Banca de DEFESA: ARTUR MARTINS GARCEZ

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ARTUR MARTINS GARCEZ
DATA : 20/06/2016
HORA: 15:00
LOCAL: Sala 38D, DEART
TÍTULO:

GRUPO DE DANÇA DO COLÉGIO MARISTA DE NATAL: Um percurso formativo pelas danças Populares


PALAVRAS-CHAVES:

Dança. Educação. Grupo de Dança. Processos Criativos. 


PÁGINAS: 105
RESUMO:

A pesquisa apresentada aqui é motivada por minhas experiências e vivências
com as danças populares no Colégio Marista de Natal. A escrita se propôs,
enquanto objetivo, a compreender a importância de ensinar danças populares a
uma equipe de alunos do Colégio Marista de Natal, bem como refletir a partir
de narrativas poéticas a construção de dois processos coreográficos criados
para o Grupo de Dança Popular. A partir do objetivo proposto, questionou-se:
Por que é importante ensinar a esses jovens danças populares na Educação
Básica? O trabalho foi desenvolvido através de uma análise, descritiva com
base em um estudo de campo. A metodologia Descritiva com Estudo de
Campo pode ser uma alternativa aplicável em diferentes áreas do
conhecimento e de atuação. A prática da pesquisa exige intensas relações
entre pesquisadores e atores da situação-problema. A intervenção da pesquisa
foi feita junto aos componentes do Grupo.de Dança Popular do Colégio Marista
de Natal. Esses alunos fazem parte do 7° ano do Ensino Fundamental a 3a
série do Ensino Médio. A pesquisa, dessa forma, torna-se relevante para o
meio acadêmico e artístico, uma vez que os escritos sobre grupos de dança
popular na escola ainda estão em construção. A contribuição que pretendo dar,
especificamente, ao Ensino da Arte justifica-se pela importância de sugerir
essas discussões para o âmbito escolar, considerando que a arte insere-se
nesse como componente curricular que carece de uma discussão mais
ampliada sobre as Artes Cênicas em especial. A pesquisa se justifica ainda por
compreender que a Dança, em especial, as danças da Cultura Popular são
pouco valorizadas no espaço escolar e que esta, na escola, pode ser vista
como um espaço de aprendizado possibilitando uma formação em dança.
Nesta dissertação, houve a descrição do !ocus do objeto de estudo e foi feita
uma apreciação a partir de narrativas poéticas de dois processos coreográficos
(Espetáculos), a saber: Danço Antônio Nobrega e Penso Cascudo, Danço
Ariano.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1958705 - MARCILIO DE SOUZA VIEIRA
Interno - 3230406 - JOSE SAVIO OLIVEIRA DE ARAUJO
Externo ao Programa - 2200162 - TEODORA DE ARAUJO ALVES
Externo à Instituição - THIAGO SILVA DE AMORIM JESUS - UFPel
Notícia cadastrada em: 17/06/2016 16:49
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa24-producao.info.ufrn.br.sigaa24-producao