Banca de DEFESA: EMANUEL ALVES LEITE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : EMANUEL ALVES LEITE
DATA : 20/07/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Sala 38-D, DEART
TÍTULO:

LUGAR DE CIRCO É NA ESCOLA: O ESTUDO DA PALHAÇARIA EM EXPERIÊNCIA ARTÍSTICA PEDAGÓGICA


PALAVRAS-CHAVES:

Escola. Circo. Palhaço. Projeto artístico/pedagógico. 


PÁGINAS: 120
RESUMO:

Esta dissertação diz respeito à pesquisa denominada “Lugar de Circo é na
Escola: O Estudo da Palhaçaria em Experiência Artística Pedagógica”. Tem
como objeto de pesquisa o estudo do circo e da palhaçaria na Educação Básica
de ensino, a partir da análise do relato de experiência do projeto
artístico/pedagógico “Lugar de Circo é na Escola”, buscando ampliar a discussão
do conteúdo “circo e palhaço” em sala de aula. Enquanto
palhaço/professor/pesquisador, passei a refletir sobre como construir um
percurso artístico/pedagógico sistematizado para os estudos do circo e do
palhaço em turmas do ensino fundamental nas séries finais da Escola Maria de
Lourdes Bezerra, no município de Macau/RN, culminando no desenvolvimento
do projeto “Lugar de Circo é na Escola”, que se tornou objeto de análise e
reflexão desta pesquisa dissertativa. A pesquisa se desenvolveu a partir dos
seguintes questionamentos: Por que estudar circo e palhaço na escola? Qual o
potencial de uma ação como essa no contexto escolar? É possível ensinar a ser
palhaço? Que possibilidades metodológicas podem ser utilizadas para a
aprendizagem da palhaçaria na escola? Para responder às questões citadas, a
pesquisa ancora sua escrita na análise qualitativa, tendo como método a análise
de conteúdo proposta por Bardin (1977). Buscando compreender como se deu
o desenvolvimento, o envolvimento dos participantes e os desdobramentos do
projeto artístico/pedagógico já citado, bem como descrever e analisar o percurso
pedagógico e metodológico proposto pelo docente para um estudo
teórico/prático do circo e da palhaçaria, as reflexões em torno da pesquisa se
constroem e ampliam-se a partir da relação estabelecida entre o
desenvolvimento do projeto “Lugar de Circo é na Escola” na construção da
identidade dos palhaços (alunos) durante o projeto intercruzado aos estudos da
história do circo e da palhaçaria no Brasil e no mundo, além de apontar
desdobramentos dessa ação no ambiente escolar e fora dele. Para nossos
estudos e desenvolvimento dessa escrita, dialogamos com os seguintes autores:
naquilo que diz respeito à compreensão histórica do circo e da palhaçaria no
Brasil e no mundo, além de práticas vivenciais ligadas ao tema dessa
dissertação, a exemplo referenciamos Bolognesi (2003), Thebas (2005), Burnier
(2001), Lecoq (2010); sobre a Arte, o diálogo se deu com Barbosa (1991) e
Desgranges (2003), tudo isso para entender a pedagogia por mim utilizada no
desenvolvimento do projeto “Lugar de Circo e na Escola”. Assim, os autores
citados dão base para a costura dos retalhos de nossa empreitada pedagógica.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2145914 - LAIS GUARALDO
Presidente - 1958705 - MARCILIO DE SOUZA VIEIRA
Externo à Instituição - MONIQUE DEHEINZELIN - USP
Externo ao Programa - 1672505 - NAIRA NEIDE CIOTTI
Notícia cadastrada em: 05/07/2018 08:43
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa18-producao.info.ufrn.br.sigaa18-producao