Banca de DEFESA: THIAGO PEREIRA DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THIAGO PEREIRA DA SILVA
DATA: 15/06/2015
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do CCET
TÍTULO:

CONSTRUÇÃO E AVALIAÇÃO DE UMA UNIDADE DE ENSINO POTENCIALMENTE SIGNIFICATIVA PARA O CONTEÚDO DE TERMOQUÍMICA


PALAVRAS-CHAVES:

UEPS, Aprendizagem significativa, Termoquímica, Mapas Conceituais.


PÁGINAS: 151
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências
RESUMO:

Nos dias atuais, oferecer uma educação para o exercício da cidadania é função primordial das políticas públicas educacionais, conforme estabelece a constituição brasileira e legislação de ensino. Essa função vem sendo defendida por muitos professores no Ensino Médio, atribuindo-se a disciplina de Química o papel de proporcionar um ensino crítico, participativo, reflexivo e humano. Segundo os documentos oficiais brasileiros, o estudo do conceito de energia deve favorecer o desenvolvimento de competências para que o aluno compreenda a produção e o seu uso em diferentes fenômenos e possam interpretá-los de acordo com modelos explicativos, além de saber avaliar e julgar os benefícios e riscos da produção e do uso de diferentes formas de energia nos sistemas naturais construídos pelo homem, articulando com outras áreas de conhecimento na procura de promover a interdisciplinaridade. As unidades de ensino potencialmente significativas (UEPS), tomam como base um conjunto de teorias de aprendizagem que tem o intuito de promover um ensino com base na aprendizagem significativa e podem ajudar os estudantes nas diferentes relações que um conceito pode ter. Neste sentido, o estudo da Termoquímica a partir do trabalho com a UEPS, poderá ser um importante tema que favorecerá um ensino de Química construtivista. Assim, o objetivo deste trabalho é construir e avaliar uma UEPS com base nas teorias de Ausubel e Moreira para o conteúdo de Termoquímica. Inicialmente a UEPS foi avaliada por 22 professores em formação inicial de duas instituições públicas de ensino superior. Em seguida, ela foi aplicada com 15 alunos do 2° ano da Escola Estadual de Ensino Médio Prof. Raul Córdula, localizada na cidade de Campina Grande-PB. Para a coleta de dados, inicialmente foi aplicado com os professores em formação, um instrumento de validação de unidade didáticas baseada na Engenharia Didática proposta por Artigue (1996 apud Guimarães e Giordan, 2011) com objetivo de socializar a proposta e verificar a existência de critérios importantes que devem está presentes dentro da UEPS. Já para os alunos do ensino médio, foram utilizados mapas conceituais para diagnosticar indícios de aprendizagem significativa e uma escala de Likert para a avaliação da proposta didática pelos alunos. Para a descrição dos dados, foram utilizados os pressupostos da análise de conteúdo de Bardin. Como produto educacional foi elaborado a Unidade de Ensino Potencialmente Significativa e um DVD contendo orientações de como trabalhar com a proposta. Os resultados deste trabalho revelam que os licenciandos são favoráveis ao uso da UEPS na Educação Básica onde se observa através do instrumento de validação aplicado, que a maioria das respostas atribuídas por eles, ficou entre os itens suficiente e mais que suficiente. Em relação aos alunos do Ensino Médio, a proposta gerou motivação na aprendizagem dos conceitos da termoquímica e também foi possível perceber que os mapas conceituais apresentados pelos alunos ficaram mais elaborados quando comparados em dois diferentes momentos da aplicação da UEPS. Em relação à avaliação da UEPS, 90% dos estudantes aprovaram a unidade didática como uma proposta favorável para gerar uma aprendizagem significativa.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2525587 - CARLOS NECO DA SILVA JUNIOR
Externo à Instituição - EDUARDO GOMES ONOFRE - UEPB
Interno - 1718598 - FERNANDA MARUR MAZZE
Notícia cadastrada em: 18/05/2015 17:42
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao