Banca de DEFESA: ANELÂNDIA MARIA DA CONCEIÇÃO SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANELÂNDIA MARIA DA CONCEIÇÃO SILVA
DATA : 19/07/2019
HORA: 10:00
LOCAL: Auditório do CCET
TÍTULO:

Uma história do PIBID de Matemática da UERN/Mossoró-RN (2009 - 2018): memórias em um documentário


PALAVRAS-CHAVES:

Formação de professores; Ensino da Matemática; Laboratório de Ensino de Matemática; Documentário


PÁGINAS: 264
RESUMO:

O presente estudo refere-se a uma história sobre formação de professores de Matemática, que se deu a partir do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), no período de 2009 a 2018, na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) - campus central, localizada na cidade de Mossoró (RN). O PIBID é centrado no Ministério de Educação (MEC), gerenciado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (CAPES), e é direcionado ao fortalecimento da formação inicial de futuros professores, a fim de inseri-los no contexto da Educação Básica, em meio a uma parceria entre universidade e escolas públicas. Elecamos como questão-foco: de que forma as ações/atividades do PIBID-Matemática/UERN, desde a data de criação, em 2009, até 2018 foram planejadas e executadas? Para responder a este questionamento, temos como objetivo geral construir um registro historiográfico acerca das ações realizadas por aqueles que fizeram parte do PIBID de Matemática da UERN, no período de 2009 a 2018. Nossa pesquisa é de abordagem qualitativa com enfoque na História Cultural (CHARTIER, 1999). Consideramos importante contar essa história, uma vez que ela nos revela as atividades que foram desenvolvidas no PIBID de Matemática da UERN, neste período de tempo. Para tanto, realizamos entrevistas com pessoas que vivenciaram o PIBID de Matemática da UERN, a saber: 4 (quatro) Coordenadores de área (3 bolsistas e 1 voluntária), um Supervisor de área, 7 (sete) Bolsistas de iniciação à docência (6 bolsistas e 1 voluntário), uma ex-coordenadora pedagógica, que atuou na escola Estadual Centenário de Mossoró; e uma ex-diretora da Escola Estadual Professor José de Freitas Nobre. Além disso, recorremos a documentos, como por exemplo, Editais do referido Programa, relatórios parciais e semestrais de atividades e, para a análise desses documentos no amparamos em Le Goff (2003), o qual salienta a importância que o documento pode proporcionar na sociedade. No mais, em virtude da nossa pesquisa ser advinda de um Mestrado Profissional, é apresentado um documentário, que construímos para ser o nosso Produto Educacional. Ele é intitulado “O PIBID de Matemática da UERN: encontros de memórias” com finalidade de mostrar um pouco a experiência ocasionada naqueles que vivenciaram o PIBID de Matemática, por meio das ações realizadas no período de 2010 a 2018. Esse documentário foi produzido com os depoimentos dos entrevistados mencionados acima, e desejamos que ele seja um importante auxílio para a formação docente. A análise dos dados obtidos mostrou que o subprojeto de Matemática obteve 4 (quatro) coordenadores de área cadastrados, 5 (cinco) supervisores de área e 83 (oitenta e três) bolsistas de iniciação à docência cadastrados. Houve participação de bolsistas, que não eram cadastrados, nas 3 (três) funções mencionadas. Os pibidianos desenvolveram várias ações, a exemplos: produção de artigos; ministraram aulões preparatórios para as turmas da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e da Prova Brasil; atuaram em escolas que não eram conveniadas pelo PIBID/UERN; realizaram estudos e produção de materiais didáticos pedagógicos voltados ao Laboratório de Ensino de Matemática (LEM), o que se tornou a marca fundamental dos bolsistas que atuaram neste subprojeto, inclusive colaboraram na implantação de 3 (três) LEM nas escolas convenidadas pelo PIBID/UERN. Realizaram ações extraclasses, como os projetos “Salão de Jogos Matemáticos” e “a volta da Jornada Matemática”. Diante das ações desenvolvidas, resgatou-se a autoestima dos bolsistas de iniciação à docência, a fim de que eles permanecessem no curso de licenciatura em Matemática e, ainda, aproximou os egressos à universidade, o que tornou o curso de licenciatura em Matemática um lugar de destaque na região. Foram muitas as dificuldades, principalmente quanto à estrutura física das escolas conveniadas, para poder colocar em prática determinadas ações, a exemplo, a implantação dos Laboratórios.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1630654 - FERNANDO GUEDES CURY
Presidente - 3315007 - LILIANE DOS SANTOS GUTIERRE
Externa à Instituição - MARIZA SILVA DE ARAÚJO - IFESP
Notícia cadastrada em: 05/07/2019 17:39
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa02-producao.info.ufrn.br.sigaa02-producao