Banca de DEFESA: ANYELLE DA SILVA PEREIRA PEIXOTO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANYELLE DA SILVA PEREIRA PEIXOTO
DATA : 17/05/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do CCET
TÍTULO:

A QUÍMICA DOS METAIS: UMA ABORDAGEM CTS PARA DISCUTIR A PROBLEMÁTICA DOS RESÍDUOS ELETROELETRÔNICOS


PALAVRAS-CHAVES:

CTS, REE, Ensino de Química, Metais, Educação Ambiental


PÁGINAS: 145
RESUMO:

Estudos na área da Educação evidenciam a necessidade de uma formação cidadã para a tomada de decisão. Nesse sentido, a participação social tornou-se necessária diante do desenvolvimento científico-tecnológico. Partindo do pressuposto que o Ensino de Química deve possibilitar a assimilação das vivências dos alunos e ampliá-las à problemas coletivos, discutir acerca da problemática dos Resíduos Eletroeletrônicos (REE) mostrou-se relevante, bem como promover a Educação Ambiental no que tange o consumo e descarte dos Equipamentos Eletroeletrônico (EEE). Diante disto, foi elaborada uma Sequência Didática(SD) voltada para o (a)professor (a) como produto educacional, a qual visa contribuir com o estudo da química dos metais na Educação Básica. O lócus da aplicação da sequência foi uma turma da 2º série do Ensino Médio do Colégio Estadual do Atheneu Norte Riograndense. As atividades foram desenvolvidas durante oito encontros e objetivaram relacionar a problemática dos REE aos conceitos químicos em uma abordagem que articula Ciência, Tecnologia e Sociedade(CTS). Para tanto, realizou-se atividades como leitura de jornais; utilização de uma cartilha informativa; aula sobre as propriedades, aplicações e riscos dos metais presentes nos EEE; palestra sobre a aplicação dos metais em restaurações dentária; como também coletou-se REE na referida escola durante vinte dias. A pesquisa possui natureza qualitativa e utilizou como técnica a observação participante. Os instrumentos de coleta de dados foram questionários, registros de atividades e diários de campo. Os resultados sinalizaram que os estudantes pouco conhecem sobre os REE e a problemática referente ao seu descarte.Além disso, não identificaram os Ecopontos de REE distribuídos na cidade de Natal/RN, o que acarreta em acúmulo desses resíduos nas residências. O desconhecimento dos constituintes químicosnos EEE foi percebido durante a intervenção, por isso, o estudo dos metais pode favorecer a compreensão da composição químicas dos EEE e contribuir à sua destinação adequada. A obsolescência tecnológica e a influência da mídia foram percebidas como incentivadoras ao consumo de equipamentos e agravante à geração de resíduos. Sendo assim, os estudantes idealizaram EEE considerando aspectos voltados à sustentabilidade. A atividade de coleta e divulgação de informações sobre os REE foi eleita como preferida pelos estudantes, já que se sentiram os protagonistas do processo. Ao total, coletou-se vinte e cinco quilos de resíduos. Ante ao exposto, é possível considerar a relevância de tais momentos formativos para a concretização dos pressupostos da Educação Ambiental vinculada à Educação CTS.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2525587 - CARLOS NECO DA SILVA JUNIOR
Presidente - 1630751 - JOSIVANIA MARISA DANTAS
Externa à Instituição - RUTH DO NASCIMENTO FIRME - UFRPE
Notícia cadastrada em: 03/05/2019 11:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa16-producao.info.ufrn.br.sigaa16-producao