIMA - UnP
Presidente - 1490222 - SILVANA MARIA ZUCOLOTTO LANGASSNER
Notícia cadastrada em: 14/03/2019 10:21
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao