Banca de QUALIFICAÇÃO: LETÍCIA DOS SANTOS FONSÊCA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LETÍCIA DOS SANTOS FONSÊCA
DATA : 18/03/2019
HORA: 08:30
LOCAL: Sala 51 do CCET
TÍTULO:

DIVERSIDADE EPISTEMOLÓGICA NO ENSINO DE ASTRONOMIA: UM CURSO PARA PROFESSORES ENVOLVENDO CONHECIMENTOS GUARANI E MENDONÇA SOBRE O CÉU


PALAVRAS-CHAVES:

Educação em Astronomia; Diversidade epistemológica; Astronomia Cultural; Conhecimentos indígenas sobre o céu; Perspectivismo ameríndio.


PÁGINAS: 75
RESUMO:

Apresentamos uma proposta de curso de formação de professores que tem por base, e como finalidade, o fomento à valorização e ao respeito à diversidade epistemológica, dentro de sala de aula. Nosso estudo utiliza como fundamentos teóricos: elementos conceituais da abordagem humanística para o Ensino da Astronomia, em particular o respeito à diversidade epistemológica, e a valorização da vivência do céu; os movimentos nacionais e internacionais para a valorização das autoctonias, como sistematizado pela Declaração Universal sobre a Diversidade Cultural, proclamada pela UNESCO em 2002 e a Lei 11645/2008; estudos da Etnologia indígena, especificadamente a teoria antropológica intitulada Perspectivismo Ameríndio, fonte rica do exercício do conhecimento de novas matrizes epistemológicas; relatos etnográficos dos conhecimentos indígenas Guarani sobre o céu e nossas próprias pesquisas de campo acerca dos conhecimentos sobre o céu dos Mendonça do RN. O curso está estruturado em três módulos - a serem desenvolvidos em seis encontros, quais sejam, Os céus e as culturas, no qual refletimos sobre a importância da inclusão de conhecimentos indígenas na educação em Astronomia; As culturas e os olhares, que busca um exercício de olhar para outras culturas identificando epistemologias diversas da nossa, por meio do estudo do perspectivismo, teoria antropológica sobre a visão de mundo de diversos povos ameríndios; e Céus e culturas Mendonça e Guarani Mbyá, no qual busca-se fomentar conhecimentos, a vivência e a exploração de estratégias e materiais sobre conhecimentos tradicionais Guarani e Mendonça, em especial a relação terra-céu estabelecida por esses povos com a Lua e as constelações/asterismos, para serem levados às salas de aula da Educação Básica. Desenvolvemos para todos os módulos do curso materiais de leitura para o professor, que serão entregues e utilizados no decorrer dos encontros, são eles: Os céus e as culturas, Povos indígenas e diversidade cultural no ensino, O perspectivismo ameríndio: exercício de compreensão de outras epistemologias, Relações céu e terra pelos indígenas Guarani, Relações céu e terra entre os Mendonça do RN. A proposta, com carga horária de 30 horas, será aplicada no segundo semestre de 2019, focalizando professores da área das Ciências da Natureza e demais interessados no ensino da Astronomia numa perspectiva de valorização da diversidade de conhecimentos das culturas sobre o céu. Serão oferecidas 25 vagas, e utilizaremos, para avaliação do Curso, gravação de áudios, anotações no diário de campo da ministrante, ficha de inscrição, formulário de avaliação e roda de conversa com os participantes. Os dados serão analisados e o resultado será utilizado de modo a melhorar a proposta para a versão final a ser apresentada por ocasião da conclusão do nosso trabalho de mestrado junto ao PPGECNM.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2321499 - AUTA STELLA DE MEDEIROS GERMANO
Externo ao Programa - 1337383 - JOSE GLEBSON VIEIRA
Externo à Instituição - LUIZ CARLOS JAFELICE - UFRN
Notícia cadastrada em: 15/03/2019 15:04
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa18-producao.info.ufrn.br.sigaa18-producao