Banca de DEFESA: BARTIRA PEREIRA AMORIM

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : BARTIRA PEREIRA AMORIM
DATA : 06/08/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Via Meet https://meet.google.com/wxf-fqzz-izy
TÍTULO:

UMA ANÁLISE INTEGRATIVA DO DESEMPENHO DE INTERNATIONAL NEW VENTURES (INVs) EM EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA BRASILEIRAS


PALAVRAS-CHAVES:

Desempenho; International New Ventures; Experiência Internacional; Orientação Empreendedora; Orientação para o Mercado; Relações de Rede; Capacidades Dinâmicas.


PÁGINAS: 142
RESUMO:

Estudos sobre negócios internacionais possuem um vasto conhecimento sobre os antecedentes do desempenho. No entanto, no contexto das International New Ventures (INVs) encontra-se uma relativa escassez de pesquisas, onde diversos fatores são testados, mas não de forma integrada, como propõe a presente tese. Identificada essa lacuna, o estudo investiga fatores que influenciam o desempenho de INVs a partir de modelo conceitual integrativo dos construtos Orientação Empreendedora, Orientação para o Mercado, Relações de Rede, Capacidades Dinâmicas e Experiência Internacional. Para atingir o objetivo, foi realizada uma pesquisa exploratória e descritiva com abordagem quantitativa, cuja amostra é formada por 120 empresas de base tecnológica (EBTs) nacionais que se enquadram no conceito de INVs. A coleta dos dados ocorreu por meio de entrevistas telefônicas assistidas por computador. A principal técnica de análise dos dados utilizada foi a Análise de Equações Estruturais com estimação por Mínimos Quadrados Parciais (PLS-SEM), complementada por técnicas de segmentação da amostra para dois tipos de análise: múltiplos grupos (MGA) e de segmentação finite mixture (FIMIX), com apoio dos softwares SPSS e SmartPLS 3.0. Os resultados da pesquisa indicam que os principais fatores que afetam o desempenho dos INVs são a Orientação Empreendedora e a Orientação para o Mercado. Nas análises de segmentações da amostra, observa-se a confirmação da hipótese sobre as Relações de Rede da MGA para o grupo de empresas cujos gestores possuem experiência internacional, assim como para o grupo de empresas enquadradas em um dos segmentos gerados pelo FIMIX. Foi possível ainda verificar a confirmação da hipótese relacionada às Capacidades Dinâmicas no grupo de micro e pequenas empresas da MGA e nos dois segmentos gerados pelo FIMIX. Destaca-se que, em todas as análises de segmentação, os resultados corroboram para a não confirmação da hipótese de efeito da experiência internacional sobre o desempenho dos INVs, ao passo que, em todos os grupos e nos dois segmentos, a hipótese de efeito positivo da Orientação Empreendedora foi confirmada. Espera-se que os resultados deste estudo possam ser utilizados como balizadores tanto para gestores atuantes nos mercados internacionais, quanto para aqueles que buscam a atuação fora do país, direcionando sua atenção para os elementos que contribuem para o bom desempenho, seja estabelecendo parâmetros de avaliação e controle, seja definindo estratégias de atuação e fortalecimento do negócio.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149369 - ANATALIA SARAIVA MARTINS RAMOS
Interno - 054.681.464-60 - FELIPE LUIZ NEVES BEZERRA DE MELO - IFRN
Interno - 369.365.614-20 - MIGUEL EDUARDO MORENO ANEZ - UFRN
Externo à Instituição - FERNANDO ANTONIO DE MELO PEREIRA - UFBA
Externo à Instituição - IVAN LAPUENTE GARRIDO - Unisinos
Notícia cadastrada em: 14/07/2021 16:17
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa15-producao.info.ufrn.br.sigaa15-producao