Banca de DEFESA: VERONICA AURIDETE DANTAS MEDEIROS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : VERONICA AURIDETE DANTAS MEDEIROS
DATA : 16/08/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO:

Políticas de acesso à terra e desenvolvimento rural no município de Florânia - RN: entre as acões do INCRA e do Crédito Fundiário


PALAVRAS-CHAVES:

Desenvolvimento. Reforma Agrária Constitucional. Reforma Agrária de Mercado. Assentamentos rurais de Florânia RN


PÁGINAS: 208
RESUMO:

O presente trabalho faz uma análise acerca de duas políticas de acesso à terra implementadas no município de Florânia RN: a Reforma Agrária, que é conduzida pelo Estado Nacional, por meio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), e a outra, coordenada pela Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (SEAD), do Governo Federal, denominada de Reforma Agrária de Mercado, que conta com o apoio do Banco Mundial (BM). Trata-se de duas ações que discorrem sobre o acesso à terra e, consequentemente, uma possível melhoria de vida para a população envolvida. Para a realização deste estudo, a categoria de análise escolhida foi o desenvolvimento, bem como recorreu-se aos conceitos de desenvolvimento rural e políticas públicas. Assim, esta pesquisa tem como objetivo geral é analisar as políticas de acesso à terra (a Reforma Agrária Constitucional e a Reforma Agrária de Mercado), ressaltando à viabilização do desenvolvimento das áreas foco dessas políticas e da população rural por elas atendida no município de Florânia (RN), em um período que se estende do ano de 1998 até 2019 (período no qual foram construídos todos os assentamentos no referido município). A partir de pesquisa bibliográfica, documental e pesquisa de campo, este estudo foi desenvolvido e sistematizado, em três capítulos – além da introdução. No primeiro, apresenta-se uma abordagem sobre os conceitos de desenvolvimento e desenvolvimento rural, como também se discorre sobre políticas públicas criadas para o campo brasileiro. Nesta etapa, procura-se debater estes conceitos, visto que estas políticas podem ser consideradas como importantes instrumentos usados na busca pelo desenvolvimento. No segundo capítulo, analisou-se a dinâmica de funcionamento das duas políticas de acesso à terra existentes no Brasil e no Rio Grande do Norte, no contexto dos assentamentos rurais. No terceiro capítulo, procurou-se conhecer a atuação e a espacialização da Reforma Agrária Constitucional e da Reforma Agrária de Mercado no município de Florânia RN. Já no quarto capítulo, realizou-se uma comparação entre essas duas políticas, por meio da qual observou-se que a ação da Reforma Agrária Constitucional se destaca e se sobressai no município pesquisado, no que concerne à viabilização do desenvolvimento do lugar e da sua população, frente à execução da RAM.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1804195 - GLEYDSON PINHEIRO ALBANO
Interno - 4891437 - IAPONY RODRIGUES GALVAO
Externo ao Programa - 3214278 - LEANDRO VIEIRA CAVALCANTE
Externo à Instituição - PAULO SÉRGIO CUNHA FARIAS - UFCG
Notícia cadastrada em: 20/07/2021 16:16
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao