Banca de DEFESA: CLAUDIA CECILIO DAHER

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CLAUDIA CECILIO DAHER
DATA: 27/03/2014
HORA: 09:00
LOCAL: AUDITÓRIO DO CCS
TÍTULO:

DESENVOLVIMENTO DE EMULSÕES O/A CONTENDO EXTRATO GLICÓLICO DE AÇAI E AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE FOTOPROTETORA


PALAVRAS-CHAVES:

Estabilidade Física; Euterpe oleracea; Fator de Proteção Solar; Fator de Proteção Solar UVA; Fotoprotetor


PÁGINAS: 115
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

O uso de protetor solar é uma das medidas de fotoproteção mais utilizada pela população, assim esses produtos devem oferecer proteção de amplo espectro contra as radiações UVA e UVB. Substâncias vegetais têm sido recentemente consideradas um recurso para ser utilizadas em formulações fotoprotetoras devido a sua absorção no espectro UV e propriedades antioxidantes. A Euterpe oleraceae Mart., conhecida popularmente como açaí, contém em sua composição química, compostos polifenólicos como as antocianinas e flavonoides, aos quais é atribuída a propriedade antioxidante. Esta pesquisa teve como objetivos desenvolver e avaliar a estabilidade de emulsões O/A contendo extrato glicólico de açaí e avaliar a eficácia fotoprotetora. A segurança do extrato foi determinada por meio de testes in vitro de citotoxicidade e fototoxicidade. Emulsões contendo extrato glicólico de açaí foram formuladas utilizando diferentes tipos e concentrações de emulsionantes poliméricos (Acrylates/C 10-30 Alkyl Acrylate Crosspolymer e Sodium Polyacrylate). A influência de dois modificadores reológicos (Carbomer e Polyacrylamide (and) C 13-14 Isoparaffin (and) Laureth-7) forma estudados com o objetivo de melhor a estabilidade. A estabilidade física foi avaliada por meio de testes preliminares e acelerados. A análise macroscópica, determinação dos valores de pH e condutividade elétrica e o comportamento reológico foram determinados em diferentes tempos. A determinação do Fator de Proteção Solar (FPS) in vivo foi realizado pelo método COLIPA 2006, e o Fator de Proteção UVA (FPUVA), comprimento de onda crítico e razão FPS/FPUVA, foram realizados de acordo com o método in vitro COLIPA 2011. O extrato em estudo não apresentou-se citotóxico e fototóxico. A emulsão estável contendo 5% de extrato glicólico de açaí e 1,0% de Sodium Polyacrylate apresentou caraterísticas pseudoplática e tixotrópica. A emulsão contendo o extrato de açaí obteve FPS 25,3 e FPUVA 14,97. A adição do extrato glicólico de açaí não proporcionou aumentou siginificante no FPS e o FPUVA. Esta emulsão apresentou 1,69 de razão FPS/FPUVA e comprimento de onda crítico em 378 nm, podendo então ser considerada um fotoprotetor de amplo espectro, com proteção contra UVA e UVB.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1714294 - MARCIO FERRARI
Interno - 1871916 - RAQUEL BRANDT GIORDANI
Externo à Instituição - VÂNIA RODRIGUES LEITE E SILVA - UNIFESP
Notícia cadastrada em: 26/03/2014 15:22
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa28-producao.info.ufrn.br.sigaa28-producao