Banca de DEFESA: ROBERT DAVID FERNANDES DE SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ROBERT DAVID FERNANDES DE SOUSA
DATA : 21/03/2023
HORA: 19:00
LOCAL: https://meet.google.com/opg-jnkb-qmv
TÍTULO:

UMA HISTORIOGRAFIA DO TEMPO PRESENTE ENTRE AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DE MATEMÁTICA E A AVALIAÇÃO EXTERNA DO SPAECE EM UMA ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA NO CEARÁ


PALAVRAS-CHAVES:

Ensino da Matemática. SPAECE. Avaliação externa. História da Educação Matemática. Sequência Didática.


PÁGINAS: 146
RESUMO:

 

Este trabalho é centrado pelas interfaces da História da Educação Matemática (HEM) e apresenta uma historiografia do tempo presente sobre as práticas pedagógicas de Matemática em uma escola de educação básica no Estado do Ceará (CE) e a avaliação externa do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (SPAECE). Assim, toda essa temática se notabiliza pelas seguintes questões:  Quais práticas de ensino de Matemática estão presentes nesta escola? Os resultados do SPAECE influenciam na organização do trabalho do professor de Matemática? O processo de avaliação do SPAECE interfere no ensino de Matemática? Para responder a estes e outros questionamentos o objetivo geral deste trabalho é fazer um registro historiográfico das relações entre as práticas pedagógicas dos professores que ensinam Matemática e a avaliação externa em larga escala do SPAECE e como objetivos específicos: verificar quais as práticas de ensino de Matemática existentes por meio da observação e escuta dos professores que estão inseridos no contexto de sala de aula; publicizar estas práticas e compreender o lugar das políticas públicas educacionais de acompanhamento avaliativos e; discutir o ensino de Matemática perante as avaliações externas em larga escala. Esta pesquisa possui caráter qualitativo e, como estratégia metodológica de investigação, lançamos mão da pesquisa bibliográfica, observação participativa e entrevistas semiestruturadas. Foram entrevistados alguns professores que ensinam Matemática nessa escola. Como resultados, presença de uma intensa agenda de avaliações externas em larga escala dentro da escola e que este modelo está culturalmente estabelecido, e que a principal ferramenta de ensino para preparação dos estudantes para estas avaliações é simular exames anteriores, e que embora a avaliação externa favorece a um direcionamento, ela acaba por induzir os professores a desenvolver um currículo matemático que esteja alinhado as matrizes desta avaliação, além de responsabilizar estes agentes pelo sucesso e/ou fracasso gerando um “clima de tensão”, ainda em face deste registro percebemos que muitas das práticas são reproduzidas hereditariamente. Uma das exigências para quem faz Mestrado Profissional é o desenvolvimento de um Produto Educacional (PE), optamos pela elaboração de um Guia de Elaboração/Uso de Sequências Didáticas: conciliando demandas do ensino de Matemática e que em seu bojo apresentamos algumas discussões sobre estas demandas e, apresentamos como sugestão de metodologia e aplicação de uma Sequência Didática (SD) voltada para estudantes do ensino fundamental anos finais, sobre equações do segundo grau e que contempla algumas atividades digitais interativas. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3315007 - LILIANE DOS SANTOS GUTIERRE
Interna - 1839460 - MERCIA DE OLIVEIRA PONTES
Externa ao Programa - 1756133 - RITA DE CASSIA BARBOSA PAIVA MAGALHAES - UFRNExterna à Instituição - ROGÉRIA GAUDÊNCIO DO RÊGO - UFPB
Notícia cadastrada em: 28/02/2023 11:46
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao