Banca de DEFESA: MATHEUS WINGLES ALVES RIBEIRO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MATHEUS WINGLES ALVES RIBEIRO
DATA : 22/11/2023
HORA: 14:00
LOCAL: Ambiente Virtual
TÍTULO:

Análise Espaço-Temporal da Frequência de Homicídios nos Bairros de Natal-RN no
Período de 2011 a 2021


PALAVRAS-CHAVES:

Análise Espaço-temporal; Crimes Violentos Letais Intencionais; Modelos
Bayesianos; CARBayesST.


PÁGINAS: 65
RESUMO:

Dados de área são informações, quantias ou indicadores que representam área
contíguam de uma determinada região, tais como países, cidades, entre outros. Eles são
objetos de estudo em variados campos como Geopolítica e Cartografia, Planejamento Urbano,
Meio Ambiente, Administração Pública e Saúde. Vários softwares foram desenvolvidos para
auxiliar no processamento desses tipos de dados, como por exemplo o CARBayesST,
desenvolvido para a linguagem R e conta com espaço-temporais estruturados em Prioris
Condicionais Autoregressivas (CAR) dentro de um cenário Bayesiano Hierárquico e utiliza
simulações de Monte Carlo Via Cadeias de Markov. O fenômeno da violência está presente
desde o início das civilizações. Ele é resultado da interação complexa de diversos elementos,
em adição exacerbada pela segregação e exclusão oriundas do processo de urbanização. O
termo crime é utilizado para descrever a violação das leis que regem uma sociedade, as quais
são balizadas por um sistema de justiça respaldado pelo Estado. A cidade de Natal, capital do
Rio Grande do Norte, saiu do status da cidade menos violenta em 2003 do país para a mais em
2017 com taxa 102,56 homicídio por cada 100 mil habitantes. A partir disso foi buscado
analisar os impactos no número de ocorrências de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs,
que se classificam como homicídios dolosos, lesão corporal seguida de óbito, roubo seguido de
morte, feminicídios e outras transgressões que levam a perdas de vidas, com exceção das
mortes ocorridas devido a ações de agentes de segurança do estado) nos bairros de Natal no
período de 2011 a 2021, utilizando o pacote CARBayesST. A verificação do melhor ajuste e
convergência, foi feita a partir dos critérios propostos por Geweke et al. (1991), Spiegelhalter
et al. (2002), Watanabe e Opper (2010) e Congdon (2005). Para as covariáveis foram
selecionadas as informações sobre o gasto de iluminação pública em megawatt-hora (Mwh), o
número de equipamentos públicos, como praças, delegacias e escolas, a renda nominal média
em quantidade de salários-mínimos, a taxa de analfabetismo, a quantidade de
empreendimentos e o percentual de pavimentação urbana extraídas da Secretaria Municipal
de Meio Ambiente e Urbanismo e Censo 2010 (CENSO, 2010), além da estimação populacional
e densidade demográfica obtidas a partir do Projeto Worldpop (WORLDPOP, 2013) que utiliza
bases censitárias e geoespaciais, imagens captadas por satélites modelando-as
estatisticamente produzindo estimativas da distribuição populacional em diversas áreas

globais. Como o intervalo de tempo do estudo contemplou o período pandêmico do Covid-19,
foi visto, com base em Freitas (2021), a necessidade da adição de covariável dummy para os
anos de pandemia.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 3010614 - ELIARDO GUIMARAES DA COSTA
Presidente - 1781198 - FIDEL ERNESTO CASTRO MORALES
Externo à Instituição - FRANCISCO ALIXANDRE ÁVILA RODRIGUES - UFCA
Notícia cadastrada em: 17/10/2023 15:07
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao