Banca de QUALIFICAÇÃO: MOAN JÉFTER FERNANDES COSTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MOAN JÉFTER FERNANDES COSTA
DATA : 04/12/2017
HORA: 08:00
LOCAL: FACISA SALA 9
TÍTULO:

Avaliação da saúde bucal e das disfunções temporomandibulares de idosos institucionalizados e residentes da cidade de Cuité-PB.


PALAVRAS-CHAVES:

Assistência à idosos. Qualidade de vida. Saúde bucal. Odontologia geriátrica. Saúde pública.


PÁGINAS: 20
RESUMO:

Objetivo: Avaliar a autopercepção de saúde bucal nas dimensões física, psicossocial e dor/desconforto atreladas às condições clínicas e dores orofaciais de idosos institucionalizados, residentes na zona urbana e na zona rural de uma cidade no interior da Paraíba. Método: Estudo observacional, do tipo transversal, com abordagem quantitativa, de base populacional e amostragem não probabilística por conveniência entre 81 idosos, sendo 27 residentes numa instituição de longa permanência e os demais pareados por sexo e idade entre idosos da zona urbana e zona rural. Foram utilizados o GOHAI (Geriatric Oral Health Assessment Index) para avaliação da autopercepção da saúde bucal na qualidade de vida, o QST/DTM (Questionnaire For Screening Of Patients With Temporomandibular Disorders) para as influências das dores orofaciais e ainda os índices de biofilme em dente por Silness e Loe e em próteses por Ambjornesen. Resultados: Foi encontrada uma predominância maior de idosos do sexo feminino (74,1%), com 93,8% destes idosos estando aposentados e 51,9% recebendo de 2 a 5 salários mínimos. A média encontrada do GOHAI foi de 1,94±0,927 com maior média entre os moradores da zona urbana, sendo 2,26±0,813. Com relação ao QST/DTM, 67,9% dos pacientes foram classificados como portadores. Dos índices de biofilme, 58% apresentaram biofilme presente em prótese ou em dentes, com destaque para os moradores da zona rural onde a frequência observada foi maior, 81,5%. Conclusão: Idosos da zona urbana apresentaram melhor saúde oral relatada. Mais da metade da amostra apresentou disfunção temporomandibular. Idosos da zona rural apresentaram maior frequência de biofilme presente em prótese ou em dentes, mostrando a precariedade da saúde oral neste cenário.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2218684 - MARCELO CARDOSO DE SOUZA
Externo ao Programa - 2275864 - CAIO ALANO DE ALMEIDA LINS
Externo ao Programa - 2090691 - JULIANA MARIA GAZZOLA
Notícia cadastrada em: 13/11/2017 14:30
SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao