Banca de DEFESA: JOSÉ ROBERTO DE VASCONCELOS COSTA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ ROBERTO DE VASCONCELOS COSTA
DATA: 27/10/2011
HORA: 09:00
LOCAL: Setor III, Sala H5
TÍTULO:

Um hipermidia sobre fases da Lua para o ensino de astronomia a distancia


PALAVRAS-CHAVES:

Ensino de Astronomia, Ensino a Distancia, Fases da Lua, Concepções alternativas, Hipermídia.


PÁGINAS: 95
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências
RESUMO:

A característica interdisciplinar da Astronomia a torna um campo de grande potencial para explorar diversos conceitos científicos. Contudo, estudos demonstram grande deficiência na compreensão de conteúdos fundamentais dessa ciência, inclusive no que se refere a modelos que explicam fenômenos que marcam nosso cotidiano, como as fases da Lua. Particularmente em contextos de ensino a distância, a aprendizagem de tais modelos pode ser favorecida pelo uso das tecnologias da informação e comunicação. Entre outras possibilidades, destacamos a importância de materiais digitais que motivem e ao mesmo tempo ampliem as formas de representação disponíveis sobre fenômenos e modelos. É importante, por outro lado, que esses materiais favoreçam a explicitação das concepções do aluno, bem como a interação com os elementos explicativos mais centrais do modelo astronômico para o fenômeno. Nessa dissertação é apresentado um módulo hipermídia voltado à aprendizagem sobre as fases da Lua, elaborado a partir de uma investigação sobre as dificuldades com o tema no contexto da oferta da disciplina Astronomia para as licenciaturas a distância da UFRN. As provas de três semestres de oferta da disciplina foram analisadas, levando-se em consideração também concepções alternativas relatadas na literatura. O produto elaborado faz uso de pequenos textos, questões, imagens, e animações interativas. Dá ênfase a questionamentos sobre a iluminação da Lua e de outros corpos, e sua relação com o Sol; a percepção, a partir de diferentes ângulos, de objetos iluminados por uma fonte única; a causa da alternância entre dia e noite; a identificação da órbita da Lua em torno da Terra e a ocorrência das fases como resultado da posição de observação do astro; e a percepção dos tempos envolvidos no fenômeno. Foram incorporadas, em sua elaboração, considerações obtidas em entrevistas realizadas com alunos de dois pólos onde são ofertadas as licenciaturas a distância e com pessoas envolvidas como monitoras da disciplina, na UFRN ou em contextos de divulgação da Astronomia. A forma final assumida foi disponibilizada em contexto real de ensino, como material complementar, e analisada por alunos e tutores. Na amostra que usou e comentou o material, a grande maioria considera que o mesmo fez diferença em sua aprendizagem; as animações foram os elementos mais destacados; as imagens foram consideradas estimulantes e esclarecedoras, e o texto, esclarecedor e agradável. A análise da aprendizagem sugeriu ganhos em importantes aspectos referentes ao entendimento das fases, mas também indica que algumas dificuldades são mais persistentes. O trabalho nos leva a concluir que é importante buscarmos contribuições para a formação de professores de Ciências fazendo uso de novas tecnologias, mas com atenção à necessidade de que tais recursos sejam inseridos como instrumentos auxiliares de Ensino. Particularmente, no caso da Astronomia, consideramos fundamental o estímulo à observação dos fenômenos.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANTONIO CARLOS DA SILVA MIRANDA - UFRPE
Presidente - 2321499 - AUTA STELLA DE MEDEIROS GERMANO
Externo ao Programa - 1753713 - SILVIA CALBO AROCA
Notícia cadastrada em: 05/09/2011 10:46
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao