PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de DEFESA: GIZELY DE VASCONCELOS L CAVALCANTE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GIZELY DE VASCONCELOS L CAVALCANTE
DATA: 09/01/2015
HORA: 14:00
LOCAL: AUDITORIO DO CCET
TÍTULO:

ESTUDO FITOQUÍMICO DE Bredemeyera floribunda WILLD


PALAVRAS-CHAVES:

Bredemeyera floribunda; Polygalaceae; “raiz-de-cobra”; antiofídico.


PÁGINAS: 104
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Orgânica
ESPECIALIDADE: Química dos Produtos Naturais
RESUMO:

Algumas espécies de plantas são utilizadas na medicina popular para tratar acidentes com animais peçonhentos. A espécie Bredemeyera floribunda Willd é uma destas. Ela pertence à família Polygalaceae e é conhecida popularmente como “raiz de cobra”. Além de suas propriedades antiofídicas, também é conhecida por suas propriedades expectorante, diurética e hipotensiva. Devido a sua importância etnofarmacológica, esta espécie ainda necessita de estudos acerca de seus constituintes químicos. Este trabalho relata o estudo fitoquímico realizado com as raízes desta espécie. Foram realizadas análises qualitativas através de técnicas cromatográficas: Cromatografia Líquida de Alta Eficiência, Cromatografia de Adsorção e Cromatografia de Exclusão Molecular.  O fracionamento cromatográfico do extrato etanólico das raízes resultou no isolamento de sete substâncias, sendo a primeira um derivado do ácido cinâmico, denominado (2E)- metil 3-(3,4,5-trimetoxifenil)-prop-2-enoato, inédita para o gênero. Foram isoladas também três xantonas, a primeira denominada 1,7-dihidroxi-3,4,8-trimetoxixantona, a segunda, 1,3,7-trihidroxi-4,8-dimetoxixantona, e uma terceira xantona dimetoxilada, inédita na literatura. Foram isolados dois carboidratos, sacarose e outro carboidrato bicíclico. E também foi isolado o flavonóide Rutina. Além disso, saponinas também foram identificadas. A determinação estrutural dos metabólitos secundários isolados foi realizada através da técnica espectroscópica: Ressonância Magnética Nuclear de 1H e 13C, através de seqüências de pulsos uni e bidimensionais e comparação com dados de RMN da literatura. Algumas substâncias isoladas, frações e o extrato etanólico foram submetidos a testes antiofídicos. Nestes ensaios, observou-se que o extrato mostrou-se ativo e que das substâncias testadas, as xantonas 1,3,7-trihidroxi-4,8-dimetoxixantona e 1,7-dihidroxi-3,4,8-trimetoxixantona obtiveram resultados satisfatórios. Frações contendo em xantonas e saponinas também foram submetidas aos testes e deram resultados positivos.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1569330 - GRAZIELLE TAVARES MALCHER
Externo à Instituição - MARIA DE FÁTIMA VANDERLEI DE SOUZA - UFPB
Presidente - 1569526 - RENATA MENDONCA ARAUJO
Notícia cadastrada em: 30/12/2014 16:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao