Banca de DEFESA: PERILONIA OLIVEIRA CAMPOS DE SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : PERILONIA OLIVEIRA CAMPOS DE SOUZA
DATA : 29/07/2016
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório 2 do NEPSA II
TÍTULO:

A TRAJETORIA DE INSERÇÃO COMERCIAL DA REGIÃO NORDESTE: DE FHC A DILMA - UMA ANÁLISE A PARTIR DE ANOS SELECIONADOS


PALAVRAS-CHAVES:

Internacionalização da produção, Região Nordeste, Brasil, balança comercial, estados nordestinos.


PÁGINAS: 128
RESUMO:

O estudo trata da trajetória da inserção comercial da Região Nordeste no mercado internacional, a partir da pauta exportadora dos estados nordestinos, considerando três períodos distintos, qual seja, o primeiro mandato dos governos de Fernando Henrique Cardoso (1995-1998), de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2006) e de Dilma Rousseff (2011-2014).   Especificamente busca-se identificar possível mudança nesta trajetória tendo como base os principais produtos exportados, inclusive segundo o fator agregado, bem como os principais destinos dos mesmos. Para tanto, os procedimentos adotados perpassam: (a) uma revisão bibliográfica, utilizando estudos contribuem tanto para a compreensão sobre o processo de internacionalização da produção, bem como da economia brasileira, com vista a apreender as mudanças pelas quais passou o país neste período e como vem sendo construído o processo de inserção comercial da Região Nordeste; e, (b) pelo levantamento, sistematização e análise de dados referentes as balanças comerciais do Brasil,  Região Nordeste e estados nordestinos, disponibilizados pelo Ministério de Desenvolvimento, Indústria  e Comércio Exterior, por meio da Secretaria de Comércio Exterior – MDIC/SECEX,  com o intuito  de verificar a participação da Região Nordeste nas exportações brasileiras bem como observar se houve alguma mudança na estrutura da balança comercial dos estados nordestinos nos períodos selecionados. A análise dos dados aponta que devido a grande heterogeneidade dos estados nordestinos verifica-se que cada estado apresenta especificidades distintas em relação aos bens exportados, e que de uma forma geral a composição da pauta de exportação dos estados nordestinos demonstra uma relativa permanência de bens com baixo valor agregado, a exemplo das commodities agrícolas e industriais.  Ademais, os principais destinos dos produtos são os países desenvolvidos. Em suma, a compreensão da internacionalização comercial da produção da região nordeste é fundamental para a orientação para o desenho de instrumentos e/ou políticas que visem o desenvolvimento da região.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149536 - MARIA LUSSIEU DA SILVA
Externo ao Programa - 2344954 - LUZIENE DANTAS DE MACEDO
Externo à Instituição - KAIO CESAR FERNANDES - UFERSA
Notícia cadastrada em: 25/07/2016 09:05
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa23-producao.info.ufrn.br.sigaa23-producao