Banca de QUALIFICAÇÃO: ANDERSON GUIMARAES GUEDES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANDERSON GUIMARAES GUEDES
DATA: 16/08/2012
HORA: 14:00
LOCAL: A definir
TÍTULO:

FÍSICA DO MEIO AMBIENTE: DESAFIOS DE UMA DISCIPLINA INTERDISCIPLINAR FOCADA EM COMPETÊNCIAS


PALAVRAS-CHAVES:

Física e Meio Ambiente, Competências específicas, Projeto de Ensino.


PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências
RESUMO:

A disciplina de Física e Meio Ambiente (FMA) faz parte da grade curricular do curso de Licenciatura em Física da UFRN e é de caráter obrigatório. Tal caráter se justifica, dentre outros motivos, pelo fato desta disciplina representar a rara oportunidade dos licenciandos estudarem algumas relações que aproxima a Física da questão ambiental, ou seja, do Meio Ambiente em seus vários aspectos. Nesse sentido a disciplina visa a compreensão de que forma o desenvolvimento da Física e, como consequência, o desenvolvimento tecnológico estão relacionados com os impactos ambientais, bem como, por outro lado, das possibilidades de aplicação do conhecimento em Física, adquirido pelos alunos nas disciplinas do ciclo básico, nos estudos de problemas ambientais. Além disso, como em diversos países, reformas dos sistemas do ensino e dos modelos formativos já estão centrando suas atenções para elaborarem currículos baseados em competências e habilidades, nosso principal objetivo neste trabalho de pesquisa é o de propor uma reformatação do plano de ensino da disciplina de FMA em termos de competências específicas, o que, em outras palavras significa dizer que nossa proposta traz um conjunto mínimo de competências específicas que podem ser desenvolvidas durante esta disciplina e os respectivos critérios avaliativos. A pesquisa foi conduzida inicialmente com um levantamento histórico da disciplina desde sua origem no Departamento de Física ate os dias atuais, analise dos Projetos Pedagógicos do curso de Licenciatura em Física da UFRN, revisão bibliográfica sobre o desenvolvimento de competências segundo o pensamento de vanguarda nesse campo de pesquisa, acompanhamento do curso durante um semestre através de aulas observacionais e aplicação de questionários para a coleta de dados. Uma primeira análise de nossos dados sugere que temáticas de Física e Meio Ambiente, dado o seu caráter interdisciplinar, tem grande potencial para o desenvolvimento de competências e habilidades voltadas para o Ensino Médio, nível onde atuarão os futuros licenciados em Física formados na UFRN. Desta forma, em nossa proposta de ensino para FMA assume um caráter mais instrumental do que ”conteudista”, isto é, as competências a serem desenvolvidas durante o curso estão diretamente relacionadas com a atividade fim de um licenciando em Física, que é ensino de Física. Finalmente, esperamos que a nossa proposta de ensino para FMA conduza esta disciplina a um novo patamar dentro do projeto pedagógico do curso de licenciatura em Física da UFRN levando os futuros licenciados em Física a um saber mais reflexivo e crítico referente aos temas ambientais, a uma postura mais questionadora sobre a sua prática profissional e a uma maior facilidade na transposição de conhecimentos durante a sua prática profissional, aproximando, portanto, o saber acadêmico do saber escolar.

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2321499 - AUTA STELLA DE MEDEIROS GERMANO
Presidente - 348011 - GILVAN LUIZ BORBA
Interno - 2298026 - ISAURO BELTRAN NUNEZ
Notícia cadastrada em: 13/08/2012 11:36
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao