Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFRN

2019
Dissertações
1
  • KAÍSE CANUTO DA SILVA
  • NOS PASSOS DO PEREGRINO: TURISMO E RELIGIOSIDADE EM SANTA CRUZ DOS MILAGRES (PI)

  • Orientador : MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUIZ CARVALHO DE ASSUNCAO
  • CHRISTIAN DENNYS MONTEIRO DE OLIVEIRA
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • ALMIR FELIX BATISTA DE OLIVEIRA
  • MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • Data: 19/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa teve como objetivo analisar a tríade festiva na cidade de Santa Cruz dos Milagres (PI) e as estratégias políticas e eclesiais existentes na proposta de criação de um destino turístico religioso. Santa Cruz dos Milagres está localizada no Estado do Piauí, região Nordeste do Brasil e representa um centro religioso do catolicismo popular. Para alcançar tal objetivo, foram pesquisadas as Festas: Invenção da Santa Cruz, Exaltação da Santa Cruz e Encontro dos Santos, três importantes celebrações religiosas realizadas em períodos distintos. Cujas dimensões sócio religiosas se constituem como fundamentos culturais, históricos e econômicos, potenciais para promover a cidade de Santa Cruz dos Milagres como um destino turístico religioso. Para a realização da pesquisa, utilizou-se a abordagem qualitativa, que envolveu pesquisa bibliográfica, documental e empírica. Empregou-se o método compreensivo, recorrendo-se as técnicas de observação participante, entrevistas semiestruturadas com representantes da Igreja, poder público e comunidade local, além de aplicação de questionário com os devotos e registro em diário de campo. As análises das falas dos sujeitos foram realizadas por meio da análise descritiva e de conteúdo. Tratam-se de três eventos protagonizados, sobretudo, por devotos que juntamente com os moradores locais e o aval da Igreja Católica, reatualizam suas crenças e ritos sagrados que dão legitimidade ao fenômeno religioso. Os resultados da pesquisa apontam a existência de estratégias políticas e eclesiais, voltadas para a promoção de Santa Cruz dos Milagres, embora estas estratégias se apresentem desarticuladas, atuam em diferentes dimensões. As ações do Estado estão centradas no discurso do desenvolvimento econômico, associado a promoção turística. Sobretudo, a partir da política de regionalização do turismo empreendida a partir de 2004, que divulga a Cidade enquanto polo turístico religioso no Piauí. Enquanto isso, a Igreja Católica, também se utiliza do discurso do turismo religioso, para avançar no seu projeto de evangelização e legitimação no espaço sagrado de Santa Cruz dos Milagres, por meio da construção de símbolos. Como a construção do novo templo, que busca inserir-se nesta lógica de modernização dos santuários católicos. A comunidade local reconhece a dependência diante da atividade religiosa, uma vez que esta estimula o comércio local. Com relação as práticas dos devotos, foram identificadas permanências e mudanças, por meio de ações que incorporam novos elementos tão sagrados quanto turísticos, capazes de impulsionar a atividade turística.


  • Mostrar Abstract
  • This research aimed to analyze the festive triad in the city of Santa Cruz dos Milagres (PI) and the strategies of the political and ecclesial actions existing in the proposal to create a religious tourist destination. Santa Cruz dos Milagres is located in the state of Piauí, northeast region of Brazil and represents a religious center of popular Catholicism. To achieve this objective, the festivities were researched: invention of the Holy Cross, exaltation of the Holy Cross and meeting of the Saints, three important religious celebrations held in different periods. whose socio-religious dimensions constitute cultural, historical and economic foundations, potential to promote the city of Santa Cruz dos Milagres as a religious tourist destination. The qualitative approach was used to conduct the research, which involved bibliographic, documental and empirical research. The comprehensive method was used, using participant observation techniques, semi-structured interviews with representatives of the Church, public authorities and local community, in addition to applying a questionnaire with devotees and recording in a diary of Field. The analyses of the subjects ' statements were performed by means of descriptive and content analysis. These are three events, mainly by devotees that together with local residents and the endorsement of the Catholic Church, reupdate their sacred beliefs and rites that give legitimacy to the religious phenomenon. The results of the research point to the existence of political and ecclesial strategies aimed at the promotion of Santa Cruz dos Milagres, although these strategies are disjointed, act in different dimensions. The actions of the state are centered on the discourse of economic development, associated with tourism promotion. Above all, from the policy of regionalization of tourism undertaken from 2004, which disseminates the city as a religious tourist hub in Piauí. Meanwhile, the Catholic Church, also uses the discourse of religious tourism, to advance in its project of evangelization and legitimation in the sacred space of Santa Cruz dos Milagres, through the creation of symbols. As the construction of the new temple, which seeks to insert itself in this logic of modernization of the Catholic sanctuaries. The local community recognizes dependence on religious activity, since it stimulates local trade. Regarding the practices of devotees, permanences and changes were identified, through actions that incorporate new elements as sacred as tourism, capable of boosting tourism activity.


      

2
  • JESSYCA RODRIGUES HENRIQUE DA SILVA
  • IMPACTOS DA TECNOLOGIA NOS PROCESSOS DE GESTÃO DE PESSOAS: UM ESTUDO NO SETOR HOTELEIRO

  • Orientador : LEILIANNE MICHELLE TRINDADE DA SILVA BARRETO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • Nelsio Rodrigues de Abreu
  • LEILIANNE MICHELLE TRINDADE DA SILVA BARRETO
  • LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • Data: 27/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo tem como objetivo investigar os impactos do uso da tecnologia nos processos de gestão de pessoas do setor hoteleiro. Nas últimas décadas, evidencia-se no campo de gestão de pessoas a viabilidade de novas oportunidades de negócios, ao ritmo em que o capital humano passa a ser reconhecido como fonte de vantagem competitiva, sustentável e de difícil imitação. Os hotéis, por fazerem parte do setor de serviços, são profundamente dependentes do comportamento de seus colaboradores. Por isso, torna-se pertinente investigar práticas de gestão de pessoas aplicadas a este contexto. Essa investigação, parte do pressuposto de que o uso da tecnologia nos processos de gestão de pessoas (e-RH), poderá conduzir estas empresas a uma vantagem competitiva superior. Em termos metodológicos, a pesquisa possui uma abordagem qualitativa, exploratória e descritiva. Em um primeiro momento, uma amostra de dez empreendimentos hoteleiros foi investigada, com o intuito de identificar a inserção das aplicações tecnológicas aos seguintes procedimentos: recrutamento e seleção, treinamento e desenvolvimento, avaliação de desempenho e remuneração e recompensa dos colaboradores. Para nortear o estudo, entrevistas foram realizadas com os principais gestores da área em cada unidade. Apoiado no método de análise de conteúdo e auxilio do software NVivo Versão 10, os dados foram categorizados e chegou-se aos seguintes resultados: os hotéis em sua maioria possuem uma gestão de pessoas fragilizada, dependente de outras áreas e com processos considerados tradicionais. Embora, exista impactos tecnológicos, o e-RH ainda se encontra em fase inicial e longe de um planejamento estratégico mais abrangente. Em algumas atividades, percebe-se um maior esforço tecnológico, enquanto outras, encontram-se vulneráveis. A tecnologia tem auxiliado principalmente em rotinas administrativas de recrutamento, compensação, avaliações e treinamentos. Porém, ainda não se visualiza uma força de trabalho preparada para mudanças. Por fim, chega-se à conclusão que, para que os hotéis venham a evoluir para um campo estratégico de e-RH, não é suficiente apenas mudanças pontuais, existe a necessidade de transformações mais amplas, que envolva aspectos valorativos e culturais dos que fazem parte.


  • Mostrar Abstract
  • The present study aims to investigate the impacts of the use of technology in the hotel management processes of the hotel sector. In recent decades, the viability of new business opportunities has become evident in the field of people management, at the rate at which human capital is recognized as a source of competitive advantage, sustainable and difficult to imitate. Hotels, because they are part of the service sector, are deeply dependent on the behavior of their employees. It is therefore relevant to investigate people management practices applied in this context. This research, based on the assumption that the use of technology in people management processes (e-HR), could lead these companies to a superior competitive advantage. In methodological terms, the research has a qualitative, exploratory and descriptive approach. Initially, a sample of ten hotel developments was investigated in order to identify the insertion of technological applications into the following procedures: recruitment and selection, training and development, evaluation of performance and compensation and rewards of employees. To guide the study, interviews were conducted with the main area managers in each unit. Based on the NVivo Version 10 software, the data were categorized and the following results were obtained: most hotels have fragile people management, dependent on other areas and with processes considered traditional. Although there are technological impacts, e-HR is still at an early stage and far from more comprehensive strategic planning. In some activities, one perceives a greater technological effort, while others are vulnerable. The technology has mainly aided in administrative routines of recruitment, compensation, evaluations and trainings. However, a workforce prepared for change is not yet envisaged. Finally, it is concluded that, in order for hotels to evolve into a strategic e-HR field, it is not enough to change only on time, there is a need for broader transformations, involving values and cultural aspects of those that make part.

3
  • JAIANE PADILHA OLIVEIRA
  • Análise da participação e percepção da comunidade local sobre o uso turístico em Unidades de Conservação Estadual no RN.


  • Orientador : KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • SILVIO JOSÉ DE LIMA FIGUEIREDO
  • Data: 11/03/2019

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo tem como objetivo analisar a participação da comunidade local no processo de criação de Unidades de Conservação Estaduais do RN e sua percepção sobre o uso turístico nessas UC’s. Devido à necessidade de proteção de ecossistemas com vistas à manutenção da biodiversidade, ao desenvolvimento econômico e à vida humana, no Brasil definiu-se como estratégia de conservação dos recursos naturais a criação de Unidades de Conservação. O Rio Grande do Norte possui dez UC’s legalmente instituídas e quatro em processo de criação. Entre as últimas estão o Parque Estadual Mangues do Potengi e Parque Estadual Jiqui, que correspondem aos Parques estudados nesse trabalho. Para alcançar os objetivos, utilizaram-se procedimentos metodológicos de abordagem qualitativa. Realizou-se pesquisa bibliográfica e eletrônica em livros e artigos científicos; pesquisa documental por meio da análise de documentos oficiais da criação dos parques e; pesquisa de campo por meio de entrevistas semiestruturadas e aplicação de questionários. O público-alvo consiste nas comunidades locais de ambas as unidades e no Núcleo de Unidades de Conservação do Instituto de Desenvolvimento Sustentável. A definição das variáveis de análise baseou-se no Sistema Turístico de Beni (2008), e a análise dos dados foi feita por meio da análise descritiva, análise de conteúdo de Bardin (2011), e dos níveis de participação do autor Bordenave (1983). Dessa forma, os resultados da pesquisa mostram que o turismo é presente no discurso que justifica a criação dos parques, mas o debate sobre ele não é aprofundado. A concepção de turismo abordada é baseada na sustentabilidade e na responsabilidade ambiental, geralmente refere-se às expressões “turismo ecológico” ou “ecoturismo”. Em entrevista com o órgão responsável pela criação das UC’s, constatou-se o que as discussões acadêmicas apontavam: não há planejamento turístico para os Parques, como também não há participação comunitária. Dessa forma, foi confirmado que o nível de participação é o mais baixo, nível 6, que corresponde à participação concedida, ou seja, concede-se o espaço de participação para a comunidade apenas no intuito de legitimar as decisões tomadas por aqueles que detêm o poder, no caso de UC’s, porque é exigido em leis. Com base na percepção dos entrevistados, constatou-se que eles possuem consciência ambiental, valorizam e consideram importante a conservação dos recursos naturais. Do ponto de vista econômico, há muitas expectativas atreladas ao turismo, principalmente oportunidades de emprego, a fim de que assim consigam ter uma renda maior. No quesito social, eles não consideram que o turismo pode ocasionar problemas, exceto em relação à violência. Alguns concordam que o aumento de fluxo de pessoas de fora da localidade pode influenciar o aumento da violência. No que tange à cultura, eles anseiam que a atividade turística possa proporcionar um aumento de atividades culturais e também reconhecimento e valorização do lugar. Sendo assim, concluiu-se que as comunidades do entorno dos Parques Estaduais do Jiqui e Mangues do Potengi não participam do processo de criação dessas UC’s, elas se encontram totalmente à margem de todo o processo que envolve a discussão da proteção desses espaços. Porém, eles reconhecem que a conservação é necessária para esses recursos naturais. A percepção sobre o uso turístico se concentra nos critérios financeiros, ou seja, na expectativa de emprego, renda e desenvolvimento econômico para a localidade.


  • Mostrar Abstract
  • a

4
  • LUANA DAYSE DE OLIVEIRA FERREIRA
  • GOVERNANÇA EM ÁREAS NATURAIS PROTEGIDAS: uma análise na perspectiva do turismo, lazer, e a violência no Parque Estadual do Utinga/PA e Parque Estadual Dunas do Natal/RN.

     

  • Orientador : WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MIRLEIDE CHAAR BAHIA
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • MOZART FAZITO REZENDE FILHO
  • Data: 18/03/2019

  • Mostrar Resumo
  • Os conflitos socioambientais fazem parte de discussões no contexto das unidades de conservação, referentes principalmente às ações antrópicas causadoras de efeitos nos recursos naturais ou até mesmo sobre questões sociais vinculadas à exclusão de residentes das áreas, a não participação democrática das comunidades no processo decisório da gestão de ANP’s, e também os impactos relacionados ao contexto onde estas áreas estão localizadas como a violência urbana. Considera-se que esses aspectos tendem a influenciar no desempenho da governança, como também no desenvolvimento de atividades de uso público dessas ANP’s. Dessa forma, entende-se que os Conselhos Gestores de ANP’s devem buscar uma governança democrática e integrativa, buscando atingir a efetividade da governança para minimização desses impactos. O objeto da presente pesquisa é constituído de dois Parques Estaduais, o do Utinga/PA e o Dunas de Natal/RN, já que ambos pertencem à categoria de Parques Nacionais, que incentivam a visitação e o turismo ecológico, além disso, encontram-se dentro de Polos Turísticos Urbanos e são representativos quanto ao número de visitação anual. Ressalta-se que em ambos já sofreram com a presença da violência urbana e estão inseridos em cidades que possuem alto índice de violência e estão entre as 10 capitais mais violentas do Brasil de acordo com o Atlas de Violência 2018. Dessa forma, o objetivo geral da pesquisa é analisar como a percepção do medo da violência tem influenciado na visitação e na governança do Conselho Gestor do Parque Estadual do Utinga/PA e Parque Estadual Dunas do Natal/RN para o desenvolvimento de atividades de lazer e turismo. Sendo assim, para construção da pesquisa foram feitos levantamentos bibliográficos e documentais para discussão teórica e metodológica sobre a temática. O caráter da pesquisa é descritivo e exploratório, e utilizou-se da abordagem qualitativa, baseada principalmente na técnica de análise de conteúdo. A expectativa do estudo centrou-se na compreensão do desempenho da governança dos Parques do Utinga e Dunas de Natal por meio da aplicação da Matriz Analítica de Governança do Nobrega (2015), dessa forma, a pesquisa obteve os seguintes resultados, foi possível identificar que ocorre ou já ocorreu episódios de violência de ordem criminal e ambiente nos Parques, que no setor de uso público são desenvolvidas diversas atividades de lazer e recreação para os visitantes, destacando-se que o caso do Parque do Utinga onde oferta atividades relacionadas ao ecoturismo para os visitantes e comunidades, Além disso, identificou-se que a governança de ambos os Conselhos Gestores possuem elementos que demonstram legalidades no seu funcionamento, porém, apresentam alguns aspectos de fragilidades, no entanto, trabalham para alcançarem o equilíbrio e bom desempenho da instância. Ademais, foi possível obter a compreensão que a percepção do medo da violência influencia no processo de visitação das áreas de uso público, no sentido que, de acordo com as entrevistas semiestruturadas há uma alteração no comportamento dos visitantes vinculado a presença de medo/receio de ser vítimas de episódios de violência ao sair de casa para visitar o parque. Contudo, destaca-se que os CG’s dos Parques, do Utinga/PA e Dunas do Natal/RN necessita incorporar discussões a respeito dos aspectos do desenvolvimento de atividades de uso público como lazer e turismo ecológico, além de deliberar ações e estratégias para minimizar a percepção do medo da violência no processo de visitação. 


  • Mostrar Abstract
  • Socio-environmental conflicts are part of discussions in the context of protected natural áreas, related mainly to human actions causing effects on natural resources or even on social issues linked to the exclusion of residents of the áreas, the democratic participation of the communities not in the decision-making process of the ANP's management and also the impacts related to the context in which these areas are located as urban violence Considers that these aspects tend to influence governance performance, as well as in the development of public activities of these ANP's. Thus, it is understood that the ANP's managers Advice should get democratic and integrative governance seeking to reach the effectiveness of governance to minimize these impacts. The object of the present research consists of two state parks, the Utinga/PA and the Dunes of Natal/RN, since both belong to the category of national parks, which encourage visitation and eco-tourism, In addition, are within urban and Tourist Poles are representative regarding the number of annual visitation. It should be noted that in both have suffered from the presence of urban violence and are inserted in cities that have high rate of violence and are among the 10 most violent capital of Brazil according to the Atlas of Violence 2018. In this way, the overall objective of this research is to analyze how the perception of the fear of violence has influenced on visitation and governance the Managing Council of the Utinga/PA State Park and State Park dunes of Natal/RN for the development of leisure activities and tourism. Thus, for construction of the bibliographic surveys were conducted research and theoretical and methodological discussion document on the subject.  The character is descriptive and exploratory research, and qualitative approach was used, mainly based on content analysis technique. the Governance Analytics matrix Nakamura (2015), therefore, the Governance Analytics matrix Nóbrega (2015), therefore, the survey obtained the following results, it was possible to identify that occurs or has occurred episodes of violence crime and order environment in parks, that in the public sector are developed several leisure activities and recreation for visitors, highlighting the case of Utinga Park where offer activities related to ecotourism for visitors and communities, In addition, identified that the governance of both Counsels Managers have elements that demonstrate in your operation, but legalities, present some aspects of weaknesses, however, work to achieve balance and good performance of the instance. Furthermore, it was possible to get an understanding that the perception of fear of violence influences the process of visiting areas of public use, in the sense that, According to the semi-structured interviews there is a change in the behavior of visitors linked the presence of fear/fear of victims episodes of violence to get out of the House to visit the Park. However, the CG's parks, the Utinga/PA and dunes of Natal/RN need to incorporate discussions on aspects of the development of public activities as eco-tourism and leisure. In addition to deliberate actions and strategies to minimize the perception of fear of violence in the visitation process.

5
  • ALEXSANDRA SANTANA DA SILVA
  • ACESSIBILIDADE À INFORMAÇÃO NO E-COMMERCE NA AVIAÇÃO COMERCIAL NA PERSPECTIVA DO CONSÓRCIO W3C

  • Orientador : LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCIO MARREIRO DAS CHAGAS
  • LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • Data: 29/03/2019

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo objetiva analisar a acessibilidade à informação no e-commerce na aviação comercial na perspectiva do W3C. A metodologia de abordagem é quantitativa, descritiva e exploratória. O campo empírico é constituído por dados secundários e primários, com base na pesquisa documental (amostral), com foco nas normas e diretrizes de acessibilidade à informação no setor aéreo. Quanto aos websites de e-commerce, delimitam-se cento e treze companhias aéreas, sendo sessenta e uma companhias participantes das alianças globais: Star Alliance, One World e Sky Team. A métrica de análise ocorreu através do Access Monitor, fundamentado nas Diretrizes de Acessibilidade ao Conteúdo da Web [WCAG 2.0] - World Wide Web Consortium International [W3C]. Verificam-se os requisitos de conformidade nos níveis de prioridade A (nível básico), AA (nível médio) e AAA (nível alto) nas páginas web individuais, e, em alguns casos, conjunto de páginas web. Na sequência, a análise de clusters realizada utilizou o método quantitativo de classificação hierárquica fundamentado na Distância Euclidiana - menor distância, que objetiva o agrupamento dos casos pelas semelhanças e dessemelhanças, buscando a homogeneidade. A metodologia usada foi longitudinal temporal espacial, com recorte transversal. A fase retrospectiva do estudo no contexto brasileiro ocorreu entre 2015 e 2016. A fase prospectiva abrangeu setenta e um países nos cinco continentes, e ocorreu entre janeiro e junho de 2018, e entre dezembro de 2018 e fevereiro de 2019. Como resultado, cento e duas companhias aéreas foram reprovadas quanto ao padrão de acessibilidade do Consórcio W3C. Apenas a Asiana Airlines (Star Alliance) e a Azores Airlines (fora das alianças globais) foram aprovadas. A análise dos clusters concluiu diferentes graus de inacessibilidade no setor aéreo, configurados com escassos pontos de convergência positiva para o consumidor. Dentre os padrões de erros analisáveis, algumas dispersões são maiores. Por outro lado, evidencia-se outro padrão de erro homogêneo e simultâneo, aumentando o grau de inacessibilidade para o nível AAA. Isto atribuído à variância desses erros e de outras tipologias não analisáveis agrava o grau de inacessibilidade, anulando os aspectos positivos da convergência anunciada. O padrão de erros demonstra que a homogeneidade, no nível micro das alianças, ocorre no nível AAA, e que as companhias também se interligam pelo processo inverso de dispersão frente à significante variância desses erros, no nível A, formando a heterogeneidade dos grupos. As implicações práticas deste trabalho refletem no direito de escolha entre as possibilidades tarifárias, compra do e-ticket e realização do web check-in e check-in. Deste modo, verifica-se que conforme limita-se a acessibilidade à informação, limita-se também o direito de escolha do consumidor.


  • Mostrar Abstract
  • The present study aims to analyze the accessibility to information on e-commerce in commercial aviation from the W3C perspective. The approach methodology is quantitative, descriptive and exploratory. The empirical field consists of secondary and primary data, based on documentary (sample) research, focusing on standards and guidelines for accessibility to information in the airline industry. As for e-commerce websites, one hundred and thirteen airlines were delimited, with sixty-one companies participating in global alliances: Star Alliance, One World and Sky Team. The metrics were analyzed through Access Monitor, which is based on the WCAG 2.0 - World Wide Web Consortium International [W3C]. Compliance requirements are found at priority levels A (basic level), AA (medium level) and AAA (high level) in individual webpages, and in some cases, in webpage sets. Afterwards, the clusters analysis used the quantitative method of hierarchical classification based on the Euclidean Distance - shorter distance, which aims to group the cases by similarities and dissimilarities, seeking homogeneity. The methodology used was spatial temporal, with transversal cut. The retrospective phase of the study in the Brazilian context occurred between 2015 and 2016. The prospective phase covered seventy-one countries in five continents, and occurred between January and June 2018, and between December 2018 and February 2019. As a result, one hundred and two airlines failed the W3C Consortium accessibility standards. Only Asiana Airlines, a Star Alliance member, and Azores Airlines, outside global alliances, passed. Clusters’ analysis concluded different degrees of inaccessibility in the air sector, configured with scarce points of positive convergence for the consumer. Among the analyzable error patterns, some dispersions appear to be larger. On the other hand, another pattern of homogeneous and simultaneous error was revealed, increasing the degree of inaccessibility to the AAA level.This attributed to the variance of these errors and other unanalyzable typologies aggravates the degree of inaccessibility, nullifying the positive aspects of the announced convergence. The error pattern shows that the homogeneity at the micro level of the alliances occurs at the AAA level, and that the companies are also interconnected by the inverse process of dispersion against the significant variance of these errors at level A, thus, forming the heterogeneity of the groups. The practical implications of this work reflect in the right to choose between tariff possibilities, e-ticket purchase and web check-in and check-in. Thus, it is verified that as the accessibility to information is limited, the right of choice of the consumer is also limited. 

6
  • ALINE MAYARA MARINHO XAVIER DA SILVA
  • APLICAÇÃO DO MODELO DO PLACE ATTACHMENT NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE DE MARCA DA FESTA DE SANT’ANA EM CAICÓ RIO GRANDE DO NORTE, BRASIL

  • Orientador : LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JULIANA VIEIRA DE ALMEIDA
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • LUIS ROBERTO ROSSI DEL CARRATORE
  • Data: 12/04/2019

  • Mostrar Resumo
  • As marcas são representações simbólicas que proporcionam uma identificação única para produtos e serviços. Esse ativo intangível está cada vez mais inserido no processo de relacionamento das empresas, destinos turísticos e organizações em geral. Nesse contexto, o mercado de eventos também tem se apropriado dessa estratégia, uma vez que muitos destinos utilizam os eventos para potencializarem suas identidades históricas e culturais. Diante disso, o objetivo da pesquisa é analisar através do modelo do place attachment o processo de construção da identidade de marca da festa de Sant’Ana em Caicó, Rio Grande do Norte, Brasil. O referido município encontra-se localizado na região do Seridó, no estado do Rio Grande do Norte. A festa acontece há 270 anos e isso evidencia uma forte representação religiosa local. Nesse cenário, foi pertinente entender como os stakeholders desenvolvem o planejamento e organização do evento. A festa de Sant’Ana é considerada patrimônio cultural imaterial, segundo o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Trata-se de um estudo descritivo e exploratório de abordagem quali-quantitativa. Na parte qualitativa foi realizado entrevistas em profundidade com os stakeholders envolvidos no processo organizacional do evento. No estudo quantitativo aplicou-se questionários com os visitantes da festa, procurando entender os elementos envolvidos no relacionamento entre o destino e os visitantes. Para nortear o desenvolvimento dos instrumentos de coleta utilizou-se o modelo teórico do place attchment, o qual auxiliou toda a construção deste trabalho. Os resultados encontrados mostram os elementos que caracterizam a marca religiosa da Festa de Sant’Ana. As características apresentadas estão ligadas ao place attachment, revelando que a relação de apego e marca da festa está ligada a fatores históricos e culturais que representam o município de Caicó. Ou seja, percebe-se que a fé e a devoção a  “Senhora” Sant’Ana expressam a identidade do município de Caicó e isso tornou-se uma característica forte para o lugar. Observa-se também o alto vínculo do visitante com a festa. Conclui-se que a fé e o vínculo de apego ao lugar são as variáveis mais significativas no processo de construção da marca religiosa da festa de Sant’Ana. Construir e fortalecer essas variáveis de marca sinalizarão um relevante posicionamento estratégico para a localidade.


  • Mostrar Abstract
  • Brands are symbolic representations that provide a unique identification for products and services. This intangible asset is increasingly inserted in the process of relationship of companies, tourist destinations and organizations in general. In this context, the event market has also appropriated this strategy, since many destinations use events to enhance their historical and cultural identities. Therefore, the objective of the research is to analyze through the place attachment model the process of constructing the brand identity of the feast of Sant'Ana in Caicó, Rio Grande do Norte, Brazil. The Municipality is located in the Seridó region, in the state of Rio Grande do Norte. The party has been going On for 270 years and this highlights a strong local religious representation. In This scenario, it was pertinent to understand how stakeholders develop the planning and organization of the event. The Feast of Sant'Ana is considered intangible cultural heritage, according To the Institute of National Historical and Artistic Heritage (IPHAN). This is a descriptive and exploratory study of quali-quantitative approach. In The qualitative part, interviews were conducted in depth with the stakeholders involved in the organizational process of the event. In The quantitative study, questionnaires were applied to the party's visitors, seeking to understand the elements involved in the relationship between the destination and the visitors. To Guide The development of the collection instruments, the theoretical model of place attchment was used, which assisted the whole construction of this work. The results found show the elements that characterize the religious mark of the Feast of Sant'Ana. The characteristics presented are linked to the place attachment, revealing that the relationship of attachment and brand of the party is linked to historical and cultural factors that represent the municipality of Caicó. That is, it is perceived that faith and devotion to "Lady" Sant'Ana express the identity of the municipality of Caicó and this has become a strong feature for the place. The visitor's high bond with the feast is also Observed. It is Concluded that the faith and bond of attachment to the place are the most significant variables in the process of constructing the religious brand of the feast of Sant'Ana. Building and strengthening these brand variables will signal a relevant strategic positioning for the locality.

7
  • DAENE SILVA DE MORAIS LIMA
  • DESTINO TURÍSTICO INTELIGENTE: UM ESTUDO EM NATAL/RN À LUZ DO MODELO INVAT.TUR.

  • Orientador : LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VERONICA FEDER MAYER
  • LEILIANNE MICHELLE TRINDADE DA SILVA BARRETO
  • LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • Data: 31/05/2019

  • Mostrar Resumo
  • Com a proposta de alavancar a atividade turística por meio da aplicação da Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), o advento das tecnologias inteligentes corrobora com o desenvolvimento do conceito de Destino Turístico Inteligente (DTI). Nesse contexto, este estudo analisou os aspectos do destino turístico Natal (Rio Grande do Norte) como um Destino Turístico Inteligente. Para alcançar o objetivo da pesquisa foi utilizado o modelo espanhol da Comunidade Valenciana, o INVAT.TUR, que apresenta indicadores como Governança, Sustentabilidade, Conectividade, Sensorização, Sistema de Informação e Inovação. No que tange aos meios de investigação, mediante um roteiro semiestruturado, a pesquisa realizou entrevista com 10 (dez) gestores públicos e privados, relacionados com a atividade turística da cidade do Natal. A pesquisa é de caráter descritiva e exploratória, através de uma abordagem qualitativa, por meio da técnica de análise de conteúdo. Para auxiliar na análise dos dados utilizou-se o Software NVIVO (versão 12.0). De acordo com os dados analisados na pesquisa, na visão do modelo INVAT.TUR, Natal encontra-se na fase embrionária como Destino Turístico Inteligente. Na visão dos gestores entrevistados, apesar do grande potencial turístico, a ausência de estratégias e ações retardam o avanço do destino. A partir da pesquisa, concluiu-se que Natal ainda não é um Destino Turístico Inteligente, sendo necessário estratégias para impulsionar o desenvolvimento do destino, por meio de um planejamento participativo dos atores da cadeia produtiva do turismo.


  • Mostrar Abstract
  • With the proposal to leverage the tourism activity through the application of Information and Communication Technology (ICT), the advent of smart technologies corroborate with the development of the concept of Smart Tourism Destination (STD). In this context, this study analyzed aspects of the Natal tourist destination (Rio Grande do Norte) as a Smart Tourist Destination. To reach the objective of the research was used the Spanish model of the Valencian Community, INVAT.TUR, which presents indicators such as Governance, Sustainability, Connectivity, Sensorization, Information and Innovation system. The INVAT.TUR model was used to guide the research and it was adaptinged to the reality of the destination. Regarding the means of research, it was conducted interviews with 10 (ten) public and private managers, related to the tourist activity of Natal through a semi-structured script. The research is of a descriptive and exploratory nature using a qualitative approach through the technique of content analysis. To assist in data analysis, the NVIVO Software was used (version 12.0). According to the data analyzed in the survey, in the vision of the INVAT.TUR, Natal is in embryonic stage as a Smart Tourist Destination. In the view of the interviewed managers, despite the great tourist potential, the absence of strategies and actions delays the advancement of the destination. From the research, it was concluded that Natal is not yet an Smart Tourism Destinations and strategies are needed to boost the development of the destination through participatory planning of the actors of the tourism production chain.

     
8
  • ANA KARINA DE OLIVEIRA MAIA
  • VIAJANDO NOS SABERES E SABORES: MEMÓRIA, IDENTIDADE E PATRIMÔNIO DO SERIDÓ COMO AÇÃO INDUTORA DO TURISMO LOCAL

  • Orientador : CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RICARDO LANZARINI GOMES SILVA
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • ALMIR FELIX BATISTA DE OLIVEIRA
  • CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • MARIA ISABEL DANTAS
  • Data: 03/06/2019

  • Mostrar Resumo
  • Tendo amparo no contexto sociocultural que revela o patrimônio gastronômico regional como tradutor da Identidade e símbolo de seu povo, a presente pesquisa teve como objetivo geral do estudo, analisar a partir de três preparações gastronômicas identitárias da Região do Seridó, a memória, a identidade e a salvaguarda patrimonial do lugar como ação indutora do turismo local. Neste intento, foram visitadas e revisitadas as lembranças históricas, afetivas e gustativas da região, momento em que especificamente, buscou-se: identificar se na Região do Seridó havia forte pertença identitária relacionada à sua gastronomia; identificar se esse patrimônio gastronômico da região do Seridó vem induzindo o turismo local e, verificar se este bem imaterial gastronômico está sendo salvaguardado por algum instrumento ou ação protetiva. Para tal, utilizou-se a abordagem qualitativa, tratando-se de estudo de caso in loco no âmbito da cidade de Caicó, como representação da região por ser considerada geossímbolo identitário da alimentação do Seridó do Estado do Rio Grande do Norte. A pesquisa foi de caráter exploratório e descritivo, com realização de pesquisa bibliográfica. Como instrumento de coleta de dados, utilizou-se um roteiro de entrevista padronizado, contemplando nove perguntas abertas, com uso de três dimensões de análises, quais tenham sido: identidade, proteção patrimonial e incentivo turístico gastronômico. Como questão problema do estudo, elaborou-se: Como memória, identidade e proteção patrimonial seridoense vem dialogando na construção e fortalecimento do turismo local? Como principais resultados da pesquisa, destaca-se que apesar de ter sido revelado um Seridó legitimado pelos seus saberes e sabores, há em relação contraditória uma tendência à fragmentação identitária, que vem ameaçando a região em seu cerne personificante. Nestes termos, observou-se do caso do doce seco, quase desaparecido da região, um indicativo da problemática local. O estudo também observou como estava o diálogo entre turismo e gastronomia seridoense, mostrando que apesar de existir um potencial dentro da área sob observação, em que há belezas naturais e culturais diversificadas e uma gastronomia forte e diferenciada, o que existe, no presente, é uma atividade baseada neste diálogo ainda muito incipiente e deficitário. Ademais, neste espaço foi encontrada uma lacuna protetiva legal e institucional de seu patrimônio, causadora desse estado de perigo de perda patrimonial e identitária. Ao final, pôde-se concluir que há uma carência de planejamento satisfatório no emprego das ações realizadas com base no desenvolvimento endógeno, ensinando aos desconhecedores a importância de sua comida como elemento identificador de sociedades e uma ausência de uso de mecanismos disponíveis para fomento e proteção essencial às atividades. Observando-se, desta forma, um espaço temporal e de oportunidades para se obter desenvolvimento regional envolto em sustentabilidade da atividade turística em simbiose com a gastronômica.


  • Mostrar Abstract
  • Having supported the socialcultural context that reveals the regional gastronomic patrimony as the translator of identity and symbol of its people, the present research had as general objective of the study, to analyze from three gastronomic preparations identity of the region of Seridó, memory, identity and the patrimonial safeguard of the place as an inductive action of the local tourism. In this attempt, the historical, affective and gustatory memories of the region were visited and revisited, at which point, specifically, it was sought: to identify if in the Seridó region there was strong identity if this gastronomic heritage of the Seridó region has been inducing local tourism, and to verify if this intangible gastronomic good is being safeguarded by some protective instrument or action. For that, the qualitative approach was used, being a study of the case in loco in the ambit of the city of Caicó, as a representation of the region for being considered as geosymbol identity of the food of Seridó, from the state of Rio Grande do Norte. The research was exploratory and descriptive, with the accomplishment of bibliographic research. As a data collection instrument, a standardized interview script was used contemplating nine open questions as the use of three dimensions of analyzes: identity, patrimonial protection and gastronomic tourism incentive. As a problem issue of the study,  it has been elaborated: how memory, identity and patrimonial protection of Seridó have been dialoguing in the construction and strengthening of local tourism?  As main results of the research, it is highlighted that although it has been revealed, Seridó is legitimized by its knowledges and flavors, there is a contradictory relation, a tendency to the fragmentation of identity, that has been threatening the region in its personifying heart. In these terms, it was observed in the case of the dry sweet, that had almost disappeared from the region, an indicative of the local problematic. The study also observed how the dialogue between tourism and the gastronomy of Seridó shows that although there is potential in the area of observation, in which there are diverse natural and cultural beauties and a strong and differentiated gastronomy, it is an activity based on this still incipient and deficient dialogue. 
    In addition, in this place was found a protective, legal and institutional gap of its patrimony causing this state of danger of patrimonial loss and identity. In the end, it can be concluded that there is a lack of satisfactory planning in the use of the actions carried out based on the endogenous development, teaching the unknowns the importance of their food as an identifying element of societies and a lack of use of mechanisms available for promotion and protection activities. Observing, this way, a space and opportunities to obtain regional development wrapped in sustainability of the tourist activity in symbiosis with the gastronomic.

9
  • IDIAMARA NASCIMENTO DE FREITAS
  • PROJETO GEOPARQUE SERIDÓ: UM ESTUDO DAS PRÁTICAS TURÍSTICAS COMO PROPULSOR PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL

  • Orientador : MARCOS ANTONIO LEITE DO NASCIMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUCIANO SCHAEFER PEREIRA
  • ALMIR FELIX BATISTA DE OLIVEIRA
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MARCOS ANTONIO LEITE DO NASCIMENTO
  • Data: 06/06/2019

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo tem como objetivo analisar as práticas turísticas presentes no Projeto Geoparque Seridó, que contribuem no desenvolvimento das localidades onde é desenvolvido. Nas últimas décadas, têm surgido espaços que visam à proteção dos recursos naturais, com especial atenção para o meio físico (geodiversidade), juntamente com a prática turística, como é o caso dos Geoparques. Estes são mecanismos de gestão de um território, por meio da conservação do patrimônio geológico, educação e o turismo, isto, atrelado ao desenvolvimento da comunidade inserida no território. O projeto estudado é composto por seis municípios localizados interior do Estado do Rio Grande do Norte, sendo Cerro Corá, Lagoa Nova, Currais Novos, Acari, Carnaúba dos Dantas e Parelhas, ambos possuindo grande diversidade nos aspectos naturais e culturais. Em termos metodológicos, trata-se de um estudo de caráter descritivo-exploratório, com abordagem qualitativa. Foram realizadas entrevistas com membros do Arouca Geopark e Geopark Naturtejo, ambos em Portugal com a análise dos sites desses respectivos geoparques, a fim de realizar um comparativo do Projeto Geoparque Seridó com dois geoparques modelos, mencionados anteriormente, principalmente no que se refere às práticas turísticas. E por fim, foram analisadas as atas do Grupo de Trabalhos Geoparque Seridó, criado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte. No que corresponde aos resultados da pesquisa, pôde-se identificar diversos segmentos presentes e desenvolvidos no território do Projeto Geoparque Seridó, tendo como base o turismo sustentável, desencadeando para dois grandes segmentos: o turismo de natureza e turismo cultural. No primeiro, tem-se atividades ligadas ao ecoturismo, geoturismo, turismo de aventura e turismo rural. No segundo: turismo pedagógico, turismo gastronômico, turismo de eventos, turismo religioso e turismo arqueológico. Estes não esgotam a possibilidade de novos nichos e/ou segmentos existentes na área estudada. A contribuição para o desenvolvimento da localidade dar-se através da geração de emprego e diversificação de renda, incentivo à produção de artesanatos, como também a produção de suvenir gastronômicos, além da educação e conscientização ambiental através de ações do projeto. Além disso, comparando as práticas e segmentos turísticos dos dois geoparques portugueses com o Projeto Geoparque Seridó, as diferenças encontradas foram: o turismo de saúde, ocorrido apenas no Geopark Naturtejo e o turismo arqueológico que acontece no Projeto Geoparque Seridó. Isto denota a potencialidade deste último quando comparado com os dois geoparques modelos. O discurso dos gestores públicos no que tange o Projeto em questão, é positivo. Foram perceptíveis a participação e a comunicação entre os gestores públicos, privados e a comunidade local, tornando-se esse contato e troca de experiencias benéficos para a realização do turismo neste território.


  • Mostrar Abstract
  • The present study aims to analyze the touristic practices present in the project Geoparque Seridó, which contribute to the development of the localities where it is developed. In recent decades, there have been spaces aimed at the protection of natural resources, with special attention to the physical environment (geodiversity), along with the touristic practice, as is the case of the Geoparks. These are mechanisms for managing a territory, through the conservation of geological heritage, education and tourism, which is linked to the development of the community inserted in the territory. The project is composed of six municipalities located inside the state of Rio Grande do Norte, being Cerro Corá, Lagoa Nova, Currais Novos, Acari, Carnaúba dos Dantas and Parelhas, both possessing great diversity in the natural and cultural aspects.  In methodological terms, this is a descriptive-exploratory study with a qualitative approach Interviews were conducted with members of Arouca Geopark and Geopark Naturtejo, both in Portugal with the analysis of the sites of these respective geoparks, in order to perform a comparative of the project Geoparque Seridó with two geoparks models, mentioned above, especially with regard to tourist practices. Finally, the minutes of the Geoparque Seridó work group, created by the state Government of Rio Grande do Norte, were analyzed. In relation to the results of the research, it was possible to identify several segments present and developed in the territory of the project Geoparque Seridó, based on sustainable tourism, triggering to two major segments: Nature Tourism and Cultural tourism In the first, there are activities related to ecotourism, geotourism, adventure tourism and rural tourism. In the second: pedagogical tourism, gastronomic tourism, event tourism, religious tourism and archaeological tourism. These do not deplete the possibility of new niches and/or segments in the area studied. The contribution to the development of the locality through the generation of employment and diversification of income, incentive to the production of handicrafts, as well as the production of gastronomic souvenir, in addition to education and environmental awareness through Project actions. In addition, comparing the practices and touristic segments of the two Portuguese geoparks with the project Geoparque Seridó, the differences found were: health tourism, occurred only in the Naturtejo Geopark and the archaeological tourism that happens in the project Geopark Seridó. This denotes the potentiality of the latter when compared with the two model Geoparks. The discourse of public managers regarding the project in question is positive. Participation and communication between public and private managers and the local community were perceptible, making it a contact and exchange of beneficial experiences for the realization of tourism in this territory.

10
  • MARIA APARECIDA DE ARAÚJO
  • INFLUÊNCIA DOS BLOGS DE VIAGEM NA DECISÃO DE COMPRA DO DESTINO NATAL: um estudo exploratório na percepção de turistas e blogueiros

  • Orientador : MARIA VALERIA PEREIRA DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MARIA VALERIA PEREIRA DE ARAUJO
  • TERESA DE SOUSA
  • Data: 06/06/2019

  • Mostrar Resumo
  • O turismo vem ganhando maiores dimensões nos últimos anos devido a globalização, as novas tecnologias de Informação e comunicação (TIC’s) e as mídias sociais. Nesse contexto, os blogs de viagens atuam como ferramenta para gerar mudanças no comportamento e na tomada de decisão do turista, que busca cada vez mais adquirir produtos e serviços turísticos de qualidade, de maneira que possam atender as suas necessidades e expectativas. Os blogs atuam como formadores de opinião acerca de produtos e serviços turísticos, ou seja, influenciam a escolha do destino turístico e consequentemente, auxilia no sucesso da localidade. O objetivo geral do estudo foi compreender a percepção de turistas e blogueiros em relação a influência dos blogs de viagem na escolha e decisão de compra do destino Natal, no Rio Grande do Norte, permitindo assim, uma discussão e reflexão acerca da importância e funcionalidade dos blogs para o desenvolvimento do turismo a partir do modelo de Comportamento do Consumidor para Compras (Blackwell et al, 2009). A metodologia empregada no estudo teve caráter exploratório com abordagem qualitativa, respaldado pela postura interpretativista, a técnica utilizada para a análise dos dados foi a análise de conteúdo, triangulação das respostas das fontes entrevistadas (turistas e blogueiros) e foi utilizado o software qualitativo Nvivo 12 para representação dos resultados. Os resultados mostraram que de fato os blogs de viagem são utilizados para auxiliar a escolha e decisão dos turistas, estes são influenciados e estão fundamentados especialmente no conteúdo exposto pelo blogueiro sobre o destino, como por exemplo: imagens, dicas, relatos, etc., e os comentários de outros usuários que já realizaram a viagem, sendo assim, a experiência destes servem como um norte para o planejamento e decisão de outras pessoas que ainda não conhecem o destino. Constatou-se que a influência dos blogs de viagem está diretamente ligada aos relatos dos turistas que já vivenciaram a viagem e as dicas dos blogueiros, sendo estes os principais e mais fortes aspectos para a tomada de decisão. Por fim, conclui-se que os blogs de viagem influenciam a escolha do turista e atuam como marketing para o destino, sendo necessário um melhor aproveitamento por parte de instituições públicas e privadas.


  • Mostrar Abstract
  • Tourism has been gaining in size in recent years due to globalization, new information and communication technologies (ICTs) and social media. In this context, travel blogs act as a tool to generate changes in the behavior and decision making of tourists, who increasingly seek to acquire quality tourist products and services in a way that can meet their needs and expectations. Blogs act as opinion makers about tourism products and services, that is, they influence the choice of the tourist destination and consequently, it assists in the success of the locality. The general objective of the study was to understand the perception of tourists and bloggers in relation to the influence of travel blogs in the choice and decision to purchase Natal destination, in Rio Grande do Norte, thus allowing a discussion and reflection on the importance and functionality of blogs for the development of tourism from the model of Consumer Behavior for Purchases (Blackwell et al, 2009). The methodology used in the study was exploratory with a qualitative approach, supported by the interpretative stance; the technique used to analyze the data was the content analysis, triangulation of the answers of the interviewed sources (tourists and bloggers) and the qualitative software Nvivo 12 to represent the results. The results showed that in fact travel blogs are used to help the choice and decision of the tourists, these are influenced and are based especially on the content exposed by the blogger about the destination, such as: images, tips, reports, etc., and the comments of other users who have already made the trip, thus, the experience of these serve as a north for the planning and decision of other people who still do not know the destination. It was found that the influence of travel blogs is directly linked to the reports of tourists who have already experienced the trip and the tips of bloggers, which are the main and strongest aspects for decision making. Finally, it is concluded that travel blogs influence the choice of tourists and act as marketing for the destination, and it is necessary to make better use of public and private institutions.

Teses
1
  • ILANA BARRETO KIYOTANI
  • DE REGIÃO PROBLEMA À PERIFERIA DO PRAZER: o turismo e a ressignificação do Nordeste brasileiro


  • Orientador : MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • RITA DE CÁSSIA ARIZA DA CRUZ
  • ANA VALERIA ENDRES
  • DURVAL MUNIZ DE ALBUQUERQUE JUNIOR
  • MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • Data: 22/02/2019

  • Mostrar Resumo
  • O Nordeste brasileiro teve até um passado recente uma imagem associada à pobreza, miséria e seca, portanto de negatividade. Nas últimas décadas imagens vêm sendo trabalhadas com a finalidade de divulgar um outro Nordeste, mais dinâmico, moderno e dotado de amenidades naturais – condições ambientais suficientemente atrativas a uma diversidade econômica, incluindo o desenvolvimento do mercado turístico. Propõe-se aqui a tese de que o turismo tem contribuído para ressignificar a imagem da região Nordeste, de uma leitura majoritariamente negativa a uma mais positiva. Portanto, este trabalho de pesquisa tem por objetivo analisar a participação da atividade turística na ressignificação da imagem do Nordeste brasileiro. Para cumprir com esse objetivo, uma metodologia qualitativa foi escolhida como norte e buscou-se sempre explicar (e não somente pontuar) os dados obtidos, tanto na pesquisa bibliográfica e documental, quanto na pesquisa de campo. As leituras teóricas e as análises dos dados foram orientados pelo método dialético. A pesquisa de campo dividiu-se em dois momentos, aquele das entrevistas aos setores público e privado, somado aos turistas, e um outro de pesquisa documental, tendo sido realizada a leitura de uma mídia impressa de circulação nacional que vem, por décadas, apresentando imagens sobre o Brasil para seus cidadãos – a Revista Veja, e também a leitura de livros didáticos utilizados no ensino médio brasileiro de 1960 até 2010, para melhor compreensão das condições propaladas sobre o Nordeste antes e após o boom turístico. Para ambos os momentos de pesquisa a análise de conteúdo foi adotada como técnica de análise às falas registradas e leituras efetivadas. Os dados obtidos nos permitiram entender que o turismo foi co-produtor, somado a um crescimento econômico de outros setores e da infraestrutura das principais cidades nordestinas, desta nova imagem do Nordeste; uma atividade que por natureza precisa compor (estruturando espaços) e comercializar imagens positivas e, com isso, contribuiu para transpor a imagem depreciada da região.




  • Mostrar Abstract
  • The Brazilian Northeast has until recently had an image associated with poverty, misery and drought, and, consequently, of negativity. In the last decades, imagery and reports have been developed with the purpose of promoting the Northeast as a more dynamic and modern region, endowed with natural amenities - environmental conditions sufficiently attractive to an economic diversity, including the development of the tourist market. This research study proposes that tourism has contributed to give a new meaning to the image of the Northeast region, from a mostly negative to a more positive interpretation. Therefore, this research study aims to analyze the participation of tourism in the re - signification of the image of the Brazilian Northeast. In order to fulfill this objective, a qualitative methodology was chosen as the basis for this research, which sought to explain (and not only to punctuate) the data obtained, both in bibliographical and documentary research, as in field research. Theoretical readings and data analyzes were guided by the dialectical method. The  research was divided in two stages: the one of the interviews to the public and private sectors, added to the tourists, and another one of documentary research, which was focused on the review of printed press of national circulation that had, for decades, presented images about Brazil for its own citizens - Veja magazine, and also the review of textbooks used in Brazilian high schools from 1960 to 2010, to better understand the conditions on the Northeast before and after the tourist boom. For both stages of research, the content analysis was adopted as the analysis technique for recorded speeches and conducted review. The data obtained allowed us to understand that tourism was a co-producer, added to the economic growth of other sectors and the infrastructure of the main Northeastern cities, of this new image of the Northeast; an activity that by its nature must compose and commercialize positive images while structuring spaces and, with that, contribute to transpose the depreciated image of the region.

2
  • CLEBER AUGUSTO TRINDADE CASTRO
  • Governança e turismo no sítio do Patrimônio Mundial de Brasília-DF, Brasil

  • Orientador : WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • LUÍS MUNDET I CERDAN
  • SILVIO JOSÉ DE LIMA FIGUEIREDO
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • ANTONIO JANIO FERNANDES
  • Data: 07/03/2019

  • Mostrar Resumo
  • A chancela de Patrimônio Mundial implica, entre outros aspectos, a indicação da formação de instâncias de governança e estratégias mais democráticas para sua gestão pública, em geral, e para políticas públicas de seu uso turístico, em específico. Assim, este trabalho tem o objetivo geral analisar as influências da chancela de Patrimônio Mundial da Unesco que Brasília possui no processo de elaboração de políticas públicas pela instância de governança de turismo do Distrito Federal brasileiro. O percurso da pesquisa teve como objetivos específicos: a) compreender a estruturação e os processos de reativação da instância de governança de turismo do Distrito Federal, intensificando seus espaços e agentes institucionais; b) analisar os princípios e as estratégias de atuação da instância de governança de turismo do Distrito Federal; c) verificar o papel da chancela de Patrimônio Mundial da Unesco na elaboração de políticas públicas para o desenvolvimento do turismo em Brasília; e d) entender as funções do Condetur-DF na gestão pública do uso turístico do patrimônio cultural de Brasília, considerando a observância das diretrizes políticas de uso turístico do Patrimônio Mundial, o processo eletivo dos integrantes, o equilíbrio da representatividade, a avaliação do desempenho e do grupo, a disseminação e acesso à informação, as parcerias firmadas para políticas de uso turístico do patrimônio cultural e a continuidade das políticas públicas. A pesquisa tem uma abordagem qualitativa e foi desenvolvida a partir de um estudo de caso do Condetur-DF, a partir de leituras integrais e de análise de conteúdo das atas que registram todas as reuniões desse Conselho de 2010 a 2016. Com a pesquisa , é possível observar a ausência de visão estratégica que considerasse a participação de Brasília em uma rede institucional transacional, que permitiria a captação e a otimização de recursos técnicos e financeiros para a elaboração de políticas mais amplas e abrangentes de desenvolvimento do turismo, a partir dos bens culturais patrimonializados e instituídos pela Unesco. Por isso, a despeito do paradigma do uso turístico do patrimônio cultural, sobretudo aquele com a chancela transnacional da Unesco, o título de patrimônio mundial que Brasília possui é subutilizado no processo de elaboração de políticas públicas para o turismo.

     


  • Mostrar Abstract
  • The World Heritage patrimony implies, among other aspects, the indication of the formation of governance bodies and more democratic strategies for its public management, in general, and for public policies of its specific tourist use. Thus, this work has the general objective to analyze the influences of the World Heritage patrimony of Unesco that Brasília has in the process of elaboration of public policies by the instance of governance of tourism of the Brazilian Federal District. The specific objectives of the research were: a) to understand the structure and processes of reactivation of the Federal District's tourism governance body, intensifying its spaces and institutional agents; b) to analyze the principles and the strategies of action of the instance of governance of tourism of the Federal District; c) to verify the role of the World Heritage patrimony of Unesco in the elaboration of public policies for the development of the tourism in Brasilia; and d) to understand the functions of Condetur-DF in the public management of the tourist use of the cultural heritage of Brasília, considering the observance of the political guidelines for the use of World Heritage tourism, the elective process of the members, the balance of representativeness, the dissemination and access to information, the partnerships established for policies on the use of tourism in cultural heritage and the continuity of public policies. The research has a qualitative approach and was developed from a Condetur-DF case study, based on integral readings and content analysis of the minutes that record all the meetings of this Council from 2010 to 2016. With the research, it is it is possible to observe the absence of a strategic vision that considers Brasilia's participation in a trans-national institutional network that would allow the capture and optimization of technical and financial resources for the elaboration of broader and more comprehensive tourism development policies, based on cultural assets patrimonialized and instituted by Unesco. Therefore, despite the paradigm of the use of cultural heritage tourism, especially the one with the transnational seal of Unesco, the title of world heritage that Brasília has is underutilized in the process of elaborating public policies for tourism.
3
  • VIVIANE COSTA FONSECA DE ALMEIDA MEDEIROS
  • TURISMO E ECONOMIA SOLIDÁRIA: EXPERIÊNCIAS COMUNITÁRIAS E PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO NA PERSPECTIVA DO EU COLETIVO NAS PRAIAS DE BATOQUE E CANTO VERDE – CEARÁ - BRASIL

     

  • Orientador : FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LEILIANNE MICHELLE TRINDADE DA SILVA BARRETO
  • EGUIMAR FELÍCIO CHAVEIRO
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • THIAGO SEBASTIANO DE MELO
  • MICHEL JAIRO VIEIRA DA SILVA
  • Data: 08/03/2019

  • Mostrar Resumo
  • O desenvolvimento na perspectiva humana leva em consideração a rede de pertencimento na qual o indivíduo encontra-se inserido, formada por diferentes instrumentos ou objetos, que dependem uns dos outros para alcançar sua própria razão de ser. Deve estar imbricado às melhorias sociais e às liberdades de que desfruta a totalidade da sociedade, refletindo-se na qualidade de vida dos indivíduos e no seu bem-estar. Este estudo busca por novos paradigmas centrados na concepção de desenvolvimento local que complementa a noção do eu coletivo. Para tanto, alimenta-se da realidade local, da participação, cooperação dos sujeitos, instituições públicas e privadas, da efetivação de políticas públicas, além dos fatores econômicos e ambientais. No Turismo Comunitário, o processo de desenvolvimento das comunidades trabalha de forma cooperada e compartilhada para tal. O Diagnóstico Rápido Participativo permite apontar as potencialidades e vulnerabilidades apresentadas pelas comunidades que realizam atividades de turismo de base comunitária. O presente trabalho tem como cerne a análise do turismo comunitário praticado na Rede Tucum com o uso do DRP. Apesar dos conflitos e das dificuldades encontradas na comunidade, turistas e pesquisadores são atraídos à Prainha do Canto Verde e Batoque pela história de luta e resistência à especulação imobiliária que vem ocorrendo há mais de trinta anos no lugar. Este trabalho, portanto, defende a importância da solidariedade e da economia solidária no turismo e não busca contrapor às práticas que já existem, mas se preocupa em revelar suas limitações e mostrar que existem alternativas.


  • Mostrar Abstract
  • Development in the human perspective takes into account the network of belonging in which the individual is inserted, formed by different instruments or objects, that depend on each other to reach their own reason for being. It should be embedded in the social improvements and freedoms enjoyed by society as a whole, reflecting the quality of life of individuals and their well-being. This study searches for new paradigms centered on the concept of local development that complements the notion of the collective self. In order to do so, it feeds on local reality, participation, cooperation of the subjects, public and private institutions, the implementation of public policies, as well as economic and environmental factors. In Community Tourism, the community development process works in a cooperative and shared manner. The Rapid Participatory Diagnosis allows to point out the potentialities and vulnerabilities presented by communities that carry out community-based tourism activities. The present work has as center the analysis of the community tourism practiced in the Tucum Network with the use of DRP. Despite the conflicts and difficulties encountered in the community, tourists and researchers are attracted to Prainha do Canto Verde and Batoque for the history of struggle and resistance to real estate speculation that has been taking place for more than thirty years. This work therefore defends the importance of solidarity and solidarity economy in tourism and does not seek to counteract existing practices, but is concerned with revealing its limitations and showing that there are alternatives.

4
  • ROSALMA DINIZ ARAÚJO
  • SE A TERRA TE DER LARANJAS, FAZ UMA FESTA! RELAÇÃO FESTA-TURISMO E
    DESENVOLVIMENTO LOCAL
  • Orientador : WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SILVIO JOSÉ DE LIMA FIGUEIREDO
  • SEVERINO ALVES DE LUCENA FILHO
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • ZULMIRA SILVA NÓBREGA
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • Data: 12/03/2019

  • Mostrar Resumo
  • O turismo, enquanto fenômeno social, que influi no modo de vida de quem visita e é visitado, foi cooptado pelos discursos e ações políticas como meio de desenvolvimento para um povo ou nação. As festas populares, de origens remotas e ainda hoje tão presentes como prática cultural, fazem parte do calendário turístico de muitas cidades do Brasil e do mundo, sendo muitas delas baseadas em alguma atividade agropecuária, ocorrendo, portanto, em sua maioria, no denominado meio rural. A presente pesquisa buscou compreender como as festas populares, a partir de projetos que proclamam a sustentabilidade econômica e sociocultural – utilizando o caso da “Festa da Laranja, Festival Nacional da Tangerina”, na cidade de Matinhas, Paraíba – incorporaram o discurso do turismo. Assim, tem-se como objetivo central analisar as implicações da conexão “festa-turismo” para o desenvolvimento local. Para tal fim, utilizou de métodos qualitativos, instrumentalizados pelas entrevistas em profundidade, observação participante e notas de campo – nos quais o texto-contexto (escrito e oral) do falante é que irá direcionar o entendimento das questões. Como resultado da pesquisa em tela, percebeu-se que, no caso da Festa da Laranja em Matinhas, a conexão Festa-turismo se faz mais presente não na atividade turística em si, mas na presença das políticas públicas, desde a inserção da cidade no “Mapa do Turismo” aos recursos do Ministério do Turismo auferidos pela gestão municipal para a Festa da Laranja e outros eventos festivos. De forma colateral ou transversal, tal conexão movimentou as estruturas socioeconômicas e culturais do município, tornando-o mais conhecido, menos isolado e estimulando a autoestima e o sentimento de pertencimento entre os habitantes, o que também acabou por lançar sementes para que o município entrasse em outros espaços ou instâncias turísticas, como o “Fórum Turístico do Brejo Paraibano”. Por fim, o caso nos faz refletir sobre o que é turismo e o papel das políticas públicas de turismo no Brasil, levando em conta as microrrealidades das chamadas zonas rurais, observando que as festas populares são um locus relevante para pensar o desenvolvimento local, e que o turismo é um fenômeno que está presente, seja no discurso ou ações efetivas, em lugares onde não podem ser vistos a “olho nu”, dado que as pesquisas comumente se voltam para megaeventos, megaprojetos ou “megarrealidades”.


  • Mostrar Abstract
  • As a social phenomenon that affects both the way of life of visitors as well as locals, the tourism activity has been taken by political actions and discourses as means of development for a certain community or nation. Traditional folk festivals of remote origins, still very lively as a cultural practice, are part of the events calendar of many localities in Brazil and in other parts of the world, most of them taking place in rural areas based on an agriculture and cattle farming activities. Thus, considering “The Orange Festival, The National Tangerine Harvest Festival” (Festa da Laranja, Festival Nacional da Tangerina), a case study in the small locality of Matinhas, in the state of Paraíba, this research focuses on comprehending how folk festivals supported by projects announcing economical and sociocultural sustainability incorporate tourism discourse. Therefore, its central aim is to analyse the “festival-tourism” impacts for the local development. In terms of methodology, this research draws on qualitative parameters by means of in-deph interviews, participant observation and field study narratives, in which the oral and written text-context of those interviewed is the referenceguiding the questions understanding. As a result, it showed that in “The Orange Festival”, in Matinhas, the connection “festival-tourism” is more present, not in the touristic activity itself, but in terms of the efectiveness of public policies, which leads Matinhas to feature on the “national tourism map” as well as to gain access to financial resources from the Ministry of Tourism earned by the local government to sponsor the Orange Festival and other festivities. In a collateral or transversal perspective, this connection moved the socio-economic and cultural structures of the locality, giving it visibility, turning it less isolated and stimulating the self-esteem and the belonging feeling among the inhabitants, what led Matinhas to achieve access to other touristic business spots as the “Fórum Turístico do Brejo Paraibano”. Eventually, this case study brought us to reflect about what the tourism activity is and the role of tourism public policies in Brazil, considering the micro realities of the called rural areas. Observing that popular festivities are a relevant locus to think about the local development, the tourism activity also proved to be a phenomenon which is present, either in the discourse or in effective actions in places that require a proper investigation, since research data deal with mega-events, mega-projects or “mega-realities”.

5
  • PATRÍCIA LINS DE ARROXELAS GALVÃO
  • Turismo, lazer e segunda residência: as transformações socioespaciais no meio rural de Gravatá-PE

  • Orientador : MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • EDUARDO BRITO-HENRIQUES
  • MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • VANICE SANTIAGO FRAGOSO SELVA
  • MIRIAM HERMI ZAAR
  • Data: 20/03/2019

  • Mostrar Resumo
  • O meio rural no Brasil, e particularmente no Nordeste, tem apresentado nos últimos anos mudanças que estão relacionadas à prestação de serviços, moradia, lazer e turismo. Percebe-se que quanto mais as cidades apresentam problemas de diversas ordens, como violência, trânsito intenso, baixa qualidade de vida, o meio rural projeta-se como lugar tranquilo: a saída do caos urbano. Os moradores das grandes cidades passam a perceber o meio rural como local de lazer, descanso e encontro com a natureza. É nesse contexto que as atividades de segunda residência, turismo e lazer passam a se apropriar do meio rural como produto, criando novos espaços, estruturas, mobilidade para atrair esta demanda. Novos padrões de deslocamento e comunicação para o meio rural determinam novas concepções para a função da segunda residência e a busca pelo lazer em área rural. O meio rural é refuncionalizado, urbanizado, modernizado, ressignificado, emergindo como uma importante área de lazer. A chegada de novos grupos sociais provoca processos espaciais caracterizados pela transformação socioespacial proveniente das atividades de lazer, turismo e segunda residência. Desse modo, a pesquisa buscou analisar como a expansão das atividades de lazer e turismo tem desencadeado transformações socioespaciais no meio rural de Gravatá – PE. A partir de uma abordagem qualitativa, por meio de coleta de dados no cartório e órgãos governamentais, do tratamento estatístico e cartográfico, utilizando recursos como demografia e habitação, o estudo identifica os processos espaciais decorrentes da expansão do turismo e segunda residência e analisa o processo de ressignificação no meio rural de Gravatá.


  • Mostrar Abstract
  • The rural environment in Brazil, particularly in the Northeast, has presented in the last years changes that are related to the provision of services, housing, leisure and tourism. It can be seen that the more cities present problems of various kinds, such as violence, heavy traffic, poor quality of life, the rural environment is projected as a tranquil place: the escape from urban chaos. The inhabitants of the cities come to perceive the rural environment as a place of leisure, rest and encounter with nature. It is in this context that activities of second home, tourism and leisure begin to appropriate the rural environment as a product, creating new spaces, structures, mobility to attract this demand. New patterns of displacement for the rural determine new conceptions for the function of the second home and the search for leisure in rural areas. The rural is refunctionalized, urbanized, modernized, resignificance, emerging as an important leisure area. The arrival of new social groups causes spatial processes characterized by sociospatial transformation from leisure activities, tourism and second home. Thus, the research sought to analyze how the expansion of leisure and tourism activities has triggered socio-spatial transformations in the rural Gravatá-PE. Based on a qualitative approach, through the collection of data in the registry and government agencies, the statistical and cartographic treatment, using resources such as demography and housing, the study identifies the spatial processes resulting from the expansion of tourism and second residence and analyzes the process of resignification in the rural Gravatá-PE.

2018
Dissertações
1
  • ANDRÉ LUIZ VIEIRA SOARES
  • ISOMORFISMO INSTITUCIONAL NA ADOÇÃO DE TECNOLOGIA NO TURISMO: UMA ANÁLISE EM HOTÉIS DE NATAL/RN

  • Orientador : LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALEXANDRE AUGUSTO BIZ
  • LEILIANNE MICHELLE TRINDADE DA SILVA BARRETO
  • LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • Data: 30/01/2018

  • Mostrar Resumo
  • À proporção que o setor turístico incorpora tecnologias reconfigurando a distribuição e utilização de produtos e serviços, a Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) passa a ser um tema de investigação no turismo tendo em vista tais transformações no setor. Ao observarmos os estudos que discutem sobre a adoção da tecnologia por operadoras de turismo, esses estão centrados em identificar a diversidade ou os fatores que diferenciam as organizações e seus padrões das demais em relação à adoção da tecnologia. A teoria institucional estabelece uma visão macro de mudança estrutural, definida como isomorfismo nas organizações. O objetivo geral do estudo é analisar como essa pressão isomórfica, a partir da teoria institucional, está presente nos hotéis de Natal/RN na adoção de tecnologias de informação e comunicação. Para isso, a pesquisa realizou entrevista com 20 empreendimentos da rede hoteleira na cidade. O instrumento de coleta foi composto por um roteiro semiestruturado, o qual fora aplicado de forma presencial durante o período de setembro a novembro de 2017. Para apreciação dos dados foi utilizada a técnica de análise de conteúdo, contando com o auxílio da utilização do Software de análises qualitativas e mistas Nvivo, em sua versão 11.0. A apreciação dos dados mostra que o ambiente organizacional fornece pressão em como a tecnologia vem sendo adotada nesses estabelecimentos. Ficou evidenciado que os hoteleiros buscam adotar tecnologia para parecerem legítimos perante o mercado, principalmente entre os consumidores. Para isso adotam padrões, imitam a concorrência, e buscam serem bem avaliados no ambiente virtual em sites como TripAdvisor, Booking, Decolar, entre outros, para que desse modo sejam aceitos pelo campo em que operam e prolonguem sua sobrevivência no mercado. Conclui-se que o isomorfismo institucional está presente na adoção de tecnologia no setor hoteleiro analisado e que, a partir da pesquisa, é possível obter uma perspectiva de como essas forças atuam nas organizações.


  • Mostrar Abstract
  • As the tourism sector incorporates technologies reconfiguring the distribution and use of products and services, Information and Communication Technology (ICT) becomes a subject of tourism research in view of such transformations in the sector. When looking at the studies that discuss the adoption of technology by tourism operators, these are focused on identifying the diversity or factors that differentiate organizations and their patterns from others in relation to the adoption of technology. Institutional theory establishes a macro view of structural change, defined as isomorphism in organizations. The general objective of the study is to analyze how this isomorphic pressure, based on institutional theory, is present in Natal / RN hotels in the adoption of information and communication technologies. For this, the research conducted interviews with 20 hotels in the city. The data collection instrument consisted of a semi-structured script, which was applied in person during the period from September to November 2017. For the evaluation of the data, the content analysis technique was used, with the use of the qualitative and mixed analyzes Software Nvivo, in its version 11.0. The results shows that the organizational environment provides pressure on how technology has been adopted in these establishments. It was evidenced that hoteliers adopt technology to appear legitimate to the market, especially among consumers. For this they adopt standards, imitate the competition, and seek to be well evaluated in the virtual environment in sites like TripAdvisor, Booking, Decolar, among others, so that they are accepted by the field in which they operate and prolong their survival in the market. It is concluded that the institutional isomorphism is present in the adoption of technology in the analyzed hotel sector, from the research, it is possible to obtain a perspective of how these forces act in the organizations.

2
  • DANILO SERAFIM DA SILVA
  • USO DE FOTOGRAFIAS EM MÍDIAS SOCIAIS COMO FATOR INFLUENCIADOR NA INTENÇÃO DE ESCOLHA DE DESTINOS DE VIAGEM

  • Orientador : LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MARCIO MARREIRO DAS CHAGAS
  • LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • Data: 26/02/2018

  • Mostrar Resumo
  • A Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) transformam a sociedade e mercados, levando a novas formas de comportamento tanto de consumidores quanto de empresas. A indústria do turismo é umas das mais influenciadas pela incorporação de tecnologias, principalmente em torno da Internet, dando existência a novos modelos de negócio, reformulação nas estruturas de canais de distribuição, bem como mudanças nos processos de compra e distribuição. A expansão da Internet tem proporcionado a disseminação de mídias sociais, que são as principais responsáveis pela difusão do Conteúdo Gerado pelo Usuário (CGU). O CGU, por sua vez, tem adquirido significativa importância à medida que mais pessoas estão pesquisando e compartilhando comentários, fotografias e vídeos em distintas mídias sociais, tornando-se assim um fator decisório na escolha de destinos de viagem. O modelo desta pesquisa é baseado na Teoria do Comportamento Planejado (TCP) com quatro variáveis (atitude, normas subjetivas, controle percebido e intenção comportamental), bem como outros dois constructos, a imagem afetiva e a cognitiva. Tem-se como objetivo analisar o uso de fotografias em mídias sociais como fator influenciador na intenção de escolha de destinos de viagens. Para tanto, realizou-se estudo regido pela lógica hipotético-dedutiva, sendo este classificado como descritiva-exploratório em relação aos seus objetivos. A abordagem foi quantitativa, do tipo survey de amostragem não probabilística com 300 respondentes brasileiros. O instrumento de coleta de dados foi composto por um questionário estruturado, o qual foi aplicado de forma online durante o mês de fevereiro de 2017. Os dados foram analisados por meio de Modelagem de Equações Estruturais utilizando o Software SPSS com o pacote Amos versão 22.0. Dentre os principais resultados, com base nas hipóteses confirmadas, ressalta-se que a imagem fotográfica mediada pela atitude do viajante na intenção em usar fotografias em mídias sociais possui influência positiva na escolha de destinos de viagem para pessoas que planejam viagens. Portanto, evidencia-se que promotores devem investir mais na divulgação da imagem turística de cidades em mídias sociais e, consequentemente, ajudar a posicionar de forma estratégica destinos de viagem.


  • Mostrar Abstract
  • Information and Communication Technology (ICT) transforms society and markets, leading to new forms of behavior for both consumers and companies. The tourism industry is one of the most influenced ones due to the incorporation of technologies, mainly around the Internet, giving rise to new business models, reformulation in the structures of distribution channels, as well as changes in purchase and distribution processes. The expansion of the Internet has led to the dissemination of social media, which are mainly responsible for the diffusion of User-Generated Content (UGC). In turn, UGC has gained significant importance as more people are searching for and sharing comments, photos, and videos on different social media, thereby becoming a deciding factor when choosing travel destinations. The research model is based on the Theory of Planned Behavior (TPB) with four variables (attitude, subjective norms, perceived control, and behavioral intention), as well as two other constructs, affective and cognitive images. The goal is to analyze the use of photographs on social media as an influencing factor in the intention to choose travel destinations. The study was conducted under hypothetical-deductive logic, being classified as descriptive-exploratory with respect to its goals. The approach was quantitative using a survey with non-probabilistic sampling and 300 Brazilian respondents. The data collection instrument was composed of a structured questionnaire, which was applied online in February 2017. Data were analyzed through Structural Equation Modeling (SEM) using the SPSS software with the AMOS package, version 22.0. Among the main results based on the confirmed hypotheses, it is emphasized that the photographic image mediated by the traveler’s attitude in the intention to use photographs on social media has a positive influence on the choice of travel destinations for people planning trips. Therefore, it is evident that promoters should invest more in divulgating the touristic image of cities on social media and, consequently, help to strategically position travel destinations.

3
  • FERNANDA RAPHAELA ALVES DANTAS
  • TURISMO EM ÁREAS NATURAIS PROTEGIDAS: Análise da perspectiva do planejamento turístico nas unidades de conservação em processo de criação no Polo Costa das Dunas/RN

  • Orientador : KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • CASSIANA PANISSA GABRIELLI
  • Data: 28/02/2018

  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa tem como objetivo central compreender como a gestão do Polo Turístico Costa das Dunas está se envolvendo no planejamento turístico das unidades de conservação que estão em processo de criação.  O Rio Grande do Norte possui nove UC’s legalmente instituídas que corresponde cerca de 240 mil hectares, além disso, o IDEMA/RN, por meio do Núcleo de Unidades de Conservação está investindo na criação de novas unidades, e as que encontram-se localizadas no Polo Costa das Dunas são objetos do presente estudo, o Parque Estadual do Jiqui, localizado no município de Parnamirim/RN e o Parque Estadual dos Mangues do Potengi que está localizado em Natal/RN. Para construção do trabalho foram realizados levantamentos bibliográficos e documentais buscando maior aprofundamento na temática e conhecimento sobre as áreas de estudo. A pesquisa tem caráter exploratório e descritivo com abordagem qualitativa e as técnicas de análise utilizadas foram descritivas e análise de conteúdo. Dessa maneira, os resultados da investigação trouxeram o entendimento do processo de criação das UC’s, envolvimento de atores do turismo, bem como, a percepção do conselho gestor do Polo Costa das Dunas quanto aos riscos e benefícios que em potencial referente ao uso turístico em ambos os parques em criação. Destarte, constatou-se que o processo de criação dos parques encontram-se parados e as discussões referentes as UC’s são escassas no contexto de reuniões do Polo Costa das Dunas, especialmente se tratando dos Parques em criação, Mangues do Potengi e Jiqui, além disso, notou-se que os atores do turismo não foram envolvidos, até o presente momento, nas discussões sobre essas criações. Quanto a percepção dos membros entrevistados, pode-se afirmar que estes, no geral, possuem pouco ou nenhum conhecimento sobre o processo de criação das UC’s. Já no tocante dos riscos e benefícios em potenciais da relação do turismo com essas áreas, infere-se que os benefícios em potencial do turismo são percebidos considerando as realidades locais nas dimensões: oportunidades econômicas; proteção natural; proteção sociocultural e qualidade de vida; e quanto aos riscos, também são compreendidos como passíveis de ocorrer nas áreas, no entanto, tendem a ser minimizados dependendo da gestão de criação, planejamento envolvendo diferentes atores, principalmente a comunidade local que na visão dos membros, necessitam de um trabalho de sensibilização e conscientização sobre relevância da criação e uso turístico nas UC’s. Dessa forma, destaca-se que o planejamento turístico no contexto do PEMAP e PEJ não vem ocorrendo de maneira integrativa com os atores do turismo, que constituem em partes interessadas desse processo, já que, a proposta de criação das áreas possui perspectiva de desenvolvimento do turismo e visitação, e sabe-se que os principais atrativos do próprio Polo encontram-se atrelados a áreas naturais protegidas.


  • Mostrar Abstract
  • The present research aims to understand how the central management of the Tourist Costa das Dunas Polo are getting involved in tourism planning of protected areas that are in the process of creating. The Rio Grande do Norte has nine UC's legally established that corresponds approximately to 240,000 hectares, in addition, IDEMA/RN, through the Core of protected areas is investing in the creation of new Units, and those  that are located in the Polo Costa das Dunas are objects of the present study, the Jiqui State Park located in the municipality of Parnamirim/RN and the Parque Estadual dos Mangues do Potengi is located in Natal/RN. For the construction work have been conducted bibliographic and documentary surveys seeking deeper in and knowledge of the areas of study. The research is exploratory and descriptive character with a qualitative approach and the techniques used were descriptive analysis and content analysis. In this way, the results of the investigation brought the understanding of the process of creation of the UC's, involvement of actors in the tourism, as well as the perception of the Managing Council of the Polo Costa das Dunas about the risks and potential benefits for tourist use in both parks in creation. Thus, it was noted that the process of creating the parks are stopped and discussions regarding the UC's are scarce in the context of meetings of the Polo Costa das Dunas, especially when it comes to creating parks, Wetlands do Potengi and Jiqui, in addition, It was noted that the tourism actors were not involved, so far, in the discussions on these creations. As the perception of the members interviewed, one can say that these, in General, have little or no knowledge about the process of creation of the UC's.  In terms of the risks and potential benefits of the relationship of tourism with these areas, infers that the potential benefits of tourism are perceived whereas local realities in the dimensions: economic opportunities; natural protection; sociocultural protection and quality of life; and about the risks, are also understood as likely to occur in the areas, however, tend to be minimized depending on the creation, management, planning involving different actors, especially the local community which in the view of members, need a work of sensitization and awareness of relevance of creation and tourist use in UC's. Thus, we highlight that the tourism planning in the context of PEMAP and PEJ integrative way has taken place not with the actors of the tourism, who are stakeholders in this process, since the proposal for the creation of the areas has development perspective of tourism and visitation, and the main attractions of the Pole itself are linked to protected natural areas.

4
  • WAGNER FERNANDES COSTA
  • TURISMO, PRODUÇÃO IMOBILIÁRIA E CONFLITO TERRITORIAL ENTRE SÃO MIGUEL DO GOSTOSO E TOUROS (RN)

  • Orientador : MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RAMON GARCIA MARIN
  • MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • Data: 28/02/2018

  • Mostrar Resumo
  •  

    Após a consolidação das políticas públicas de estímulo ao turismo internacional no Nordeste brasileiro (PRODETUR/NE I e II), verifica-se um incremento dos investimentos imobiliários realizados por estrangeiros. Trata-se da transferência de capital entre territórios e atividades produtivas determinadas pelas estratégias de reprodução capitalistas. No ano de 2010, em meio a esse contexto, os municípios de Touros e São Miguel do Gostoso, situados no litoral Leste do Rio Grande do Norte, passaram a divergir sobre a demarcação de limites territoriais. O quadro adquire conotação de conflito a partir das negativas de correção dos limites e da cobrança de impostos empreendidas pelos gestores de Touros a empresas e cidadãos das áreas questionadas. O objetivo da pesquisa é analisar a relação entre o conflito territorial envolvendo São Miguel do Gostoso e Touros e o processo de expansão do turismo e dos investimentos imobiliários. Trata-se de um estudo qualitativo, cujos procedimentos de coleta de dados envolveram a pesquisa documental em cartório e órgãos públicos, a observação sistemática e entrevistas semiestruturadas com atores políticos, lideranças da sociedade civil e empresarial. Os dados demonstram que em função da incongruência dos limites, São Miguel do Gostoso passou a acumular o ônus orçamentário pela queda de repasses correspondentes à contagem populacional e perda de tributos ligados ao uso do solo urbano, somados à necessidade de prestar serviços públicos ao residente e aos turistas. Na Sede Municipal, os investimentos públicos e privados ligados ao turismo e as condições naturais favoráveis às práticas de esportes de aventura tornaram-se importantes indutores da expansão urbana, principalmente nas áreas adjacentes às praias da Xêpa, do Cardeiro e da Ponta do Santo Cristo. A partir de tais condições, essas áreas transformam-se num concorrido setor de expansão de investimentos imobiliários com destacada participação de estrangeiros. Comparado a Touros, a dinâmica imobiliária de São Miguel do Gostoso mostra-se mais acentuada ao longo do tempo, com maior volume de capitais investidos, envolvendo maior número de nacionalidades e incorporando terras que possuem atributos de interesse turístico, fatores esses que lhe conferem maior valorização do solo. Conclui-se que em São Miguel do Gostoso o crescimento dos investimentos turístico-imobiliários colaborou para a reestruturação do seu espaço a partir de objetos, ações e símbolos que lhe garante a expressão territorial. Por outro lado, tais investimentos, exerceram acentuado efeito sobre o litígio, para o qual, o termo de um acordo entre os gestores foi condicionado à manutenção das terras da Praia da Ponta do Santo Cristo para Touros.


  • Mostrar Abstract
  • After consolidating the public policies to stimulate international tourism in the Brazilian Northeast (PRODETUR / NE I and II), it is possible to notice an increase in real estate investments made by foreigners. It concerns the transfer of capital between territories and productive activities determined by capitalist reproduction strategies. In 2010, in the middle of this context, the municipalities of Touros and São Miguel do Gostoso, located on the Eastern coast of Rio Grande do Norte, began to diverge on the demarcation of territorial boundaries. The case acquires connotation of conflict from the denials of limits correction and the collection of taxes undertaken by the managers of Touros to companies and citizens of the areas in question. The objective of the research is to analyze the territorial conflict between São Miguel do Gostoso and Touros, considering the process of tourism expansion and real estate investments in said municipalities. It is a qualitative study, whose data collection procedures involved documentary research in notary and public agencies, systematic observation and semi-structured interviews with political actors, civil society and business leaders. The data shows that, because of the incongruity of the boundaries, São Miguel do Gostoso started to accumulate the budget burden due to the decrease of transfers corresponding to the population count and loss of taxes related to urban land use, together with the need to provide public services to the resident and tourists. At the Municipal Headquarters, public and private investments linked to tourism and natural conditions favorable to adventure sports have become important drivers of urban expansion, especially in the areas adjacent to the beaches of Xêpa, Cardeiro and Ponta do Santo Cristo. From these conditions, these areas become a highly competitive sector of expansion of real estate investments with a significant participation of foreigners. Compared to Touros, the real estate dynamics of São Miguel do Gostoso are more accentuated over time, with a greater volume of capital invested, involving a greater number of nationalities and incorporating lands that have attributes of tourist interest, factors that give it greater appreciation of the soil. It is concluded that in São Miguel do Gostoso, the growth of tourism-real estate investments has contributed to the restructuring of its space by means of objects, actions and symbols that guarantee its territorial expression. On the other hand, such investments had a marked effect on the litigation, for which, the term of an agreement between the managers was conditioned to retaining the lands of Ponta do Santo Cristo Beach to Touros.

5
  • CARLA STEFÂNIA CABRAL DE MEDEIROS SANTANA
  • ANÁLISE DOS FATORES QUE INFLUENCIAM O APOIO DOS VISITANTES AO DESENVOLVIMENTO DO TURISMO NA UC PARQUE DAS DUNAS, NATAL/RN

     

  • Orientador : MARCOS ANTONIO LEITE DO NASCIMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCIO MARREIRO DAS CHAGAS
  • MARCOS ANTONIO LEITE DO NASCIMENTO
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • Data: 02/04/2018

  • Mostrar Resumo
  • Unidades de Conservação são tratadas como porções de áreas naturais que tem a finalidade proteger aspectos ambientais de significativa relevância, no qual, progressivamente vem se expandindo pelo território brasileiro. Em termos de visitação, os Parques são áreas que comumente estão relacionadas ao uso público. E nesses locais, além da possibilidade de uso pelos autóctones, há também a permissão do uso pelo turismo. Por serem áreas que necessitam de um planejamento integrado e participativo de todos os atores, a presente pesquisa tem como objetivo central analisar os fatores capazes de influenciar o apoio dos visitantes ao desenvolvimento do turismo na UC Parque das Dunas. Este estudo tem caráter hipotético-dedutivo, pois, visa testar hipóteses, possui uma abordagem quantitativa do tipo Survey e natureza aplicada e descritiva. Tem como instrumento para a coleta de dados um questionário que contém dois blocos, um que trata do perfil e outro das dimensões a serem investigadas. A amostra coletada, composta de 180 respondentes, foi realizada de maneira não probabilística por conveniência, porém, utilizou-se a sistematização a cada três pessoas para a escolha do sujeito. Os dados coletados foram analisados através da análise descritiva, análise fatorial e a modelagem de equações estruturais. Os resultados da investigação indicam que a dimensão Qualidade é a que possui maior impacto no modelo proposto e que o Apoio ao desenvolvimento do turismo é uma dimensão formada diretamente pela percepção do Valor, que neste caso, é tratado como benefícios socioambientais. Entretanto, indiretamente o Apoio também sofre influência das dimensões Imagem e Qualidade, isto através da dimensão Valor. Além disso, conclui-se ainda que o Parque das Dunas é uma área frequentada por residentes e não por turistas.


  • Mostrar Abstract
  • Protected areas are treated as parts of natural areas that has the purpose to protect significant environmental aspects of relevance, in which, progressively has been expanding by the Brazilian territory. In terms of visitation, the parks are areas that commonly are related to public use. And in these locations, besides the possibility of use by natives, these is also the permission of use by tourism.  Because they  are areas that require na integrated and participatory planning of all actors, this research has as main objective central analyze factors capable of influencing visitors’ support for the development of tourism  in UC Parque das Dunas. This hypothetical-deductive character study is therefore aimed at testing hypotheses, quantitative approach to type a main Survey and applied and descriptive nature. Has as tool for data collection a questionnaire containing two blocks, one that deals with the profile and other dimensions to be investigated. The sample collected, composed of 180 respondents, was conducted in a manner non-probability for convenience, however, it was systematization every three people for the choice of subject. The collected data were analyzed by descriptive analysis, factor analysis, and structural equation modeling. Research results indicate that the Quality is the dimension that has the greatest impacto on the proposed model and to Support the development of tourism is a dimension formed directly by the perception of the Value, which in this case is treated as social and environmental benefits. However, indirectly Support also suffers the influence of the Image dimensions and Quality, through the dimension Value. In addition, it is concluded that the Parque das Dunas is an area frequented by residents and not by tourists.

6
  • MARIA CAROLINA CAVALCANTE DIAS
  • BRANDING DE DESTINOS TURÍSTICOS: UM ESTUDO A PARTIR DO “SAFFRON CITY BRAND CRITERIA”

  • Orientador : LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • LUIS ROBERTO ROSSI DEL CARRATORE
  • ELAINE LOPES DA SILVA
  • Data: 17/04/2018

  • Mostrar Resumo
  • A competitividade no setor turístico incentiva as destinações a desenvolver estratégias e mecanismo para a sua diferenciação e posicionamento favorável. Para isto, uma das alternativas é a incorporação da gestão estratégica de marcas, entendida como um recurso capaz de comunicar a identidade única do destino, distingui-lo de seus concorrentes e realizar a sua promoção. Neste contexto, os estudos sobre o branding de destinos turísticos apresentam pesquisas voltadas para a construção, gestão e avaliação de marca e contribuem para o entendimento sobre como este processo ocorre nos destinos. Desse modo, o presente trabalho tem como objetivo analisar três destinos litorâneos e concorrentes do Nordeste brasileiro em relação às suas respectivas marcas, a partir do “Saffron City Brand Criteria”. Com metodologia de caráter descritivo-exploratória, de abordagem qualitativa, utilizou como recurso para coleta de dados, entrevistas abertas semiestruturadas com gestores e representantes dos trades turísticos dos destinos selecionados e pesquisa documental. Através de análise de conteúdo, auxiliada pelo Software de análises qualitativas e mistas Nvivo (versão 11.0),  foi possível concluir que os destinos não dispõem de uma marca turística definida e orientada estrategicamente para alcançar objetivos do destino; possuem foco na dimensão física e tangível dos seus ativos em detrimento das dimensões emocional e simbólica; apresentam posicionamento  baseado nos produtos turísticos existentes, almejando atender objetivos e públicos que se assemelham; apresentam diferentes relações entre aqueles que gerenciam a marca e aqueles ao qual a marca pertence. Por fim, são apresentadas reflexões sobre o parâmetro Saffron City Brand Criteria e sua aplicação no contexto dos destinos brasileiros e agenda para pesquisas futuras.


  • Mostrar Abstract
  • Competitiveness in the tourism sector encourages the destinations to develop strategies and tools for their differentiation and favorable positioning. For this, one of the alternatives is the incorporation of strategic brand management, understood as a marketing tool designed to communicate the unique identity of the destination, distinguish it from its competitors and carry out its promotion. In this context, the studies on the branding of tourist destinations present research focused on the construction, management and evaluation of the brand and contribute to the understanding of how this process occurs in the destinations. Thus, the present study Thus, the present work analyzes the brands of three competing destinations of the Brazilian Northeast based on the "Saffron City Brand Criteria" parameter. With descriptive-exploratory methodology, and qualitative approach, the present research used semi-structured open interviews with managers and representatives of selected tourist destinations destinations and documental analysis. Through content analysis, aided by the Nvivo Qualitative and Mixed Analysis Software (version 11.0), it was possible to conclude that destinations do not have a defined and are strategically-oriented brand to reach destination goals;  they have a focus on the physical and tangible dimension of their assets rather than emotional and symbolic dimensions; they have a product-based positioning based on the existing tourist products, aiming at meeting objectives and public that resemble; there are different relations between those who manage the brand and those to whom the brand belongs. Finally, reflections on the Saffron City Brand Criteria parameter, its application in the context of Brazilian destinations and agenda for future research are presented.

     

     

7
  • VICTOR HUGO DA SILVA
  • Fatores que Influenciam o Apoio dos Residentes ao Desenvolvimento do Turismo em Destinos Costeiros

     

  • Orientador : SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • MARCIO MARREIRO DAS CHAGAS
  • Data: 25/06/2018

  • Mostrar Resumo
  • O estudo teve como objetivo investigar os fatores que influenciam o apoio do residente para o desenvolvimento do turismo em Destinos Costeiros. O estudo foi realizado com a comunidade residente da Praia da Pipa (Tibau do Sul/RN0, considerado como destino indutor pelo Ministério do Turismo. Para tanto, foi desenvolvida uma investigação exploratório-descritiva, com abordagem quantitativa, caracterizada ainda como Survey, de corte transversal. O processo amostral foi o não probabilístico. O instrumento de coleta de dados foi o formulário, elaborado em escala métrica de 10 pontos, baseada na abordagem Likert. Foram investigadas as dimensões “imagem do destino”, “apego ao lugar” e “impactos do turismo”, assim como as características do perfil sócio demográfico da população. Todos os itens passaram por discussão teórica e revisão bibliográfica, tanto de modelos estruturais quanto relações epistemológicas. A análise dos dados obtidos foi realizada de acordo com pressupostos tanto descritivos quanto inferenciais. Tabulação de dados, análises descritivas, de agrupamentos, fatorial tanto exploratória quanto confirmatória, são tópicos que podem ser visualizados nesta investigação. Os resultados apontam para além de uma forte percepção ambiental negativa quantos à decisão de apoiar o desenvolvimento do turismo, a influência direta da imagem como antecedente de apego ao lugar e essas relações com o apoio do residente ao desenvolvimento do turismo em destinos costeiros menores.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this study was to investigate factors that influence resident support for tourism development in Coastal Destinations. The study was conducted with the resident community of Pipa Beach (Tibau do Sul / RN),considered as an inductor destination for Ministry of Tourism), for which an exploratory-descriptive research was developed with the quantitative approach, The data collection instrument was built on a 10 - point scale, using a 10 - point scale modeling tool, with application in the "Tourism Impacts" approach, as well as the characteristics of the socio - demographic profile of the population Data, descriptive analyzes, clusters, both exploratory and confirmatory factorial, are reports that can be visualized in this survey. The indicators indicate beyond a deficit in the environmental perception, while the indicators of tourism development, the influence of the information as antecedents of access to the site and support relationships for the rescue of the development of tourism in smaller coastal destinations.

     

8
  • GILDYGLEIDE CRUZ DE BRITO RÊGO
  • GESTÃO DA CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO EM EMPRESAS ORGANIZADORAS DE EVENTOS

  • Orientador : LEILIANNE MICHELLE TRINDADE DA SILVA BARRETO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • LEILIANNE MICHELLE TRINDADE DA SILVA BARRETO
  • JULIANA VIEIRA DE ALMEIDA
  • RICARDO LANZARINI GOMES SILVA
  • Data: 24/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • O avanço célere da comunicação tem provocado mudanças consideráveis em todos os contextos da sociedade. De igual maneira, vem transformando o cenário organizacional passando a exigir estratégias diferenciadas para lidarem com os desafios atuais. A criatividade e inovação emergem como ferramentas capazes de produzir um número maior de respostas e soluções, além de sustentar tomadas de decisões. Para otimizar esse resultados as organizações passam a orquestrar a gestão da criatividade e inovação, que é um processo orientado a potencializar a criação de ideias e transformá-las em soluções diferenciadas. A indústria do turismo têm se apropriado desse artificio, sobretudo organizações voltadas ao planejamento de eventos com vistas a construir uma vantagem competitiva. Desse modo, o presente trabalho objetiva analisar a relação entre a gestão da criatividade e a gestão da inovação em uma empresa organizadora de eventos turísticos. Como representante desse setor, definiu-se a Destaque Promoções, pela representatividade do Carnatal no mercado nacional de eventos turísticos. A pesquisa desenvolve-se com um caráter descritivo-exploratório, de abordagem qualitativa. Utilizou-se como instrumentos para coleta de dados, questionários aplicados a uma amostra de dez colaboradores da organização e a observação não participante. Por meio da análise de conteúdo, embasada pela tabulação via softwares de edição de planilhas e o NVIVO (versão 11.0). Observa-se que a empresa possui uma cultura criativa bem implementada, entretanto não é detentora de uma estratégia orientada ao processo de inovação. As inovações, em sua grande maioria incrementais, ocorrem aleatoriamente e emergem a partir de problemas exógenos. Conclui-se que a relação entre a cultura criativa e o processo de inovação, nas empresas organizadoras de eventos, ocorre de forma dependente para que traga resultados plausíveis, o que corrobora com teorias anteriores ao revelar que a gestão da criatividade é fundamental, mas mostra-se apenas como o princípio para a inovação.


  • Mostrar Abstract
  • The rapid advancement of communication has brought about considerable changes in all contexts of society. In the same way, it has been transforming the organizational scenario, requiring different strategies to deal with current challenges. Creativity and innovation emerge as tools capable of producing a greater number of responses and solutions, as well as supporting decision making. To optimize this results, organizations start to orchestrate the management of creativity and innovation, which is a process oriented to empowering the creation of ideas and transforming them into differentiated solutions. The tourism industry has appropriated this artifice, especially organizations focused on the planning of events with a view to building a competitive advantage. In this way, the present work aims to analyze the relationship between the management of creativity and the management of innovation in a company that organizes tourism events. As representative of this sector, the Destaque Promocões was defined, for the representativeness of Carnatal in the national market of tourist events. The research is developed with a descriptive-exploratory, qualitative approach. Data collection instruments, questionnaires applied to a sample of ten employees of the organization and non-participant observation were used as instruments for data collection. Through content analysis, based on tabulation via spreadsheet editing software and NVIVO (version 11.0). It is observed that the company has a well-developed creative culture, however, it does not have a strategy oriented to the process of innovation. Innovations, mostly incremental, occur randomly and emerge from exogenous problems. It is concluded that the relationship between the creative culture and the innovation process, in the event organizers, occurs in a dependent way so that it brings plausible results, which corroborates with previous theories to reveal that the management of creativity is fundamental, but it shows is just as the principle for innovation.

9
  • LYVIA CAMILA FERNANDES MADRUGA BARROS
  • QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E COMPROMETIMENTO ORGANIZACIONAL: UM ESTUDO EM EMPRESAS HOTELEIRAS

  • Orientador : LEILIANNE MICHELLE TRINDADE DA SILVA BARRETO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LEILIANNE MICHELLE TRINDADE DA SILVA BARRETO
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • JULIANA VIEIRA DE ALMEIDA
  • Data: 24/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • Considerando os recursos humanos fator chave para o desenvolvimento da atividade hoteleira, e tratando-se de uma prestação de serviço, torna-se imprescindível aliar a qualificação da mão de obra ao perfil que o mercado exige.  A qualificação, quando bem disseminada, passa a ser uma aliada a vários construtos - um deles é o comprometimento organizacional. No entanto, o objetivo geral desta pesquisa foi analisar as relações entre qualificação profissional e comprometimento em organizações hoteleiras do município de João Pessoa/PB. Desse modo, a fundamentação teórica abordou aspectos referente ao setor hoteleiro, à importância do capital humano, à qualificação profissional e ao comprometimento organizacional e seus tipos. Com relação à metodologia, é de caráter descritivo, no que concerne aos seus objetivos, tendo enfoque analítico-quantitativo. Utilizou-se para a tabulação de dados o programa SPSS, no intuito de descrever e correlacionar as variáveis em questão. A pesquisa teve uma amostra de 20 hotéis localizados no município de João Pessoa, tendo sido designados em cada hotel 5 respondentes, totalizando 100 respondentes. O questionário foi dividido em três blocos: qualificação profissional, comprometimento organizacional e perfil socioeconômico. Dentre as principais constatações do estudo, a análise fatorial das dimensões revela maiores cargas para benefícios da qualificação com carga de 0,922 e comprometimento instrumental com 0,799. A correlação de maior magnitude também foi entre o comprometimento instrumental e os benefícios da qualificação, com 0,704. No modelo de regressão, o R² entre a dimensão qualificação profissional e o comprometimento instrumental foi de 54,1%. No entanto, existe relação com os vínculos afetivo e afiliativo do comprometimento, que, conforme apresenta Medeiros (2003), são os de melhor desempenho para as organizações. Assim, esse estudo leva a refletir que necessita-se um realinhamento nas estratégias da empresa para que se alcance o comprometimento adequado. 


  • Mostrar Abstract
  • Considering the human resources key factor for the development of the hotel activity, if it is a service rendering it is essential to combine the qualification of the workforce with the profile that the market demands. Qualification, when well disseminated, becomes an ally with several constructs, one of which is organizational commitment. However, the general objective of this research was to analyze the relationships between professional qualification and commitment in hotel organizations in the municipality of João Pessoa / PB. Thus, the theoretical basis addressed aspects related to the hotel sector, the importance of human capital, professional qualification and organizational commitment and its types. Regarding the methodology is descriptive in terms of its objectives, having as an analytical-quantitative approach, the SPSS program was used for the tabulation of data, in order to describe and correlate the variables in question. The survey had a sample of 20 hotels located in the municipality of João Pessoa, where in each hotel 5 respondents were assigned, totaling 100 respondents. The questionnaire was divided into three blocks: Professional qualification, organizational commitment and socioeconomic profile. Among the main findings of the study, the factorial analysis of the dimensions revealed higher loads for qualification benefits with a load of 0.922 and an instrumental impairment of 0.799. The correlation of greater magnitude was also between the instrumental impairment and the benefits of the qualification with 0.704. And in the regression model the R² between the professional qualification dimension and the instrumental impairment was 54.1%. However, there is a relationship with the affective and affiliative ties of commitment, which according to Medeiros (2003), are the best performers for organizations. Thus, this study leads to the reflection that it needs a realignment in the strategies of the company in order to achieve adequate commitment.

10
  • ANA LUIZA DE ALBUQUERQUE TITO
  • GERENCIAMENTO DE CRISE NAS AGENCIAS DE VIAGENS DO BRASIL

  • Orientador : LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • JULIANA VIEIRA DE ALMEIDA
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • NORMINANDA MONTOYA VILAR
  • Data: 28/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • O cenário da economia brasileira, juntamente com as dificuldades inerentes a cada setor da atividade, exige um maior preparo e conhecimento das organizações para se reposicionarem no mercado. Para isso, é importante que o agente de viagens tenha capacidade de perceber o cenário em que se encontra, para, por meio destes conhecimentos, tomar medidas diante das dificuldades surgidas e, assim, conseguir se reposicionar no mercado. As organizações, de uma forma geral, estão vulneráveis a diversos tipos de crises, tanto externas como internas. Este contexto aplica-se também às agências de viagens. Este segmento vem passando por uma série de mudanças que, se não forem bem administradas, poderão ter consequências irreversíveis. Assim, este trabalho pretende analisar o gerenciamento de crise nas agências de viagens do Brasil. O estudo apresenta uma abordagem qualitativa, descritiva e exploratória, utilizando como instrumento de pesquisa a entrevista semiestruturada aplicada aos Presidentes das ABAVS. Os resultados apontam que as práticas administrativas adotadas pelos agentes de viagens no enfrentamento das crises acontecem de forma intuitiva. Ações que fazem parte de um processo de gerenciamento de crises como prevenção, planejamento, definição das estratégias de comunicação, parcerias estabelecidas com stakeholders, e funcionários, avaliação, aprendizado, entre outros, são modestas e isoladas, não se configurando em um processo de gerenciamento de crises. Em suma, a prática da gestão de crises não é uma realidade no mercado de agência de viagens e as ações isoladas adotadas não lhes dão a garantia de reposicionamento e superação diante da crise atual.


  • Mostrar Abstract
  • The scenario of the Brazilian economy, along with the difficulties inherent to each sector of the activity, requires a greater preparation and knowledge of the organizations to reposition themselves in the market. For this, it is important that the travel agent is able to perceive the scenario in which he is, to, through this knowledge, taking action in the face of the difficulties that have risen and thus be able to reposition himself in the market. Organizations, in general, are vulnerable to various types of crisis, both external and internal. This applies to travel agencies also. This segment has been going through a series of changes that, if not well managed, could have irreversible consequences. Thus, this paper intends to analyze crisis management in Brazilian travel agencies. The study presents a qualitative, descriptive and exploratory approach, using as a research instrument the semi-structured interview applied to the ABAV’S Presidents. The results shows that the administrative practices adopted by travel agents in dealing with crisis occur in an intuitive way. Actions that are a part of a crisis management process such as prevention, planning, definition of communication strategies, partnerships established with stakeholders, and employees, evaluation, learning, amongst others, are modest and isolated, not configuring in a management process of crisis. In short, the practice of crisis management is not a reality in the travel agency market and the isolated actions adopted do not give them the guarantee of repositioning and overcoming the current crisis.

11
  • LEANDRO TAVARES BEZERRA
  • MODELO CANVAS APLICADO À GESTÃO ESTRATÉGICA DE EMPREENDIMENTOS HOTELEIROS
  • Orientador : MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MARIA VALERIA PEREIRA DE ARAUJO
  • WALID ABBAS EL AOUAR
  • Data: 31/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo tem como objetivo analisar a aplicabilidade do Modelo Canvas de Negócio como prática de gestão estratégica em empreendimentos hoteleiros. Tal modelo caracteriza-se como paradigma recente no contexto empresarial referente à modelagem de gestão de negócio. O Canvas é composto por nove componentes que juntos formam a estrutura denominada ideal para o desenvolvimento de um modelo de negócio (Pigneur e Osterwalder, 2011). Em termos metodológicos este estudo possui caráter exploratório e abordagem qualitativa. A pesquisa envolve uma triangulação de técnicas de coleta de dados através de entrevista semiestruturada, aplicada com dois gestores de empreendimentos hoteleiros distintos, análise documental e observação participante. Quanto à análise dos dados coletados está pesquisa realizou uma análise de conteúdo com o auxílio do Software Nvivo, utilizando resultados através de nuvem de palavras, mapa da árvore de palavras e correlação de variáveis. Nos resultados obtidos se observa as preocupações dos gestores hoteleiros mediante um mercado competitivo e com estagnações tarifárias, repleto de tendências e necessidades na prestação dos serviços. Apresenta um mercado on-line em expansão, a necessidade de estratégias que engaje clientes e empresa além da resistência empresarial na adesão de novos modelos e estratégias empresariais. Resultou que o Canvas demostrou ser uma ferramenta prática capaz de sintetizar a vida empresarial das empresas de forma visual. Mediante estudo de mercado contribui para desenvolver, aplicar e monitorar estratégias tornando os empreendimentos competitivos, agindo como um mapa mental e permitindo ao gestor utilizar o modelo de forma estratégica para desenvolver ações com base nas tendências e necessidades do mercado. A pesquisa conclui que o Canvas se aplica como uma ferramenta prática capaz de alinhar aspectos teórico, empírico e metodológico com a finalidade de aprimorar os diferentes processos organizacionais da rede hoteleira.


  • Mostrar Abstract
  • This study aims to analyze the applicability of the Business Canvas Model as a strategic management practice in hotel developments. This model is characterized as a recent paradigm in the business context regarding business management modeling. Canvas is composed of nine components that together form the so-called ideal structure for the development of a business model (Pigneur and Osterwalder, 2011). In methodological terms, this study has an exploratory character and a qualitative approach. The research involves a triangulation of data collection techniques through a semistructured interview, applied with two managers of different hotel developments, documentary analysis and participant observation. As for the analysis of the collected data this research carried out a content analysis with the help of Software Nvivo, using results through word cloud, word tree map and correlation of variables. In the obtained results the hotel managers' concerns are observed through a competitive market and with tariff stagnations, full of tendencies and needs in the provision of services. It presents an expanding online marketplace, the need for strategies that engage clients and companies in addition to corporate resistance in the adhesion of new models and business strategies. It turned out that Canvas has proved to be a practical tool capable of synthesizing the business life of companies visually. Through market research, it contributes to the development, application and monitoring of strategies making the enterprises competitive, acting as a mental map and allowing the manager to use the model strategically to develop actions based on market trends and needs. The research concludes that Canvas is applied as a practical tool capable of aligning theoretical, empirical and methodological aspects with the purpose of improving the different organizational processes of the hotel network.

     

12
  • ANNA LAURYTHA CARLOS GONÇALVES
  • O Turismo e a aquisição da produção rural familiar e da pesca pelos serviços de alimentação e acomodação em São Miguel do Gostoso (RN)

  • Orientador : FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MICHEL JAIRO VIEIRA DA SILVA
  • MARIA GERALDA DE ALMEIDA
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • Data: 05/10/2018

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo investigou a relação do turismo com a aquisição da produção rural familiar e o recurso pesqueiro pelos serviços de alimentação e acomodação em São Miguel do Gostoso (rn), visto que o turismo enquanto fenômeno socioespacial pode contribuir em melhorias no município e para as pessoas que ali habitam. Dito isso, considerou-se a ótica de Amartya Sen (2010) que aborda o desenvolvimento como liberdade e Kiyota e Gomes (1999); Belik et al (2002) e Ramalho (2016) para respaldar as relações da economia local. Nesse cenário, tem-se como participantes da pesquisa: o trade turístico e o agricultor. Para chegar a tal público participante foram considerados alguns critérios. O trade turístico deveria existir há pelo menos um ano e fornecer pelo menos uma refeição em seu estabelecimento. E os agricultores foram considerados a partir das menções feitas pelo trade turístico como vendedor dos alimentos que adquire para o seu estabelecimento. O escopo do estudo tem caráter exploratório e descritivo com abordagem quali-quanti. A princípio, menciona-se a dificuldade em obter informações sobre a existência dos estabelecimentos de acomodação e alimentação devido também a alta rotatividade de abertura e fechamento das empresas desse setor. Contornou-se tal situação utilizando de várias informações existentes sobre a os empreendimentos em questão, até chegar as objetivas empresas. A coleta de dados foi realizada com os empreendimentos em funcionamento, existente ha pelo menos um ano e que oferecesse ao menos uma refeição. Essas respostam serviram para montar o censo do trade turístico relevante para as análises seguintes.  Já as entrevistas foram realizadas com aqueles que reconheciam adquirir a da produção rural alimentar de forma direta ao agricultor. Em sequência, entrevistou-se os agricultores que vendem sua produção rural familiar nas feiras de livre comercialização em São Miguel do Gostoso/RN. Todas as informações do censo foram inseridas no Google Forms para auxiliar na etapa de análise e interpretação dos dados. Já as entrevistas tiveram seus áudios transcritos de acordo com as orientações de Ramilo e Freitas (2001) e, posteriormente, realizou-se a análise do conteúdo. Os principais resultados sobre a relação da aquisição do gênero alimentício, pode-se dizer que são: 1) o serviço de acomodação é aquele que mais se destaca com a aquisição de alimentos de forma direta à agricultura familiar; 2) destaca-se o serviço de alimentação para a aquisição de forma direta à outros mercados, e o mercado local pouco se utiliza da aquisição de alimentos de forma direta à agricultura familiar; 3) o trade turístico que possui autoconsumo são aqueles que procuram adquirir os alimentos de forma direta à agricultura familiar; 4) a aquisição de alimentos de forma direta ao mercado local é maior do que a aquisição à feira-livre municipal, do que à agricultura familiar e a feira orgânica, respectivamente; e, 5) há estabelecimento do trade turístico que não possui nenhum vínculo com a aquisição de alimentos de forma direta à agricultura familiar. A contribuição do fenômeno turístico, no contexto do desenvolvimento local, tem sido mínima, pois a referida atividade econômica ainda não foi capaz de proporcionar outro patamar para os níveis municipais, tais como o analfabetismo e o poder de compra real.


  • Mostrar Abstract
  • The present study investigated the relationship of tourism with the acquisition of rural familiar production and the fishing resource for food service and accommodation in São Miguel do Gostoso (RN), whereas tourism while socio-spatial phenomenon can contribute improvements to the municipality and to the people who dwell there. That said, the optics of Amartya Sen (2010) the development as freedom and Kiyota and Gomes (1999); Belik et al (2002) and Ramalho (2016) to support local economy relations. In this scenario, as participants of research: the tourist trade and the farmer. To reach such audience participant were considered some of the criteria. The tourist trade there should be at least a year and provide at least one meal in your establishment. And farmers were considered from the endorsements made by the tourist trade as food vendor who buys for your establishment. The scope of the study is exploratory and descriptive nature with quali-quanti approach. At first, it mentions the difficulty in obtaining information about the existence of establishments of accommodation and food due to high turnover of also opening and closing of enterprises in this sector. Skirted-if such a situation using several existing information about the enterprises in question, until you reach the business objective. The data were collected with the enterprises in operation, existing ha at least a year and that offers at least a meal. These responses were usedto assemble the Census of thetourist trade relevant to thefollowing analyses. In sequence, interviewed farmers selling your ruralfamily production in freemarketing fair in Sao Miguel do Gostoso/RN. All the information of thecensus were entered into Google Forms to assist in theanalysis and interpretation of data. The interviews already had their audio transcribed according to the and Ramilo and Freitas (2001) guidelines and, subsequently, the analysis of thecontent. The main findings on the relationship of the acquisition of the genre, it can besaid that are: 1) the service of accommodation is one that most stands out with theacquisition of food directly to family agriculture; 2) stands out the food service for the purchase directly to other markets, and the local market little using the acquisition of food directly to familyagriculture; 3) the tourist trade that has consumption are those who seek to acquire thefood directly to family agriculture; 4) purchases of food directly to the local market's bigger than the acquisitionto the fair-free Hall, the acquisition market-free Hall, than to family agriculture and organic fair, respectively; and 5) for establishment of the tourist trade that has no link with theacquisition of food directly to family agriculture. The contribution of the tourist phenomenon, in the context of localdevelopment, has been minimal, because this economic activity has not yet been able to provide another levelto the municipal level, such as illiteracy and the real purchasing power.

13
  • DEISE CRISTINA GOMES DA SILVA
  • COMPETÊNCIAS E FORMAÇÃO PROFISSIONAL DO TURISMÓLOGO: ANÁLISE DA PERCEPÇÃO DE REPRESENTANTES DO MERCADO E ACADEMIA

  • Orientador : MARIA VALERIA PEREIRA DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA VALERIA PEREIRA DE ARAUJO
  • MICHEL JAIRO VIEIRA DA SILVA
  • ESDRAS MATHEUS SILVA MATIAS
  • Data: 30/11/2018

  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa foi elaborada com o intuito de ampliar as reflexões acerca do campo de estudo em Turismo e as nuances que envolvem a formação profissional, em nível superior, do turismólogo. Por sua natureza dinâmica, o universo turístico vem se revelando como um fenômeno complexo e, sob o ponto de vista educacional, essa relação se torna ainda mais evidente, pois a multidisciplinaridade, interdisciplinaridade que engloba o conhecimento, possibilita diversas interpretações ao desenvolvimento de um arcabouço teórico único. Nesse sentido, a multiplicidade do saber turístico, muitas vezes, dificulta a compreensão sobre as reais capacidades, ou seja, habilidades e competências, que regem o futuro diplomado na área, bem como a identificação profissional para o mercado de trabalho. Portanto, o estudo tem como objetivo geral compreender a formação profissional e as competências do turismólogo, na percepção de representantes do “trade turístico”, coordenadores e professores do curso de turismo no estado do Rio Grande do Norte; e como específicos, investigar as competências profissionais exigidas na formação; analisar a formação profissional do graduado em turismo; e avaliar as competências para atuação profissional do bacharel. Em princípio, o estudo está alinhado a estima da pesquisadora que no decorrer da formação, em nível superior, pôde observar os impasses que ocorrem entre os anseios da academia e as exigências do mercado de trabalho, dicotomia que está trazendo uma nova realidade na demanda pelos cursos de Turismo no estado do Rio Grande do Norte. Assim, buscando compreensão sobre os respectivos universos, utilizou-se de metodologia de caráter qualitativa, exploratória, por meio de análise documental e de conteúdo, realizando-se entrevista semiestruturada com os coordenadores e professores representativos das graduações em Turismo do RN, e representantes do “trade turístico” do RN. Dessa forma, como resultado, constatou-se que a formação profissional em turismo no ensino superior desenvolve competências com a ênfase no planejamento e gestão, outros estudos sobre a temática devem ser analisados para complemento da pesquisa.


  • Mostrar Abstract
  • The present research was elaborated with the intention of broadening the reflections about the field of study in Tourism and the nuances that involve the professional formation, at a higher level, of the turismologist. Due to its dynamic nature, the tourism universe has been revealed as a complex phenomenon and, from the educational point of view, this relationship becomes even more evident, since the multidisciplinarity, interdisciplinarity that encompasses knowledge, allows diverse interpretations to the development of a framework theoretical. In this sense, the multiplicity of tourism knowledge often makes it difficult to understand the real abilities, that is, skills and competences, which govern the future graduate in the area, as well as the professional identification for the job market. Therefore, the general objective of the study is to understand the professional training and the skills of the tourist, in the perception of representatives of the tourist trade, coordinators and teachers of the tourism course in the state of Rio Grande do Norte; and as specific, to investigate the professional skills required in training; analyze the professional training of the tourism graduate; and evaluate the skills for professional performance of the bachelor. In principle, the study is in line with the esteem of the researcher who during the training, at the higher level, could observe the impasses that occur between the yearnings of the academy and the demands of the labor market, a dichotomy that is bringing a new reality in the demand for the courses in the state of Rio Grande do Norte. Thus, searching for an understanding of the respective universes, a qualitative and exploratory methodology was used, through documentary and content analysis. A semi-structured interview was conducted with the coordinators and professors representing the graduations in Tourism of the RN, and representatives of the "Tourist trade" of the RN. As a result, as a result, it was found that vocational training in tourism in higher education develops skills with an emphasis on planning and management, other studies on the subject should be analyzed to complement the research.

Teses
1
  • PAULA WABNER BINFARÉ
  • AS TRANSFORMAÇÕES CONCEITUAIS DE TURISMO À LUZ DA COMPLEXIDADE DO LAZER NA HIPERMODERNIDADE

  • Orientador : KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS MANUEL MARTINS DA COSTA
  • KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • MÁRIO BENI
  • SILVIO JOSÉ DE LIMA FIGUEIREDO
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • Data: 15/06/2018

  • Mostrar Resumo
  • O turismo se desenvolve a partir da conquista do tempo livre e da possibilidade do aumento do tempo de lazer e de novas formatações deste lazer, que se estrutura em novos tempos, sob outras necessidades e que demanda um novo olhar. Assim, lazer e turismo sempre estiveram imbricados, ora o lazer como elemento motivador do turismo, ora o turismo como objetivo fim do lazer. Os esforços de elaboração conceitual acerca do turismo, utilizam, em muitos casos, o lazer como elemento fundamental. Porém o lazer hipermoderno se sobrepõe, absorve, contrapõe e ultrapassa os sentidos até então dados a ele. Nesse contexto, a questão principal que se objetivou responder foi: Quais os novos sentidos atribuídos ao turismo a partir da análise das suas transformações conceituais no contexto da complexidade do lazer hipermoderno? Para responder esta questão analisaram-se as transformações conceituais do turismo à luz da perspectiva da complexidade do lazer hipermoderno. Fez-se necessário: explicar as bases conceituais de tempo livre, lazer e turismo e suas relações, discernir nos conceitos clássicos de turismo os elementos que se fizeram fundamentais para a construção de seu conceito, bem como demonstrar como os conceitos de lazer e turismo estão expressos nas manifestações espontâneas dos seus praticantes. A pesquisa foi de base qualitativa e utilizou a técnica de análise de conteúdo. Como teoria de suporte utilizou-se a perspectiva complexa de Edgar Morin em um contexto Hipermoderno e Líquido, proposto por Zigmund Bauman, pois, são teóricos, que por meio dos seus princípios, contextualizam o cenário do lazer na hipermodernidade. Como resultado principal, obteve-se a confirmação da hipótese proposta de que o Turismo é uma particularidade do lazer, que se diferencia das demais pelo componente da viagem e que resulta em uma experiência turística proveniente do processo de enraizamento e desenraizamento das pessoas e de suas práticas. Ainda como resultado tem-se que o turismo compreendido como uma particularidade do lazer, traz novos sentidos ao fenômeno, na medida em que se reconhece novos sentidos na sua base de elementos fundamentais, fato que altera, não só  o entendimento científico referente ao turismo, como também traz implicações na organização da superestrutura, infraestrutura, na relação oferta e demanda, bem como nas práticas turísticas em geral.



  • Mostrar Abstract
  • Contemporary tourism is leveraged from the conquest of the free time and the possibility of increased leisure time and new formats of this play, which is structured in new times, in other needs and demand a new look. Thus, leisure and tourism have always been intertwined, sometimes leisure as motivator of tourism, now tourism as objective end of town. The conceptual development efforts on tourism, using in many cases, the leisure as a key element, but contemporary leisure overlaps, absorbs, counteracts and overcomes the senses hitherto given to him. So the main question that aims to answer is: What new meanings attributed to tourism from the analysis of its conceptual transformations in the context of the complexity of contemporary leisure? To answer this question, it has the general objective to analyze tourism from the analysis of the conceptual tourism changes the light from the perspective of the complexity of contemporary leisure. For it will be necessary to explain the concept of free time bases, leisure and tourism and its contemporary relationships, discerning the classic concepts of tourism, the key elements for building a contemporary concept of tourism as well as demonstrate how the concepts of leisure and tourism are expressed in spontaneous demonstrations of its practitioners. As the main hypothesis has been that tourism is a specific form of leisure, which differs from the others by the travel component and which results in a tourist experience from the process of rooting and uprooting of people and their practices. The research is qualitative basis and use the technical content analysis. In support of theory use the complex perspective, because it is understood that this is by means of the principles that best contextualize the contemporary leisure. The main results expected from the development of the thesis has been that tourism understood as a specific form of pleasure, brings new meaning to activity, as it recognizes new elements that alter not only the scientific understanding related to tourism, but also brings implications to the superstructure, infrastructure, the supply and demand relationship and the tourist practices in general.

2017
Dissertações
1
  • WAGNER ARAÚJO OLIVEIRA
  • Turismo, Unidades de Conservação e Inclusão social:

    Uma análise da Área de Proteção Ambiental dos Recifes de Corais (APARC) e Área de Proteção Ambiental de Jenipabu (APAJ), RN

  • Orientador : KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • MARCOS ANTONIO LEITE DO NASCIMENTO
  • ANTONIO JANIO FERNANDES
  • Data: 08/03/2017

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho objetiva conhecer como o planejamento e a gestão do turismo no âmbito da Área de Proteção Ambiental de Jenipabu (APAJ) e da Área de Proteção Ambiental dos Recifes de Corais (APARC) vêm sendo desenvolvido sob a ótica da inclusão social das populações tradicionais do entorno. Para tanto, a pesquisa adotou uma abordagem qualitativa, sendo de caráter exploratório e descritivo. Como instrumento de coleta foi utilizado a aplicação de roteiros de entrevistas semiestruturados, tendo como população do estudo os atores socais aliados atividade turística, além da apreciação de documentos oficiais e legais das UCs. Para análise dos dados, fez-se o uso do método de análise de conteúdo baseado nas dimensões da inclusão social no turismo desenvolvidas pelos os autores Sancho e Irving (2007). A partir dos resultados foi possível constatar que ambos os processos de criação (da APAJ e da APARC) não foram conduzidos de modo participativos e consultivos, pois não houve consulta e participação das comunidades nos seus processos de criação e implementação. Com relação ao turismo, observou-se que é a principal atividade econômica, na APAJ o turismo está concentrado nas praias de Redinha Nova, Santa Rita e nas dunas móveis da praia de Jenipabu por meio de passeios de buggy, passeios de dromedários e esquidunas. Enquanto na APARC o turismo é desenvolvido a partir dos passeios nos recifes de corais, na praia Maracajaú, é onde se concentra maior fluxo turístico, os passeios também são operacionalizados em Rio do Fogo, que no momento está em fase de cadastramento dos pescadores para se inserir na atividade, e na comunidade de Perobas, quem opera é empresário local juntamente com os pescadores da comunidade. E por fim, com relação à inclusão social no planejamento e gestão do turismo na APAJ e APARC percebe-se que esse tema está atrelado, exclusivamente, a capacidade da atividade em gerar emprego e renda, sobretudo com a criação de novos postos de trabalhos que o mercado turístico oferece. Nesse sentido, permite-se afirmar que a concepção desse conceito impera em uma abordagem puramente econômica, sendo um discurso reducionista, diferente do que a promoção da inclusão social estabelece, pois essa propõe integração social entre os atores sociais envolvidos com o turismo, garantia de direitos sociais e participativos, prática da cidadania, participação ativa no processo de planejamento e gestão, distribuição equitativa de benefícios e novas oportunidades de inserção no mercado de trabalho com melhorias de qualidade de vida. Além disso, a inclusão social envolve e deve ser trabalhada amplamente de modo que venha garantir acesso à educação, aos serviços socais, saúde, investimentos em infraestrutura básica e direitos políticos. 


  • Mostrar Abstract
  • The present work aims to know how the planning and management of tourism within the Área de Proteção Ambiental de Jenipabu (APAJ) and the Área de Proteção Ambiental dos Recifes de Corais (APARC) has been developed from the point of view of the social inclusion of traditional populations from the environment. For this, the research adopted a qualitative approach, being exploratory and descriptive. The data was collected through the use of semi-structured interview scripts, Having as study population the social actors allied tourist activity, as well as the appreciation of conservation units’ official and legal documents. In order to appreciate the data, it was used the content analysis method based on the dimensions of social inclusion in tourism develop by Sancho and Irving (2007). From the results, it was possible to verify that both creation processes (of APAJ and APARC) were not conducted in a participatory and consultative way, since there was no consultation and participation of the communities in their creation and implementation processes. Regarding tourism, it has been observed that it is the main economic activity; in the APAJ tourism is concentrated in the beaches of Redinha Nova, Santa Rita and in the mobile dunes of Jenipabu beach through buggy, dromedary rides and esquidunas. While in APARC the tourism is developed from coral reefs exploration, in Maracajaú beach, is where the tourist flow is concentrated, the tours are operationalized in Rio de Fogo, where the fisherman are actually in registration phase to apply in the activity, and in the Perobas’ community, who operates is a local businessman allied with the fisherman from the community. Finally, on the social inclusion in the planning and management of tourism in the APAJ and APARC, it is possible to see that this theme is exclusively linked to the capacity of the activity to generate employment and income, especially with the creation of new jobs offered by the tourism market. In this sense, it is possible to affirm that the conception of this concept prevails in a purely economic approach, in a reductionist speech, different from the one that the promotion of the social inclusion establishes, that is, more social integration between the social actors involved with tourism, guarantee of social and participative rights, citizenship, active participation in the process of planning and management, equitable distribution of benefits and new opportunities of insertion in the labor market with improvements in quality of life. In addition, social inclusion involves and must be extensively worked on to ensure access to education, social services, health, investments in basic infrastructure and political rights.

2
  • ANDRÉIA MAGALHÃES DA ROCHA
  • As Políticas Públicas de Turismo e a População Local: da Concepção à Implementação (Parnaíba-PI)

  • Orientador : MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • LINDEMBERG MEDEIROS DE ARAÚJO
  • CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • Data: 06/04/2017

  • Mostrar Resumo
  • A promulgação da Constituição Brasileira promoveu diversas mudanças no Brasil, dentre as quais se destacam a gestão pública descentralizada que foi favorecida com a Carta Magna. No turismo, essa característica passou a fazer parte das diretrizes do processo de concepção e implementação das ações públicas para o segmento. Neste contexto, é importante destacar que a população local passou a ser entendida como um recurso de estimado valor no planejamento e estruturação de um destino turístico. O presente estudo tem como objetivo central analisar como a população tem sido inserida na concepção e implementação das ações empreendidas pela gestão pública de turismo em Parnaíba- PI. A metodologia empregada na análise consiste em abordagem qualitativa, sendo de natureza exploratória. Para tanto, foi desenvolvida além da pesquisa bibliográfica e documental, pesquisa de campo junto aos moradores de Parnaíba, superintendente e a equipe da Superintendência Municipal de Turismo. Como aspectos conclusivos, o estudo aponta que não se pode afirmar que a população local se insere efetivamente nas ações públicas específicas de turismo em Parnaíba. Tampouco se pode afirmar que há compatibilidade entre o discurso oficial. Percebe-se que a relevância atribuída à população local no contexto das políticas públicas definidas para o turismo brasileiro não sofreu mudanças significativas ao longo dos anos, apenas surgem no discurso oficial dando ênfase a determinados aspectos. Entende-se que as ações em conjunto, auxiliaram a execução de diferentes ações na localidade que se repercutiram junto à população local.


  • Mostrar Abstract
  • The promulgation of the Brazilian Constitution promoted several changes in Brazil, among them it´s highlighted the decentralized public management which was favored by the Magna Carta. In tourism, this characteristic became part of the guidelines of the conception and implementation process of public actions on this segment. In this context, it is important to highlight that the local population has come to be understood as a valuable resource in the planning and structuring of a tourism destination. The main objective of this present study is to analyze how the population has been inserted in the conception and implementation of the actions undertaken by the tourism public management in Parnaíba-PI. The methodology used in the analysis consists of a qualitative approach and an exploratory investigation. For that, besides the bibliographical and documentary research, it was developed a field research with the residents of Parnaíba, superintendent and the team of the Municipal Superintendence of Tourism. As conclusive aspects, the study points out that it cannot be affirmed that the local population is effectively inserted in the specific tourism public actions in Parnaíba. Neither be said that there is compatibility between official discourse. It is noticed that the relevance attributed to the local population in the context of the public policies defined for the Brazilian tourism hasn’t passed by significant changes over the years, only appears in the official discourse with emphasis to certain aspects. It is understood that the actions together, helped to carry out different actions in the location that reverberated on to the local population.

3
  • JACKSON DE SOUZA
  • Avaliando a eficácia da promoção de destinos turísticos: Uma abordagem no estado de Sergipe

  • Orientador : LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCIO MARREIRO DAS CHAGAS
  • ALEXANDRE AUGUSTO BIZ
  • LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • Data: 25/04/2017

  • Mostrar Resumo
  • Dentre os inúmeros fatores inerentes aos países para seu desenvolvimento turístico, marketing configura-se como fator desafiador para criar marcas para seus destinos. A execução do marketing de um destino é normalmente desenvolvida por empresas, conhecidas na literatura como Destination Marketing Organizations (DMOs), e um dos trabalhos que são realizados por elas consiste na avaliação da eficácia da promoção turística empreendida. O presente estudo centrou-se na avaliação da eficácia da promoção turística do estado de Sergipe, especialmente pelo fato de o estado ser um destino em consolidação no turismo nacional, mas que nos últimos anos vem sofrendo um decréscimo nos investimentos em promoção devido a fatores políticos e econômicos. Para tanto, nesta pesquisa, caracterizada como descritiva e exploratória, com abordagem quantitativa, foi utilizado o modelo mais recente referente à esta temática: o Destination Advertising Response (DAR) Model, concebido com a finalidade de transmitir dados mais precisos sobre a eficácia de campanhas promocionais através do planejamento de viagem e gastos realizados pelos visitantes em seis facetas: passagens, hospedagem, atrativos, refeições, eventos e compras. Foram coletados 384 questionários (amostra representativa) e, através de estatísticas descritivas, foi possível traçar o perfil sociodemográfico dos respondentes, bem como, características do planejamento de viagem de três grupos de consumidores: clientes de agências físicas, clientes de agências virtuais, e os auto planejadores. Através da análise de correlação, foram identificadas as percepções dos respondentes com relação aos materiais promocionais do estado. Com o uso do teste de comparação de médias para amostras independentes e as análises de regressão múltipla foi possível identificar que, de modo geral, a promoção turística empreendida tem sido eficaz para cinco facetas de viagem, não sendo eficaz para a faceta “Passagens”. Por outro lado, no grupo de consumidores de agências físicas, a promoção de atrativos não se mostrou eficaz, ao passo que no grupo de consumidores de agências virtuais a não eficácia foi verificada na faceta “Hospedagem”, e no grupo de auto planejadores nas facetas “Refeições” e “Compras”. Tais resultados contribuíram para serem inferidas recomendações a fim de readequar o planejamento promocional do turismo do estado.

  • Mostrar Abstract
  • Among the many factors related to the countries for their tourism development, marketing is a challenging factor to create brands for their destinations. Companies, known in the literature as Destination Marketing Organizations (DMOs), usually develop the marketing execution of a destination, and one of jobs that they do is to evaluate the tourism promotion effectiveness. The present study focused on evaluating the tourism promotion effectiveness in the state of Sergipe, especially because the state is a destination in consolidation in national tourism, but in recent years has suffered a decrease in investments in promotion due to political and economic factors. For this purpose, in this research, characterized as descriptive and exploratory, with a quantitative approach, it was used the most recent model related to this theme: the Destination Advertising Response (DAR) Model, designed to transmit more accurate data on promotional campaign effectiveness through travel planning and money spent by visitors in six facets: tickets, accommodations, attractions, restaurants, events and shopping. Were collected 384 questionnaires (representative sample) and, through descriptive statistics, it was possible to trace the sociodemographic profile of the respondents, as well as the characteristics of the travel planning of three consumer groups: clients of traditional agencies, clients of online travel agencies, and Self-planners. Through the correlation analysis, the respondents' perceptions regarding the promotional materials of the state were identified. Using the independent sample test t and the multiple regression analyzes, it was possible to identify that, in general, the tourism promotion undertaken has been effective for five facets of travel, not being effective for facet "Tickets". In the group of consumers of traditional agencies, the promotion of attractions was not effective, whereas in the group of online travel agencies' consumers, non-effectiveness was verified in the "Accommodations" facet, and in the group of self-planners in the facets "Restaurants" and "Shopping". These results contributed to inferring recommendations in order to re-adjust the state's tourism promotional planning.

4
  • ALEXANDRA NHARA MARTINS MANÉ
  • ATRIBUTOS MOTIVACIONAIS NA ESCOLHA DOS HOSTELS COMO MEIOS DE HOSPEDAGEM
  • Orientador : LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • LENIN CAVALCANTI BRITO GUERRA
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • Data: 26/05/2017

  • Mostrar Resumo
  • Os meios de hospedagem, como componentes importantes para a atividade turística, possuem um conjunto de elementos que contribuem para competitividade do setor. Os hostels são um desses elementos, e que, em especial, têm se destacados por possuírem como proposta oportunizar a troca de experiências a seus hóspedes. Neste sentido, ter conhecimento em relação às mudanças comportamentais de seus consumidores torna-se importante para geração de vantagem competitiva, considerando a complexidade de estudo do comportamento do consumidor e os fatores que influenciam nas decisões de escolha. Ressalta-se, acerca disso, a importância de identificar os valores dos consumidores, sejam eles intrínsecos ou extrínsecos. Esta pesquisa apresenta como objetivo principal, a análise dos atributos motivacionais para escolha dos hostels como meios de hospedagem. A metodologia utilizada para alcançar o objetivo proposto neste estudo consiste em duas etapas: na primeira, foi aplicado o questionário contendo seis perguntas do tipo fechadas para identificar o perfil do novo consumidor de hostels no Brasil; em seguida, foram realizados grupos focais online por intermédio do aplicativo Messenger, a fim de identificar os principais atributos de escolha dos hostels. De tal forma, a pesquisa caracteriza-se como exploratório-descritiva, com abordagem qualitativa. Para análise dos dados, foi utilizado o software NVivo 11 com vias a facilitar a interpretação crítica do conteúdo. Foram analisados os relatos e discussões de 53 participantes dos grupos focais online, cujos resultados apontaram um novo consumidor de hostel no Brasil que tem, como prioridades, a interação com outros hóspedes, as experiências e trocas culturais e o custo-benefício, classificados como atributos que mais agregam valor ao escolher um hostel como meio de hospedagem turística. Concluiu-se com a apresentação das tendências dos hostels em virtude do aumento da demanda turística com foco nas experiências. Tendo em vista que o turismo torna-se, neste caso, o facilitador de trocas sociais, possibilitando o encontro de pessoas de diferentes países e culturas em um só lugar.


  • Mostrar Abstract
  • The means of lodging, as important components for the tourist activity, have a set of elements that contribute to the competitiveness of the sector. The hostels are one of these elements, and in particular, they have been highlighted because they have the opportunity to offer the exchange of experiences to their guests. In this sense, knowledge about the behavioral changes of its consumers becomes important for the generation of competitive advantage, considering the complexity of the study of consumer behavior and the factors that influence choice decisions. The importance of identifying consumer values, whether intrinsic or extrinsic, is emphasized. This research presents as main objective, the analysis of the motivational attributes to choose the hostels as means of lodging. The methodology used to reach the goal proposed in this study consists of two steps: first, the questionnaire was applied, containing six closed-ended questions to identify the profile of the new consumer of hostels in Brazil; Then online focus groups were conducted through the Messenger application in order to identify the main attributes of hostel choice. Thus, the research is characterized as exploratory-descriptive, with a qualitative approach. For the analysis of the data, NVivo 11 software was used with ways to facilitate the critical interpretation of the content. We analyzed the reports and discussions of 53 participants of the online focus groups, whose results pointed out a new hostel consumer in Brazil that has, as priorities, interaction with other guests, experiences and cultural exchanges and cost-benefit, classified as attributes Which add more value when choosing a hostel as a means of tourist accommodation. It was concluded with the presentation of the trends of the hostels due to the increase of tourist demand with focus on the experiences. Given that tourism becomes, in this case, the facilitator of social exchanges, making it possible to meet people from different countries and cultures in one place.

5
  • GISLAINY LAISE DA SILVA
  • Análise da Percepção dos Consumidores de Meios de Hospedagem em Relação ao Uso das Online Travel Agencies (OTA’s)

  • Orientador : LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCIO MARREIRO DAS CHAGAS
  • LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • VERONICA FEDER MAYER
  • Data: 30/05/2017

  • Mostrar Resumo
  • Antes da consolidação de uma reserva de meio de hospedagem, existem diversos fatores que influenciam um consumidor, como as experiências já vivenciadas, as informações adquiridas, as quais com o passar do tempo vem se tornando cada vez mais sofisticadas. Desta maneira, o presente estudo objetivou analisar a percepção dos consumidores sobre a utilização das Online Travel Agencies (OTA) para reservar um meio de hospedagem. Para tanto se descreveu o perfil destes consumidores, verificando a frequência de uso das OTA’s quanto ao tipo de viagem, como também comparando suas opiniões em relação ao tipo de viagem e os fatores que influenciam em sua escolha. Dessa forma, nesta pesquisa, caracterizada como descritiva e exploratória, com abordagem quantitativa, foram utilizados estudos anteriores realizados em outros países, tais como Law (2009) e Del Chiappa (2013). Na coleta final foram obtidos 131 questionários com hóspedes de hotéis em Natal/RN. A análise dos dados foi realizada através de estatísticas descritivas, como também comparação de médias (ANOVA) para analisar e identificar os objetivos traçados na pesquisa. Dentre os principais resultados, foi possível verificar que a maioria dos respondentes (59%) faz parte do grupo dos consumidores ocasionais, seguidos dos moderados (30,6%) e um número pequeno (9,9%) faz parte do grupo dos consumidores frequentes. Em relação ao tipo de viagem pode-se concluir que viagens nacionais e a lazer são os tipos mais visados pelos consumidores ao efetuar reservas em OTA’s. Tais resultados contribuíram para serem inferidas recomendações para gestores de empreendimentos turísticos, como agências de viagens tradicionais e online.


  • Mostrar Abstract
  • Prior to consolidating a reservation of accommodation, there are several factors that influence a consumer, such as experiences already made, information acquired, which over time has become increasingly sophisticated. In this way, the present study aimed to analyze the perception of consumers about the use of Online Travel Agencies (OTA) to reserve an accommodation. The profile of these consumers was described, verifying the frequency of use of OTAs in relation to the type of trip, as well as comparing their opinions regarding the type of trip and the factors that influence their choice. Thus, in this research, characterized as descriptive and exploratory, with a quantitative approach, previous studies carried out in other countries, such as Law (2009) and Del Chiappa (2013) were used. In the final collection, 131 questionnaires were obtained with hotel guests in Natal / RN. Data analysis was performed through descriptive statistics, as well as comparison of means (ANOVA) to analyze and identify the objectives outlined in the research. Among the main results, it was possible to verify that the majority of respondents (59%) are part of the occasional group of consumers, followed by moderates ones (30.6%) and a small number (9.9%) of frequente consumers. Regarding the type of travel, it can be concluded that national and leisure travel are the most targeted by consumers when making reservations at OTAs. These results contributed to inferring recommendations for managers of tourism enterprises, such as traditional and online travel agencies.

6
  • AMANDA MIRELY CIPRIANO SOARES
  • Modelagem dos Fatores que Afetam o Comportamento Ambiental de Residentes em Destinos Turísticos Costeiros

  • Orientador : SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCIO MARREIRO DAS CHAGAS
  • LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • Data: 31/05/2017

  • Mostrar Resumo
  • A zona costeira brasileira é considerada um relevante local de exploração turística tornando-se um dos espaços mais procurados pelos turistas nacionais e internacionais.  Entretanto, observa-se significativo impacto ambiental gerado pela atividade, principalmente no que se refere à poluição das águas, destruição de recifes, retirada de areias das dunas, construções indevidas, entre outros. Neste sentido, o objetivo deste estudo foi investigar as relações de dependência entre antecedentes capazes de influenciar o comportamento ambiental de residentes em destinos turísticos costeiros, visando contribuir com a definição de melhores ações de gestão ambiental para destinos turísticos costeiros. Para tanto, propõe-se um estudo descritivo, quali-quantitativo, utilizando-se do método hipotético-dedutivo, uma vez que são utilizados alguns modelos teóricos para se chegar a construção de hipóteses. O estudo teve como objeto, os residentes do município de Baía Formosa, localizado no litoral sul do Rio Grande do Norte, a 98,9 Km de Natal, que tem população estimada de 9.182 habitantes, sendo proposta a aplicação de um total de 368 questionários, quantidade baseada em cálculo amostral. O instrumento de coleta de dados contém dimensões e variáveis baseadas na Teoria do Comportamento Planejado (Ajzen,1985), especificamente a Intenção Comportamental, Atitude Pró-Ambiental, Normas Subjetivas e Controle Comportamental Percebido, sendo adicionada ao modelo, o constructo Apego ao Lugar que, segundo a literatura, pode influenciar  sobre o comportamento investigado. As variáveis que compõe estas dimensões foram avaliadas por meio de uma escala de sete pontos (Escala Likert), a qual variou entre 1 (Discordo plenamente) a 7 (Concordo plenamente), conforme o nível de concordância com a frase proposta para caracterizar cada variável. Os dados coletados foram analisados pelo método de estatística descritiva e Modelagem de Equações Estruturais. Resultados apontam que as variáveis de caráter racional tem uma maior poder explicativo do comportamento ambiental de residentes do que variáveis de caráter afetivo.


  • Mostrar Abstract
  • The Brazilian coastal zone is considered a relevant tourist destination, becoming one of the most important places for national and international tourists. However, there is a significant environmental impact generated by the activity, mainly in relation to water pollution, reef destruction, sand dune removal, undue construction, among others. In this sense, the aim of this study was to investigate the relations of dependence between factors affecting resident environmental behavior in coastal tourist destinations, aiming to contribute with the definition of better environmental management actions for coastal tourist destinations. For that, a descriptive, quali-quantitative study was proposed, using the hypothetical-deductive method, because of some theoretical models are used to arrive at the construction of hypotheses. The study had as object, the residents of Baía Formosa, site, located on the south coast of Rio Grande do Norte, 98.9 km from Natal, which has an estimated population of 9,182 inhabitants, being proposed the application of a total of 368 questionnaires. The data collection instrument contains dimensions and variables based on the Theory of Planned Behavior (Ajzen, 1985), specifically Behavioral Intent, Pro-Environmental Attitude, Subjective Norms and Perceived Behavioral Control, with the addition of Place Attachment construct to the model which, according to the literature, can influence the behavior investigated. The variables composing these dimensions were evaluated using a seven-point scale (Likert Scale), which ranged from 1 (I strongly disagree) to 7 (I fully agree), according to the level of agreement with the proposed sentence to characterize each variable . Data collected were analyzed by descriptive statistics method and Structural Equations Modeling. Findings show that variables of rational character have a greater explanatory power of the residents environmental behavior than variables of affective character.

7
  • AUREO PAIVA NETO
  • PERSONALIDADE DE MARCA EM MEIOS DE HOSPEDAGEM

     

  • Orientador : LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUIS ROBERTO ROSSI DEL CARRATORE
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • GERALDO BEZERRA CAMPOS JUNIOR
  • Data: 12/06/2017

  • Mostrar Resumo
  • Marcas são ativos intangíveis que participam do processo de relacionamento entre empresas e consumidores. E dentre os variados segmentos que encontram no branding um meio para a formação de suas estratégias, estão os meios de hospedagem. Em tempos de acirrada competitividade e para lidar com as mudanças comportamentais dos turistas neste século XXI, criar valores para suas marcas proporciona vantagem competitiva. A associação das características dessas marcas com personalidades humanas é uma das maneiras cientificamente comprovadas para a criação desse valor. Portanto, o atual estudo investiga a presença de personalidade nas marcas de hotéis voltados para o turismo de sol e praia. O objetivo dessa pesquisa é identificar as personalidades da Brand Personality Scale (BPS) de Aaker (1997) que podem ser percebidas nas marcas de hotéis da Via Costeira na cidade de Natal, capital do Estado do Rio Grande do Norte, Brasil. Trata-se de um estudo descritivo-exploratório com abordagem quantitativa e qualitativa. A pesquisa contou, primeiramente, com a aplicação de 405 questionários, cuja abordagem envolveu o reconhecimento de 41 traços de personalidades propostos pelo instrumento da pesquisa sobre as marcas desses estabelecimentos e utilizando a Escala Likert de 0 a 10. Além disso, foi também investigado o alinhamento dessa escala com a missão, visão e valores de cada um dos hotéis. Para finalizar, foram coletadas sugestões de especialistas em marketing e branding sobre meios para o desenvolvimento de marcas na hotelaria. Os resultados apontaram que apenas quatro das cinco dimensões da BPS – sinceridade, sofisticação, competência e empolgação – foram consideradas como aplicáveis para todos os participantes da amostra. E esta mesma sequência, apresentada em ordem decrescente a partir dos valores de suas médias, conforme descrito no teste de Tukey, serviu como complemento para efeitos comparativos entre as médias dos hotéis. Nas missões, visões e valores das amostras, ficou constatada a predominância de características mais fortemente relacionadas com as das dimensões competência e sinceridade. Por fim, profissionais do mercado apontaram que hotéis podem formar marcas com personalidades e sugerem algumas ações necessárias para se obter tal êxito. Os resultados apresentados foram satisfatórios e comprovaram a existência de marcas de hotéis com personalidade na cidade de Natal, mas que essa percepção ainda possui margem para ser aperfeiçoada.   

     


  • Mostrar Abstract
  • Brands are intangible assets that integrate the relationship process between companies and consumers. Among the various segments that find in branding a way for building their strategies, there is the lodging industry. In times of fierce competitiveness and to deal with the tourist’s behavioral changes in the twenty-first century, creating values for theirs brands provides competitive advantage. The combination of the brands characteristics with human personalities is one scientifically proven way to create this value. Therefore, the present study aims to identify the presence of personalities in hotel brands focused on sun and beach tourism. The objective of this research is to identify the personalities of the Brand Personality Scale (BPS) of Aaker (1997) that can be perceived in the brands of Via Costeira hotels in the city of Natal, capital do the State of Rio Grande do Norte, Brazil. It is a descriptive-exploratory study, with quantitative and qualitative approach. For doing the research, at first, 405 surveys were applied whose approach involved the recognition of 41 personality traits proposed by the research instrument on these establishments and using the Likert Scale from 0 to 10. In addition, it was also investigated the alignment of this scale with the mission, vision and values statements from each hotel. Finally, suggestions from experts in marketing and branding were collected about ways to develop brands in the hotel industry. The results showed that only four of the BPS five dimensions – sincerity, sophistication, competence and excitement – were considered applicable for all sample participants and in this same sequence of decreasing values of means, as described by the Tukey test that was used as a complement for comparative purpose between hotel means. In the mission, mission and values statements of the samples, it was verified the predominance of characteristics more closely related to the competence and sincerity dimensions. Finally, experts affirmed that hotels can form brands with personalities and suggested some necessary actions to achieve such triumph.  The results presented were satisfactory and confirmed the existence of personality in the hotel brands from Natal, but that perception still has chance to be improved.   

8
  • FRANCISCA VERILENE DE ARAÚJO PEREIRA
  • Percepções dos Residentes Sobre os Impactos, Satisfação com o Lugar, Governança e Apoio ao Desenvolvimento do Turismo no Seridó Potiguar.

  • Orientador : SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • MARCIO MARREIRO DAS CHAGAS
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • Data: 26/06/2017

  • Mostrar Resumo
  • O turismo, como alternativa econômica, tem sido considerado como um relevante instrumento de desenvolvimento, gerando mudanças significativas no modo de vida das populações locais, principalmente nos destinos turísticos em fase de implantação e consolidação. Entretanto, a atividade gera uma série de impactos, seja do ponto de vista econômico, social e ambiental, o que implica na necessidade da participação comunitária para a definição das políticas e ações necessárias para a implantação das atividades turísticas em perspectiva. Neste sentido, este estudo objetivou investigar a percepção dos residentes sobre os impactos, satisfação com o lugar, governança e apoio ao desenvolvimento do turismo no Seridó Potiguar, destino turístico em fase de implantação e consolidação. Para se alcançar tal objetivo, foi necessário utilizar a pesquisa descritiva, com abordagem quantitativa, no qual foram aplicados questionários com 220 residentes na localidade de Currais Novos, um dos municípios componentes do Polo Seridó. O método de pesquisa utilizado foi do tipo hipotético-dedutivo. A técnica de análise de dados utilizada consistiu no uso da análise descritiva, teste de comparação de médias, técnicas de análises multivariadas como a análise fatorial e a matriz de correlação. Para o processamento dos dados dos questionários aplicados foi utilizado o SPSS 22.0 para Windows. Resultados mostram que que os residentes entrevistados acreditam nos benefícios positivos capazes de serem gerados pelo desenvolvimento do turismo, principalmente no que se refere ao aumento do emprego e renda e que atividade só vem a acrescentar no desenvolvimento econômico da região. No que se refere aos impactos negativos percebidos pelos residentes, com desenvolvimento do turismo poderá ocorrer o aumento do custo de vida na localidade, bem como problemas de ordem social, como o aumento da poluição nas cidades, o aumento do barulho nas cidades que danifica o meio ambiente e o aumento nos problemas de transito. Observou-se a relativa correlação entre percepção de governança e apoio ao desenvolvimento do turismo na região.


  • Mostrar Abstract
  • Tourism, as an economic alternative, has been considered as a relevant development tool, generating significant changes in the way of life of local populations, especially in tourist destinations on implementation and consolidation process. However, the activity generates a series of impacts, from the economic, social and environmental point of view, which implies the need for community participation to define policies and actions necessary for the implementation of the tourist activities in perspective. In this sense, this study aimed to investigate residents' perception of impacts, satisfaction with the place, governance and resident support to tourism development in Seridó Potiguar/RN, a tourist destination in the implantation and consolidation phase. In order to reach this objective, it was necessary to use the descriptive research, with a quantitative approach, in which questionnaires were applied with 220 residents in the locality of Currais Novos, one of the municipalities that are part of Polo Seridó. The used survey method was the hypothetical-deductive type. The data analysis technique used was descriptive and multivariate analysis techniques such as factorial analysis and correlation matrix. For the processing of the data of the questionnaires applied it was used SPSS 22.0 for Windows. Results show that interviewed residents believe in the positive benefits that can be generated by the development of tourism, especially in terms of increasing employment and income, and activity is only adding to the economic development of the region. Concerning the negative impacts perceived by residents, tourism development may increase the cost of living in the locality, as well as social problems, such as increased pollution in cities, increased noise in cities that damages environment and the increase in transit problems. It was observed a relative correlation between governance perception and support to the development of tourism in the region.

9
  • ITAMARA LÚCIA DA FONSECA
  • DESAFIOS DO PLANEJAMENTO E GESTÃO TURÍSTICA: Enfoque analítico sobre a Área de Proteção Ambiental Bonfim-Guaraíra, Estado do Rio Grande do Norte

  • Orientador : WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CASSIANA PANISSA GABRIELLI
  • KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • Data: 29/06/2017

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo geral deste trabalho é de analisar os desafios socioambientais, econômicos, culturais e turísticos presentes no contexto da Área de Proteção Ambiental Bonfim-Guaraíra, Estado do Rio Grande do Norte, e suas implicações no processo de planejamento e gestão do turismo, a partir dos municípios de Nísia Floresta e Tibau do Sul, que concentram maior representatividade dentro do cenário de realização deste fenômeno na referida unidade de conservação. Para isso, foi necessário estabelecer quatro objetivos específicos: 1) Investigar a atuação e envolvimento dos membros do conselho gestor da APABG quanto ao processo de planejamento e gestão do turismo; 2) Levantar e analisar as principais ações, dificuldades e oportunidades de planejamento e gestão com vistas a realização e desenvolvimento do turismo; 3) Levantar a percepção dos visitantes frente a experiência turística vivenciada nos municípios de Nísia Floresta e Tibau do Sul; e 4) Traçar um panorama situacional da atividade turística na APABG a partir dos municípios foco da pesquisa. A metodologia do estudo, consistiu numa abordagem de natureza qualitativa do tipo descritiva-exploratória, em que além do material bibliográfico e das pesquisas documentais, foi realizado uma coleta de dados in loco por meio de roteiros semiestruturados conforme a essência representativa dos grupos participantes da pesquisa, isto é, Conselho Gestor da APABG e líderes comunitários formais e informais de ambos os municípios, bem como a abordagem voltada aos turistas a partir de questionários aplicados nos seguintes locais: Praia de Pipa, Praia do Madeiro e Praia do Amor (Tibau do Sul), Praia de Tabatinga e Mirante dos Golfinhos (Nísia Floresta). Além disso, participou-se de algumas reuniões do CG extraindo-se informações a partir da técnica de observação direta, bem como foi incorporado o instrumento da “Matriz Analítica de Governança das Instâncias Turísticas” para analisar os seguintes elementos junto ao conselho gestor: a) Processo eletivo dos integrantes da Instância; b) Equilíbrio da representatividade; c) Participação qualitativa entre os membros; d) Quantidade e qualidade das parcerias firmadas; e) Disseminação e acesso das informações entre os integrantes. Desse modo, com a análise dos resultados foi possível constatar que os desafios nas diferentes escalas definidas, se apresentam sob a insuficiência estrutural, falta de atuação pública e de interação entre atores, gerando dificuldades e conflitos afins, que concentram sua complexidade calcada na pluralidade de interesses de grupos sociais tanto internos quanto externos, que interferem no processo de planejamento e gestão do turismo, na medida em que são inobservados pela esfera política sem as devidas articulações de resolução


  • Mostrar Abstract
  • The general objective of this work is to analyze the socio-environmental, economic, cultural and tourist challenges present in the context of the Bonfim-Guaraíra Environmental Protection Area, State of Rio Grande do Norte, and its implications in the planning and management of tourism, from of the municipalities of Nísia Floresta and Tibau do Sul, which are more representative within the scenario of this phenomenon in the said conservation unit. For this, it was necessary to establish four specific objectives: 1) To investigate the performance and involvement of the members of the managing board of the APABG regarding the process of tourism planning and management; 2) To raise and analyze the main actions, difficulties and opportunities of planning and management with a view to the development and development of tourism; 3) To raise the perception of the visitors in front of the tourist experience lived in the municipalities of Nísia Floresta and Tibau do Sul; And 4) Draw a situational panorama of the tourist activity in the APABG from the municipalities that are the focus of the research. The methodology of the study consisted of a descriptive-exploratory qualitative approach, in which, in addition to bibliographical material and documentary research, a data collection was carried out in loco through semi-structured scripts according to the representative essence of the groups participating in the research , Ie the APABG Management Council and formal and informal community leaders from both municipalities, as well as the approach to tourists based on questionnaires applied in the following locations: Pipa Beach, Madeiro Beach and Amor beach (Tibau do Sul) ), Tabatinga Beach and Mirante dos Golfinhos (Nísia Floresta). In addition, a number of meetings of the CG were held by extracting information from the direct observation technique, as well as incorporating the instrument of the "Analytical Matrix of Governance of Tourism Instances" to analyze the following elements with the managing board: ) Elective process of the members of the Instance; B) Balance of representativeness; C) Qualitative participation among members; D) Quantity and quality of signed partnerships; E) Dissemination and access of the information among the members. Thus, with the analysis of the results, it was possible to verify that the challenges in the different defined scales are presented under structural insufficiency, lack of public performance and interaction between actors, generating difficulties and related conflicts, which concentrate their complexity based on the plurality of interests of both internal and external social groups, which interfere in the process of planning and managing tourism, insofar as they are not observed by the political sphere without the proper articulations of resolution.


10
  • ISABELLA LUDIMILLA BARBOSA DO NASCIMENTO
  • CONTRIBUIÇÕES DA ATIVIDADE TURÍSTICA PARA O DESENVOLVIMENTO DO MUNICÍPIO DE AREIA-PB

  • Orientador : WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CASSIANA PANISSA GABRIELLI
  • KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • Data: 30/06/2017

  • Mostrar Resumo
  • A cultura é um elemento presente em cada indivíduo o qual o caracteriza como sendo pertencente a uma determinada sociedade, período e espaço. Esse fator pode ser externalizado através do patrimônio, sendo ele material ou imaterial. Esse elemento contribui para motivar que as pessoas se desloquem de seus locais de origem para vivenciar uma realidade distinta da sua e conhecer alguns locais que se destacam por valorizar a sua história. Dessa forma, as cidades que possuem esse potencial para o turismo cultural se utilizam dessa oportunidade para fomentar a atividade e promover esse intercâmbio. Esse é o caso do município de Areia, localizada na região do Brejo Paraibano, no estado da Paraíba. Único núcleo urbano tombado do estado, ela tem como uma de suas principais atividades o turismo, através da visitação aos seus prédios históricos, museus e engenhos produtores de cachaça e rapadura. Com esse destaque, a atividade turística vem gerando transformações no município e, para investigar esse contexto, a pesquisa tem como objetivo principal analisar se a atividade turística e as ações realizadas em prol do seu fomento têm contribuído para o desenvolvimento do município de Areia. Como procedimento metodológico, a pesquisa se caracteriza como sendo de natureza exploratória e descritiva, no qual foram utilizados os métodos de observação e entrevista para a pesquisa de campo de caráter qualitativo. Através dos dados coletados e da percepção dos atores locais, foi possível compreender que Areia ainda não se configura como um destino consolidado, entretanto, nos últimos anos, a atividade vem gerando um fluxo de pessoas constante na cidade e gerando oportunidades, principalmente para os empresários locais e uma parte da população. Todavia, é uma cidade histórica que possui um grande potencial e que tem muitas possiblidades de desenvolvimento, tanto com relação ao turismo como também a própria estrutura da cidade.


  • Mostrar Abstract
  • Culture is an element present in each individual which characterizes it as belonging to a certain society, period and space. This factor can be externalized through cultural heritage, being material or immaterial. This element contributes to motivate people to move from their places of origin to experience a reality different from their own and to know some places that stand out for valuing their history. In this way, cities that have this potential for cultural tourism use this opportunity to promote the activity and promote this exchange. This is the case of Areia, located in the region of Brejo Paraibano, in the state of Paraíba. The only historical urban nucleus of the state, it has as one of its main activities the tourism, through the visitation to its historical buildings, museums and mills producing cachaça and rapadura. With this emphasis, the tourism activity has been generating transformations in the city and, to investigate this context, the main objective of the research is to analyze if the tourism activity and the actions carried out in your favor have contributed to the development of Areia. As a methodological procedure, the research is characterized as being exploratory and descriptive, in which the methods of observation and interview for qualitative field research were used. Through the data collected and the perception of local agents, it was possible to understand that Areia is not yet a consolidated destination, however, in recent years, activity has been generating a steady stream of people in the city and generating opportunities, especially for businessmen and part of the population. However, it is a historic city that has great potential and that has many possibilities of development, both with regard to tourism as well as the structure of the city.

11
  • SALICHOA CUNHA DE OLIVEIRA
  • TURISMO E TERRITÓRIO EM SÃO MIGUEL DO GOSTOSO (RN): A PARTICIPAÇÃO DE ESTRANGEIROS NO PROCESSO DE TURISTIFICAÇÃO
  • Orientador : FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RITA DE CÁSSIA ARIZA DA CRUZ
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • Data: 25/09/2017

  • Mostrar Resumo
  •  O presente trabalho dispõe sobre as relações entre o turismo, o território e a migração, fazendo-se um estudo sobre os estrangeiros residentes em São Miguel do Gostoso e a constituição do território turístico desse município. Parte-se das principais teorias sobre migração e uma discussão acerca do território e territorialização chegando ao alcance do estrangeiro imerso no contexto local, junto à população e a gestão municipal na constituição do território turístico de São Miguel do Gostoso. Para tanto, realizou-se vasta pesquisa bibliográfica, levantamento em bases estatísticas de dados demográficos, foram realizadas entrevistas a partir de roteiros semiestruturados, fez-se tratamento e análise de dados secundários e de fontes primárias e interpretação de processos ligados à migração e ao turismo enquanto um fenômeno socioespacial. A partir dessas análises, percebeu-se que o território turístico deste município tem se concentrado ao longo do litoral, sob uma infraestrutura que tem crescido de forma rápida e desordenada e o turismo, em função da lógica de acumulação de riquezas tem se confirmado nos discursos como oportunidade de emprego e renda, sob o patamar de desenvolvimento segregado onde a administração pública segue fazendo seu papel intermediador entre as defasagens sociais e as facilitações para o crescimento de divisas externas.  



  • Mostrar Abstract
  • The present study deals with the relations among tourism, territory and migration concerning about the foreign residents in São Miguel do Gostoso and the constitution of its touristic territory. It starts from the main theories on migration and a discussion of territory and territorialization reaching the foreigner immersed in the local context in conjunction with the population and the municipal management in the constitution of the touristic territory of São Miguel do Gostoso. A bibliographic research was carried out, a survey of demographic and statistical databases, semi-structured interview were applied to fifteen foreigners, treatment and analysis of secondary data and primary sources and interpretation of processes related to migration and tourism as a socio-spatial phenomenon. From this investigation, it was noticed that the tourist territory of this municipality has been concentrated along the coast, under an infrastructure that has grown in a fast and disordered way. The tourism has been confirmed in compliance with accumulation wealth logic in the speeches as an opportunity for employment and income, under the level of segregated development where public administration continues to play its intermediary role between social lags and facilitations for the growth of foreign currencies.

Teses
1
  • MICHEL JAIRO VIEIRA DA SILVA
  • O TURISMO DE MASSA E A CIDADE: PROCESSOS DE INTEGRAÇÃO VERSUS SEGREGAÇÃO EM CAPITAIS NORDESTINAS (RECIFE – PE E NATAL – RN) A PARTIR DE REGISTROS DE VIAGEM DE TURISMO DOMÉSTICO

  • Orientador : FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • MAGNO VASCONCELOS PEREIRA JUNIOR
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • ALLYSON CARVALHO DE ARAUJO
  • MARIA HELENA BRAGA E VAZ DA COSTA
  • ANTONIO JANIO FERNANDES
  • Data: 16/03/2017

  • Mostrar Resumo
  • O turismo tem como uma de suas principais relações no mundo contemporâneo a arte do encontro entre visitantes e residentes. Entretanto, é possível observar destinos turísticos onde experiências de viagem são ordenadas, sobretudo para a segregação socioespacial, não obstante a existência de destinos marcados pela integração turista- residente. As paisagens turísticas, que para esta pesquisa serão representadas pelos destinos de Recife-PE e Natal-RN, podem vir a revelar enclaves turísticos e práticas de lazer excludentes, em uma ordem social visível ou sutil na qual os visitantes e moradores dispõem de imaginações geográficas díspares sobre tais espaços. Diante desse entendimento, o presente trabalho emerge na análise dos processos de integração versus segregação do turista com uma maior parte da população residente nas capitais nordestinas estudadas, compreendendo que esses processos se apresentam em uma paisagem determinada pelo planejamento urbano da cidade, logo, por um conjunto de ações dos poderes público e privado sobre a segmentação turística, além das particularidades da configuração territorial dessas cidades. Dessa maneira, o trabalho tem como objetivo geral analisar os processos de integração versus segregação socioespacial, a partir da paisagem e conteúdos representados em vídeos de registros de viagem (2014-2016), destacando, especificamente, a apresentação de duas perspectivas de integração versus segregação em cidades turísticas. Por conseguinte, cria-se mapas de perspectivas do turismo das capitais estudadas, com foco na sintetização das paisagens extraídas dos registros (vídeos) de viagem. Nesse contexto, o trabalho apresenta uma abordagem qualitativa, ancorando-se em análise de conteúdo de vídeos postados no site de compartilhamento youtube a partir de um quadro de variáveis que sintetizam a abordagem. O resultado disso é a confirmação da hipótese de que tais elementos (planejamento urbano da cidade, a ação do poder público e privado sobre a segmentação turística, e a configuração territorial), quando desvendados nas cidades de Recife-PE e Natal-RN, mostram um de certa maneira destino integrador e outro segregador-fragmentado, respectivamente, numa perspectiva socioespacial e turística. 


  • Mostrar Abstract
  • The tourist landscapes, that to this research will be represented by the destines of Recife-PE and Natal-RN, may reveal tourist enclaves and exclusive leisure practices, in a visible or subtle social order in which visitors and residents have geographical imaginations Disparities in such spaces. Tourism has like one of its main relationships in the contemporary world the art of meeting between visitors and residents. However, it is possible to observe tourist destinations where travel experiences are ordered, especially for socio-spatial segregation, despite the existence of destinations marked by resident-tourist integration. In view of this understanding, the present work emerges in the analysis of the integration processes versus segregation of the tourist with a majority of the population residing in the northeastern capitals studied, understanding that these processes are presented in a landscape determined by the urban planning of the city, Set of actions of the public and private powers on the tourist segmentation, besides the particularities of the territorial configuration of these cities. In this way, the main objective of this work is to analyze the integration processes versus socio-spatial segregation, from the landscape and contents represented in videos of travel records (2014-2016), specifically highlighting the presentation of two perspectives of integration versus segregation In tourist towns. Therefore, a map of the tourism perspective of the studied capitals is created, with a focus on synthesizing the landscapes extracted from the travel records. In this context, the work presents a qualitative approach, anchored in content analysis of videos posted on the YouTube sharing site from a framework of variables that synthesize the approach. The result of this is the confirmation of the hypothesis that such elements (urban city planning, public and private power action on tourism segmentation, and territorial configuration), when unveiled in the cities of Recife-PE and Natal-RN, show In a certain way an integrative destination and another segregator-fragmented, respectively, from a socio-spatial and tourism perspective.

2
  • SINTHYA PINHEIRO COSTA
  • CONSTRUCTOS NORTEADORES PARA A RESILIÊNCIA NA GESTÃO DO TURISMO

  • Orientador : KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SILVIO JOSÉ DE LIMA FIGUEIREDO
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • CASSIANA PANISSA GABRIELLI
  • KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • MABEL SIMONE DE ARAUJO BEZERRA GUARDIA
  • Data: 13/11/2017

  • Mostrar Resumo
  • Com o objetivo de contribuir com o debate acerca das estratégias de planejamento e gestão do turismo, foi realizada uma pesquisa com vistas a compreender a influência do comportamento de gestores no processo de desenvolvimento do turismo com abordagem resiliente. A partir dessa perspectiva, desenvolve-se uma pesquisa de abordagem qualitativa, tendo como instrumentos de coleta de dados a entrevista, a observação e o Quest_Resiliência, este último responsável por mapear o comportamento resiliente dos 22 gestores dos quatro destinos turísticos do Nordeste brasileiro estudados, a saber: Mata de São João/BA, Recife/PE, Teresina/PI e São Raimundo Nonato/PI. Observou-se que a adoção de medidas que minimizem as adversidades que impactam a atividade turística perpassa por uma mudança de comportamento da gestão, uma vez que a resiliência está intrínseca à capacidade dos indivíduos de superar situações adversas. A análise dos dados mostrou que os gestores pesquisados possuem um estilo comportamental de intolerância, o que os afasta da resiliência. Foi possível identificar também que os destinos estudados se encontram aquém do que se espera de cidades verdadeiramente resilientes e indutoras do turismo no Brasil. O olhar sob o viés da resiliência permite evitar o reducionismo em que se alicerçam as tentativas de explicar a gestão do turismo a partir de métodos pré-fabricados para sua interpretação. A resiliência deve ser estimulada para o desenvolvimento do turismo, principalmente no que concerne à gestão e ao planejamento, constituindo-se como peça-chave nos processos decisórios por relacionar-se a processos de superação, de reconstituição, de adaptação às instabilidades pelas quais a atividade passa. A implementação de ações para a redução de riscos de todas as ordens deve ser prioridade da gestão e, no caso do turismo, essas ações devem ser resultado do entendimento público e privado de como mitigar e/ou superar as adversidades impostas pelos desastres e crises que afetam o turismo (ou provocados por ele) para o seu desenvolvimento sustentável, tendo como foco a comunidade local e, consequentemente, os turistas.


  • Mostrar Abstract
  • In order to contribute to the debate about tourism planning and management strategies, a survey was carried out to understand the influence of the behavior of managers in the tourism development process with a resilient approach. From this perspective, a research of qualitative approach is developed, having as instruments of data collection the interview, observation and Quest_Resilience, the latter responsible for mapping the resilient behavior of the 22 managers of the four tourist destinations in the Brazilian Northeast studied: Mata de São João/BA, Recife/PE, Teresina/PI and São Raimundo Nonato/PI. It was observed that the adoption of measures that minimize the adversities that impact the tourism activity is due to a change in management behavior, since resilience is intrinsic to the individuals ability to overcome adverse situations. Data analysis showed that the researched managers have a behavioral style of intolerance, which distances them from resilience. It was also possible to identify that the destinations studied are below what is expected from truly resilient cities. The look under the bias of resilience allows avoiding the reductionism that underlies the attempts to explain tourism management from pre-fabricated methods for its interpretation. Resilience must be stimulated for the development of tourism, especially in terms of management and planning. It is a key factor in decision-making processes because it is related to processes of overcoming, reconstituting, and adapting to the instabilities by which activity passes. The implementation of actions to reduce risks of all orders should be a priority of management and, in the case of tourism, these actions should be the result of the public and private understanding of how to mitigate the adversities of the activity for its full development, taking as it focuses the local community and, consequently, the tourists.

2016
Dissertações
1
  • JOSÉ DA PAZ DANTAS
  • Um brinde a cachaça: O patrimônio histórico cultural e seus usos turísticos nos alambiques do Rio Grande do Norte.

  • Orientador : MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • JULIANA VIEIRA DE ALMEIDA
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • Data: 25/02/2016

  • Mostrar Resumo
  • O estudo propõe apresentar uma discussão sobre o valor da cachaça enquanto patrimônio cultural e sua relação com as atividades turísticas no Estado do Rio Grande do Norte. Apoiado numa discussão a partir dos estudos históricos relacionados ao setor turístico, especialmente no que diz respeito à gastronomia, a cachaça se define não apenas como um importante instrumento para a construção de identidades, mas, também, como um elemento capaz de tecer relações sociais, políticas e econômicas. Isto é, um produto turístico capaz de proporcionar novos destinos. A pesquisa foi realizada em cinco alambiques localizados nas regiões Leste Potiguar e Seridó, as quais oferecem uma historicidade e produção significativa para o Estado do Rio Grande do Norte. Para definir o recorte, é preciso buscar refinar essa seleção, especialmente ao lidar com fatos históricos e memórias dos proprietários desses estabelecimentos. Dessa forma, torna-se necessário considerar a trajetória dos alambiques, períodos de maiores produções e inserção no mercado turístico. Através de levantamentos documentais e observações feitas em visitas de campo, a pesquisa tem uma abordagem qualitativa com finalidade descritiva e exploratória, metodologia que nos permite abordar questões em torno das articulações entre patrimônio, identidade e turismo.


  • Mostrar Abstract
  • O estudo propõe apresentar uma discussão sobre o valor da cachaça enquanto patrimônio cultural e sua relação com as atividades turísticas no Estado do Rio Grande do Norte. Apoiado numa discussão a partir dos estudos históricos relacionados ao setor turístico, especialmente no que diz respeito à gastronomia, a cachaça se define não apenas como um importante instrumento para a construção de identidades, mas, também, como um elemento capaz de tecer relações sociais, políticas e econômicas. Isto é, um produto turístico capaz de proporcionar novos destinos. A pesquisa foi realizada em cinco alambiques localizados nas regiões Leste Potiguar e Seridó, as quais oferecem uma historicidade e produção significativa para o Estado do Rio Grande do Norte. Para definir o recorte, é preciso buscar refinar essa seleção, especialmente ao lidar com fatos históricos e memórias dos proprietários desses estabelecimentos. Dessa forma, torna-se necessário considerar a trajetória dos alambiques, períodos de maiores produções e inserção no mercado turístico. Através de levantamentos documentais e observações feitas em visitas de campo, a pesquisa tem uma abordagem qualitativa com finalidade descritiva e exploratória, metodologia que nos permite abordar questões em torno das articulações entre patrimônio, identidade e turismo.

2
  • JOSÉ JAILSON MEDEIROS DE MELO
  • O LEGADO DA COPA DO MUNDO FIFA 2014 PARA O DESTINO TURÍSTICO NATAL/RN

  • Orientador : MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • JEAN HENRIQUE COSTA
  • MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • Data: 29/02/2016

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo objetivou analisar as contribuições proporcionadas pela realização da Copa do Mundo FIFA 2014 para o destino turístico Natal/RN. Para isso, analisou-se a efetividade das ações do poder público para dotar o destino de infraestrutura adequada ao porte do evento; avaliou-se de que forma as intervenções do Estado contribuíram para a reestruturação dos espaços urbanos com fins turísticos; identificou-se quais foram os investimentos realizados pelo trade turístico em função do megaevento da FIFA; assim como se identificaram as ações de qualificação profissional na área de turismo que foram promovidas para atender à demanda da CopaDessa forma, a pesquisa justifica-se por preencher uma lacuna na pesquisa em turismo no que se refere à investigação de como ocorreram os investimentos empreendidos pelo Estado e pela iniciativa privada para realização do megaevento esportivo da FIFA em Natal, mostrando quais os rebatimentos para a cidade, sua população e o turismo. Para tanto, o estudo teve uma abordagem qualitativa, sendo de caráter descritivo-exploratório. Como instrumento de coleta utilizou-se a aplicação de roteiros de entrevistas semiestruturados, tendo como população do estudo atores da iniciativa privada e representantes de órgãos públicos, além da apreciação de dados secundários.  Para a apreciação dos dados, fez-se uso do método de análise de conteúdo e documental baseando-se na categorização dos mesmos. Ao fim, foi possível perceber que a Copa do Mundo da FIFA 2014 levou o Estado a investir um grande montante de recursos públicos em mobilidade, transportes e turismo, mas que todas as intervenções tinham como objetivo a realização dos jogos, independente do bem que esses investimentos poderiam trazer para a população. Ocorreu uma concentração espacial das ações planejadas. No que se refere ao turismo, entendeu-se que o megaevento esportivo proporcionou a reorganização da atividade na capital potiguar, principalmente na melhoria da infraestrutura de sua orla; ampliou o número de leitos com a implantação de novos hotéis e contribuiu para o aumento da mão de obra qualificada, na medida em que cursos de capacitação profissional em turismo foram ofertados. Apesar da melhoria dos espaços para fins turísticos, até então não é possível dimensionar se os investimentos realizados em função do evento proporcionarão o retorno que os justifique.


  • Mostrar Abstract
  • O presente estudo objetivou analisar as contribuições proporcionadas pela realização da Copa do Mundo FIFA 2014 para o destino turístico Natal/RN. Para isso, analisou-se a efetividade das ações do poder público para dotar o destino de infraestrutura adequada ao porte do evento; avaliou-se de que forma as intervenções do Estado contribuíram para a reestruturação dos espaços urbanos com fins turísticos; identificou-se quais foram os investimentos realizados pelo trade turístico em função do megaevento da FIFA; assim como se identificaram as ações de qualificação profissional na área de turismo que foram promovidas para atender à demanda da CopaDessa forma, a pesquisa justifica-se por preencher uma lacuna na pesquisa em turismo no que se refere à investigação de como ocorreram os investimentos empreendidos pelo Estado e pela iniciativa privada para realização do megaevento esportivo da FIFA em Natal, mostrando quais os rebatimentos para a cidade, sua população e o turismo. Para tanto, o estudo teve uma abordagem qualitativa, sendo de caráter descritivo-exploratório. Como instrumento de coleta utilizou-se a aplicação de roteiros de entrevistas semiestruturados, tendo como população do estudo atores da iniciativa privada e representantes de órgãos públicos, além da apreciação de dados secundários.  Para a apreciação dos dados, fez-se uso do método de análise de conteúdo e documental baseando-se na categorização dos mesmos. Ao fim, foi possível perceber que a Copa do Mundo da FIFA 2014 levou o Estado a investir um grande montante de recursos públicos em mobilidade, transportes e turismo, mas que todas as intervenções tinham como objetivo a realização dos jogos, independente do bem que esses investimentos poderiam trazer para a população. Ocorreu uma concentração espacial das ações planejadas. No que se refere ao turismo, entendeu-se que o megaevento esportivo proporcionou a reorganização da atividade na capital potiguar, principalmente na melhoria da infraestrutura de sua orla; ampliou o número de leitos com a implantação de novos hotéis e contribuiu para o aumento da mão de obra qualificada, na medida em que cursos de capacitação profissional em turismo foram ofertados. Apesar da melhoria dos espaços para fins turísticos, até então não é possível dimensionar se os investimentos realizados em função do evento proporcionarão o retorno que os justifique.

3
  • JULIANA RODRIGUES DA COSTA
  • COMUNICAÇÃO NA CAPTAÇÃO DE EVENTOS CORPORATIVOS: UM ESTUDO NOS CONVENTION & VISITORS BUREAUS DO BRASIL


  • Orientador : LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • LENIN CAVALCANTI BRITO GUERRA
  • Data: 07/03/2016

  • Mostrar Resumo
  • O turismo de eventos corporativos acelera o fenômeno e diminui a sazonalidade, além de impulsionar diversas formas de comunicação, seja ela voltada para captação de eventos ou não. Nessa expectativa, o objetivo da pesquisa foi avaliar as tipologias da comunicação utilizadas para a captação de eventos corporativos no Convention & Visitors Bureaus do Brasil. O estudo teve como universo, os diretores executivos e comerciais das associações que captam eventos corporativos, por meio de pesquisa qualitativa e natureza descritivo-exploratória, viés funcionalista e amostra não probabilística. A coleta dos dados foi realizada por meio de questionário semiestruturado, enviado por meio eletrônico, por intermédio da ferramenta Google Docs e avaliado a partir da técnica de análise de conteúdo. Os resultados da pesquisa mostram que o processo de captação é voltado para o perfil dos setores: atacadistas, serviços, organizadoras e promotoras de eventos, agronegócio, tecnológico, industrial, mineração, líderes e médicos. Tendo como quesitos que impactam a comunicação os seguintes elementos: avaliação dos dados e fontes, recebimento de informações atualizadas, feedback, trabalhos com a demanda e oferta da captação. Assim como, comunicação multi-ferramentas, avaliações  constantes, vícios de linguagem, clareza comunicativa, limitação vocabular, experiências anteriores e visão de amigos ou familiares. Já os que corroboram estão voltados para atitude ao se comunicar, a responsabilidade e propriedade que gera transparência e fidelidade à comunicação, o contato direto, por meio da fala, apresentação da proposta, contato com o promotor ou líder. No cenário, foi apontada a dificuldade de avaliação, quanto à frequência e retroalimentação dos dados, a fim de manter uma sintonia de informações e possível desenvolvimento, haja vista que o termo avaliação ponto a ponto foi citado por quatro destinos (Natal, São Paulo, Belém e Poços de Caldas). Conclui-se que, para se construir uma comunicação captadora de eventos corporativos que descentralize os resultados pelo país de forma integral, é preciso conhecer os principais nichos de contratantes, as suas peculiaridades e particularidades, pois cada captação de evento é única e, para esse contratante, a vontade dos participantes está sempre em primeiro lugar, ou seja, a fidelidade da comunicação impacta no feedback final.

     

     


  • Mostrar Abstract
  • The corporate events tourism accelerates the tourism phenomenon and reduces seasonality, besides it boosts various forms of communication, whether it is focused on attracting events or otherwise. Based on this expectation, the objective of the research was to evaluate the types of communication used for the attraction of corporate events in Convention & Visitors Bureaus of Brazil. The study had as its universe executives and trade directors of associations that attract corporate events, through qualitative research and descriptive and exploratory nature, functionalist bias and non-probabilistic sample. Data collection was conducted through a semi-structured questionnaire sent by electronic means through the Google Docs tool and evaluated by the content analysis technique. The research results show that the process of attracting is focused on the profile of the sectors: wholesale, services, events organizers, promoters, agribusiness, technological, industrial, mining, leaders and medical. The questions that impact communication are: evaluate the data and sources, have updated information, ask for and offer feedback, work with the demand and supply of the attraction. Communication should be multi-tools, make assessments constantly, language vices, communicative clarity, limited vocabulary, previous experiences and vision of friends or family. Those which corroborate are focused on an attitude while communicating, responsibility and ownership that creates transparency and fidelity to communication, direct contact through speech, proposal submission, contact with the promoter or leader. In the research was pointed out the difficulty of evaluation, regarding the frequency and feedback of data in order to maintain a line of information and possible development, given that the evaluation point to point was cited by four destinations (Natal, São Paulo, Belém and Poços de Caldas). In conclusion, to build a communication to attract corporate events that decentralize the results through the country integrally, it is needed to know the main contractors niches, their quirks and peculiarities, because each event attraction is unique and for that contractor the will of the participants is always in first place, in other words, the communication fidelity impacts on the final feedback. 

4
  • ISLAINE CRISTIANE OLIVEIRA GONÇALVES DA SILVA CAVALCANTE
  • GESTÃO DA QUALIDADE DOS SERVIÇOS EM TURISMO DE BEM-ESTAR:

    análise em SPAs do Brasil

  • Orientador : LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • LENIN CAVALCANTI BRITO GUERRA
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • Data: 11/03/2016

  • Mostrar Resumo
  • O turismo de saúde apresenta dois subprodutos denominados turismo médico e turismo de bem-estar. A pesquisa refere-se ao turismo de bem-estar, termo conhecido internacionalmente por wellness tourism, que se caracteriza como uma área promissora, apresentando crescimento a cada ano no Brasil. O foco desse segmento é a busca por tratamentos com intenção preventiva, relaxamento e cuidados com o corpo. O estudo teve como objetivo analisar a gestão da qualidade dos serviços de turismo de bem-estar oferecidos nos SPAs do Brasil a partir da percepção dos gestores. A pesquisa caracteriza-se como exploratório-descritiva, transversal, de abordagem qualitativa, com uma amostragem não probabilística, intencional e funcionalista. Foram aplicados questionários direcionados aos gestores da área no Brasil. Como base, a pesquisa utilizou os itens do instrumento de qualidade dos serviços, SERVPERF. Como resultado, foi percebido um aumento significativo da demanda da área do turismo de bem-estar no Brasil, segundo os gestores. A qualidade nos serviços foi apontada como critério de exigência, já que os clientes de bem-estar pagam por um serviço que tem como objetivo o relaxamento da mente, corpo e espírito. Gerir empreendimentos voltados ao relaxamento e bem-estar requer profissionais qualificados. É necessário também um acompanhamento personalizado a cada cliente, sobretudo ao se tratar de SPA da tipologia médica. A infraestrutura, um dos itens do modelo SERVPERF, é a mais valorizada em termos de qualidade e deve contar com manutenção (depreciação das máquinas) periódica, pois o cliente de um SPA possui mais expectativas do que um cliente de um hotel. Conclui-se que o segmento de turismo de bem-estar pode avançar ainda mais no país. Associar o turismo à saúde envolve fatores que necessitam de estudos e detalhamento de suas características. O turismo em geral tem a qualidade, excelência, segurança e ética como inseparáveis. A qualidade nos serviços, sejam eles tangíveis ou intangíveis, é de relevância para os consumidores, que quando satisfeitos com o serviço prestado, divulgarão de forma positiva para parentes e amigos.


  • Mostrar Abstract
  • O turismo de saúde apresenta dois subprodutos denominados turismo médico e turismo de bem-estar. A pesquisa refere-se ao turismo de bem-estar, termo conhecido internacionalmente por wellness tourism, que se caracteriza como uma área promissora, apresentando crescimento a cada ano no Brasil. O foco desse segmento é a busca por tratamentos com intenção preventiva, relaxamento e cuidados com o corpo. O estudo teve como objetivo analisar a gestão da qualidade dos serviços de turismo de bem-estar oferecidos nos SPAs do Brasil a partir da percepção dos gestores. A pesquisa caracteriza-se como exploratório-descritiva, transversal, de abordagem qualitativa, com uma amostragem não probabilística, intencional e funcionalista. Foram aplicados questionários direcionados aos gestores da área no Brasil. Como base, a pesquisa utilizou os itens do instrumento de qualidade dos serviços, SERVPERF. Como resultado, foi percebido um aumento significativo da demanda da área do turismo de bem-estar no Brasil, segundo os gestores. A qualidade nos serviços foi apontada como critério de exigência, já que os clientes de bem-estar pagam por um serviço que tem como objetivo o relaxamento da mente, corpo e espírito. Gerir empreendimentos voltados ao relaxamento e bem-estar requer profissionais qualificados. É necessário também um acompanhamento personalizado a cada cliente, sobretudo ao se tratar de SPA da tipologia médica. A infraestrutura, um dos itens do modelo SERVPERF, é a mais valorizada em termos de qualidade e deve contar com manutenção (depreciação das máquinas) periódica, pois o cliente de um SPA possui mais expectativas do que um cliente de um hotel. Conclui-se que o segmento de turismo de bem-estar pode avançar ainda mais no país. Associar o turismo à saúde envolve fatores que necessitam de estudos e detalhamento de suas características. O turismo em geral tem a qualidade, excelência, segurança e ética como inseparáveis. A qualidade nos serviços, sejam eles tangíveis ou intangíveis, é de relevância para os consumidores, que quando satisfeitos com o serviço prestado, divulgarão de forma positiva para parentes e amigos.

5
  • AMADA GAMA TAVARES
  • O cinema como agente influenciador da imagem de destinos turísticos.

  • Orientador : CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ZULMIRA SILVA NÓBREGA
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • Data: 26/04/2016

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa trata das relações sinérgicas entre turismo e cinema, numa perspectiva de que filmes podem influenciar no contexto turístico dos lugares usados como cenários. Objetivou analisar o impacto de filmes na imagem do Brasil e na intenção de visitá-lo e relacioná-los aos fatores fílmicos. Para isso, evolveu pesquisa experimental, envolvendo filmes de diferentes gêneros ambientados no Brasil: Cidade de Deus e Rio. Os filmes foram exibidos para estrangeiros que moram em Barcelona, os quais preencheram um mesmo questionário antes e depois da exibição. A partir do estudo, foram produzidos dois artigos. O primeiro enfocou na influência de filmes com conteúdo negativo na imagem de destino. Portanto, analisou os efeitos de Cidade de Deus, comparando-os aos constatados pela pesquisa de Loureiro e Araújo (2015), que usaram o mesmo método em Portugal. Os resultados sugerem que filmes com conteúdo negativo tendem a influenciar negativamente as percepções sobre o destino, diminuindo as intenções turísticas. A segunda parte da pesquisa enfocou na comparação dos efeitos de ambos os filmes, considerando suas relações com fatores fílmicos de indução turística. Os resultados apontam que, enquanto Rio foi capaz de manter a boa imagem inicial do Brasil, Cidade de Deus impactou de modo negativo nas percepções que os espectadores tinham do destino, diminuindo as intenções de visita. Concluiu-se que o conteúdo fílmico afeta diretamente a imagem causada por esse tipo de mídia.


  • Mostrar Abstract
  • Esta pesquisa trata das relações sinérgicas entre turismo e cinema, numa perspectiva de que filmes podem influenciar no contexto turístico dos lugares usados como cenários. Objetivou analisar o impacto de filmes na imagem do Brasil e na intenção de visitá-lo e relacioná-los aos fatores fílmicos. Para isso, evolveu pesquisa experimental, envolvendo filmes de diferentes gêneros ambientados no Brasil: Cidade de Deus e Rio. Os filmes foram exibidos para estrangeiros que moram em Barcelona, os quais preencheram um mesmo questionário antes e depois da exibição. A partir do estudo, foram produzidos dois artigos. O primeiro enfocou na influência de filmes com conteúdo negativo na imagem de destino. Portanto, analisou os efeitos de Cidade de Deus, comparando-os aos constatados pela pesquisa de Loureiro e Araújo (2015), que usaram o mesmo método em Portugal. Os resultados sugerem que filmes com conteúdo negativo tendem a influenciar negativamente as percepções sobre o destino, diminuindo as intenções turísticas. A segunda parte da pesquisa enfocou na comparação dos efeitos de ambos os filmes, considerando suas relações com fatores fílmicos de indução turística. Os resultados apontam que, enquanto Rio foi capaz de manter a boa imagem inicial do Brasil, Cidade de Deus impactou de modo negativo nas percepções que os espectadores tinham do destino, diminuindo as intenções de visita. Concluiu-se que o conteúdo fílmico afeta diretamente a imagem causada por esse tipo de mídia.

6
  • ANDRESSA FERREIRA RAMALHO LEITE
  • ESTRATÉGIAS DE PRECIFICAÇÃO DOS HOTÉIS EM NATAL E PIPA/RN: UMA APLICAÇÃO DO MODELO DE SHOEMAKER (2003)

  • Orientador : CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • JULIANA VIEIRA DE ALMEIDA
  • Data: 28/06/2016

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho tem como objetivo principal de pesquisa, analisar as estratégias de precificação adotadas por hotéis de médio e grande porte em Natal e Pipa/RN aplicando o modelo do Shoemaker (2003) para análise. O objetivo geral está norteado pelos seguintes objetivos específicos: a) Identificar quais são as ações de precificação adotadas pelos empreendimentos hoteleiros; b) Classificar as estratégias utilizadas, segundo o modelo de Shoemaker (2003); c) Propor um conjunto de sugestões para os hotéis analisados. O referencial teórico desse trabalho baseia-se no estudo das principais publicações nacionais e internacionais sobre setor hoteleiro, marketing, estratégias de precificação e valor. A metodologia aplicada apresenta caráter descritivo com abordagem qualitativa de dados, que almeja obter resultados através da realização de entrevistas semiestruturadas, pesquisa bibliográfica e documental. O estudo tem como público-alvo, gerentes e proprietários de 10 (dez) hotéis de médio e grande porte localizados na cidade de Natal/RN e na praia de Pipa/RN, por serem os dois destinos turísticos mais visitados no Estado e, por conseguinte, possuírem o maior parque hoteleiro. O cronograma das atividades de pesquisa iniciou-se no 1º semestre do ano de 2014 finalizando em junho do ano de 2016, onde os dados obtidos foram devidamente analisados a partir do modelo teórico escolhido para validação dessa pesquisa. Diante da pesquisa, observou-se a utilização de estratégias de precificação e itens valorativos no trade hoteleiro do público analisado, corroborando assim, com taxas expressivas de ocupação.


  • Mostrar Abstract
  • This study aims to research, analyze the pricing strategies adopted by medium and large hotels in Natal and Pipa / RN applying Shoemaker model (2003) for analysis. The overall objective is guided by the following specific objectives: a) Identify what are the pricing actions taken by hotel developments; b) classify the strategies used, according to the model Shoemaker (2003); c) To propose a set of suggestions for hotels analyzed. The theoretical framework of this work is based on the study of major national and international publications on the hotel industry, marketing, pricing strategies and value. The methodology presents descriptive qualitative approach to data, which aims to get results by conducting semi-structured interviews, literature and documentary. The study's target audience, managers and owners of ten (10) medium and large hotel located in the city of Natal / RN and the beach of Pipa / RN, being the two most visited tourist destinations in the State and, therefore, having the largest hotel park. The schedule of research activities started in the 1st half of 2014 ending in June 2016, where the data were properly analyzed from the theoretical model chosen for validation of this research. Given the research, there was the use of pricing strategies and evaluative items in the hotel trade of the analyzed public, thus corroborating with significant occupancy rates.

7
  • DEBORA GOES URANO
  • TURISMO E REDES DE PARTICIPAÇÃO COMUNITÁRIA: ANÁLISE DAS RELAÇÕES DOS ATORES SOCIAIS DA REDE TUCUM, ESTADO DO CEARÁ, NO PERÍODO DE 2008 A 2016

  • Orientador : WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • SILVIO JOSÉ DE LIMA FIGUEIREDO
  • Data: 30/06/2016

  • Mostrar Resumo
  • Experiências de turismo de base comunitária vêm despontando em todo o mundo e se caracterizam por ser um modelo de organização do turismo situado no eixo alternativo ao convencional, que tem como principal elemento chave a organização e participação comunitária no planejamento, gestão e desenvolvimento da atividade turística. Estasiniciativas buscam como mecanismo de fortalecimento a construção de redes. O presente trabalho tem, portanto, como objetivo geral analisar as relações entre os atores sociais envolvidos com o desenvolvimento do turismo na Rede Cearense de Turismo Comunitário (Rede Tucum).  Para tanto, apoia-se no entendimento sobre redes de autores como Capra (2002); Castels (2013); Rovere (1999); Tolkach, King, & Pearlman (2013). Foi realizado um estudo exploratório, por meio de pesquisa bibliográfica, documental e de campo em quatro comunidades participantes da Rede. O método de abordagem foi qualitativo e os dados obtidos foram analisados por meio da análise de conteúdo. Os resultados indicaram que as relações entre os diversos pontos da rede se dá pela existência de processos de comunicação estabelecidos por meio de elos em comum como a luta pelo território, a afirmação de suas identidades e o desenvolvimento do turismo comunitário. Observou-se, no entanto, que o processo de colaboração entre as iniciativas participantes encontra-se enfraquecido, principalmente, devido às barreiras no processo de comunicação e a falta de recursos enfrentados pela Rede e pelas comunidades.


  • Mostrar Abstract
  • Community based tourism experiences are emerging all over the world and are characterized by being a tourism organization model located in the axis alternative to the conventional, which has as main key the community organization and participation in planning, management and development of tourism. These initiatives seek as mechanisms of strengthening to build networks. This work, therefore, has as main objective to analyze the relations between the actors involved with the development of tourism in the Cearense Network of Community Tourism (Tucum Network). For this purpose, it relies on the network understanding of authors like Capra (2002); Castels (2013); Rovere (1999); and Tolkach, King, & Pearlman (2013). An exploratory study was carried out through literature, documentary and field research in four communities participants of the network. The method of approach was qualitative and the data were analyzed using content analysis. The results indicated that the relations between the various points of the network is given by the existence of communication processes established through common links as the struggle for territory, the affirmation of their identity and the development of community tourism. It was noted, however, that the process of collaboration between the participating initiatives is weakened, mainly, due to barriers in the process of communication and to the lack of resources faced by the network and the communities.

8
  • PEDRO ANÍBAL DE BRITO RODRIGUES
  • UTILIZAÇÃO DO RECURSO FÍLMICO COMO ESTRATÉGIA METODOLÓGICA DE ENSINO-APRENDIZAGEM: UM ESTUDO DE CASO MÚLTIPLO COM ESTUDANTES DE TURISMO EM IES.

  • Orientador : MARIA VALERIA PEREIRA DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PATRICIA WHEBBER SOUZA DE OLIVEIRA
  • MAX LEANDRO DE ARAUJO BRITO
  • MARIA VALERIA PEREIRA DE ARAUJO
  • Data: 29/07/2016

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo buscou compreender a utilização do recurso fílmico em sala de aula diante da percepção dos futuros turismólogos como uma estratégia metodológica de ensino-aprendizagem direcionado aos conteúdos multidisciplinares do turismo. Para tanto, fez-se uma pesquisa bibliográfica onde estão algumas considerações sobre: a universidade no Brasil e uma discussão sobre a valorização da pesquisa e o empobrecimento do ensino na educação superior e a formação dos profissionais do turismo; breves aspectos sobre o processo de planejamento das estratégias metodológicas de ensino-aprendizagem; por fim, a inserção dos recursos audiovisuais na educação brasileira e as boas práticas na aplicação dos filmes em sala de aula. A pesquisa se justifica porque, faz-se necessário compreender a aplicação educacional do recurso fílmico como estratégia metodológica inovadora nas salas de aula dos cursos de graduação em turismo, assim como acontece em outras áreas do conhecimento. Foi utilizado como metodologia de pesquisa o estudo de caso múltiplo, de natureza exploratória, de caráter qualitativo. Para a coleta de dados foi utilizada a entrevista semiestruturada e empregada à análise de conteúdo para avaliação das respostas dos graduandos em duas Instituições de Ensino Superior – IES, no âmbito público federal. Como resultado, a pesquisa apontou que: a maioria dos estudantes considera que a metodologia fílmica é proveitosa, apesar de ser pouco utilizada nas salas de aula dos cursos de turismo aqui pesquisados; afetam o desempenho do filme como estratégia a falta de cooperação da coletividade em sala de aula e o mau emprego da estratégia pelo professor; que existe uma pluralidade de contribuições cognitivas proporcionada pelo filme em sala de aula, sendo a principal delas a interação entre a teoria e a prática, onde o estudante coparticipa da experiência do filme. Segundo os estudantes, o filme também é um motivador educacional frente à monotonia do ensino tradicional, como as aulas expositivas. Entretanto, o excesso de exibições fílmicas também os desmotiva, o ideal é a utilização com parcimônia. Em termos de eficácia o uso do filme em sala de aula, abre as perspectivas dos estudantes para a reflexão e a metacognição. O filme em sala de aula também proporciona ganhos no conhecimento, modifica atitudes para o aprofundamento dos conteúdos e aumenta habilidades exemplificando práticas.


  • Mostrar Abstract
  • This study sought to understand the perception of the future tourism specialist on the use of filmic resource in the classroom as a methodological strategy of teaching-learning directed to multidisciplinary content in tourism. Therefore, it was done a bibliographic research where are some aspects about: the university in Brazil and a discussion of the valuation of research and impoverishment of teaching in higher education and possible impact on the training of tourism professionals; brief points on the process of planning methodologies of teaching and learning strategies; Finally, the inclusion of audiovisual resources in Brazilian education and good practices in the application of the films in the classroom. The research is justified because it is necessary to understand the educational application of filmic resource as one of the innovative methodological strategy in the classrooms of undergraduate courses in tourism, as well as in other areas of scientific knowledge. As research methodology was used the multiple case study with exploratory and qualitative approach. For data collection was used semi structured interview. Was used content analysis to evaluate the responses of the students in two Brazilian public universities. As a result, the survey found that: most students think that the filmic approach is valid, despite being little used in classrooms of here surveyed tourism courses; the performance of the film as strategy is affected by the lack of cooperation between students in the classroom and the misuse of the strategy by the teacher; that there is a plurality of cognitive contributions provided by the film in the classroom, the main one being the interaction between theory and practice, where student have co-participation in the film experience. According to students, the film can also provide educational motivation in opposition of the monotony of traditional teaching, such as lectures. However, excess of film use also discourages, the ideal is to use sparingly in combination with others strategies. In terms of effective use of the film in the classroom, the film usually opens the prospects of the students to reflections and metacognition. The film in the classroom also provides gains in knowledge, changes attitudes to deepen the content and increases the skills exemplifying practices.

9
  • IVANISE BORGES SOUZA
  • ATIVIDADES CARACTERÍSTICAS DO TURISMO: UMA ANÁLISE DA DIMENSÃO DO TURISMO NA ECONOMIA BRASILEIRA DO ANO DE 2013.

  • Orientador : LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCIO MARREIRO DAS CHAGAS
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • GLAUBER EDUARDO DE OLIVEIRA SANTOS
  • LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • Data: 10/08/2016

  • Mostrar Resumo
  •  A atividade turística brasileira, ao longo dos últimos anos, vem se desenvolvendo substancialmente. Porém, não há informações o bastante para dimensionar o desempenho do turismo na economia, pois as pesquisas que existem não são suficientes ou estão com dados defasados. As pesquisas com abordagem estatística e econômica, como a Conta Satélite do Turismo (CST), configuram-se como importantes fontes de informações para o planejamento de políticas, investimentos e expansão do mercado, visando melhorias para a população, o trade turístico e para o turista. Com a mensuração econômica do turismo, torna-se possível identificar atividades em crescimento, que geram postos de trabalho, renda e melhorias da condição social da população, assim como apontar atividades estagnadas. O presente trabalho tem por objetivo analisar a participação das Atividades Características do Turismo (ACT’s) na economia brasileira no ano de 2013. O intuito é gerar informações para o dimensionamento e o desenvolvimento da atividade turística no contexto brasileiro. A pesquisa caracteriza-se como exploratório-descritiva, transversal, de abordagem quantitativa. O estudo foi realizado a partir de dados secundários extraídos principalmente da Pesquisa Anual de Serviços desenvolvida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE e do Sistema de Informações Sobre o Mercado de Trabalho no setor de turismo do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada. A metodologia aplicada teve como base o modelo da CST-99 do Brasil e o relatório “Economia do Turismo: uma perspectiva macroeconômica 2003-2009”, ambas as publicações fundamentadas nas diretrizes e metodologias recomendadas pela Organização Mundial do Turismo (OMT) e pelo Sistema de Contas Nacionais -1993/2008. Para dimensionar a participação das ACT’s na economia, foram aplicados os conceitos das identidades contábeis sobre os agregados macroeconômicos do turismo. Com isso, o trabalho teve com resultado estimação do valor bruto da produção, consumo intermediário, valor agregado bruto, gastos com o pessoal, excedente operacional bruto, número de postos de trabalho, rendimentos pagos e número de empresas. Para tanto, esta pesquisa vem a contribuir para a literatura da economia do turismo com perspectiva de ampliar as discussões sobre os mecanismos de mensuração do turismo para geração de informações econômicas e estatísticas para o Brasil.


  • Mostrar Abstract
  • Brazilian tourism has been developing, quickly over the last years. However, there is not enough information to measure the performance of tourism in the economy, because the existing research sufficiently specific or obsolete data. Statistical and economic research, such as the Tourism Satellite Account (TSA), in an important source of information for policy planning, investment and market expansion, enabling improvements for residents, businesses and tourists. With the economic measurement of tourism, it is possible to identify growing activities that generate jobs, income and welfare, also pointing stable activities. This study aims to analyze the participation of Tourism Characteristic Activities (TCAs) in the Brazilian economy in 2013.The objective is to generate information for the measurement and development of tourism in the Brazilian context. The research is characterized as exploratory, descriptive, cross-sectional, using quantitative approach. The study relied on secondary data sources drawn mainly from research the Annual Survey of Services developed by the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) and the tourism Labor Market Information System of the Applied Economic Research Institute (IPEA). The applied methodology was based on Brazil’s TSA-99 and on the report “Tourism Economics: a macroeconomic perspective 2003-2009”, both based on the guidelines and methodologies recommended by the World Tourism Organization (UNWTO) and National Accounts System-1993/2008.To measure the participation of TCAs in the economy, the concepts of accounting identities of the macroeconomic aggregates of tourism were applied. Thus, the study resulted in estimation of gross value of production, intermediate consumption, gross value added, expenses personnel, gross operating surplus, number of jobs, paid income and number of companies. Therefore, this research contributes to the tourism literature with perspective to expand discussions on tourism measurement mechanisms for the generation of economic and statistical information about Brazil.

10
  • IRACY WANDERLEY FILHA
  • TERRITÓRIO, PARTICIPAÇÃO SOCIAL (CIDADÃ?) E TURISMO: UM ESTUDO SOBRE AS EXPERIÊNCIAS PARTICIPATIVAS EM TURISMO NO  MUNICÍPIO DE PORTO DO MANGUE/RN

  • Orientador : FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • JULIA KATIA BORGNETH PETRUS
  • PAMELA DE MEDEIROS BRANDÃO
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • Data: 26/08/2016

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo principal deste estudo é investigar as experiências participativas em Porto do Mangue/RN, nos direcionamentos do turismo, com foco nas relações entre a sociedade civil, o poder público e suas instituições, visando compreender como é produzido o turismo no local. Os objetivos específicos que auxiliaram no desenvolvimento deste trabalho foram: a) apresentar a articulação conceitual e princípios lógicos que orientam as análises empíricas deste estudo; b) Caracterizar o município de Porto do Mangue, evidenciando os processos turísticos locacionais e os programas das Políticas Públicas de Turismo, com foco na participação; c) Identificar as tipologias de participação previstas pela Escada da Participação  e as respectivas ocorrências em Porto do Mangue/RN. Adotou-se uma abordagem qualitativa, um aporte metodológico  exploratório e descritivo, com o auxílio de técnicas de pesquisa  bibliográfica e documental. Na pesquisa de campo, utilizou-se a investigação participativa obedecendo as seguintes etapas: aplicação de roteiros de entrevistas semiestruturadas com atores sociais do poder público (municipal e estadual), sociedade civil e empreendedores locais ligados à atividade turística; sistematização das informações constantes nas entrevistas semiestruturadas; reuniões para confirmação e legitimação das informações pelos atores e agentes da sociedade civil. A técnica de análise de conteúdo de Bardin (2006) foi utilizada para tratar as informações coletadas em campo. A reposta  aos objetivos partiu das análises realizadas sobre os níveis de participação da sociedade de Porto do Mangue/RN, na elaboração implementação de políticas públicas para o desenvolvimento do turismo local. Assim, pode-se observar que, de modo geral, as estratégias participativas desse caso, estão concentradas em modos não participativos e de participação simbólica, a partir da classificação proposta por Arnstei, (2002). Sem perder de vista a complexidade do fenômeno turístico, as reflexões deste estudo permitem compreender a importância da participação cidadã como instrumento capaz de transformar as decisões coletivas em projetos capazes de atender aos anseios sociais. Destarte, os resultados deste trabalho podem auxiliar no planejamento e organização da atividade turística, especificamente em Porto do Mangue, fortalecendo a endogenia comunitária com vistas ao desenvolvimento do lugar.


  • Mostrar Abstract
  • This study has the main objective to investigate the participatory experiences in Porto do Mangue / RN, in the tourism directions, focusing on the relationship between civil society, the municipal government, to understand how tourism is produced in the local. The specific objectives that assisted in the development of this work were: a) to present the conceptual articulation and logical principles that guide the empirical analysis of this study; b) Characterize the municipality of Porto do Mangue showing the locational tourist processes and programs of the Public Tourism Policies, focusing on participation; c) Identify the types of participation provided by the Ladder of Participation and their instances in Porto do Mangue/RN. We adopted a qualitative approach, with an exploratory methodological approach and descriptive, with the help of technical and documentary literature. We used participatory research through the following steps: application scripts semi-structured interviews with stakeholders from the government (regional and local), civil society and local entrepreneurs linked to tourism; systematization of the information in semi-structured interviews; Meeting for confirmation and legitimization of information by civil society actors. The Bardin (2006) content analysis technique was used to treat the information collected in the field. The answer to the objectives of the analysis carried out on the levels of participation of the Porto do Mangue/RN society, in the elaboration and implementation of public policies for the development of tourism, it can be observed that, in general, participatory strategies that case are concentrated in non-participatory modes and symbolic participation from the classification proposed by (Arnstei, 2002). Without losing sight of the complexity of the tourism phenomenon, the reflections of this study allow us to understand the importance of citizen participation as an instrument to make collective decisions on projects able to meet social expectations. Thus, the results of this study may help in the planning and organization of tourist activity, specifically in Porto do Mangue, strengthening the community inbreeding with a view to the development of the place.

11
  • LUCILÉIA LIMA DE MORAIS
  • TURISMO E PATRIMÔNIO CULTURAL: POLÍTICAS, AÇÕES E INTERVENÇÕES NO MUNICÍPIO DE NATAL-RN

  • Orientador : WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • ANTONIO JANIO FERNANDES
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • Data: 29/08/2016

  • Mostrar Resumo
  • O estudo tem como objetivo principal compreender os fatores que tem dificultado na funcionalização turística do centro histórico de Natal entre os anos de 1976 a 2015, período em que foram elaboradas relevantes políticas públicas para a preservação do patrimônio cultural brasileiro e que continham em seu discurso a valorização turística de bens culturais. A metodologia do trabalho foi baseada na análise das principais ações e políticas de turismo e de cultura que ocorreram no centro histórico de forma a entender se há ou não uma intersecção entres as políticas públicas e refletir sobre as ações deliberadas pelos diversos atores presentes na região histórica da cidade. Também foi realizada uma avaliação da oferta turística considerando os produtos e serviços ofertados aos turistas a partir de diagnósticos elaborados pela secretaria municipal de turismo e observação in loco. Trata-se de um estudo transversal, de caráter descritivo e exploratório, onde foi selecionada a técnica de análise de conteúdo para o tratamento dos dados. Foram realizadas entrevistas com representantes do poder público local, iniciativa privada, sociedade civil e turistas por meio de roteiros de entrevistas não estruturados. Percebeu-se que as ações de preservação, apesar de contemplar em seus objetivos a promoção da atividade turística em centros históricos, não conseguem transpor a fase de inventariação e diagnósticos ou se restringem a implantação de projetos de forma isolada e sem continuidade, estacionando em etapas consideradas preliminares na avaliação de políticas públicas. Observou-se também que não há uma gestão turística do patrimônio cultural e não existe uma ação específica de promoção turística do corredor cultural de Natal como é realizado com o segmento de sol e praia. A área já está dotada de projetos suficientes para a sua valorização histórica, turística e cultural, no entanto, o conflito de interesse entre os órgãos de preservação e demais secretarias, a burocracia e o desconhecimento da legislação específica por parte dos formuladores de ações na região histórica ainda são os principais entraves para a funcionalidade turística no centro histórico de Natal. 


  • Mostrar Abstract
  • The study aims to understand the factors that have hampered the tourist's historic center of Natal functionalization between the years 1976-2015, during which public policies were prepared relevant to the preservation of the Brazilian cultural heritage and that contained in his speech to tourist valorization of cultural goods. The methodology of work was based on an analysis of key actions and tourism policies and culture that took place in the historical center in order to understand whether or not a public intersection from the policy and reflect on the deliberate actions by the various actors in the region historic city. It was also carried out an assessment of the tourist offer in this space considering the products and services offered to tourists and visitors from the analysis of diagnoses made by the municipal tourism and on-site observation. This is a cross-sectional, descriptive and exploratory, which was selected content analysis technique for the treatment of the data, interviews with representatives of local government, private sector, civil society representatives and tourists through unstructured interview scripts were performed. It was noticed that the preservation actions, although contemplate in its objectives the promotion of tourism in historic centers fail to transpose the inventory phase and diagnostics or restrict the implementation of projects in isolation and without continuity, parking in stages considered preliminary evaluation of public policies. Also noted is that there is no tourism management of cultural heritage and there is no specific action for tourist promotion of cultural Christmas aisle as is done with the sun and beach segment. The area is already equipped with enough projects to its historical, cultural and tourist value, however, the conflict of interests between the conservation agencies and other departments, the bureaucracy and the lack of specific legislation by the actions makers in the region historical are still the main obstacles to the tourist feature in the center of Natal.

12
  • EDNAJA FAUSTINO SILVA DE MOURA
  • POLÍTICAS PÚBLICAS E INSTÂNCIAS DE GOVERNANÇA TURÍSTICA: UM ESTUDO NO POLO SERIDÓ POTIGUAR NO PERÍODO DE 2003 a 2014


  • Orientador : WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • SIDCLEY DSORDI ALVES ALEGRINI DA SILVA
  • Data: 30/08/2016

  • Mostrar Resumo
  • O principal objetivo deste trabalho foi analisar as principais ações realizadas e dificuldades encontradas pelas arenas públicas no processo de planejamento e gestão do polo turístico Seridó/RN. Já os objetivos específicos foram: a) caracterizar as “Instâncias de Governança” do turismo na região do Seridó; b) levantar o perfil dos diferentes atores que compõem as arenas públicas que discutem o turismo; c) investigar os mecanismos de participação dos atores nos processos decisórios e seus papéis na cadeia produtiva do turismo; d) levantar as principais ações já efetivadas no polo relacionado ao processo de desenvolvimento regional; e) problematizar os principais entraves dos atores sociais que compõe as arenas públicas que dificultam o processo de desenvolvimento regional do Seridó Potiguar. Os procedimentos metodológicos utilizados foram a pesquisa bibliográfica, bem como documental, tendo caráter exploratório/descritivo. A pesquisa adotou a abordagem qualitativa empregando como instrumentos de coleta de dados entrevistas semiestruturadas. Para tratar os dados foi adotada a técnica de análise de conteúdo, além disso, foi realizado um registro fotográfico com vistas a levantar imagens que possam contribuir com a pesquisa. Com isso foi possível concluir que a constituição da instância de governança em turismo, vem possibilitando novas discussões acerca da gestão e planejamento do turismo na região Seridó Potiguar. Observou-se ainda que existem dificuldades que comprometem o incremento do turismo na região, bem como que as ações desenvolvidas pela instância de governança do Polo Seridó ainda são pontuais, fator este que interfere na dinâmica socioespacial e no próprio desenvolvimento turístico da região.


  • Mostrar Abstract
  • The main objective of this study was to analyze the main actions taken and difficulties encountered by public arenas in the planning process and tourist hub management Seridó / RN. Already the specific objectives were: a) characterize the "Instances of governance" of tourism in the Seridó region; b) raise the profile of the different actors in the public arenas discussing tourism; c) investigate the mechanisms of stakeholder participation in decision-making processes and their roles in the productive chain of tourism; d) identify the main actions already effective on the pole related to the regional development process; e) discuss the main obstacles of social actors in public arenas that hamper regional development process Seridó Potiguar. The methodological procedures used were literature and documentary, with exploratory / descriptive. The research adopts a qualitative approach using as data collection instruments semi-structured interviews. To address the data has adopted the content analysis technique, furthermore, it was made a photographic record in order to get images that can contribute to the research. It was concluded that the establishment of the governance body in tourism, It is making possible new discussions of management and tourism planning in the Potiguar Seridó region. It was also observed that there are difficulties that compromise the growth of tourism in the region, and that the actions taken by the governance body of the Polo Seridó are still off, a factor that interferes with the socio-spatial dynamics and own tourism development in the region.

2015
Dissertações
1
  • RODRIGO CARDOSO DA SILVA
  • POLÍTICA DE REGIONALIZAÇÃO DE TURISMO NO INTERIOR POTIGUAR: ARTICULAÇÃO, ENTRAVES E EFETIVIDADE

  • Orientador : MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • SIDCLEY DSORDI ALVES ALEGRINI DA SILVA
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • Data: 30/01/2015

  • Mostrar Resumo
  • A atual conjuntura política mundial apresenta um movimento em busca de descentralizar o poder de decisão do Estado para instâncias inferiores de governabilidade, no sentido de fortalecer ainda mais os laços democráticos e as ações governamentais com legitimidade, eficiência e cooperação. No Brasil essa tendência é propugnada pela a Constituição Federal de 1988, prevendo essa descentralização como premissa para a elaboração de políticas públicas. Dessa forma, o Ministério do Turismo (Mtur) em 2003 ao elaborar a política para o setor cria o Programa de Regionalização do Turismo (PRT), justamente na perspectiva de fomentar a organização de conselhos regionais de gestão da atividade turística para atender as peculiaridades do território, bem como propiciar o trabalho cooperado e sinérgico entre a iniciativa privada, sociedade civil e poder público, tendo como um de seus objetivos a interiorização do turismo brasileiro. Este trabalho analisa os rebatimentos do PRT no interior do Estado do Rio Grande do Norte (RN), tendo como recorte espacial as regiões turísticas do Agreste/Trairi e Seridó, ambas localizadas no interior potiguar. O objetivo da pesquisa é analisar em que medida o PRT tem sido efetivo para desencadear o processo de interiorização do turismo no Estado do RN. A pesquisa tem caráter preponderante qualitativo, a técnica de coleta de dados primários utilizada foi à entrevista. A coleta de dados secundários foi realizada, no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), atas dos conselhos regionais; base de dados do Mtur, dentre outros documentos. Utilizou-se o software Excel para ajudar na compilação dos dados. As principais conclusões são que as ações desenvolvidas por meio do PRT é executada de forma pontual e desconectada de um contexto maior, ou seja, não há entendimento coletivo e colaborador. Este trabalho também revela a frágil condição das secretarias de turismo do interior do RN em recursos humanos e aparelhamento administrativo legislativo.  De modo geral o PRT não contribuiu de forma substancial para o desenvolvimento do turismo no interior do RN, em grande medida pelos descompassos ideológico, funcional e executivo atrelados ao programa.


  • Mostrar Abstract
  • A atual conjuntura política mundial apresenta um movimento em busca de descentralizar o poder de decisão do Estado para instâncias inferiores de governabilidade, no sentido de fortalecer ainda mais os laços democráticos e as ações governamentais com legitimidade, eficiência e cooperação. No Brasil essa tendência é propugnada pela a Constituição Federal de 1988, prevendo essa descentralização como premissa para a elaboração de políticas públicas. Dessa forma, o Ministério do Turismo (Mtur) em 2003 ao elaborar a política para o setor cria o Programa de Regionalização do Turismo (PRT), justamente na perspectiva de fomentar a organização de conselhos regionais de gestão da atividade turística para atender as peculiaridades do território, bem como propiciar o trabalho cooperado e sinérgico entre a iniciativa privada, sociedade civil e poder público, tendo como um de seus objetivos a interiorização do turismo brasileiro. Este trabalho analisa os rebatimentos do PRT no interior do Estado do Rio Grande do Norte (RN), tendo como recorte espacial as regiões turísticas do Agreste/Trairi e Seridó, ambas localizadas no interior potiguar. O objetivo da pesquisa é analisar em que medida o PRT tem sido efetivo para desencadear o processo de interiorização do turismo no Estado do RN. A pesquisa tem caráter preponderante qualitativo, a técnica de coleta de dados primários utilizada foi à entrevista. A coleta de dados secundários foi realizada, no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), atas dos conselhos regionais; base de dados do Mtur, dentre outros documentos. Utilizou-se o software Excel para ajudar na compilação dos dados. As principais conclusões são que as ações desenvolvidas por meio do PRT é executada de forma pontual e desconectada de um contexto maior, ou seja, não há entendimento coletivo e colaborador. Este trabalho também revela a frágil condição das secretarias de turismo do interior do RN em recursos humanos e aparelhamento administrativo legislativo.  De modo geral o PRT não contribuiu de forma substancial para o desenvolvimento do turismo no interior do RN, em grande medida pelos descompassos ideológico, funcional e executivo atrelados ao programa.

2
  • GUSTAVO HENRIQUE PESSOA PORPINO
  • POSICIONAMENTO ESTRATÉGICO DE DESTINOS: UMA ANÁLISE ATRAVÉS DA PERCEPÇÃO DOS OPERADORES DE TURISMO DA CIDADE DE SÃO PAULO SOBRE O DESTINO NATAL, BRASIL

  • Orientador : LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • SIDCLEY DSORDI ALVES ALEGRINI DA SILVA
  • LEILIANNE MICHELLE TRINDADE DA SILVA BARRETO
  • Data: 12/02/2015

  • Mostrar Resumo
  • O turismo constitui uma atividade propulsora de melhorias econômicas e sociais em inúmeros lugares ao redor do mundo, e a cidade de Natal se posiciona como um dos principais destinos turísticos do Nordeste brasileiro. Desse modo, o objetivo do presente estudo consistiu em analisar o posicionamento estratégico do destino Natal por meio da percepção dos operadores de turismo da cidade de São Paulo, principal mercado emissor de turistas do país. O estudo de caráter descritivo-exploratório utilizou uma abordagem qualitativa e teve, como universo de pesquisa, operadoras de turismo da capital paulista que comercializam o destino Natal. Na coleta de dados, utilizaram-se a pesquisa bibliográfica e o estudo de campo, sendo este último efetivado por meio de um roteiro de entrevista semiestruturado. Já a técnica utilizada para a análise dos dados foi a análise de conteúdo, iniciada mediante seleção do material coletado e concluída com o processo de categorização. Quanto aos resultados do estudo, percebeu-se que o paulistano que viaja ao destino Natal tem um perfil demográfico que sugere à prática do turismo sustentável, está à procura do turismo de sol e praia, e valoriza as belezas naturais do lugar. Os operadores de turismo entrevistados avaliaram, positivamente, a cidade de Natal, e destacaram os seguintes atributos do destino: praias, belezas naturais, hotelaria, receptividade dos autóctones, gastronomia, dentre outros. Ademais, os respondentes demonstraram ter um forte apego ao destino. No que se refere aos aspectos negativos, prevaleceu a observância da ineficiência dos governos locais, onde a deterioração da malha aérea e a incipiente promoção do destino foram apontados como os dois principais gargalos. Ao analisar a concorrência, identificou-se que Fortaleza, Porto de Galinhas e Maceió são os três principais concorrentes de Natal, sendo o destino pernambucano o que apresenta melhor avaliação. Por fim, observou-se que não existe uma diferenciação relevante no destino Natal.
     


  • Mostrar Abstract
  • O turismo constitui uma atividade propulsora de melhorias econômicas e sociais em inúmeros lugares ao redor do mundo, e a cidade de Natal se posiciona como um dos principais destinos turísticos do Nordeste brasileiro. Desse modo, o objetivo do presente estudo consistiu em analisar o posicionamento estratégico do destino Natal por meio da percepção dos operadores de turismo da cidade de São Paulo, principal mercado emissor de turistas do país. O estudo de caráter descritivo-exploratório utilizou uma abordagem qualitativa e teve, como universo de pesquisa, operadoras de turismo da capital paulista que comercializam o destino Natal. Na coleta de dados, utilizaram-se a pesquisa bibliográfica e o estudo de campo, sendo este último efetivado por meio de um roteiro de entrevista semiestruturado. Já a técnica utilizada para a análise dos dados foi a análise de conteúdo, iniciada mediante seleção do material coletado e concluída com o processo de categorização. Quanto aos resultados do estudo, percebeu-se que o paulistano que viaja ao destino Natal tem um perfil demográfico que sugere à prática do turismo sustentável, está à procura do turismo de sol e praia, e valoriza as belezas naturais do lugar. Os operadores de turismo entrevistados avaliaram, positivamente, a cidade de Natal, e destacaram os seguintes atributos do destino: praias, belezas naturais, hotelaria, receptividade dos autóctones, gastronomia, dentre outros. Ademais, os respondentes demonstraram ter um forte apego ao destino. No que se refere aos aspectos negativos, prevaleceu a observância da ineficiência dos governos locais, onde a deterioração da malha aérea e a incipiente promoção do destino foram apontados como os dois principais gargalos. Ao analisar a concorrência, identificou-se que Fortaleza, Porto de Galinhas e Maceió são os três principais concorrentes de Natal, sendo o destino pernambucano o que apresenta melhor avaliação. Por fim, observou-se que não existe uma diferenciação relevante no destino Natal.
     

3
  • FABÍOLA FERNANDES SILVA
  • FATORES CAPAZES DE INFLUENCIAR O ENCANTAMENTO DO CLIENTE DE TURISMO DE LAZER  A PARTIR DE EXPERIÊNCIA EM PARQUES TEMÁTICOS

  • Orientador : SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARLI DE FATIMA FERRAZ DA SILVA TACCONI
  • LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • Data: 11/03/2015

  • Mostrar Resumo
  • Com o aumento da demanda por empreendimentos no ramo do entretenimento, observa-se o aumento da competitividade no setor de turismo, gerando a necessidade de diferenciação em meio aos demais, visando à fidelização de clientes. Nesse sentido, os profissionais de Marketing passaram a acreditar que, para oferecer algo que fosse capaz de fidelizar os clientes, as empresas deveriam oferecer um produto ou serviço que fosse além das necessidades dos consumidores, surgindo então o termo “encantamento do cliente”. Nesse contexto, o presente estudo tem o objetivo de analisar fatores considerados como capazes de influenciar o encantamento do cliente (Customer Delight) de turismo de lazer, a partir de experiências em parques temáticos, por meio de uma abordagem baseada na Teoria da Avaliação Cognitiva. Para tanto, a investigação apresentou caráter exploratório-descritivo com enfoque analítico-quantitativo. A pesquisa foi do tipo Levantamento (Survey). Os dados foram coletados a partir de um público composto por 176 adolescentes que viajaram em excursão para o Walt Disney World, localizado em Orlando, Flórida, em junho de 2014, por uma agência de viagem localizada na cidade de Natal/ RN. O parque escolhido para objeto da pesquisa foi o Magic Kingdom. Para análise das respostas, foram utilizadas as análises descritiva, fatorial exploratória e confirmatória, assim como a modelagem de equações estruturais. Os resultados apontam para um grande nível de encantamento do entrevistado com o objeto, seja relacionado com a importância do objetivo da viagem, assim como à dimensão Inesperado da viagem. Pelas relações causais encontradas, observou-se que as dimensões “Coerência do Objetivo” e “Importância do Objetivo”, ambas consideradas como antecedentes do Encantamento, têm impactos significativos na formação do Encantamento do Cliente. As constatações permitiram ampliar a compreensão sobre o comportamento do consumidor no turismo de lazer.


  • Mostrar Abstract
  • Com o aumento da demanda por empreendimentos no ramo do entretenimento, observa-se o aumento da competitividade no setor de turismo, gerando a necessidade de diferenciação em meio aos demais, visando à fidelização de clientes. Nesse sentido, os profissionais de Marketing passaram a acreditar que, para oferecer algo que fosse capaz de fidelizar os clientes, as empresas deveriam oferecer um produto ou serviço que fosse além das necessidades dos consumidores, surgindo então o termo “encantamento do cliente”. Nesse contexto, o presente estudo tem o objetivo de analisar fatores considerados como capazes de influenciar o encantamento do cliente (Customer Delight) de turismo de lazer, a partir de experiências em parques temáticos, por meio de uma abordagem baseada na Teoria da Avaliação Cognitiva. Para tanto, a investigação apresentou caráter exploratório-descritivo com enfoque analítico-quantitativo. A pesquisa foi do tipo Levantamento (Survey). Os dados foram coletados a partir de um público composto por 176 adolescentes que viajaram em excursão para o Walt Disney World, localizado em Orlando, Flórida, em junho de 2014, por uma agência de viagem localizada na cidade de Natal/ RN. O parque escolhido para objeto da pesquisa foi o Magic Kingdom. Para análise das respostas, foram utilizadas as análises descritiva, fatorial exploratória e confirmatória, assim como a modelagem de equações estruturais. Os resultados apontam para um grande nível de encantamento do entrevistado com o objeto, seja relacionado com a importância do objetivo da viagem, assim como à dimensão Inesperado da viagem. Pelas relações causais encontradas, observou-se que as dimensões “Coerência do Objetivo” e “Importância do Objetivo”, ambas consideradas como antecedentes do Encantamento, têm impactos significativos na formação do Encantamento do Cliente. As constatações permitiram ampliar a compreensão sobre o comportamento do consumidor no turismo de lazer.

4
  • MARCELA MARTINS SILVA
  • ANTECEDENTES DA INTENÇÃO DE USO DE COMENTÁRIOS DE VIAGEM ONLINE NA ESCOLHA DE UM MEIO DE HOSPEDAGEM

  • Orientador : LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • CYNTHIA HARUMY WATANABE CORRÊA
  • LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • Data: 18/03/2015

  • Mostrar Resumo
  • A Internet está presente em todas as fases de um planejamento de viagem. O fato é que através dos constantes avanços tecnológicos, a atividade turística tem sofrido grandes mudanças. Isso é perceptível pelo crescente número de pessoas que compartilham suas experiências de viagem na Internet. O presente trabalho tem como objetivo analisar os fatores que influenciam a intenção de uso dos Comentários de Viagens Online (CVO) na escolha de um meio de hospedagem. Dispõe-se de uma investigação sobre os comentários disponibilizados na internet direcionados para informações sobre serviços e produtos turísticos, especificamente sobre os meios de hospedagem. Propõe-se uma investigação para compreender os fatores influenciadores dos comentários, no contexto brasileiro, através do Modelo de Aceitação Tecnológica, da Teoria Motivacional, Similaridade, e Confiabilidade. A metodologia utilizada foi a de cunho exploratório-descritivo, quantitativo, e bibliográfico. O estudo utilizou a técnica de modelagem de equações estruturais Partial Least Squares (PLS), para testar e avaliar o modelo de pesquisa proposto.  A coleta de dados foi feita com 308 hóspedes, de cinco hotéis, localizados em Ponta Negra-RN, que já utilizaram os CVOs na escolha de um meio de hospedagem. Das quinze hipóteses testadas, nove foram confirmadas e seis rejeitadas.  Os resultados verificaram que os hóspedes entrevistados têm atitude e intenção de utilizar os CVOs na escolha de um estabelecimento hoteleiro.


  • Mostrar Abstract
  • A Internet está presente em todas as fases de um planejamento de viagem. O fato é que através dos constantes avanços tecnológicos, a atividade turística tem sofrido grandes mudanças. Isso é perceptível pelo crescente número de pessoas que compartilham suas experiências de viagem na Internet. O presente trabalho tem como objetivo analisar os fatores que influenciam a intenção de uso dos Comentários de Viagens Online (CVO) na escolha de um meio de hospedagem. Dispõe-se de uma investigação sobre os comentários disponibilizados na internet direcionados para informações sobre serviços e produtos turísticos, especificamente sobre os meios de hospedagem. Propõe-se uma investigação para compreender os fatores influenciadores dos comentários, no contexto brasileiro, através do Modelo de Aceitação Tecnológica, da Teoria Motivacional, Similaridade, e Confiabilidade. A metodologia utilizada foi a de cunho exploratório-descritivo, quantitativo, e bibliográfico. O estudo utilizou a técnica de modelagem de equações estruturais Partial Least Squares (PLS), para testar e avaliar o modelo de pesquisa proposto.  A coleta de dados foi feita com 308 hóspedes, de cinco hotéis, localizados em Ponta Negra-RN, que já utilizaram os CVOs na escolha de um meio de hospedagem. Das quinze hipóteses testadas, nove foram confirmadas e seis rejeitadas.  Os resultados verificaram que os hóspedes entrevistados têm atitude e intenção de utilizar os CVOs na escolha de um estabelecimento hoteleiro.

5
  • FERNANDA SANTOS GENTIL ARAÚJO
  • FATORES QUE INFLUENCIAM A MOTIVAÇÃO PARA EMPREENDER NO SETOR DE TURISMO NA REGIÃO SERIDÓ POTIGUAR

  • Orientador : SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • SIDCLEY DSORDI ALVES ALEGRINI DA SILVA
  • Data: 25/03/2015

  • Mostrar Resumo
  • O empreendedorismo tem sido objeto de investigação em diversos estudos nas últimas décadas e se destaca por ser uma prática importante para o desenvolvimento econômico de uma região ou país devido ter em sua essência, a capacidade de inovação e de aproveitar as oportunidades locais. Desta forma, o empreendedorismo se torna um agregador de valor ao produto turístico, sendo os empreendedores os principais agentes de mudança econômica, pois geram, disseminam e aplicam inovações. Nesta perspectiva, este trabalho teve como objetivo analisar a relação entre apego ao lugar, satisfação, fatores econômicos e não econômicos como influenciadores na motivação para empreender no setor de turismo na região Seridó Potiguar. O método de pesquisa utilizado foi do tipo descritivo, exploratório e quantitativo, além da técnica de observação. Sua população limitou-se aos empresários do setor de Turismo da região Seridó Potiguar, nos municípios de Caicó, Currais Novos e Parelhas, localizados na mesorregião central do Estado do Rio Grande do Norte. Resultados indicam a existência de relacionamento entre a autonomia, senso comunitário e fatores econômicos como constructos influenciadores da motivação em empreender no Turismo na região.


  • Mostrar Abstract
  • O empreendedorismo tem sido objeto de investigação em diversos estudos nas últimas décadas e se destaca por ser uma prática importante para o desenvolvimento econômico de uma região ou país devido ter em sua essência, a capacidade de inovação e de aproveitar as oportunidades locais. Desta forma, o empreendedorismo se torna um agregador de valor ao produto turístico, sendo os empreendedores os principais agentes de mudança econômica, pois geram, disseminam e aplicam inovações. Nesta perspectiva, este trabalho teve como objetivo analisar a relação entre apego ao lugar, satisfação, fatores econômicos e não econômicos como influenciadores na motivação para empreender no setor de turismo na região Seridó Potiguar. O método de pesquisa utilizado foi do tipo descritivo, exploratório e quantitativo, além da técnica de observação. Sua população limitou-se aos empresários do setor de Turismo da região Seridó Potiguar, nos municípios de Caicó, Currais Novos e Parelhas, localizados na mesorregião central do Estado do Rio Grande do Norte. Resultados indicam a existência de relacionamento entre a autonomia, senso comunitário e fatores econômicos como constructos influenciadores da motivação em empreender no Turismo na região.

6
  • DANIELLE SMILAY DE ALMEIDA RODRIGUES
  • QUALIDADE DOS SERVIÇOS HOTELEIROS: PERCEPÇÕES DOS TURISTAS DE NEGÓCIOS DE TERESINA-PI

  • Orientador : LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • SIDCLEY DSORDI ALVES ALEGRINI DA SILVA
  • Data: 25/03/2015

  • Mostrar Resumo
  • O turismo de negócios é uma das segmentações turísticas com características de mercado diferenciadas de outras segmentações, como a baixa sazonalidade, não necessita de atrativos naturais, funciona como projeção do destino, além de gerar números rentáveis maiores. Devido ao contexto de viagem do turista de negócios, o hotel na maioria das vezes exerce papel fundamental entre os elementos da cadeia produtiva nessa segmentação. O turismo de negócios em Teresina funciona como a principal segmentação da capital, já que representa quase 70% da demanda hoteleira, daí justifica-se a presente pesquisa ter como objetivo avaliar através da percepção dos turistas de negócios, o nível da qualidade dos serviços dos meios de hospedagens da cidade de Teresina. A pesquisa é de natureza exploratória e descritiva, de caráter funcionalista. O estudo se caracteriza por pesquisa quali-quantitativa, apoiada por uma base em pluralismo metodológico. Para a coleta de dados primários foi realizada a aplicação de um instrumento de pesquisa adaptado do modelo SERVPERF (Service Performance). Os locais de pesquisa foram hotéis da capital piauiense, escolhidos através da Pesquisa de Serviços de Hospedagem, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE (2011), usando-se como critério de divisão de meios de hospedagens apenas aqueles que se enquadrassem na categoria hotel e dentro da região metropolitana de Teresina. Os sujeitos pesquisados foram turistas de negócios destes hotéis. Para tratamento dos dados, foi usado o software estatístico SPSS (Statistical Package for the Social Sciences) para a análise descritiva, análise fatorial e matriz de correlação das variáveis; já o software Léxico 3 foi usado para a Lexicometria dos léxicos obtidos na pesquisa sobre a visão de qualidade no serviço hoteleiro dos pesquisados, por fim a análise qualitativa foi baseada nas teorias de marketing, segmentação e qualidade em serviços aplicados ao turismo. Os resultados apontam que o serviço hoteleiro de Teresina encontra-se em uma média regular, com destaque para as dimensões de Confiabilidade e Segurança. Já o índice da matriz de correlação apontou o surgimento de dois fatores para a explicação da dimensão Empatia, um a respeito da organização e outro ao próprio consumidor. E pela Lexicometria foi possível observar a importância para o cliente de outras variáveis como aspectos pessoais, preço e localização para essa segmentação de turismo.

     


  • Mostrar Abstract
  • O turismo de negócios é uma das segmentações turísticas com características de mercado diferenciadas de outras segmentações, como a baixa sazonalidade, não necessita de atrativos naturais, funciona como projeção do destino, além de gerar números rentáveis maiores. Devido ao contexto de viagem do turista de negócios, o hotel na maioria das vezes exerce papel fundamental entre os elementos da cadeia produtiva nessa segmentação. O turismo de negócios em Teresina funciona como a principal segmentação da capital, já que representa quase 70% da demanda hoteleira, daí justifica-se a presente pesquisa ter como objetivo avaliar através da percepção dos turistas de negócios, o nível da qualidade dos serviços dos meios de hospedagens da cidade de Teresina. A pesquisa é de natureza exploratória e descritiva, de caráter funcionalista. O estudo se caracteriza por pesquisa quali-quantitativa, apoiada por uma base em pluralismo metodológico. Para a coleta de dados primários foi realizada a aplicação de um instrumento de pesquisa adaptado do modelo SERVPERF (Service Performance). Os locais de pesquisa foram hotéis da capital piauiense, escolhidos através da Pesquisa de Serviços de Hospedagem, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE (2011), usando-se como critério de divisão de meios de hospedagens apenas aqueles que se enquadrassem na categoria hotel e dentro da região metropolitana de Teresina. Os sujeitos pesquisados foram turistas de negócios destes hotéis. Para tratamento dos dados, foi usado o software estatístico SPSS (Statistical Package for the Social Sciences) para a análise descritiva, análise fatorial e matriz de correlação das variáveis; já o software Léxico 3 foi usado para a Lexicometria dos léxicos obtidos na pesquisa sobre a visão de qualidade no serviço hoteleiro dos pesquisados, por fim a análise qualitativa foi baseada nas teorias de marketing, segmentação e qualidade em serviços aplicados ao turismo. Os resultados apontam que o serviço hoteleiro de Teresina encontra-se em uma média regular, com destaque para as dimensões de Confiabilidade e Segurança. Já o índice da matriz de correlação apontou o surgimento de dois fatores para a explicação da dimensão Empatia, um a respeito da organização e outro ao próprio consumidor. E pela Lexicometria foi possível observar a importância para o cliente de outras variáveis como aspectos pessoais, preço e localização para essa segmentação de turismo.

     

7
  • ANA CATARINA ALVES COUTINHO
  • POLÍTICAS PÚBLICAS, DESENVOLVIMENTO LOCAL E PARTICIPAÇÃO SOCIAL NAS INSTÂNCIAS DE GOVERNANÇA ASSOCIADAS AO TURISMO NO RIO GRANDE DO NORTE

  • Orientador : FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • MÁRCIA DA SILVA
  • Data: 24/04/2015

  • Mostrar Resumo
  • Na dinâmica contemporânea, observa-se uma mudança na estrutura institucional do Estado, culminando em diversas políticas para o setor turístico que promovem um novo formato de gestão. A vista disso, o Macro Programa de Regionalização do Turismo (PRT), considerado um programa significativo do Ministério do Turismo, surgiu como resposta a esta nova realidade, tendo como estratégia um trabalho conjunto de estruturação e promoção voltado à descentralização das ações, valorizando a participação dos residentes na busca do permanente diálogo entre pares e revalorização dos lugares e territórios, pautados no processo de regionalização. Com base nesse viés, este trabalho tem como objetivo analisar o papel do Conselho Estadual de Turismo do Rio Grande do Norte, no que concerne ao planejamento turístico, buscando entendê-lo e desvendá-lo enquanto instância de governança, através das intervenções do Programa de Regionalização do Turismo, tendo em vista o contexto de participação dos seus atores e agentes. Para fins desse estudo delimita-se como recorte temporal o ano de 2007 a 2014, por entender que foi nesta época, que houve maior adesão de membros no conselho, bem como diferentes tipos de representação de setores da sociedade civil, como resultado de uma política pública de turismo baseada em princípios de inovação e participação. Em relação ao problema de pesquisa, este estudo conceitua-se como qualitativo e o método escolhido é o dialético materialista. Ainda sobre as opções metodológicas, utiliza-se a Análise de Conteúdo. Os resultados evidenciam que a institucionalização da instância de governança como o CONETUR não contribui, de forma ideal, no processo de planejamento e gestão da atividade turística participativa e integrada, voltada para um direcionamento justo da sua produção espacial. A pesquisa indica que existem debates, discussões e direcionamentos (ainda que de forma pontual e segmentada), mas não reverbera em efeitos práticos, por atuar em uma conjuntura que é estrategicamente concebida pelo jogo de poder político e econômico, configurando a atuação dos atores hegemônicos, que utiliza desta arena para incutir desejos e vontades pessoais, que são decididos a revelia do conselho.


  • Mostrar Abstract
  • Na dinâmica contemporânea, observa-se uma mudança na estrutura institucional do Estado, culminando em diversas políticas para o setor turístico que promovem um novo formato de gestão. A vista disso, o Macro Programa de Regionalização do Turismo (PRT), considerado um programa significativo do Ministério do Turismo, surgiu como resposta a esta nova realidade, tendo como estratégia um trabalho conjunto de estruturação e promoção voltado à descentralização das ações, valorizando a participação dos residentes na busca do permanente diálogo entre pares e revalorização dos lugares e territórios, pautados no processo de regionalização. Com base nesse viés, este trabalho tem como objetivo analisar o papel do Conselho Estadual de Turismo do Rio Grande do Norte, no que concerne ao planejamento turístico, buscando entendê-lo e desvendá-lo enquanto instância de governança, através das intervenções do Programa de Regionalização do Turismo, tendo em vista o contexto de participação dos seus atores e agentes. Para fins desse estudo delimita-se como recorte temporal o ano de 2007 a 2014, por entender que foi nesta época, que houve maior adesão de membros no conselho, bem como diferentes tipos de representação de setores da sociedade civil, como resultado de uma política pública de turismo baseada em princípios de inovação e participação. Em relação ao problema de pesquisa, este estudo conceitua-se como qualitativo e o método escolhido é o dialético materialista. Ainda sobre as opções metodológicas, utiliza-se a Análise de Conteúdo. Os resultados evidenciam que a institucionalização da instância de governança como o CONETUR não contribui, de forma ideal, no processo de planejamento e gestão da atividade turística participativa e integrada, voltada para um direcionamento justo da sua produção espacial. A pesquisa indica que existem debates, discussões e direcionamentos (ainda que de forma pontual e segmentada), mas não reverbera em efeitos práticos, por atuar em uma conjuntura que é estrategicamente concebida pelo jogo de poder político e econômico, configurando a atuação dos atores hegemônicos, que utiliza desta arena para incutir desejos e vontades pessoais, que são decididos a revelia do conselho.

8
  • JACI CÂMARA DE ALBUQUERQUE
  • EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DE TURISMO NO BRASIL: ANÁLISE ATRAVÉS DA PERCEPÇÃO DE DOCENTES DA REDE FEDERAL DE EDUCAÇÃO.

  • Orientador : MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • LAIS KARLA DA SILVA BARRETO
  • Data: 08/05/2015

  • Mostrar Resumo
  • A crescente evolução das tecnologias e das inovações no mercado de trabalho são marcos importantes que contribuem para acelerar a melhoria da educação profissional e tecnológica. A necessidade de se analisar os processos educativos está correlacionada com essa dinâmica, visando dar respostas aos processos pedagógicos e as necessidades inerentes ao mercado de trabalho em evidência. Nessa pesquisa a temática está centrada no processo de educação voltada para atividade turística que tem como premissa a melhoria na qualidade dos serviços, tomando como parâmetro de análise o ensino superior tecnológico da rede federal de educação (IF), abordando a concepção, a similaridade e as divergências nos cursos ofertados, do eixo Turismo, Hospitalidade e Lazer instituído pelo Catálogo Nacional dos Cursos Superiores e Tecnológicos da Secretaria Nacional de Ciências e Tecnologia no Brasil. A pesquisa, também visa investigar a concepção e formação destes cursos superiores e busca evidenciar a importância dessa formação para os discentes. A pesquisa é do tipo qualitativo exploratório e adotou-se como procedimentos de pesquisa bibliográfica e documental o questionário com questões fechadas, enviadas por e-mails destinados aos coordenadores dos cursos, como instrumento de coleta de dados, visando obter resultados acerca da Educação Tecnológica na Rede Federal de Educação. Os resultados da pesquisa evidenciam que a maioria dos cursos oferecidos pelo ensino superior tecnológico da rede federal de educação (IF) é de Gestão de Turismo, evidenciamos que essa opção é resultado da facilidade em se montar a estrutura dos cursos em relação aos demais; que os professores vem nessa modalidade de ensino uma opção mais prática para o discente e chegam a considerar que os cursos passam por um processo de fragilidade, uma vez que a formação reside apenas no interesse do discente na obtenção do diploma do curso superior sem a preocupação com a qualidade dessa formação acadêmica. Outra questão levantada diz respeito aos Projetos Políticos Pedagógicos que são construídos na maioria pelo colegiado, outro ponto é que a demanda pelos cursos ocorre por ser de graduação rápida; sobre a permanência do aluno identificou-se uma alta taxa de evasão, ocorrendo em alguns campi a migração para a Educação Superior tradicional, o bacharelado em turismo.


  • Mostrar Abstract
  • A crescente evolução das tecnologias e das inovações no mercado de trabalho são marcos importantes que contribuem para acelerar a melhoria da educação profissional e tecnológica. A necessidade de se analisar os processos educativos está correlacionada com essa dinâmica, visando dar respostas aos processos pedagógicos e as necessidades inerentes ao mercado de trabalho em evidência. Nessa pesquisa a temática está centrada no processo de educação voltada para atividade turística que tem como premissa a melhoria na qualidade dos serviços, tomando como parâmetro de análise o ensino superior tecnológico da rede federal de educação (IF), abordando a concepção, a similaridade e as divergências nos cursos ofertados, do eixo Turismo, Hospitalidade e Lazer instituído pelo Catálogo Nacional dos Cursos Superiores e Tecnológicos da Secretaria Nacional de Ciências e Tecnologia no Brasil. A pesquisa, também visa investigar a concepção e formação destes cursos superiores e busca evidenciar a importância dessa formação para os discentes. A pesquisa é do tipo qualitativo exploratório e adotou-se como procedimentos de pesquisa bibliográfica e documental o questionário com questões fechadas, enviadas por e-mails destinados aos coordenadores dos cursos, como instrumento de coleta de dados, visando obter resultados acerca da Educação Tecnológica na Rede Federal de Educação. Os resultados da pesquisa evidenciam que a maioria dos cursos oferecidos pelo ensino superior tecnológico da rede federal de educação (IF) é de Gestão de Turismo, evidenciamos que essa opção é resultado da facilidade em se montar a estrutura dos cursos em relação aos demais; que os professores vem nessa modalidade de ensino uma opção mais prática para o discente e chegam a considerar que os cursos passam por um processo de fragilidade, uma vez que a formação reside apenas no interesse do discente na obtenção do diploma do curso superior sem a preocupação com a qualidade dessa formação acadêmica. Outra questão levantada diz respeito aos Projetos Políticos Pedagógicos que são construídos na maioria pelo colegiado, outro ponto é que a demanda pelos cursos ocorre por ser de graduação rápida; sobre a permanência do aluno identificou-se uma alta taxa de evasão, ocorrendo em alguns campi a migração para a Educação Superior tradicional, o bacharelado em turismo.

9
  • ELAYNE GOUVEIA DA SILVA
  • POTENCIAL PARA O GEOTURISMO DO MUNICÍPIO DE GURJÃO (PB) A PARTIR DA AVALIAÇÃO DE SEUS GEOSSÍTIOS E DA PERCEPÇÃO DA COMUNIDADE

  • Orientador : MARCOS ANTONIO LEITE DO NASCIMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • URSULA RUCHKYS DE AZEVEDO
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MARCOS ANTONIO LEITE DO NASCIMENTO
  • Data: 27/05/2015

  • Mostrar Resumo
  • É por meio de uma visão holística dos componentes ambientais que se alcança o meio mais eficaz para que se ocorra um planejamento hábil do turismo o que proporcionará o mínimo de impacto possível ao ambiente. Considerando o fato de que a geodiversidade é bastante visada pelo turismo, o geoturismo evidencia os aspectos do meio físico, muitas vezes negligenciados em detrimento a biodiversidade, e promove a divulgação da informação do contexto geológico em uma linguagem acessível para o público leigo ao interpretar o patrimônio geológico que se revela atrativo turístico potencial e incita a conservação desses locais. Diante da potencialidade do geopatrimônio que o município de Gurjão/PB apresenta, é necessário que se estabeleçam medidas de planejamento para utilização sustentável desses bens. Nessa perspectiva, o presente estudo tem como objetivo geral analisar os elementos da geodiversidade e seu papel com a viabilidade do turismo no município de Gurjão/PB. Como objetivos específicos: descrever os atrativos turísticos associados aos elementos da geodiversidade; apresentar a valoração qualitativa e quantitativa dos geossítios; e identificar a percepção da população local (professores e moradores) quanto aos aspectos relacionados ao geoturismo, às possíveis utilizações dos geossítios e os possíveis efeitos socioeconômicos da atividade geoturística no município. Os procedimentos metodológicos tratados envolvem levantamento de dados em campo, aplicação de formulários no inventário, elaboração de planilhas e aplicação de questionários. Para a inventariação turística, foram adotados formulários do “Inventário da Oferta Turística” (2011) do Ministério do Turismo. Os geossítios foram valorados qualitativamente através dos critérios propostos por Gray (2004). O método desenvolvido por Pereira (2010) foi utilizado a fim de obter o valor em termos quantitativos dos geossítios com foco exclusivo nos valores turístico e de uso/gestão. Para identificar a percepção da população local quanto aos possíveis efeitos socioeconômicos do geoturismo foram realizadas duas abordagens para dois grupos; de professores e de moradores. A técnica utilizada para atingir o último objetivo específico do estudo foi a de entrevista com abordagem direta com a aplicação de questionários previamente elaborados. O inventário, valoração e quantificação dos atrativos naturais evidenciaram que o geoturismo pode ser potencialmente desenvolvido em Gurjão/PB, embora se tenha identificado várias lacunas em relação à infraestrutura dos locais e a falta de interesse/conhecimento público na proteção e valorização desses locais. Constata-se que a percepção da população local em relação aos possíveis efeitos socioeconômicos do geoturismo no município de Gurjão é predominantemente positiva conjeturando os benefícios que a atividade possa gerar, estando associado principalmente à geração de novos empregos, aumento no número de vagas, melhoria na infraestrutura da cidade, da qualidade de vida e da valorização do patrimônio local natural. Dessa forma, espera-se que a pesquisa contribua para “o despertar” de moradores, gestores públicos e instituições conscientes do valor da geodiversidade local e dos benefícios que o geoturismo pode trazer.


  • Mostrar Abstract
  • É por meio de uma visão holística dos componentes ambientais que se alcança o meio mais eficaz para que se ocorra um planejamento hábil do turismo o que proporcionará o mínimo de impacto possível ao ambiente. Considerando o fato de que a geodiversidade é bastante visada pelo turismo, o geoturismo evidencia os aspectos do meio físico, muitas vezes negligenciados em detrimento a biodiversidade, e promove a divulgação da informação do contexto geológico em uma linguagem acessível para o público leigo ao interpretar o patrimônio geológico que se revela atrativo turístico potencial e incita a conservação desses locais. Diante da potencialidade do geopatrimônio que o município de Gurjão/PB apresenta, é necessário que se estabeleçam medidas de planejamento para utilização sustentável desses bens. Nessa perspectiva, o presente estudo tem como objetivo geral analisar os elementos da geodiversidade e seu papel com a viabilidade do turismo no município de Gurjão/PB. Como objetivos específicos: descrever os atrativos turísticos associados aos elementos da geodiversidade; apresentar a valoração qualitativa e quantitativa dos geossítios; e identificar a percepção da população local (professores e moradores) quanto aos aspectos relacionados ao geoturismo, às possíveis utilizações dos geossítios e os possíveis efeitos socioeconômicos da atividade geoturística no município. Os procedimentos metodológicos tratados envolvem levantamento de dados em campo, aplicação de formulários no inventário, elaboração de planilhas e aplicação de questionários. Para a inventariação turística, foram adotados formulários do “Inventário da Oferta Turística” (2011) do Ministério do Turismo. Os geossítios foram valorados qualitativamente através dos critérios propostos por Gray (2004). O método desenvolvido por Pereira (2010) foi utilizado a fim de obter o valor em termos quantitativos dos geossítios com foco exclusivo nos valores turístico e de uso/gestão. Para identificar a percepção da população local quanto aos possíveis efeitos socioeconômicos do geoturismo foram realizadas duas abordagens para dois grupos; de professores e de moradores. A técnica utilizada para atingir o último objetivo específico do estudo foi a de entrevista com abordagem direta com a aplicação de questionários previamente elaborados. O inventário, valoração e quantificação dos atrativos naturais evidenciaram que o geoturismo pode ser potencialmente desenvolvido em Gurjão/PB, embora se tenha identificado várias lacunas em relação à infraestrutura dos locais e a falta de interesse/conhecimento público na proteção e valorização desses locais. Constata-se que a percepção da população local em relação aos possíveis efeitos socioeconômicos do geoturismo no município de Gurjão é predominantemente positiva conjeturando os benefícios que a atividade possa gerar, estando associado principalmente à geração de novos empregos, aumento no número de vagas, melhoria na infraestrutura da cidade, da qualidade de vida e da valorização do patrimônio local natural. Dessa forma, espera-se que a pesquisa contribua para “o despertar” de moradores, gestores públicos e instituições conscientes do valor da geodiversidade local e dos benefícios que o geoturismo pode trazer.

10
  • CATIANE LOPES DE LIMA
  • GESTÃO DE PESSOAS E ALINHAMENTO ESTRATÉGICO: Um estudo em meios de hospedagem de alto padrão no Rio Grande do Norte

  • Orientador : LEILIANNE MICHELLE TRINDADE DA SILVA BARRETO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • JULIANA VIEIRA DE ALMEIDA
  • LEILIANNE MICHELLE TRINDADE DA SILVA BARRETO
  • Data: 23/06/2015

  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa consiste em analisar o alinhamento entre as políticas e práticas de Gestão de Pessoas e a estratégia organizacional, adotadas pelos meios de hospedagem classificados como muito confortáveis no estado do Rio Grande do Norte. Os hotéis selecionados estão na categoria muito confortável entre os demais empreendimentos com mesmo porte segundo o Guia Quatro Rodas, e por oferecem, além de uma ótima estrutura física, um atendimento de excelência aos hóspedes. Adotou-se a abordagem qualitativa, com estudo de múltiplos casos e de caráter descritivo, por realizar uma análise das relações entre as variáveis (políticas e práticas de gestão de pessoas adotadas pelos meios de hospedagem) para posteriormente determinar os efeitos dessas variáveis sobre os hotéis e seu alinhamento com a estratégia organizacional. A coleta de dados foi realizada in loco nos próprios empreendimentos, através de um roteiro de entrevista semiestruturado, aplicado junto aos responsáveis pela gestão de pessoas e a um funcionário de nível operacional em cada equipamento de hospedagem. Para avaliação dos resultados, utilizou-se a técnica de análise de conteúdo. Como resultado, a pesquisa revelou que a gestão de pessoas, praticada pelos empreendimentos analisados, apresentam-se, em alguns casos, fragilizados no que concerne ao alinhamento com suas estratégias organizacionais, alguns por não terem um planejamento efetivo e organizado que determine suas estratégias, o que consequentemente afeta diretamente na atuação das pessoas, e na criação de políticas e práticas que facilitem o processo de trabalho.


  • Mostrar Abstract
  • A presente pesquisa consiste em analisar o alinhamento entre as políticas e práticas de Gestão de Pessoas e a estratégia organizacional, adotadas pelos meios de hospedagem classificados como muito confortáveis no estado do Rio Grande do Norte. Os hotéis selecionados estão na categoria muito confortável entre os demais empreendimentos com mesmo porte segundo o Guia Quatro Rodas, e por oferecem, além de uma ótima estrutura física, um atendimento de excelência aos hóspedes. Adotou-se a abordagem qualitativa, com estudo de múltiplos casos e de caráter descritivo, por realizar uma análise das relações entre as variáveis (políticas e práticas de gestão de pessoas adotadas pelos meios de hospedagem) para posteriormente determinar os efeitos dessas variáveis sobre os hotéis e seu alinhamento com a estratégia organizacional. A coleta de dados foi realizada in loco nos próprios empreendimentos, através de um roteiro de entrevista semiestruturado, aplicado junto aos responsáveis pela gestão de pessoas e a um funcionário de nível operacional em cada equipamento de hospedagem. Para avaliação dos resultados, utilizou-se a técnica de análise de conteúdo. Como resultado, a pesquisa revelou que a gestão de pessoas, praticada pelos empreendimentos analisados, apresentam-se, em alguns casos, fragilizados no que concerne ao alinhamento com suas estratégias organizacionais, alguns por não terem um planejamento efetivo e organizado que determine suas estratégias, o que consequentemente afeta diretamente na atuação das pessoas, e na criação de políticas e práticas que facilitem o processo de trabalho.

11
  • JANAINA LUCIANA DE MEDEIROS
  • PRÁTICA TURÍSTICA EM GEOSSÍTIOS: UMA AVALIAÇÃO AMBIENTAL NO PROJETO GEOPARQUE SERIDÓ-RN

  • Orientador : MARCOS ANTONIO LEITE DO NASCIMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRÉ RIANI COSTA PERINOTTO
  • MARCOS ANTONIO LEITE DO NASCIMENTO
  • CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • Data: 26/06/2015

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo visava analisar a situação ambiental nos geossítios do Projeto Geoparque Seridó visando uma prática turística de forma sustentável. Para tanto, estabeleceu-se três objetivos específicos, sejam eles: avaliar a dimensão ambiental da sustentabilidade dos geossítios utilizando o modelo proposto por Falcão (2010); elaborar uma matriz de avaliação estratégica dos geossítios com base na Análise SWOT; construir uma matriz de criticidade das forças restritivas dos geossítios da referida proposta baseado no método GUT. Ao longo do trabalho, a sustentabilidade é apontada como um modelo a ser adotado para que o homem mantenha uma relação pacífica com o meio ambiente, a usufruir o que a natureza tem, valorizando-a e conservando-a para que outras pessoas também façam uso do mesmo espaço no futuro. Neste prisma, ressalta-se que surge o papel da educação ambiental na busca por conscientizar, informar e sensibilizar as pessoas das mais diversas localidades em relação ao respeito voltado ao meio ambiente. Nesta perspectiva, foi realizada a obtenção de dados através da pesquisa documental sobre os municípios que fazem parte do Projeto Geoparque Seridó, bem como se realizou pesquisa bibliográfica sobre as temáticas relacionadas ao longo do trabalho. Além disso, a natureza desse trabalho foi exploratória com base descritiva das características obtidas através do método da observação das localidades selecionadas. Quanto aos meios, o trabalho foi de campo, com aplicação de entrevistas semiestruturadas com os condutores e guias de turismo, bem como com representantes das secretarias de turismo e meio ambiente dos municípios Cerro Corá, Lagoa Nova, Currais Novos, Acari, Carnaúba dos Dantas, e Parelhas. Utilizou-se, ainda, amostragem não probabilística intencional ou por julgamento. Ao que se refere à interpretação dos dados, foi realizada a avaliação da dimensão ambiental da sustentabilidade com base em Falcão (2010). Foi realizada, também, construída a Matriz de Avaliação Estratégica através da SWOT, a qual possibilitou expor a matriz de criticidade das forças restritivas através do Método GUT de Banzato et. al (2012). Neste prisma, os resultados da pesquisa demonstraram que os atores que pretendem trabalhar com a prática do turismo visando à utilização da geodiversidade como um produto turístico integrador através dos geossítios inseridos nos municípios do Projeto Geoparque Seridó, devem apresentar maiores esforços quanto às definições de estratégias de envolvimento com práticas ambientais, buscando não apenas a área física, mas também no âmbito social, promovendo uma perspectiva integradora e participativa de gestão na procura por alcançar um desenvolvimento sustentável, em nível local, priorizando, também, os aspectos geológicos da região, para que seja praticado um turismo de forma a maximizar e valorizar as características da área desse estudo. Concluiu-se, porquanto, que os geossítios estudados possuem potencial para o turismo ou pelo menos estão caminhando em direção ao desenvolvimento turístico nesta Região. Ela apresenta, pois, problemas ao que tange à conservação dos geossítios, assim como, a falta de consciência ambiental, evidenciada pela ausência de investimentos por parte dos órgãos responsáveis e a falta de consciência da importância da área também das populações locais e dos visitantes que utilizam seus recursos de forma inadequada. Outrossim, vale inferir que a pesquisa contribuirá para novos olhares para com a aplicabilidade da educação ambiental na Região do Seridó do Rio Grande do Norte, especificamente ao que tange aos seis municípios supracitados.


  • Mostrar Abstract
  • O presente estudo visava analisar a situação ambiental nos geossítios do Projeto Geoparque Seridó visando uma prática turística de forma sustentável. Para tanto, estabeleceu-se três objetivos específicos, sejam eles: avaliar a dimensão ambiental da sustentabilidade dos geossítios utilizando o modelo proposto por Falcão (2010); elaborar uma matriz de avaliação estratégica dos geossítios com base na Análise SWOT; construir uma matriz de criticidade das forças restritivas dos geossítios da referida proposta baseado no método GUT. Ao longo do trabalho, a sustentabilidade é apontada como um modelo a ser adotado para que o homem mantenha uma relação pacífica com o meio ambiente, a usufruir o que a natureza tem, valorizando-a e conservando-a para que outras pessoas também façam uso do mesmo espaço no futuro. Neste prisma, ressalta-se que surge o papel da educação ambiental na busca por conscientizar, informar e sensibilizar as pessoas das mais diversas localidades em relação ao respeito voltado ao meio ambiente. Nesta perspectiva, foi realizada a obtenção de dados através da pesquisa documental sobre os municípios que fazem parte do Projeto Geoparque Seridó, bem como se realizou pesquisa bibliográfica sobre as temáticas relacionadas ao longo do trabalho. Além disso, a natureza desse trabalho foi exploratória com base descritiva das características obtidas através do método da observação das localidades selecionadas. Quanto aos meios, o trabalho foi de campo, com aplicação de entrevistas semiestruturadas com os condutores e guias de turismo, bem como com representantes das secretarias de turismo e meio ambiente dos municípios Cerro Corá, Lagoa Nova, Currais Novos, Acari, Carnaúba dos Dantas, e Parelhas. Utilizou-se, ainda, amostragem não probabilística intencional ou por julgamento. Ao que se refere à interpretação dos dados, foi realizada a avaliação da dimensão ambiental da sustentabilidade com base em Falcão (2010). Foi realizada, também, construída a Matriz de Avaliação Estratégica através da SWOT, a qual possibilitou expor a matriz de criticidade das forças restritivas através do Método GUT de Banzato et. al (2012). Neste prisma, os resultados da pesquisa demonstraram que os atores que pretendem trabalhar com a prática do turismo visando à utilização da geodiversidade como um produto turístico integrador através dos geossítios inseridos nos municípios do Projeto Geoparque Seridó, devem apresentar maiores esforços quanto às definições de estratégias de envolvimento com práticas ambientais, buscando não apenas a área física, mas também no âmbito social, promovendo uma perspectiva integradora e participativa de gestão na procura por alcançar um desenvolvimento sustentável, em nível local, priorizando, também, os aspectos geológicos da região, para que seja praticado um turismo de forma a maximizar e valorizar as características da área desse estudo. Concluiu-se, porquanto, que os geossítios estudados possuem potencial para o turismo ou pelo menos estão caminhando em direção ao desenvolvimento turístico nesta Região. Ela apresenta, pois, problemas ao que tange à conservação dos geossítios, assim como, a falta de consciência ambiental, evidenciada pela ausência de investimentos por parte dos órgãos responsáveis e a falta de consciência da importância da área também das populações locais e dos visitantes que utilizam seus recursos de forma inadequada. Outrossim, vale inferir que a pesquisa contribuirá para novos olhares para com a aplicabilidade da educação ambiental na Região do Seridó do Rio Grande do Norte, especificamente ao que tange aos seis municípios supracitados.

12
  • KATIANE XAVIER DA SILVA
  • GESTÃO DE INOVAÇÃO E TURISMO: UMA ABORDAGEM PARA O CENTRO DE CONVENÇÕES DE NATAL

  • Orientador : CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • WALID ABBAS EL AOUAR
  • LEILIANNE MICHELLE TRINDADE DA SILVA BARRETO
  • Data: 31/08/2015

  • Mostrar Resumo
  • Gestão e Inovação são duas palavras que se unem no contexto organizacional em prol do sucesso das empresas. A inovação tornou-se componente essencial para o turismo e a indústria dos centros de conferências e convenções. Considerando os impactos dos centros de conferências e convenções no setor turístico e a constante inovação como estratégia de vantagem competitiva da última década, o presente trabalho utilizou a Gestão de Inovação como chave para o desafio de mudança no Centro de Convenções de Natal. Os fatores em gestão de inovação para os centros de conferências e convenções foram investigados, através de informações na estrutura organizacional e tecnológica dos equipamentos, como o estado da arte da inovação. Os principais aspectos da Gestão de Inovação que refletem na construção de indústria de reuniões é a capacidade de criação e transformação para os centros de conferências e convenções. Trata-se de uma pesquisa qualitativa exploratória descritiva, com método de estudo de caso, que relacionou a gestão de inovação e o turismo para o Centro de Convenções de Natal. Os resultados mostram que ainda inexiste no Centro de Convenções de Natal, um nível de Gestão de Inovação insatisfatório, pois os planejamentos, lideranças, capacidades, estratégias e implementações para processos inovadores hodiernamente são ausentes.

     



  • Mostrar Abstract
  • Gestão e Inovação são duas palavras que se unem no contexto organizacional em prol do sucesso das empresas. A inovação tornou-se componente essencial para o turismo e a indústria dos centros de conferências e convenções. Considerando os impactos dos centros de conferências e convenções no setor turístico e a constante inovação como estratégia de vantagem competitiva da última década, o presente trabalho utilizou a Gestão de Inovação como chave para o desafio de mudança no Centro de Convenções de Natal. Os fatores em gestão de inovação para os centros de conferências e convenções foram investigados, através de informações na estrutura organizacional e tecnológica dos equipamentos, como o estado da arte da inovação. Os principais aspectos da Gestão de Inovação que refletem na construção de indústria de reuniões é a capacidade de criação e transformação para os centros de conferências e convenções. Trata-se de uma pesquisa qualitativa exploratória descritiva, com método de estudo de caso, que relacionou a gestão de inovação e o turismo para o Centro de Convenções de Natal. Os resultados mostram que ainda inexiste no Centro de Convenções de Natal, um nível de Gestão de Inovação insatisfatório, pois os planejamentos, lideranças, capacidades, estratégias e implementações para processos inovadores hodiernamente são ausentes.

     


13
  • PEDRO LOPES DE OLIVEIRA FILHO
  • TURISMO E TERCEIRO SETOR: O PAPEL E ATUAÇÃO DE ORGANIZAÇÕES NÃO GOVERNAMENTAIS NO PÓLO COSTA DAS DUNAS/RN

  • Orientador : MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • ANTONIO JANIO FERNANDES
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • Data: 31/08/2015

  • Mostrar Resumo
  • O tema deste estudo visa pesquisar o papel e atuação das Organizações Não Governamentais – ONGs, terceiro setor do turismo, no estado do Rio Grande do Norte – RN, identificando a atuação e participação no turismo, para, assim, elencar suas contribuições e benefícios para as populações locais, para o usuário dos serviços e para o incremento da economia no Estado. Analisando as que atuam no turismo do Rio Grande do Norte, procurou-se identificar suas contribuições, características e estruturas, descrever as suas formas de atuação e os respectivos resultados e influências. Buscou-se verificar se a organização atua na área de turismo e local adequado para o desenvolvimento das atividades turísticas nos seus projetos, na gestão administrativa e operacional. Para tal, utilizamos a teoria do livro “Análise Estrutural do Turismo” (Beni), bem como o Modelo Referencial do Sistema de Turismo (SISTUR). Avaliando se o tempo em que essa instituição atua na área propiciará às pessoas, de acordo com seus perfis, assimilarem conhecimento como gestoras no processo dos projetos. Observamos como funciona a Gestão de ONGs, a fim de identificarmos se as ONGs trabalham adequadamente as funções gerenciais. Se há envolvimento da organização nos projetos e nas suas fases de processo, assim como, sua importância e dificuldades encontradas na relação estabelecida entre as ONGs e a sociedade. A partir disso, poderemos identificar o envolvimento da comunidade que se beneficia.


  • Mostrar Abstract
  • O tema deste estudo visa pesquisar o papel e atuação das Organizações Não Governamentais – ONGs, terceiro setor do turismo, no estado do Rio Grande do Norte – RN, identificando a atuação e participação no turismo, para, assim, elencar suas contribuições e benefícios para as populações locais, para o usuário dos serviços e para o incremento da economia no Estado. Analisando as que atuam no turismo do Rio Grande do Norte, procurou-se identificar suas contribuições, características e estruturas, descrever as suas formas de atuação e os respectivos resultados e influências. Buscou-se verificar se a organização atua na área de turismo e local adequado para o desenvolvimento das atividades turísticas nos seus projetos, na gestão administrativa e operacional. Para tal, utilizamos a teoria do livro “Análise Estrutural do Turismo” (Beni), bem como o Modelo Referencial do Sistema de Turismo (SISTUR). Avaliando se o tempo em que essa instituição atua na área propiciará às pessoas, de acordo com seus perfis, assimilarem conhecimento como gestoras no processo dos projetos. Observamos como funciona a Gestão de ONGs, a fim de identificarmos se as ONGs trabalham adequadamente as funções gerenciais. Se há envolvimento da organização nos projetos e nas suas fases de processo, assim como, sua importância e dificuldades encontradas na relação estabelecida entre as ONGs e a sociedade. A partir disso, poderemos identificar o envolvimento da comunidade que se beneficia.

14
  • EUGÊNIA PATRÍCIA DE ALMEIDA SEIXAS
  • METODOLOGIAS DE ENSINO PARA O DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS DO TURISMOLOGO: UMA PERCEPÇÃO DO DOCENTE DO CURSO DE TURISMO DA UFRN.

  • Orientador : MARIA VALERIA PEREIRA DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PATRICIA WHEBBER SOUZA DE OLIVEIRA
  • SANDRA LEANDRO PEREIRA
  • MARIA VALERIA PEREIRA DE ARAUJO
  • Data: 31/08/2015

  • Mostrar Resumo
  • As Metodologias de ensino podem ser definidas como elementos básicos de discussão da ação docente, no ato de ensinar e apresentar o conteúdo. Existem metodologias de ensino mais tradicionais com seus princípios mais voltados para decorar e o repetir, como também, metodologias ativas alicerçadas no principio da autonomia, e no desenvolvimento de competências. O objetivo do estudo é compreender a percepção dos docentes em relação à adoção das metodologias de ensino para o desenvolvimento de competências do turismólogo no curso de Turismo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Para alcançar essa finalidade foi realizado um estudo de caso de natureza exploratória, com a aplicação de um roteiro de entrevista semi-estruturado com 29 docentes do curso, selecionados por meio de uma amostra intencional, adotando-se a abordagem de análise qualitativa. Os resultados do trabalho apontaram que os docentes adotam mais um pluralismo metodológico, onde a escolha dessa metodologia é proveniente do perfil da turma e do conteúdo a ser ministrado em sala. Identificou-se ainda que as metodologias consideradas como sendo as mais apropriadas para a aplicação  no curso de turismo, foram as metodologias ativas . Em relação às principais dificuldades e desafios das estratégias pedagógicas adotadas pelos docentes em sala de aula, evidenciou-se  a desmotivação do discente, além da sua falta de compreensão em relação a importância de uma base teórica e de leitura consiste para entender e desenvolver as práticas de turismo, além de permitir a sua aplicação prática, contribuindo assim no desenvolvimento das competências. Por fim, os dados demonstraram que as metodologias de ensino, devem valorizar uma associação entre a teoria e a prática, permitindo uma visão crítica do discente, contribuindo com o desenvolvimento de competências, principalmente com as habilidades necessárias para a atuação do turismólogo.


  • Mostrar Abstract
  • As Metodologias de ensino podem ser definidas como elementos básicos de discussão da ação docente, no ato de ensinar e apresentar o conteúdo. Existem metodologias de ensino mais tradicionais com seus princípios mais voltados para decorar e o repetir, como também, metodologias ativas alicerçadas no principio da autonomia, e no desenvolvimento de competências. O objetivo do estudo é compreender a percepção dos docentes em relação à adoção das metodologias de ensino para o desenvolvimento de competências do turismólogo no curso de Turismo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Para alcançar essa finalidade foi realizado um estudo de caso de natureza exploratória, com a aplicação de um roteiro de entrevista semi-estruturado com 29 docentes do curso, selecionados por meio de uma amostra intencional, adotando-se a abordagem de análise qualitativa. Os resultados do trabalho apontaram que os docentes adotam mais um pluralismo metodológico, onde a escolha dessa metodologia é proveniente do perfil da turma e do conteúdo a ser ministrado em sala. Identificou-se ainda que as metodologias consideradas como sendo as mais apropriadas para a aplicação  no curso de turismo, foram as metodologias ativas . Em relação às principais dificuldades e desafios das estratégias pedagógicas adotadas pelos docentes em sala de aula, evidenciou-se  a desmotivação do discente, além da sua falta de compreensão em relação a importância de uma base teórica e de leitura consiste para entender e desenvolver as práticas de turismo, além de permitir a sua aplicação prática, contribuindo assim no desenvolvimento das competências. Por fim, os dados demonstraram que as metodologias de ensino, devem valorizar uma associação entre a teoria e a prática, permitindo uma visão crítica do discente, contribuindo com o desenvolvimento de competências, principalmente com as habilidades necessárias para a atuação do turismólogo.

15
  • VEUDERLLANE CAMPOS DA SILVA
  • Título: O TURISMO DE BASE COMUNITÁRIA COMO POSSÍVEL VETOR DE ETNODESENVOLVIMENTO: UM ESTUDO NA COMUNIDADE MEBÊNGÔKRE-KAYAPÓ DA TERRA INDÍGENA LAS CASAS – PA

  • Orientador : FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • VERA LÚCIA SALAZAR PESSÔA
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • Data: 31/08/2015

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo pretende analisar a contribuição que a futura implementação do turismo de base comunitária pode levar ao povo Mebêngôkrê-Kayapó da aldeia Tekrejarôti-re que habita a terra indígena Las Casas no Sul do Estado do Pará, onde este além de se constituir como vetor de etnodesenvolvimento pode também contribuir na conservação da Sociobiodiversidade e cultura local, por meio das vivências que possibilitará a realização da convivencialidade, onde haverá o compartilhamento não só das atividades cotidianas, dos costumes da população local, mais também primando pela interculturalidade a qual se objetivam as trocas entre visitantes e comunidade, onde estas além de promover o conhecimento dos não-indígenas sobre este povo, busca também consolidar a identidade étnica e cultural dos mesmos. Diante disso, o presente estudo norteou-se pela pesquisa-ação participativa, utilizando-se também de dados, obtidos em 2012, oriundos da aplicação de entrevistas com a comunidade para realizar o diagnóstico das potencialidades turísticas. Esta se trata de uma pesquisa de natureza exploratório-descritiva a cerca do tema. A pesquisa de campo aliada a observação participante, realização de oficinas e entrevistas contribuiu para que fosse possível realizar uma análise mais profunda do ambiente estudado.  Pretende-se com este estudo obter como resultados concretos a implantação e/ ou fomento de uma prática cultural e ambientalmente sustentável pautado nos processos de organização que permeia as diretrizes do turismo de base comunitária, porém este depende das condições dos recursos humanos e florestais e das condições de infraestrutura na comunidade, constituindo atividades social e culturalmente positivas a curto e médio prazo e em longo prazo em termos ambientais e econômicos. O presente trabalho identificou que a comunidade com suas manifestações culturais, festas e cerimônias estando aliada ao seu modo de vida e empreendida a partir dos seus critérios, tem condições de trabalhar com a atividade turística dentro da sua terra e tornar esta uma oportunidade de afirmação cultural e geração de renda. Mas conclui que para o turismo vir a ocorrer de fato são necessárias serem realizadas algumas medidas, inclusive que atenda a nova instrução normativa IN 3/2015, a qual estabelece que para que a comunidade trabalhe com o turismo na sua terra é necessário que seja elaborado um plano de visitação que atenda as exigências estabelecidas, onde este trabalho se constitui como uma ferramenta de importância na construção do mesmo, já que foi realizado a partir da demanda da comunidade e sendo realizado de forma participativa, valorando os diálogos horizontais e a autonomia deste povo.


  • Mostrar Abstract
  • O presente estudo pretende analisar a contribuição que a futura implementação do turismo de base comunitária pode levar ao povo Mebêngôkrê-Kayapó da aldeia Tekrejarôti-re que habita a terra indígena Las Casas no Sul do Estado do Pará, onde este além de se constituir como vetor de etnodesenvolvimento pode também contribuir na conservação da Sociobiodiversidade e cultura local, por meio das vivências que possibilitará a realização da convivencialidade, onde haverá o compartilhamento não só das atividades cotidianas, dos costumes da população local, mais também primando pela interculturalidade a qual se objetivam as trocas entre visitantes e comunidade, onde estas além de promover o conhecimento dos não-indígenas sobre este povo, busca também consolidar a identidade étnica e cultural dos mesmos. Diante disso, o presente estudo norteou-se pela pesquisa-ação participativa, utilizando-se também de dados, obtidos em 2012, oriundos da aplicação de entrevistas com a comunidade para realizar o diagnóstico das potencialidades turísticas. Esta se trata de uma pesquisa de natureza exploratório-descritiva a cerca do tema. A pesquisa de campo aliada a observação participante, realização de oficinas e entrevistas contribuiu para que fosse possível realizar uma análise mais profunda do ambiente estudado.  Pretende-se com este estudo obter como resultados concretos a implantação e/ ou fomento de uma prática cultural e ambientalmente sustentável pautado nos processos de organização que permeia as diretrizes do turismo de base comunitária, porém este depende das condições dos recursos humanos e florestais e das condições de infraestrutura na comunidade, constituindo atividades social e culturalmente positivas a curto e médio prazo e em longo prazo em termos ambientais e econômicos. O presente trabalho identificou que a comunidade com suas manifestações culturais, festas e cerimônias estando aliada ao seu modo de vida e empreendida a partir dos seus critérios, tem condições de trabalhar com a atividade turística dentro da sua terra e tornar esta uma oportunidade de afirmação cultural e geração de renda. Mas conclui que para o turismo vir a ocorrer de fato são necessárias serem realizadas algumas medidas, inclusive que atenda a nova instrução normativa IN 3/2015, a qual estabelece que para que a comunidade trabalhe com o turismo na sua terra é necessário que seja elaborado um plano de visitação que atenda as exigências estabelecidas, onde este trabalho se constitui como uma ferramenta de importância na construção do mesmo, já que foi realizado a partir da demanda da comunidade e sendo realizado de forma participativa, valorando os diálogos horizontais e a autonomia deste povo.

16
  • IVANA GUEDES
  • OS VALORES AXIOLÓGICOS DO E NO TURISMO: UMA ABORDAGEM FENOMENOLÓGICA HERMENÊUTICA

  • Orientador : CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • MARIA VALERIA PEREIRA DE ARAUJO
  • SANDRA LEANDRO PEREIRA
  • Data: 31/08/2015

  • Mostrar Resumo
  • O estudo apresenta uma proposta que gira em torno da compreensão dos possíveis valores do e no turismo como uma prática concebida em um ser-aí no e com o mundo do e no turismo. Ao considerarmos que o valor é objeto da Axiologia, é visto, com isto, como o preditor da conduta do ente humano, refletindo esses valores mesmos no fenômeno. O objetivo foi compreender quais valores axiológicos seus praticantes escolhem para a prática do turismo e os elos sentimentais aos valores identificados. De natureza exploratória e abordagem fenomenológica hermenêutica, no intuito de compreender o modo-de-ser  valorativo do ser-aí no turismo, dez entrevistas episódicas foram realizadas adotando a conduta simpatizante para captação dos sentimentos intencionais de Max Schele e analisadas à luz da fenomenologia hermenêutica de Martin Heidegger. Com uma série de narrativas, perguntas-chave e outras perguntas durante o encontro social com cada ser-aí entrevistado, proporcionaram a triangulação e confiabilidade dos resultados obtidos. O desvelamento dos valores se deu a partir da situação hermenêutica do ser-aí do turismo, constituída pela posição-prévia, visão-prévia e concepção-prévia. Os resultados mostraram que, em duas grandes categorias que emergiram: Aprendizado no e com Turismo e Vivências no Turismo, os valores positivos: histórico-cultural, autoconhecimento, gastronomia, memória, solidariedade, paz, hospitalidade, intercâmbio sociocultural e receptividade, sobressaem aos valores negativos: falta de hospitalidade, comercialização e consumo de produtos, serviços e souvenires e desrespeito pela diversidade sociocultural. Em relação aos sentimentos intencionais que se direcionam aos valores positivos, foram identificados: amor, felicidade, prazer, respeito e confiança, ao passo que os sentimentos negativos são vivenciados de maneira a transformá-los em experiências de aprendizado para si e para sua circunvisão de mundo em sua cotidianidade. O estudo também mostrou que, com um olhar fenomenológico,  é possível o acesso à totalidade das experiências valorativas e valores, sem julgá-los de forma arbitrária, ou a partir de conceitos ou teorias, indo “às coisas mesmas” que, pelo imbricamento das categorias, disposições e sentimentos intencionais, formam a totalidade mesma das vivências valorativas, sendo possível acessá-las através da ontologia fundamental e originária do ser-aí turístico.


  • Mostrar Abstract
  • O estudo apresenta uma proposta que gira em torno da compreensão dos possíveis valores do e no turismo como uma prática concebida em um ser-aí no e com o mundo do e no turismo. Ao considerarmos que o valor é objeto da Axiologia, é visto, com isto, como o preditor da conduta do ente humano, refletindo esses valores mesmos no fenômeno. O objetivo foi compreender quais valores axiológicos seus praticantes escolhem para a prática do turismo e os elos sentimentais aos valores identificados. De natureza exploratória e abordagem fenomenológica hermenêutica, no intuito de compreender o modo-de-ser  valorativo do ser-aí no turismo, dez entrevistas episódicas foram realizadas adotando a conduta simpatizante para captação dos sentimentos intencionais de Max Schele e analisadas à luz da fenomenologia hermenêutica de Martin Heidegger. Com uma série de narrativas, perguntas-chave e outras perguntas durante o encontro social com cada ser-aí entrevistado, proporcionaram a triangulação e confiabilidade dos resultados obtidos. O desvelamento dos valores se deu a partir da situação hermenêutica do ser-aí do turismo, constituída pela posição-prévia, visão-prévia e concepção-prévia. Os resultados mostraram que, em duas grandes categorias que emergiram: Aprendizado no e com Turismo e Vivências no Turismo, os valores positivos: histórico-cultural, autoconhecimento, gastronomia, memória, solidariedade, paz, hospitalidade, intercâmbio sociocultural e receptividade, sobressaem aos valores negativos: falta de hospitalidade, comercialização e consumo de produtos, serviços e souvenires e desrespeito pela diversidade sociocultural. Em relação aos sentimentos intencionais que se direcionam aos valores positivos, foram identificados: amor, felicidade, prazer, respeito e confiança, ao passo que os sentimentos negativos são vivenciados de maneira a transformá-los em experiências de aprendizado para si e para sua circunvisão de mundo em sua cotidianidade. O estudo também mostrou que, com um olhar fenomenológico,  é possível o acesso à totalidade das experiências valorativas e valores, sem julgá-los de forma arbitrária, ou a partir de conceitos ou teorias, indo “às coisas mesmas” que, pelo imbricamento das categorias, disposições e sentimentos intencionais, formam a totalidade mesma das vivências valorativas, sendo possível acessá-las através da ontologia fundamental e originária do ser-aí turístico.

17
  • MARIA AUGUSTA WANDERLEY SEABRA DE MELO
  • TURISMO E PATRIMÔNIO CULTURAL: PROCESSO DE TOMBAMENTO E ESTRATÉGIAS DE UTILIZAÇÃO TURÍSTICA DO CENTRO HISTÓRICO DE NATAL/RN

  • Orientador : MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • IRENE DE ARAUJO VAN DEN BERG
  • Data: 09/09/2015

  • Mostrar Resumo
  • No contexto de uma sociedade globalizada, as relações estabelecidas entre o patrimônio e o turismo se refletem em uma realidade ambígua moldada entre as aspirações de preservação e os interesses por benefícios econômicos. Por um lado, as cidades como principais detentoras e geradoras de ofertas culturais precisam contemplar seu patrimônio como um eixo de desenvolvimento, encontrando na promoção turística voltada para a cultura uma estratégia para suportar os altos custos de recuperação e manutenção de seus centro históricos e suas expressões culturais. Por outro, soma-se as novas exigências da demanda, fazendo com que os projetos turísticos se voltem para o fator cultural na formação de seus produtos, o que permite aos municípios atrair o crescente segmento do turismo cultural. Nesta perspectiva, este estudo se desenvolve em um recorte transversal focado na análise do Centro Histórico de Natal/RN, com o objetivo de compreender como este patrimônio cultural tombado tem sido utilizado pela gestão municipal para fins turísticos. Pelo entendimento do patrimônio como uma referência à  identidade e à memoria, bem como símbolo cultural da sociedade natalense, caracterizado como um elemento rodeado por situações complexas e estritamente particulares, identificou-se a necessidade de uma abordagem qualitativa para sua profunda compreensão. O estudo aprofundado do caso se desenvolveu em duas etapas, primeiramente a realização de pesquisas bibliográfica e documental; e, posteriormente, a interpretação dos dados coletados por meio de entrevistas semiestruturadas com gestores públicos municipais e moradores locais. Os resultados da pesquisa apontam que os representantes oficiais do patrimônio estão preocupados com a preservação da dimensão material do patrimônio arquitetônico da cidade, entretanto, ainda não conseguem atingir e sensibilizar a população local, que parece estar à parte de um processo que deveria ser democrático e fortalecer o sentimento de pertencimento destes habitantes. Finalmente, indica-se uma ausência de estratégias de revitalização por parte da atual gestão pública municipal para o Centro Histórico de Natal, revelando um discurso revestido por uma interpretação positivista da atividade turística, que trata a utilização dos bens patrimoniais pelo viés do empirismo mercadológico.

     


  • Mostrar Abstract
  • No contexto de uma sociedade globalizada, as relações estabelecidas entre o patrimônio e o turismo se refletem em uma realidade ambígua moldada entre as aspirações de preservação e os interesses por benefícios econômicos. Por um lado, as cidades como principais detentoras e geradoras de ofertas culturais precisam contemplar seu patrimônio como um eixo de desenvolvimento, encontrando na promoção turística voltada para a cultura uma estratégia para suportar os altos custos de recuperação e manutenção de seus centro históricos e suas expressões culturais. Por outro, soma-se as novas exigências da demanda, fazendo com que os projetos turísticos se voltem para o fator cultural na formação de seus produtos, o que permite aos municípios atrair o crescente segmento do turismo cultural. Nesta perspectiva, este estudo se desenvolve em um recorte transversal focado na análise do Centro Histórico de Natal/RN, com o objetivo de compreender como este patrimônio cultural tombado tem sido utilizado pela gestão municipal para fins turísticos. Pelo entendimento do patrimônio como uma referência à  identidade e à memoria, bem como símbolo cultural da sociedade natalense, caracterizado como um elemento rodeado por situações complexas e estritamente particulares, identificou-se a necessidade de uma abordagem qualitativa para sua profunda compreensão. O estudo aprofundado do caso se desenvolveu em duas etapas, primeiramente a realização de pesquisas bibliográfica e documental; e, posteriormente, a interpretação dos dados coletados por meio de entrevistas semiestruturadas com gestores públicos municipais e moradores locais. Os resultados da pesquisa apontam que os representantes oficiais do patrimônio estão preocupados com a preservação da dimensão material do patrimônio arquitetônico da cidade, entretanto, ainda não conseguem atingir e sensibilizar a população local, que parece estar à parte de um processo que deveria ser democrático e fortalecer o sentimento de pertencimento destes habitantes. Finalmente, indica-se uma ausência de estratégias de revitalização por parte da atual gestão pública municipal para o Centro Histórico de Natal, revelando um discurso revestido por uma interpretação positivista da atividade turística, que trata a utilização dos bens patrimoniais pelo viés do empirismo mercadológico.

     

18
  • MARILSON DONIZETTI SILVINO
  • SUSTENTABILIDADE DE DESTINOS TURISTICOS EM UNIDADES DE CONSERVAÇÃO: O CASO DA PRAIA DE JENIPABU / RN


  • Orientador : MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MARIA CRISTINA CAVALCANTI ARAUJO
  • CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • Data: 30/10/2015

  • Mostrar Resumo
  • A Sustentabilidade Ambiental é um fator de grande importância para o Desenvolvimento Turistico das localidades, as quais devem ser protegidas e preservadas, para que diversas outras gerações de frequentadores desfrutem das experiências em suas paisagens paradisíacas. Assim, o objetivo deste presente estudo é analisar a Sustentabilidade do Destino Turístico da Praia de Jenipabu, situada em uma Unidade de Conservação no litoral norte do estado do Rio Grande do Norte, na cidade de Extremoz, com 20 km de distância do centro da Capital Natal, sendo de grande importância turística estadual por possuir o mais famoso parque de Dunas da região. Diversos são os frequentadores e seus devidos grupos em uma região turística, e a diferenças de percepções destes quanto à relação de determinados fatores que ocorrem no local, podem determinar o quão sustentável está à mesma ou seu índice de sustentabilidade. Nesta pesquisa foi utilizado um Sistema de Indicadores de Sustentabilidade de Ecoturismo (SEIS) de Tsaur, et al(2006), para auxiliar na verificação deste índice, sendo utilizado métodos de pesquisa exploratória e descritiva, onde os dados foram coletados através de um questionário aplicado junto a 151 frequentadores divididos entre moradores, comerciantes e visitantes, diretamente pelo autor em Jenipabu nos meses de Agosto e Setembro de 2015. A tabulação, análise e interpretação dos dados foram realizadas a partir do auxilio das técnicas estatísticas de análise fatorial e ONEWAY ANOVA, as quais realizadas pelo software IBM SPSS STATISTICS 20. Os principais resultados encontrados foram, a identificação de 14 fatores de sustentabilidade relevantes, dos quais 6 coincidem com o modelo de indicadores utilizado e 8 são novos, além da verificação que Jenipabu é um destino com forte dependência econômica do Turismo, com vários impactos deste na comunidade, a qual não reconhecem os benefícios que a Área de Proteção Ambiental (APA) pode trazer para esta e para o turismo da localidade. Concluindo nas diferenças de percepções dos frequentadores que a região estudada da Praia possui baixa Sustentabilidade e necessita do desenvolvimento de diversos projetos e ações para sua melhoria.


  • Mostrar Abstract
  • A Sustentabilidade Ambiental é um fator de grande importância para o Desenvolvimento Turistico das localidades, as quais devem ser protegidas e preservadas, para que diversas outras gerações de frequentadores desfrutem das experiências em suas paisagens paradisíacas. Assim, o objetivo deste presente estudo é analisar a Sustentabilidade do Destino Turístico da Praia de Jenipabu, situada em uma Unidade de Conservação no litoral norte do estado do Rio Grande do Norte, na cidade de Extremoz, com 20 km de distância do centro da Capital Natal, sendo de grande importância turística estadual por possuir o mais famoso parque de Dunas da região. Diversos são os frequentadores e seus devidos grupos em uma região turística, e a diferenças de percepções destes quanto à relação de determinados fatores que ocorrem no local, podem determinar o quão sustentável está à mesma ou seu índice de sustentabilidade. Nesta pesquisa foi utilizado um Sistema de Indicadores de Sustentabilidade de Ecoturismo (SEIS) de Tsaur, et al(2006), para auxiliar na verificação deste índice, sendo utilizado métodos de pesquisa exploratória e descritiva, onde os dados foram coletados através de um questionário aplicado junto a 151 frequentadores divididos entre moradores, comerciantes e visitantes, diretamente pelo autor em Jenipabu nos meses de Agosto e Setembro de 2015. A tabulação, análise e interpretação dos dados foram realizadas a partir do auxilio das técnicas estatísticas de análise fatorial e ONEWAY ANOVA, as quais realizadas pelo software IBM SPSS STATISTICS 20. Os principais resultados encontrados foram, a identificação de 14 fatores de sustentabilidade relevantes, dos quais 6 coincidem com o modelo de indicadores utilizado e 8 são novos, além da verificação que Jenipabu é um destino com forte dependência econômica do Turismo, com vários impactos deste na comunidade, a qual não reconhecem os benefícios que a Área de Proteção Ambiental (APA) pode trazer para esta e para o turismo da localidade. Concluindo nas diferenças de percepções dos frequentadores que a região estudada da Praia possui baixa Sustentabilidade e necessita do desenvolvimento de diversos projetos e ações para sua melhoria.

19
  • JENNIFFER RIBEIRO DA SILVA
  • POLÍTICAS PÚBLICAS DE TURISMO: ANÁLISE DO DESEMPENHO DAS INSTÂNCIAS DE GOVERNANÇA TURÍSTICA E SEUS REFLEXOS NO FOMENTO DO TURISMO CULTURAL NO MUNICÍPIO DE MANAUS/AM (2003-2014)

  • Orientador : WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SILVIO JOSÉ DE LIMA FIGUEIREDO
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • Data: 11/12/2015

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo tem o objetivo central de analisar o papel das instâncias de governança estadual e municipal de turismo, voltadas ao processo de desenvolvimento turístico no município de Manaus/AM, mediante as práticas públicas de planejamento, gestão e fomento da atividade no respectivo município. Como objetivos específicos foram estabelecidos quatro: 1) Caracterizar o processo de formação das instâncias de governança que atuam no segmento de turismo no município de Manaus; 2) Levantar as ações planejadas e executadas pelas instâncias voltadas ao turismo cultural no período de 2003 a 2014; 3) Problematizar através da percepção dos atores que representam as diversas classes e entidades da sociedade amazonense, as ações planejadas e executadas pelas instâncias voltadas ao turismo cultural, no período de 2003 a 2014 e 4) Identificar os principais pontos convergentes e divergentes no processo decisório acerca das ações voltadas ao turismo cultural em Manaus. Adotou-se uma abordagem qualitativa, utilizando-se o desenho metodológico do tipo descritivo e exploratório, contando com o auxílio do uso das técnicas de pesquisa bibliográfica, documental, com coleta de dados in loco, através de aplicação de roteiro de entrevistas com formulários semiestruturados aos representantes das instituições setoriais que compõem as instâncias de governança em turismo. No tratamento das informações, foi utilizada a técnica de análise de conteúdo. Como resposta aos objetivos estabelecidos, pode-se concluir que a constituição de arenas públicas, através das instâncias de governança em turismo, vem possibilitando de maneira incipiente a discussão de maneira democrática e a tomada de decisões na área do planejamento e gestão do turismo em Manaus. Observou-se ainda que há entraves que dificultam e comprometem as estruturas das instâncias, os quais refletem na articulação, na promoção e no desenvolvimento turístico cultural no município de Manaus.


  • Mostrar Abstract
  • O presente estudo tem o objetivo central de analisar o papel das instâncias de governança estadual e municipal de turismo, voltadas ao processo de desenvolvimento turístico no município de Manaus/AM, mediante as práticas públicas de planejamento, gestão e fomento da atividade no respectivo município. Como objetivos específicos foram estabelecidos quatro: 1) Caracterizar o processo de formação das instâncias de governança que atuam no segmento de turismo no município de Manaus; 2) Levantar as ações planejadas e executadas pelas instâncias voltadas ao turismo cultural no período de 2003 a 2014; 3) Problematizar através da percepção dos atores que representam as diversas classes e entidades da sociedade amazonense, as ações planejadas e executadas pelas instâncias voltadas ao turismo cultural, no período de 2003 a 2014 e 4) Identificar os principais pontos convergentes e divergentes no processo decisório acerca das ações voltadas ao turismo cultural em Manaus. Adotou-se uma abordagem qualitativa, utilizando-se o desenho metodológico do tipo descritivo e exploratório, contando com o auxílio do uso das técnicas de pesquisa bibliográfica, documental, com coleta de dados in loco, através de aplicação de roteiro de entrevistas com formulários semiestruturados aos representantes das instituições setoriais que compõem as instâncias de governança em turismo. No tratamento das informações, foi utilizada a técnica de análise de conteúdo. Como resposta aos objetivos estabelecidos, pode-se concluir que a constituição de arenas públicas, através das instâncias de governança em turismo, vem possibilitando de maneira incipiente a discussão de maneira democrática e a tomada de decisões na área do planejamento e gestão do turismo em Manaus. Observou-se ainda que há entraves que dificultam e comprometem as estruturas das instâncias, os quais refletem na articulação, na promoção e no desenvolvimento turístico cultural no município de Manaus.

20
  • ANA PAULA ARAÚJO MACIEL
  • Festival Folclórico de Parintins – AM: análise dos atributos de qualidade dos serviços em eventos

  • Orientador : CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • SILVIO JOSÉ DE LIMA FIGUEIREDO
  • Data: 11/12/2015

  • Mostrar Resumo
  • Os eventos no mundo são motivadores significativos no turismo e figura relevante no desenvolvimento e comercialização dos planos da maioria dos destinos.  Para sua realização, necessitam de infraestrutura específica, e têm como contrapartida promover benefícios à localidade receptora. Para o sucesso dos mesmos, contam com serviços essenciais oferecidos aos clientes. O objetivo central deste estudo refere-se em analisar os atributos da qualidade dos serviços no Festival Folclórico de Parintins/AM e mostrar como se encontra o nível de qualidade do evento na percepção dos participantes que consumiram os serviços. Como objetivos específicos, foram traçados 3 objetivos: a) Caracterizar o Festival Folclórico de Parintins/AM e o Desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro/RJ; b) Identificar e analisar os atributos de qualidade de serviços do Festival Folclórico de Parintins/AM e Desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro/RJ, utilizando-se a técnica Momento da Verdade; c) Comparar o Festival Folclórico de Parintins/AM com o Desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (RJ), de acordo com os atributos de qualidade dos serviços identificados e analisados. A metodologia está disposta por análise qualitativa, exploratória descritiva, com observação direta, utilizando-se do ciclo do serviço da técnica Momento da Verdade para observar cada etapa do mesmo. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com os atores envolvidos no planejamento, organização e operacionalização dos dois eventos, além das entrevistas com o público presente. Como resposta aos objetivos estabelecidos, pode-se concluir que o nível de qualidade dos serviços oferecidos no Festival Folclórico de Parintins encontra-se insatisfatório em alguns pontos dos momentos da verdade analisados. Observou-se ainda que há limitações que dificultam a prestação do serviço com o nível de qualidade.


  • Mostrar Abstract
  • Os eventos no mundo são motivadores significativos no turismo e figura relevante no desenvolvimento e comercialização dos planos da maioria dos destinos.  Para sua realização, necessitam de infraestrutura específica, e têm como contrapartida promover benefícios à localidade receptora. Para o sucesso dos mesmos, contam com serviços essenciais oferecidos aos clientes. O objetivo central deste estudo refere-se em analisar os atributos da qualidade dos serviços no Festival Folclórico de Parintins/AM e mostrar como se encontra o nível de qualidade do evento na percepção dos participantes que consumiram os serviços. Como objetivos específicos, foram traçados 3 objetivos: a) Caracterizar o Festival Folclórico de Parintins/AM e o Desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro/RJ; b) Identificar e analisar os atributos de qualidade de serviços do Festival Folclórico de Parintins/AM e Desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro/RJ, utilizando-se a técnica Momento da Verdade; c) Comparar o Festival Folclórico de Parintins/AM com o Desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (RJ), de acordo com os atributos de qualidade dos serviços identificados e analisados. A metodologia está disposta por análise qualitativa, exploratória descritiva, com observação direta, utilizando-se do ciclo do serviço da técnica Momento da Verdade para observar cada etapa do mesmo. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com os atores envolvidos no planejamento, organização e operacionalização dos dois eventos, além das entrevistas com o público presente. Como resposta aos objetivos estabelecidos, pode-se concluir que o nível de qualidade dos serviços oferecidos no Festival Folclórico de Parintins encontra-se insatisfatório em alguns pontos dos momentos da verdade analisados. Observou-se ainda que há limitações que dificultam a prestação do serviço com o nível de qualidade.

2014
Dissertações
1
  • KALINE MENDONÇA DOS SANTOS
  • Fatores que Afetam o Apoio de Residentes ao Desenvolvimento do Turismo em Sítios Arqueológicos : Um estudo no Seridó Potiguar.

  • Orientador : SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MARLI DE FATIMA FERRAZ DA SILVA TACCONI
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • Data: 31/01/2014

  • Mostrar Resumo
  • A atividade turística, que se apropria de espaços e cenários naturais, culturais, sociais e econômicos em uma determinada localidade, requer um modelo de desenvolvimento integrado, conciliando necessariamente o apoio dos residentes ao processo de planejamento e gestão dos atrativos locais.  Nesta perspectiva, este estudo se propõe a analisar os fatores capazes de influenciar o apoio da comunidade residente no desenvolvimento do turismo em sítios arqueológicos, especificamente nos municípiosde Parelhas e Carnaúba dos Dantas, na região do Seridó Potiguar, assim como a inter-relação existente entre esses fatores. Para alcançar o objetivo proposto pela pesquisa, foi realizado um estudo de caráter descritivo-exploratório e quantitativo baseado no estudo de Nunkoo e Hamkisson (2012), utilizando-se a técnica de Modelagem de Equações Estruturais - MEE para explicar as relações dos constructos usados nessa pesquisa. Entre outros, resultados indicam que, para o perfil de entrevistados utilizado, quanto maior a confiança da comunidade residente nos órgãos governamentais responsáveis pelo turismo maior será o apoio do residente ao desenvolvimento do turismo e que essa relação oferta as instituições e aos órgãos governamentais uma possibilidade de aprimorar as suas estratégias de desenvolvimento pensando no residente como agente social do turismo. Verificou-se também que o modelo de análise proposto apresenta uma melhor relação estrutural quando utilizados entrevistados que têm conhecimento sobre as atividades desenvolvidas nos sítios arqueológicos, sugerindo então a necessidade de uma maior investigação sobre o efeito do nível de conhecimento do entrevistado sobre o objeto e o apoio deste residente ao desenvolvimento do turismo.


  • Mostrar Abstract
  • A atividade turística, que se apropria de espaços e cenários naturais, culturais, sociais e econômicos em uma determinada localidade, requer um modelo de desenvolvimento integrado, conciliando necessariamente o apoio dos residentes ao processo de planejamento e gestão dos atrativos locais.  Nesta perspectiva, este estudo se propõe a analisar os fatores capazes de influenciar o apoio da comunidade residente no desenvolvimento do turismo em sítios arqueológicos, especificamente nos municípiosde Parelhas e Carnaúba dos Dantas, na região do Seridó Potiguar, assim como a inter-relação existente entre esses fatores. Para alcançar o objetivo proposto pela pesquisa, foi realizado um estudo de caráter descritivo-exploratório e quantitativo baseado no estudo de Nunkoo e Hamkisson (2012), utilizando-se a técnica de Modelagem de Equações Estruturais - MEE para explicar as relações dos constructos usados nessa pesquisa. Entre outros, resultados indicam que, para o perfil de entrevistados utilizado, quanto maior a confiança da comunidade residente nos órgãos governamentais responsáveis pelo turismo maior será o apoio do residente ao desenvolvimento do turismo e que essa relação oferta as instituições e aos órgãos governamentais uma possibilidade de aprimorar as suas estratégias de desenvolvimento pensando no residente como agente social do turismo. Verificou-se também que o modelo de análise proposto apresenta uma melhor relação estrutural quando utilizados entrevistados que têm conhecimento sobre as atividades desenvolvidas nos sítios arqueológicos, sugerindo então a necessidade de uma maior investigação sobre o efeito do nível de conhecimento do entrevistado sobre o objeto e o apoio deste residente ao desenvolvimento do turismo.

2
  • MONICA ALMEIDA GAVILAN SANTORO
  • Análise da Relação entre Apego ao Lugar, Satisfação e Fidelidade dos Visitantes em Destinos Turísticos Ambientais: Um estudo em Fernando de Noronha/PE.

  • Orientador : SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARLI DE FATIMA FERRAZ DA SILVA TACCONI
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • Data: 10/03/2014

  • Mostrar Resumo
  • A crescente competitividade entre destinos turísticos ambientais tem gerado a emergente necessidade de se definir estratégias diferenciadas que se encerrem como propósito, encantar e reter seus visitantes. Nesta perspectiva, a satisfação do cliente, sua fidelização e o desenvolvimento de apego ao lugar formam um composto sólido na busca da promoção de um destino turístico. O estudo em questão apresenta como objetivo geral uma análise da relação entre apego ao lugar, satisfação e fidelidade dos visitantes, no Arquipélago de Fernando de Noronha/PE. Para tanto, foi utilizado um modelo de relacionamento de referência, onde foram analisados vários construtos antecedentes relacionados ao apego ao lugar, satisfação e fidelidade, assim como suas relações entre si. Os procedimentos de pesquisa adotado foram a pesquisa exploratória, descritiva, com amostragem aleatória e composta por indivíduos que visitaram Fernando de Noronha no período de 30/04 a 03/05 de 2013, totalizando 246 questionários, aplicados no momento que o  visitante  deixou o destino, no salão de embarque do aeroporto local. Os resultados demostraram que os visitantes de Fernando de Noronha neste período apresentaram-se satisfeitos com o destino. A sua grande maioria, 90,5% estava visitando o Arquipélago pela primeira vez e com pretensão de retorno e de indicação, o que remete a uma possível fidelização do destino. Observou-se também uma relação significativa entre as variáveis Satisfação, Apego ao Lugar, Fidelidade afetiva e conativa. 


  • Mostrar Abstract
  • A crescente competitividade entre destinos turísticos ambientais tem gerado a emergente necessidade de se definir estratégias diferenciadas que se encerrem como propósito, encantar e reter seus visitantes. Nesta perspectiva, a satisfação do cliente, sua fidelização e o desenvolvimento de apego ao lugar formam um composto sólido na busca da promoção de um destino turístico. O estudo em questão apresenta como objetivo geral uma análise da relação entre apego ao lugar, satisfação e fidelidade dos visitantes, no Arquipélago de Fernando de Noronha/PE. Para tanto, foi utilizado um modelo de relacionamento de referência, onde foram analisados vários construtos antecedentes relacionados ao apego ao lugar, satisfação e fidelidade, assim como suas relações entre si. Os procedimentos de pesquisa adotado foram a pesquisa exploratória, descritiva, com amostragem aleatória e composta por indivíduos que visitaram Fernando de Noronha no período de 30/04 a 03/05 de 2013, totalizando 246 questionários, aplicados no momento que o  visitante  deixou o destino, no salão de embarque do aeroporto local. Os resultados demostraram que os visitantes de Fernando de Noronha neste período apresentaram-se satisfeitos com o destino. A sua grande maioria, 90,5% estava visitando o Arquipélago pela primeira vez e com pretensão de retorno e de indicação, o que remete a uma possível fidelização do destino. Observou-se também uma relação significativa entre as variáveis Satisfação, Apego ao Lugar, Fidelidade afetiva e conativa. 

3
  • BRUNO LIMA MACHADO
  • Análise da Percepção Da Qualidade Ambiental e de serviços TURÍSTICOS em João Pessoa/PB


  • Orientador : SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • MARLI DE FATIMA FERRAZ DA SILVA TACCONI
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • Data: 12/03/2014

  • Mostrar Resumo
  • Diante da crescente preocupação com os aspectos ambientais e os impactos negativos que são ou que podem ser gerados quando uma destinação turística é consumida, intensifica-se a urgência de adotar ferramentas capazes de promover a sustentabilidade dessa destinação e também criar a vantagem competitiva necessária dentro do mercado, agregando valor aos produtos e serviços turísticos. Para tanto, o presente estudo tem como objetivo principal analisar a percepção do turista sobre a qualidade ambiental e de serviços turísticos apresentados no destino João Pessoa (PB). A escolha do objeto de estudo justifica-se por João Pessoa estar inserida numa realidade onde se encontra relevância ambiental, o que pede uma atenção referente ao comportamento dos envolvidos no processo turístico local. Como procedimentos metodológicos da pesquisa, optou-se por uma revisão bibliográfica, levantamento de dados secundários e uma pesquisa empírica, de cunho quantitativo, aplicando-se a caracterização sócio demográfica da amostra definida e as análises descritiva e fatorial das dimensões e variáveis obtidas com base nos modelos de pesquisa ECOSERV de Khan (2003), SERVQUAL de Parasuraman, Berry e Zeithalml (1985) e SERVPERF de Cronin e Taylor (1992). Tal formulário, que de acordo com os resultados se mostrou confiável, permitiu analisar o desempenho, depois de adaptado, da destinação em questão. Os resultados forneceram uma análise detalhada do perfil dos visitantes e do desempenho das dimensões e variáveis da qualidade ambiental e de serviços turísticos, apontando, neste sentido, caminhos mais assertivos, na tomada de decisão gerencial, a exemplo do marketing verde, para compor um destino turístico coerente com os produtos e serviços oferecidos.


  • Mostrar Abstract
  • Diante da crescente preocupação com os aspectos ambientais e os impactos negativos que são ou que podem ser gerados quando uma destinação turística é consumida, intensifica-se a urgência de adotar ferramentas capazes de promover a sustentabilidade dessa destinação e também criar a vantagem competitiva necessária dentro do mercado, agregando valor aos produtos e serviços turísticos. Para tanto, o presente estudo tem como objetivo principal analisar a percepção do turista sobre a qualidade ambiental e de serviços turísticos apresentados no destino João Pessoa (PB). A escolha do objeto de estudo justifica-se por João Pessoa estar inserida numa realidade onde se encontra relevância ambiental, o que pede uma atenção referente ao comportamento dos envolvidos no processo turístico local. Como procedimentos metodológicos da pesquisa, optou-se por uma revisão bibliográfica, levantamento de dados secundários e uma pesquisa empírica, de cunho quantitativo, aplicando-se a caracterização sócio demográfica da amostra definida e as análises descritiva e fatorial das dimensões e variáveis obtidas com base nos modelos de pesquisa ECOSERV de Khan (2003), SERVQUAL de Parasuraman, Berry e Zeithalml (1985) e SERVPERF de Cronin e Taylor (1992). Tal formulário, que de acordo com os resultados se mostrou confiável, permitiu analisar o desempenho, depois de adaptado, da destinação em questão. Os resultados forneceram uma análise detalhada do perfil dos visitantes e do desempenho das dimensões e variáveis da qualidade ambiental e de serviços turísticos, apontando, neste sentido, caminhos mais assertivos, na tomada de decisão gerencial, a exemplo do marketing verde, para compor um destino turístico coerente com os produtos e serviços oferecidos.

4
  • KALINE FORMIGA VIEIRA
  • Apoio dos Residentes ao Processo de Gestão de Projetos Turísticos Ambientais: Um estudo do Vale dos Dinossauros em Sousa/ PB

     

  • Orientador : SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MARLI DE FATIMA FERRAZ DA SILVA TACCONI
  • Data: 12/03/2014

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo se propõe em analisar os fatores capazes de contribuir para o apoio dos residentes no processo de gestão de projetos turísticos ambientais. A relevância de se refletir sobre o planejamento municipal, incluindo a gestão de partes interessadas, justifica-se pelas mudanças de valores econômicos e sociais das comunidades locais, a preocupação com o seu espaço e com a qualidade de vida. Desta forma, o apoio do residente ao processo de gestão de um atrativo, permite motivar e priorizar a opinião desta comunidade, fortalecendo os grupos sociais e integrando-os dentro de projetos e ações locais. O estudo foi caracterizado como sendo descritivo, exploratório e quantitativo. Como modelo de análise, fora utilizadas as variáveis de pesquisa o elaboradas por Nunkoo e Ramkissoon (2012), como maneira de avaliar o apoio dos residentes locais no desenvolvimento do projeto de Revitalização do atrativo Monumento Natural Vale dos Dinossauros, na gestão do destino turístico ambiental, no município de Sousa/PB. Resultados mostram a relação entre as dimensões, confiança nos órgãos governamentais, benefícios e custos ocasionados pelo desenvolvimento do turismo no atrativo como elementos influenciadores do apoio do residente, em consonância com o modelo proposto por Nunkoo e Ramkissoon (2012). Assim, pretende-se corroborar para a inserção dos stakeholders no processo de planejamento no desenvolvimento do turismo desta localidade, visando a participação destes nas tomadas de decisões quanto ao planejamento e gestão do turismo no município, tendo em vista o desenvolvimento local sustentável.


  • Mostrar Abstract
  • Este estudo se propõe em analisar os fatores capazes de contribuir para o apoio dos residentes no processo de gestão de projetos turísticos ambientais. A relevância de se refletir sobre o planejamento municipal, incluindo a gestão de partes interessadas, justifica-se pelas mudanças de valores econômicos e sociais das comunidades locais, a preocupação com o seu espaço e com a qualidade de vida. Desta forma, o apoio do residente ao processo de gestão de um atrativo, permite motivar e priorizar a opinião desta comunidade, fortalecendo os grupos sociais e integrando-os dentro de projetos e ações locais. O estudo foi caracterizado como sendo descritivo, exploratório e quantitativo. Como modelo de análise, fora utilizadas as variáveis de pesquisa o elaboradas por Nunkoo e Ramkissoon (2012), como maneira de avaliar o apoio dos residentes locais no desenvolvimento do projeto de Revitalização do atrativo Monumento Natural Vale dos Dinossauros, na gestão do destino turístico ambiental, no município de Sousa/PB. Resultados mostram a relação entre as dimensões, confiança nos órgãos governamentais, benefícios e custos ocasionados pelo desenvolvimento do turismo no atrativo como elementos influenciadores do apoio do residente, em consonância com o modelo proposto por Nunkoo e Ramkissoon (2012). Assim, pretende-se corroborar para a inserção dos stakeholders no processo de planejamento no desenvolvimento do turismo desta localidade, visando a participação destes nas tomadas de decisões quanto ao planejamento e gestão do turismo no município, tendo em vista o desenvolvimento local sustentável.

5
  • MARIA RITA DE OLIVEIRA NUNES
  • Investimentos Internacionais e o Turismo em Tibau do Sul – RN. 

  • Orientador : MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • OLGA TULIK
  • KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • ALEXSANDRO FERREIRA CARDOSO DA SILVA
  • Data: 20/03/2014

  • Mostrar Resumo
  • A busca pelo lazer na sociedade capitalista atual, cria espaços produzidos para esse fim. Regiões litorâneas tem seu espaço tomado por uma população em busca do descanso. Tibau do Sul entra nessa lógica e insere-se competitivamente, por apresentar grandes espaços de lazer e belezas naturais. Caracterizado por apresentar um público visitante predominantemente europeu, sofre alteração em sua destinação devido a crise financeira ocorrida em 2008. A retração do fluxo de visitantes e a dependência econômica da região na atividade econômica (turismo) transforma a destinação e a atividade turística. A infraestrutura levada pelas políticas públicas trouxe ao município investimentos significativos em segundas residências, o município foi o que apresentou maior índice em todo o Estado do Rio Grande do Norte no ano de 2010, tal dado repercute também no turismo. Por tanto este trabalho tem como objetivo geral analisar como a crise financeira global repercutiu na atividade turística e na destinação turística de Tibau do Sul – RN. Como caminho metodológico foi escolhida a análise qualitativa dos dados, no entanto, sem menosprezar os números. Foi realizada um levantamento dos imóveis negociados no município por investidores internacionais entre os anos 2000 e 2012. Como resultado da pesquisa verificou-se que os maiores grupos de investidores no município são originários de Portugal, Espanha e Itália e que a partir do ano 2008 (ano da crise) tem esses investimentos reduzidos. A retração dos investimentos reflete-se localmente através de condomínios e residências abandonadas ou fechadas e também na redução do fluxo de visitantes. Essa diminuição do público internacional fez com que os agentes turísticos se adaptassem ao fato, criando novos pacotes turísticos com operadoras de turismo massivo e pacotes de compra coletiva (valores abaixo do mercado), diminuindo a quantidade de funcionários, fechando as portas no período de baixa estação (inverno). Paralelo a isso, percebeu-se que o público que visita a região agora é o público doméstico. Com o acesso da classe “c” ao mercado de viagens e sua ascensão na economia, são eles quem tem respondido a necessidade de ocupação dos meios de hospedagem. O que se percebe é que a atividade sofreu uma mudança significativa, no seu público, investidores e na atividade, refletindo a destinação. Tibau do Sul reflete localmente o que acontece no mundo, apresenta uma crise e precisa se redefinir para manter-se competitivo.


  • Mostrar Abstract
  • A busca pelo lazer na sociedade capitalista atual, cria espaços produzidos para esse fim. Regiões litorâneas tem seu espaço tomado por uma população em busca do descanso. Tibau do Sul entra nessa lógica e insere-se competitivamente, por apresentar grandes espaços de lazer e belezas naturais. Caracterizado por apresentar um público visitante predominantemente europeu, sofre alteração em sua destinação devido a crise financeira ocorrida em 2008. A retração do fluxo de visitantes e a dependência econômica da região na atividade econômica (turismo) transforma a destinação e a atividade turística. A infraestrutura levada pelas políticas públicas trouxe ao município investimentos significativos em segundas residências, o município foi o que apresentou maior índice em todo o Estado do Rio Grande do Norte no ano de 2010, tal dado repercute também no turismo. Por tanto este trabalho tem como objetivo geral analisar como a crise financeira global repercutiu na atividade turística e na destinação turística de Tibau do Sul – RN. Como caminho metodológico foi escolhida a análise qualitativa dos dados, no entanto, sem menosprezar os números. Foi realizada um levantamento dos imóveis negociados no município por investidores internacionais entre os anos 2000 e 2012. Como resultado da pesquisa verificou-se que os maiores grupos de investidores no município são originários de Portugal, Espanha e Itália e que a partir do ano 2008 (ano da crise) tem esses investimentos reduzidos. A retração dos investimentos reflete-se localmente através de condomínios e residências abandonadas ou fechadas e também na redução do fluxo de visitantes. Essa diminuição do público internacional fez com que os agentes turísticos se adaptassem ao fato, criando novos pacotes turísticos com operadoras de turismo massivo e pacotes de compra coletiva (valores abaixo do mercado), diminuindo a quantidade de funcionários, fechando as portas no período de baixa estação (inverno). Paralelo a isso, percebeu-se que o público que visita a região agora é o público doméstico. Com o acesso da classe “c” ao mercado de viagens e sua ascensão na economia, são eles quem tem respondido a necessidade de ocupação dos meios de hospedagem. O que se percebe é que a atividade sofreu uma mudança significativa, no seu público, investidores e na atividade, refletindo a destinação. Tibau do Sul reflete localmente o que acontece no mundo, apresenta uma crise e precisa se redefinir para manter-se competitivo.

6
  • GILMARA BARROS DA SILVA
  • FATORES CAPAZES DE INFLUENCIAR O APOIO DOS RESIDENTES AO DESENVOLVIMENTO DO TURISMO RELIGIOSO EM SANTA CRUZ-RN

  • Orientador : SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MARLI DE FATIMA FERRAZ DA SILVA TACCONI
  • LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • Data: 24/03/2014

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo versa sobre a gestão do stakeholder primário - comunidade residente, tendo em vista sua participação e apoio ao desenvolvimento do turismo em destinos turísticos. Teve como objetivo geral analisar os fatores capazes de influenciar o apoio dos residentes ao desenvolvimento do turismo religioso em Santa Cruz-RN, assim como as inter-relações existentes entre os fatores. Para se atingir tal objetivo, fez-se necessário à utilização da pesquisa exploratória e descritiva, seguida de uma abordagem quantitativa com aplicação de questionários com 422 residentes da cidade de Santa Cruz-RN. O estudo baseou-se no modelo de relacionamento de variáveis proposto por Nunkoo e Ramkissoon (2012), bem como utilizou-se da técnica de Modelagem de Equações Estruturais – MEE, visando explicar os relacionamentos entre os constructos estudados. Os resultados encontrados pela pesquisa sugerem que quanto mais os residentes perceberem os benefícios gerados pelo turismo, assim como confiem em atores governamentais responsáveis pelo desenvolvimento da atividade turística, mais existirá uma propensão ao apoio ao desenvolvimento do turismo religioso na localidade. Esse resultado assemelha-se ao encontrado no estudo de Nunkoo e Ramkissoon (2012). Conclui-se que o modelo estrutural que melhor representa a realidade de Santa Cruz-RN é o composto dos fatores benefícios, custos, confiança em atores governamentais, esses que são capazes de influenciar o apoio dos residentes santa-cruzenses ao desenvolvimento  do turismo religioso. Ressalta-se ainda que constatou-se relações altamente significativas entre os fatores benefícios percebidos do turismo e a confiança nos atores governamentais, e entre ambas e o apoio político ao turismo.


  • Mostrar Abstract
  • Este estudo versa sobre a gestão do stakeholder primário - comunidade residente, tendo em vista sua participação e apoio ao desenvolvimento do turismo em destinos turísticos. Teve como objetivo geral analisar os fatores capazes de influenciar o apoio dos residentes ao desenvolvimento do turismo religioso em Santa Cruz-RN, assim como as inter-relações existentes entre os fatores. Para se atingir tal objetivo, fez-se necessário à utilização da pesquisa exploratória e descritiva, seguida de uma abordagem quantitativa com aplicação de questionários com 422 residentes da cidade de Santa Cruz-RN. O estudo baseou-se no modelo de relacionamento de variáveis proposto por Nunkoo e Ramkissoon (2012), bem como utilizou-se da técnica de Modelagem de Equações Estruturais – MEE, visando explicar os relacionamentos entre os constructos estudados. Os resultados encontrados pela pesquisa sugerem que quanto mais os residentes perceberem os benefícios gerados pelo turismo, assim como confiem em atores governamentais responsáveis pelo desenvolvimento da atividade turística, mais existirá uma propensão ao apoio ao desenvolvimento do turismo religioso na localidade. Esse resultado assemelha-se ao encontrado no estudo de Nunkoo e Ramkissoon (2012). Conclui-se que o modelo estrutural que melhor representa a realidade de Santa Cruz-RN é o composto dos fatores benefícios, custos, confiança em atores governamentais, esses que são capazes de influenciar o apoio dos residentes santa-cruzenses ao desenvolvimento  do turismo religioso. Ressalta-se ainda que constatou-se relações altamente significativas entre os fatores benefícios percebidos do turismo e a confiança nos atores governamentais, e entre ambas e o apoio político ao turismo.

7
  • AYLANA LAISSA MEDEIROS BORGES
  • ATUAÇÃO E INTERAÇÃO DE STAKEHOLDERS NO PROCESSO DE IMPLANTACAO DO TURISMO: UM ESTUDO NO MUNICÍPIO DE SITIO NOVO/RN

  • Orientador : MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • BENNY KRAMER COSTA
  • Data: 28/03/2014

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho consiste em um estudo que trata acerca da abordagem de stakeholder voltada para a questão da implantação do turismo em um município do interior do Estado do Rio Grande do Norte, Sítio Novo. Como objetivo, buscou-se compreender os mecanismos de atuação e interação dos stakeholders no processo de implantação e, consequentemente, planejamento do turismo no município. No que se refere à metodologia, o estudo caracteriza-se como sendo uma pesquisa exploratória, descritiva, com abordagem qualitativa, haja vista a intenção de tentar compreender significados e características situacionais apresentadas pelos sujeitos da pesquisa. A entrevista foi o instrumento utilizado para levantar as informações, tendo sido aplicada com 13 (treze) atores do turismo do município em questão, bem como foram analisados documentos que tratam sobre o desenvolvimento do turismo (Atas do Conselho Regional do Polo Agreste Trairi – o município de Sítio Novo integra o polo; e o Plano Estratégico de Turismo). O estudo mostra que os atores públicos são maioria no destino; constata que é mínima a participação da sociedade civil nas ações voltadas para o turismo do município; destaca que os representantes do município participam de forma efetiva das reuniões do Conselho Regional do Turismo do Polo Agreste Trairi, a fim de discutir ações relacionadas ao desenvolvimento da atividade na localidade; e atesta que os atores locais entrevistados, em sua maioria, entendem suas funções no que se refere ao desenvolvimento do turismo, no entanto, não realizam ações coerentes com a função que possuem, para fins de planejamento e desenvolvimento do turismo. Nesse sentido, o trabalho conclui que a participação e a articulação entre os stakeholders do município devem ser repensadas, no intuito de buscar e/ou propor alternativas de reunir de forma mais adequada os atores locais, para que assim possa se desenvolver algo mais consistente em se tratando do desenvolvimento da atividade turística no destino.


  • Mostrar Abstract
  • O presente trabalho consiste em um estudo que trata acerca da abordagem de stakeholder voltada para a questão da implantação do turismo em um município do interior do Estado do Rio Grande do Norte, Sítio Novo. Como objetivo, buscou-se compreender os mecanismos de atuação e interação dos stakeholders no processo de implantação e, consequentemente, planejamento do turismo no município. No que se refere à metodologia, o estudo caracteriza-se como sendo uma pesquisa exploratória, descritiva, com abordagem qualitativa, haja vista a intenção de tentar compreender significados e características situacionais apresentadas pelos sujeitos da pesquisa. A entrevista foi o instrumento utilizado para levantar as informações, tendo sido aplicada com 13 (treze) atores do turismo do município em questão, bem como foram analisados documentos que tratam sobre o desenvolvimento do turismo (Atas do Conselho Regional do Polo Agreste Trairi – o município de Sítio Novo integra o polo; e o Plano Estratégico de Turismo). O estudo mostra que os atores públicos são maioria no destino; constata que é mínima a participação da sociedade civil nas ações voltadas para o turismo do município; destaca que os representantes do município participam de forma efetiva das reuniões do Conselho Regional do Turismo do Polo Agreste Trairi, a fim de discutir ações relacionadas ao desenvolvimento da atividade na localidade; e atesta que os atores locais entrevistados, em sua maioria, entendem suas funções no que se refere ao desenvolvimento do turismo, no entanto, não realizam ações coerentes com a função que possuem, para fins de planejamento e desenvolvimento do turismo. Nesse sentido, o trabalho conclui que a participação e a articulação entre os stakeholders do município devem ser repensadas, no intuito de buscar e/ou propor alternativas de reunir de forma mais adequada os atores locais, para que assim possa se desenvolver algo mais consistente em se tratando do desenvolvimento da atividade turística no destino.

8
  • OTÁVIO BEZERRA DE SENA JÚNIOR
  • FATORES QUE AFETAM O COMPORTAMENTO DE COMPRAS IMPULSIVAS DE CUPONS DE HOSPEDAGEM EM SITES DE COMPRAS COLETIVAS

  • Orientador : LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SIDCLEY DSORDI ALVES ALEGRINI DA SILVA
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • Data: 25/04/2014

  • Mostrar Resumo
  • A compra impulsiva vem sendo estudada desde a década de 1950, e ao longo desse tempo, tanto os esforços para explicá-la quanto o seu próprio conceito sofreram significativas evoluções. Entretanto, ainda existem diversas lacunas que necessitam ser preenchidas, sobretudo no que se refere aos seus antecedentes, especialmente no ambiente do turismo virtual. Nesse contexto, com a emergência do comércio eletrônico, surgem no mercado os sites de compras coletivas, onde a sua lógica de funcionamento reside essencialmente em gerar a compra impulsiva. À luz desse cenário, esse novo ambiente de e-commerce tem se voltado para o segmento turístico, gerando mudanças na cadeia produtiva de distribuição desse setor e no comportamento do consumidor. Nesse sentido, o presente estudo objetiva analisar os fatores que afetam a compra por impulso de cupons de hospedagem em sites de compras coletivas. A pesquisa foi caracterizada como exploratório-descritiva, com abordagem quantitativa e a coleta de dados foi aplicada junto aos turistas nas salas de embarque do Aeroporto Internacional Augusto Severo. A composição amostral foi de 303 questionários válidos, coletados através da aplicação de um questionário estruturado, com perguntas fechadas. As estratégias de análise foram a estatística descritiva e a análise fatorial exploratória (SPSS v.19), como também a modelagem de equações estruturais, operacionalizada através do software AMOS© .  Os principais resultados demonstram que a dimensão cognitiva exerce forte influência na impulsividade do turista, e em segundo plano os componentes afetivos. Por outro lado, os constructos “circulação” e “ambiente” não indicaram uma forte relação com a impulsividade, apesar da notória influência no poder explicativo do modelo final.


  • Mostrar Abstract
  • The impulse buying has been studied since the 1950s, and during that time, both efforts to explain its own concept underwent significant changes. However, there are still several gaps that need to be fulfilled, especially in respect to a model of antecedents and consequences, particularly in the tourism virtual environment. In this context, the emergence of electronic commerce come on the market of collective shopping sites, where your logic of functioning resides mainly in generating impulsive buying. In light of this scenario, this new environment of e-commerce has focused on the tourism sector, generating changes in the supply chain distribution of this industry and consumer behavior. In this sense, this study aims to analyze Accordingly, this study aims to analyze the factors that affect impulse buying of hosting coupons on group buying sites. The research was characterized as exploratory-descriptive, with quantitative approach to data collection was used among tourists in the departure lounges of the Augusto Severo International Airport. The sample composition reached 220 valid questionnaires, through the application of a structured questionnaire with closed questions. The strategy of analysis was the multiple linear regression, operationalized through software SPSS©. The main results showed that the cognitive dimension has a strong influence on impulsivity tourist, and in the background the affective components. Moreover, the constructs "in-store browsing" and " environment” not exerted indicated a strong relationship with impulsivity, despite the widespread influence on the explanatory power in the final model.

9
  • KATIANE GELLY DANTAS ASSIS DE SOUZA
  • A EVOLUÇÃO DO TURISMO NO SERIDÓ: UMA ANÁLISE À LUZ DO MODELO DE BUTLER

  • Orientador : CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BENNY KRAMER COSTA
  • CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • MARCOS ANTONIO LEITE DO NASCIMENTO
  • Data: 05/06/2014

  • Mostrar Resumo
  • O Turismo configura-se como uma atividade que apresenta constante movimento podendo impulsionar o desenvolvimento local nas esferas econômica, sociocultural e humana em localidades com potencial e estruturação para tal. Por ser uma atividade dinâmica, o turismo permite mudanças em seu fluxo, ampliando os períodos de sazonalidade. Para tanto, tendo em vista a dinamicidade citada, torna-se relevante a presença do planejamento turístico, inicialmente partindo do poder público para que este crie leis e elabore normas e projetos para a gestão da atividade de forma ordenada, visando a participação cidadã, tornando imprescindível a presença dos atores e agentes do turismo local no processo, ampliando a democracia e o conhecimento de seu lugar de origem. Neste cenário, o Ministério do Turismo desponta com o Plano Nacional de turismo que incorpora entre suas ações o Programa de Regionalização do Turismo, adotando um modelo de gestão regional local, de forma participativa, através das instâncias de governança instituídas nos polos, sendo as ações da política pública em suas diferentes instâncias os maiores responsáveis pelo fomento do turismo no polo Seridó. O presente trabalho científico se propõe a analisar o polo Seridó, sob a teoria do Ciclo de Vida de Áreas Turísticas (TALC) proposta por BUTLER (1980), localizando as ações voltadas para o turismo e a cronologia da atividade aplicada à localidade no processo proposto. Para tanto a metodologia foi a descritivo-exploratória, de abordagem qualitativa, de nível histórico e narrativo, de amostragem não-probabilística, utilizando fontes secundárias, através de documentos e demais registros ocorridos durante os processos de planejamento na região, assim como fontes primárias, através de entrevista  estruturada aplicada à gestora pública do PNMT e PRT no Estado do RN, no intuito de ter acesso às informações relacionadas ao processo de planejamento da atividade turística no Seridó. Utilizou-se como forma de investigação dos dados coletados a técnica de análise do conteúdo. Como conclusão deste estudo observa-se que a partir do levantamento feito em relação ao histórico do turismo na região, as atividades econômicas da pecuária, cotonicultura, mineração e indústria ceramista foram responsáveis pela iniciação do turismo na localidade através do fluxo direcionado às mesmas, da inserção dos primeiros hotéis e da realização de eventos tradicionais, dando margem à demanda por políticas públicas que auxiliassem no direcionamento da atividade estando, por isso, inserida na fase de envolvimento, segunda fase do modelo proposto por Buttler (1980), sendo o estudo finalizado com sugestões para a continuidade da atividade turística na região.


  • Mostrar Abstract
  • O Turismo configura-se como uma atividade que apresenta constante movimento podendo impulsionar o desenvolvimento local nas esferas econômica, sociocultural e humana em localidades com potencial e estruturação para tal. Por ser uma atividade dinâmica, o turismo permite mudanças em seu fluxo, ampliando os períodos de sazonalidade. Para tanto, tendo em vista a dinamicidade citada, torna-se relevante a presença do planejamento turístico, inicialmente partindo do poder público para que este crie leis e elabore normas e projetos para a gestão da atividade de forma ordenada, visando a participação cidadã, tornando imprescindível a presença dos atores e agentes do turismo local no processo, ampliando a democracia e o conhecimento de seu lugar de origem. Neste cenário, o Ministério do Turismo desponta com o Plano Nacional de turismo que incorpora entre suas ações o Programa de Regionalização do Turismo, adotando um modelo de gestão regional local, de forma participativa, através das instâncias de governança instituídas nos polos, sendo as ações da política pública em suas diferentes instâncias os maiores responsáveis pelo fomento do turismo no polo Seridó. O presente trabalho científico se propõe a analisar o polo Seridó, sob a teoria do Ciclo de Vida de Áreas Turísticas (TALC) proposta por BUTLER (1980), localizando as ações voltadas para o turismo e a cronologia da atividade aplicada à localidade no processo proposto. Para tanto a metodologia foi a descritivo-exploratória, de abordagem qualitativa, de nível histórico e narrativo, de amostragem não-probabilística, utilizando fontes secundárias, através de documentos e demais registros ocorridos durante os processos de planejamento na região, assim como fontes primárias, através de entrevista  estruturada aplicada à gestora pública do PNMT e PRT no Estado do RN, no intuito de ter acesso às informações relacionadas ao processo de planejamento da atividade turística no Seridó. Utilizou-se como forma de investigação dos dados coletados a técnica de análise do conteúdo. Como conclusão deste estudo observa-se que a partir do levantamento feito em relação ao histórico do turismo na região, as atividades econômicas da pecuária, cotonicultura, mineração e indústria ceramista foram responsáveis pela iniciação do turismo na localidade através do fluxo direcionado às mesmas, da inserção dos primeiros hotéis e da realização de eventos tradicionais, dando margem à demanda por políticas públicas que auxiliassem no direcionamento da atividade estando, por isso, inserida na fase de envolvimento, segunda fase do modelo proposto por Buttler (1980), sendo o estudo finalizado com sugestões para a continuidade da atividade turística na região.

10
  • NAIA VALESKA MARANHÃO DE PAIVA
  • GESTÃO PARTICIPATIVA EM UNIDADES DE CONSERVAÇÃO E A REPRESENTATIVIDADE DA ATIVIDADE TURÍSTICA: O CASO DA ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL DOS RECIFES DE CORAIS (RN)

  • Orientador : ROSANA MARA MAZARO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ROSANA MARA MAZARO
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • SIDCLEY DSORDI ALVES ALEGRINI DA SILVA
  • Data: 23/07/2014

  • Mostrar Resumo
  • Unidades de Conservação são áreas com limites definidos cuja função é a conservação da biodiversidade. A gestão participativa nestas áreas é garantida através da Lei do SNUC (9.985/00) e do decreto 4.340/02 que consolidaram o direito da participação das populações na criação, implantação e gestão das Unidades de Conservação. Um das formas deste direito ser exercido é através da participação nos conselhos gestores da unidade de conservação. O presente trabalho analisa os mecanismos e processos de gestão participativa, sob o enfoque da atuação do conselho gestor, da Área de Proteção Ambiental dos Recifes de Corais (APARC), que é uma unidade de conservação que apresenta o turismo como uma das principais atividades desenvolvidas no local, através da caracterização dos princípios da gestão participativa aplicados na implantação e gestão da APARC, como também da análise da participação dos representantes no conselho gestor e sua atuação em relação às propostas para o turismo. Para isso foi realizado um estudo exploratório e descritivo com abordagem qualitativa. Para esta análise foi revisado vários documentos da APARC e de seu conselho gestor, desde a sua oficialização em 2001 até a última reunião do conselho realizada em 2013, documentos estes compreendendo 55 atas, listas de presenças, decretos e leis. Utilizou-se ainda como métodos de coleta, a observação direta durante as reuniões do conselho e entrevistas de caráter semi-estruturado com conselheiros e ex-conselheiros. Os resultados mostraram que os processos e mecanismos de uma gestão participativa na APARC foram atendidos parcialmente, podendo ser considerada uma prática em construção, necessitando de um maior comprometimento das entidades que compõe o conselho gestor.  Em relação ao turismo, é uma atividade debatida em conselho desde sua criação, sendo assunto de pauta de todas as reuniões, cujos representantes do setor apresentaram maiores índices de frequência, necessitando, porém, de um maior entendimento entre todos os envolvidos no processo para que o turismo desenvolvido na APARC seja consciente, sustentável, participativo e economicamente democrático.


  • Mostrar Abstract
  • Unidades de Conservação são áreas com limites definidos cuja função é a conservação da biodiversidade. A gestão participativa nestas áreas é garantida através da Lei do SNUC (9.985/00) e do decreto 4.340/02 que consolidaram o direito da participação das populações na criação, implantação e gestão das Unidades de Conservação. Um das formas deste direito ser exercido é através da participação nos conselhos gestores da unidade de conservação. O presente trabalho analisa os mecanismos e processos de gestão participativa, sob o enfoque da atuação do conselho gestor, da Área de Proteção Ambiental dos Recifes de Corais (APARC), que é uma unidade de conservação que apresenta o turismo como uma das principais atividades desenvolvidas no local, através da caracterização dos princípios da gestão participativa aplicados na implantação e gestão da APARC, como também da análise da participação dos representantes no conselho gestor e sua atuação em relação às propostas para o turismo. Para isso foi realizado um estudo exploratório e descritivo com abordagem qualitativa. Para esta análise foi revisado vários documentos da APARC e de seu conselho gestor, desde a sua oficialização em 2001 até a última reunião do conselho realizada em 2013, documentos estes compreendendo 55 atas, listas de presenças, decretos e leis. Utilizou-se ainda como métodos de coleta, a observação direta durante as reuniões do conselho e entrevistas de caráter semi-estruturado com conselheiros e ex-conselheiros. Os resultados mostraram que os processos e mecanismos de uma gestão participativa na APARC foram atendidos parcialmente, podendo ser considerada uma prática em construção, necessitando de um maior comprometimento das entidades que compõe o conselho gestor.  Em relação ao turismo, é uma atividade debatida em conselho desde sua criação, sendo assunto de pauta de todas as reuniões, cujos representantes do setor apresentaram maiores índices de frequência, necessitando, porém, de um maior entendimento entre todos os envolvidos no processo para que o turismo desenvolvido na APARC seja consciente, sustentável, participativo e economicamente democrático.

11
  • ANA MATILDE VASCONCELOS DO NASCIMENTO SANTOS
  • AS TRANSFORMAÇÕES DO ESPAÇO URBANO DE NATAL (RN) CORRELACIONADAS AOS PREPARATIVOS PARA O MEGAEVENTO COPA DO MUNDO (2014) - BRASIL

  • Orientador : FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SILVIO JOSÉ DE LIMA FIGUEIREDO
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • ADEMIR ARAUJO DA COSTA
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • Data: 27/08/2014

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo tem o objetivo de analisar as implicações socioespaciais correlacionadas aos preparativos para a realização da Copa do Mundo de 2014 em Natal, Rio Grande do Norte, Brasil. A Copa do Mundo de 2014 é um evento bastante esperado por muitas pessoas, tendo em vista a grande expectativa do país no sentido de sediar um evento mundial do esporte mais conhecido no Brasil, que é o futebol. Ao hospedar um grande evento, o país tem a oportunidade de vivenciar rapidamente uma ampla gama de fluxos e atividades que não seriam vivenciadas em outros períodos. Dessa maneira, os megaeventos têm basicamente a função de agrupar as pessoas em um objetivo comum, assistir aos jogos, como também induzem e participam da administração e execução de programas e projetos que levariam décadas para serem concebidos e concluídos, a exemplo de grandes obras de geração de fixos no espaço, tais como os estádios, empreendimentos hoteleiros, vias de circulação, etc. Além disso, normalmente as instituições promotoras desses eventos exigem que as ações de preparação, os equipamentos, bem como os serviços oferecidos durante o evento sejam realizadas e oferecidas de maneira eficiente frente ás exigências estabelecidas por tais organizadores, e até mesmo por parte da população local e estrangeira. Para a fundamentação teórica deste estudo foram utilizados autores como: Aledo Tur (2007), Capel (2010), Corrêa (2000), Cruz (2002, 2006, 2007), Dias (2008), Fonseca (2005), Hall (2004), Harvey (1992), Locatel e Azevedo (2012), Oliveira e Gaffney (2010), Porrit (2002), Rodrigues (1999), Santos (1999, 2001), Teixeira (2012), Sassen (1998), Vainer (2000), entre outros. O estudo apresenta um recorte temporal de 2007 a 2013 e espacial abrangendo o município de Natal (RN), e de modo mais específico os bairros de Lagoa Nova e Candelária. O estudo se caracteriza como exploratório. Os procedimentos metodológicos utilizados foram baseados em fontes secundárias, revisão e levantamento bibliográfico, pesquisa em periódicos e trabalhos científicos, e realização de entrevistas com agentes envolvidos no processo de produção do espaço urbano natalense, tais como os atores do poder público, da construção civil, população local. Desse modo, para a análise dos dados da presente pesquisa, foi empregada a técnica da análise de conteúdo e o suporte teórico para aprofundar o entendimento dos resultados. Estes mostram que é indispensável a participação da população no processo de tomada de decisão do município, tendo em vista que uma cidade para ser bem organizada e planejada necessita trabalhar em conjunto com a comunidade local. O que se percebe no município de Natal é que faltou um planejamento adequado no que se refere aos preparativos da Copa do Mundo, além disso, não houve participação por parte da população nas decisões tomadas em prol do megaevento. É importante a aplicação de políticas públicas eficientes para o desenvolvimento do município, além disso, o planejamento da cidade necessita ocorrer horizontalmente, para que os conflitos sejam minimizados. Além disso, grandes eventos esportivos são imbuídos de inúmeros interesses econômicos e políticos, negligenciando a principal importância de sediá-los, como é o caso dos reais benefícios trazidos para a população, seja na melhoria da saúde, educação, segurança, transportes, infraestrutura urbana, entre outros, que acabam sendo deixados de lado. Conclui-se que houve uma influência por parte do megaevento no processo de expansão da verticalização no entorno do estádio Arena das Dunas, além disso, o setor da construção civil e o mercado imobiliário voltaram-se para investimentos na área, utilizando-se como ferramenta para atrair as vendas o fato de as edificações e as construções se concentrarem nas proximidades do estádio.


  • Mostrar Abstract
  • This study aims to analyze the socio-spatial implications correlated with the preparations for the World Cup 2014 in Natal, Rio Grande do Norte, Brazil. The World Cup 2014 is quite an event awaited by many people, given the high expectations of the country in order to host a global event of the best known sport in Brazil is football. When hosting a large event, the country has the opportunity to quickly experience a wide range of flows and activities that would not be experienced in other periods. Thus, mega-events have basically the function of grouping people in a common goal, watch the games, but also induce and participate in the management and implementation of programs and projects that would take decades to be designed and completed, like great works of generation fixed in space, such as stadiums, hotel developments, roads, etc. Also, typically the promoting institutions such events require that the actions of preparation, equipment, and services offered are performed during the event and offered efficiently forward to the demands set by such organizers, and even by the local population and foreign. Theoretical foundation for this study were used as authors: Aledo Tur (2007), Azevedo et al (2013), Capel (2010), Correa (2000), Dias (2008), Fonseca (2005), Hall

    (2004), Harvey (1992), Locatel and Azevedo (2012), Oliveira and Gaffney (2010), Porrit

    (2002), Rodrigues (1999), Santos (1999, 2001), Teixeira (2012), Sassen (1998), Vainer (2000) among others. The study presents a time frame from 2007 to 2013 and covering the space city of Natal (RN), and so the more specific neighborhoods Lagoa Nova and Candelaria. The study is characterized as exploratory. The methodological procedures used were based on secondary sources, review and literature survey, research in journals and scientific papers, and interviews with those involved in the production of urban space Natal, actors such as the government, the construction process, local population. Thus, for the data analysis of this research, we used the technique of content analysis and the theoretical support to deepen the understanding of the results. These show that it is indispensable to public involvement in the decision-making process of the municipality, with a view to a city to be well organized and planned needs to work together with the local community. What we see in Natal is that it lacked a proper planning as regards preparations for the World Cup, in addition, there was no participation by the population in decisions made on behalf of the mega event. It is important to implement effective public policies for the development of the municipality, in addition, city planning needs to occur horizontally, so that conflicts are minimized. Additionally, major sporting events are imbued with numerous economic and political interests, neglecting the primary importance of hosting them, as is the case of the real benefits brought to the population, is to improve the health, education, security, transport, urban infrastructure among others, that end up being left out. We conclude that there was influence by the mega event in the expansion of the verticalization process surrounding the Arena das Dunas stadium, moreover, the construction industry and the housing market turned to investments in the area, using as tool to attract sales the fact the buildings and constructions concentrate near the stadium.

12
  • RENATA XABREGAS FERREIRA BRINGEL
  • O uso da tecnologia da informação no setor de transporte rodoviário de passageiros e seus impactos no Turismo.

  • Orientador : LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • SIDCLEY DSORDI ALVES ALEGRINI DA SILVA
  • LUIZ AUGUSTO MACHADO MENDES FILHO
  • Data: 29/08/2014

  • Mostrar Resumo
  • O turismo se apresenta como uma atividade dinâmica e que necessita da união de diversos fatores e equipamentos para que seja executada de forma satisfatória. Dentre as ferramentas necessárias para sua realização, encontra-se o sistema de transportes e sua intermodalidade. É importante ressaltar que esse sistema representa um proeminente fator para o desenvolvimento da atividade turística, caracterizada pelo deslocamento de pessoas entre os diversos destinos. De uma forma mais especifica, pretende-se estudar o transporte rodoviário de passageiros, tendo em vista que, em âmbito nacional, este modal representa a maior parcela de utilização dentre os demais, seja na realização de viagens, ou ainda, no estabelecimento de links entre os demais transportes. Concomitantemente, as inovações no campo da tecnologia estão servindo de alavanca para determinadas áreas do mercado turístico, e isto também inclui os transportes, por meio das tecnologias desenvolvidas para este setor. Almeja-se, portanto, analisar como estas tecnologias vêm sendo aplicadas no setor rodoviário de passageiros e os impactos causados no campo da atividade turística. A pesquisa se deu entre as empresas do setor rodoviário de transportes, que operam entre os mais diversos estados turísticos do Brasil, onde se buscou a obtenção das respostas necessárias em relação aos impactos do uso das ferramentas tecnológicas no setor de transporte rodoviário de passageiros e suas respectivas consequências no mercado turístico, balizadas através dos questionários respondidos pelos gestores, aplicando como metodologia a análise de conteúdo dos textos expressos nas entrevistas.


  • Mostrar Abstract
  • O turismo se apresenta como uma atividade dinâmica e que necessita da união de diversos fatores e equipamentos para que seja executada de forma satisfatória. Dentre as ferramentas necessárias para sua realização, encontra-se o sistema de transportes e sua intermodalidade. É importante ressaltar que esse sistema representa um proeminente fator para o desenvolvimento da atividade turística, caracterizada pelo deslocamento de pessoas entre os diversos destinos. De uma forma mais especifica, pretende-se estudar o transporte rodoviário de passageiros, tendo em vista que, em âmbito nacional, este modal representa a maior parcela de utilização dentre os demais, seja na realização de viagens, ou ainda, no estabelecimento de links entre os demais transportes. Concomitantemente, as inovações no campo da tecnologia estão servindo de alavanca para determinadas áreas do mercado turístico, e isto também inclui os transportes, por meio das tecnologias desenvolvidas para este setor. Almeja-se, portanto, analisar como estas tecnologias vêm sendo aplicadas no setor rodoviário de passageiros e os impactos causados no campo da atividade turística. A pesquisa se deu entre as empresas do setor rodoviário de transportes, que operam entre os mais diversos estados turísticos do Brasil, onde se buscou a obtenção das respostas necessárias em relação aos impactos do uso das ferramentas tecnológicas no setor de transporte rodoviário de passageiros e suas respectivas consequências no mercado turístico, balizadas através dos questionários respondidos pelos gestores, aplicando como metodologia a análise de conteúdo dos textos expressos nas entrevistas.

13
  • MARIA DO SOCORRO VALE BEZERRA DE GÓIS
  • Turismo Religioso: análise das políticas governamentais e ações eclesiais no Monumento dos Mártires de Uruaçu em São Gonçalo do Amarante - RN

  • Orientador : MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • IRENE DE ARAUJO VAN DEN BERG
  • Data: 29/08/2014

  • Mostrar Resumo
  • Considerando a importância do turismo no âmbito das esferas políticas, econômicas e socioculturais, a pesquisa tem como objetivo compreender as políticas governamentais e eclesiais em prol do turismo religioso no Monumento dos Mártires de Uruaçu, em São Gonçalo do Amarante-RN. Parte-se do pressuposto de que a construção e fomento ao turismo religioso em torno do Monumento é parte de um processo político eclesial e governamental em que grupos sociais distintos utilizam estratégias diversas em prol da produção e distribuição de um capital simbólico em que  os especialistas do sagrado, os leigos e os representantes políticos se valem de uma crença e as práticas que dela surgem para fortalecer as estruturas de poder em campos específicos de atuação. Para a realização da pesquisa utilizou-se a metodologia qualitativa, postulada por meio de documentos históricos e bibliográficos concernentes aos estudos do turismo religioso.  Privilegiou-se a abordagem fenomenológica, recorrendo-se às técnicas de entrevistas semi-estruturadas com representantes da Igreja e dos governos estadual e municipal.  Os resultados da pesquisa apontam que o Estado e a Igreja Católica atuam conjuntamente no processo de expansão de um turismo religioso como forma de promover o desenvolvimento local e a divulgação da fé católica.



  • Mostrar Abstract
  • The research considers the importance of tourism in the range of the politics, economics e sociocultural areas and has the objective of comprehending the governmental and ecclesial politics in support of the religious tourism at the Monumento dos Mártires de Uruaçu, in São Gonçalo do Amarante – RN. Based on an assumption of a governmental and ecclesial political process in which different groups use distinct strategies in support of the production and distribution of a symbolic capital, in that experts of the sacred, lays and political reps tap a belief, and the its practices, to strengthen power structures in different specific areas of acting. This work used the qualitative methodology, postulated by the historical and bibliographic documents concerned about the studies of religious tourism. The phenomenological approach was privileged, using half structuralized interviews which were performed with governmental, religious reps and residents. The research’s results show that the Government and the Catholic Church act together in an expanding process of a religious tourism as a way to promote the local development and the dissemination of the catholic faith.

2013
Dissertações
1
  • ELIZANGELA JUSTINO DE OLIVEIRA
  • LAZER E URBANIZAÇÃO: A DINÂMICA DO SETOR DE SERVIÇOS NOS MUNICÍPIOS DE PARNAMIRIM E NÍSIA FLORESTA

  • Orientador : MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • FRANCISCO ANTÔNIO DOS ANJOS
  • MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • Data: 28/06/2013

  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa aqui empreendida analisa o processo de urbanização no litoral de Parnamirim e Nísia Floresta, decorrente do lazer, tendo como principais expressões deste a segunda residência e o turismo no litoral. O lazer promoveu o crescimento de comércios e serviços públicos e privados para atender à demanda consumidora emergente naquela área, que inicialmente ocorreu com os usuários de segunda residência, que começaram paulatinamente a ocupar o litoral desses municípios por volta de 1980 e, mais recentemente, com o desenvolvimento do turismo da década de 1990 até então. Para empreendermos tal análise, georreferenciamos os comércios e serviços públicos e privados do referido litoral, caracterizando-os; avaliamos em que medida os serviços implantados nessa área vêm atendendo às demandas de turistas e usuários de segunda residência; procuramos ainda identificar de que maneira a centralidade de Natal interfere na expansão dos serviços nessas localidades. O recorte espacial da pesquisa compreende o litoral dos municípios de Parnamirim e Nísia Floresta, considerando-se os limites dos Setores Censitários do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Quanto ao recorte temporal, foi considerada a década de 1990 até os dias atuais. A metodologia consiste em: 1. levantamento e leitura da produção bibliográfica relacionada ao tema pesquisado, servindo de aporte teórico na construção da análise do objeto estudado; 2. coleta e organização de dados secundários junto ao IBGE e secretarias de turismo do Estado do Rio Grande do Norte, de Natal e dos municípios-focos da pesquisa; 3. pesquisa de campo para georreferenciamento de comércios e serviços públicos e privados; 4. elaboração e análise de documentos cartográficos e fotográficos; 5. aplicação de questionários e/ou entrevistas junto aos comerciantes, prestadores de serviços, turistas, usuários de Segunda Residência, moradores locais e o Poder Público; 7. transcrição das entrevistas obtidas; 8. tabulação e análise dos dados estatísticos, o que possibilitou a elaboração de gráficos, mapas e tabelas que ilustram os resultados obtidos na pesquisa de campo, embasando assim o estudo. A relevância do estudo se mostra pelo amplo levantamento de dados, envolvendo os agentes da pesquisa, entre eles: turistas, usuários de segunda residência e, sobretudo, os dados referentes ao Setor de Serviços até então inexistentes na área analisada. Quanto aos resultados, verificou-se a constituição de novas centralidades emergente naquela área. Sendo duas delas localizadas em Parnamirim, nas localidades de Pium e Pirangi do Norte, e apenas uma constituída em Nísia Floresta, na Praia de Barra de Tabatinga.


  • Mostrar Abstract
  • A pesquisa aqui empreendida analisa o processo de urbanização no litoral de Parnamirim e Nísia Floresta, decorrente do lazer, tendo como principais expressões deste a segunda residência e o turismo no litoral. O lazer promoveu o crescimento de comércios e serviços públicos e privados para atender à demanda consumidora emergente naquela área, que inicialmente ocorreu com os usuários de segunda residência, que começaram paulatinamente a ocupar o litoral desses municípios por volta de 1980 e, mais recentemente, com o desenvolvimento do turismo da década de 1990 até então. Para empreendermos tal análise, georreferenciamos os comércios e serviços públicos e privados do referido litoral, caracterizando-os; avaliamos em que medida os serviços implantados nessa área vêm atendendo às demandas de turistas e usuários de segunda residência; procuramos ainda identificar de que maneira a centralidade de Natal interfere na expansão dos serviços nessas localidades. O recorte espacial da pesquisa compreende o litoral dos municípios de Parnamirim e Nísia Floresta, considerando-se os limites dos Setores Censitários do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Quanto ao recorte temporal, foi considerada a década de 1990 até os dias atuais. A metodologia consiste em: 1. levantamento e leitura da produção bibliográfica relacionada ao tema pesquisado, servindo de aporte teórico na construção da análise do objeto estudado; 2. coleta e organização de dados secundários junto ao IBGE e secretarias de turismo do Estado do Rio Grande do Norte, de Natal e dos municípios-focos da pesquisa; 3. pesquisa de campo para georreferenciamento de comércios e serviços públicos e privados; 4. elaboração e análise de documentos cartográficos e fotográficos; 5. aplicação de questionários e/ou entrevistas junto aos comerciantes, prestadores de serviços, turistas, usuários de Segunda Residência, moradores locais e o Poder Público; 7. transcrição das entrevistas obtidas; 8. tabulação e análise dos dados estatísticos, o que possibilitou a elaboração de gráficos, mapas e tabelas que ilustram os resultados obtidos na pesquisa de campo, embasando assim o estudo. A relevância do estudo se mostra pelo amplo levantamento de dados, envolvendo os agentes da pesquisa, entre eles: turistas, usuários de segunda residência e, sobretudo, os dados referentes ao Setor de Serviços até então inexistentes na área analisada. Quanto aos resultados, verificou-se a constituição de novas centralidades emergente naquela área. Sendo duas delas localizadas em Parnamirim, nas localidades de Pium e Pirangi do Norte, e apenas uma constituída em Nísia Floresta, na Praia de Barra de Tabatinga.

2
  • MARCELO CHIARELLI MILITO
  • Fatores que influenciam o apoio dos residentes à Megaeventos: uma análise sobre o projeto  FIFA WORLD CUP 2014 em Natal/RN.

  • Orientador : SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARLI DE FATIMA FERRAZ DA SILVA TACCONI
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • Data: 26/07/2013

  • Mostrar Resumo
  • A presente dissertação vêm na condição de realizar um trabalho acadêmico que tenha como objeto a opinião popular sobre os megaeventos a serem realizadas no Brasil. Um tema recorrente na atualidade devido ao impacto gerado pelos megaprojetos que circundam esses acontecimentos e que mostra carência da perspectiva teórica específica do turismo. Ao ter como objetivo investigar os fatores que influenciam o apoio dos residentes á megaeventos, buscou-se na intersecção entre os conhecimentos que tangem a gestão de projetos e gestão do turismo uma base teórica que explique os fatores críticos de sucesso em projetos turísticos e o papel da comunidade residente dentro desse processo. A partir de uma análise bibliométrica dos principais periódicos do setor, identificou-se modelos teóricos validados que serviram como base para aplicação empírica da pesquisa, com enfase para Gursoy e Kendall (2006) e Nunkoo e Ramikisson (2011). Foi escolhido como universo da pesquisa os residentes da cidade de Natal/RN, uma das cidades sedes da Copa do Mundo FIFA 2014, com a aplicação de 400 questionários respeitando os conglomerados urbanos que abrangem distintos perfis da sociedade em foco. Dentre as 11 (onze) hipóteses testadas 7 (sete) foram validadas e 4 (quatro) falseadas, com enfase para a confirmação das hipóteses que compõe o eixo do modelo, Social Exchange Theory, e o fator “Confiança nos gestores” com a correlação mais representativa nas percepções e apoio ao megaevento.


  • Mostrar Abstract
  • A presente dissertação vêm na condição de realizar um trabalho acadêmico que tenha como objeto a opinião popular sobre os megaeventos a serem realizadas no Brasil. Um tema recorrente na atualidade devido ao impacto gerado pelos megaprojetos que circundam esses acontecimentos e que mostra carência da perspectiva teórica específica do turismo. Ao ter como objetivo investigar os fatores que influenciam o apoio dos residentes á megaeventos, buscou-se na intersecção entre os conhecimentos que tangem a gestão de projetos e gestão do turismo uma base teórica que explique os fatores críticos de sucesso em projetos turísticos e o papel da comunidade residente dentro desse processo. A partir de uma análise bibliométrica dos principais periódicos do setor, identificou-se modelos teóricos validados que serviram como base para aplicação empírica da pesquisa, com enfase para Gursoy e Kendall (2006) e Nunkoo e Ramikisson (2011). Foi escolhido como universo da pesquisa os residentes da cidade de Natal/RN, uma das cidades sedes da Copa do Mundo FIFA 2014, com a aplicação de 400 questionários respeitando os conglomerados urbanos que abrangem distintos perfis da sociedade em foco. Dentre as 11 (onze) hipóteses testadas 7 (sete) foram validadas e 4 (quatro) falseadas, com enfase para a confirmação das hipóteses que compõe o eixo do modelo, Social Exchange Theory, e o fator “Confiança nos gestores” com a correlação mais representativa nas percepções e apoio ao megaevento.

3
  • MAYARA FERREIRA DE FARIAS
  • TURISMO RELIGIOSO NA CIDADE DA SANTA: A PERCEPÇÃO DA COMUNIDADE SOBRE OS IMPACTOS CAUSADOS ATRAVÉS DA CONSTRUÇÃO DO COMPLEXO TURÍSTICO E RELIGIOSO ALTO DE SANTA RITA, SANTA CRUZ/RN

  • Orientador : MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • SINVAL ALMEIDA PASSOS
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • Data: 23/08/2013

  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa contribui para aprofundar o conhecimento sobre como a atividade do Turismo Religioso vem sendo implementada no Rio Grande do Norte, utilizando do estudo de caso da cidade de Santa Cruz/RN, buscando compreender quais foram os impactos que a construção do Complexo provocou na cidade após sua inauguração. Para tal, utilizaram-se os métodos de aplicação de questionários e roteiros de entrevistas, bem como foi realizado o método de observação participante, individual e sistemática, possuindo caráter exploratório, realizada através de uma análise correlacional em relação aos impactos através da inserção do Turismo Religioso em outros locais. Foi realizada, ainda, análise de discurso das falas dos Stakeholders da cidade de Santa Cruz/RN para compreensão da realidade local. Na pesquisa bibliográfica foram realizadas leituras de livros, artigos, dissertações e teses que tratavam da temática, tendo sido necessário a utilização de dados de sites. Quanto aos meios a pesquisa foi de campo com caráter qualitativo, com base teórica principal nos autores: Abumanssur (2003); Krippendorf (1989, Alves (2005, 2007), Ambrósio (2009), Beni (2006), Carvalho (2004), Christoffoli (2007), Dias (2010, 2003), Pinto (2011), Ribeiro (2010), Sanchis (2006), Sánchez et. al. (2012), Santos (2011), Silveira (2007) e Steil e Carneiro (2008). O Objetivo geral do trabalho foi analisar a cidade de Santa Cruz frente aos impactos das transformações provocados pela inserção do Turismo Religioso com a construção do Complexo Turístico Religioso Alto de Santa Rita, sendo os objetivos específicos: Identificar as atividades econômicas desenvolvidas a partir da construção do Complexo Turístico Religioso Alto de Santa Rita com o monumento de Santa Rita de Cássia; Descrever o cenário da pesquisa ao longo do período de observações no que se refere às tradições, rituais e a nova organização espacial da cidade; e avaliar os impactos provocados através da construção do Complexo Turístico Religioso mediante movimentação de capital humano e econômico propiciado através do Turismo Religioso. Ao final da pesquisa, concluiu-se que a cidade de Santa Cruz sofreu impactos em todos os âmbitos estudados, sejam eles: socioeconômico e culturais, em decorrência, especialmente, pela falta de um planejamento turístico previamente elaborado.


  • Mostrar Abstract
  • A presente pesquisa contribui para aprofundar o conhecimento sobre como a atividade do Turismo Religioso vem sendo implementada no Rio Grande do Norte, utilizando do estudo de caso da cidade de Santa Cruz/RN, buscando compreender quais foram os impactos que a construção do Complexo provocou na cidade após sua inauguração. Para tal, utilizaram-se os métodos de aplicação de questionários e roteiros de entrevistas, bem como foi realizado o método de observação participante, individual e sistemática, possuindo caráter exploratório, realizada através de uma análise correlacional em relação aos impactos através da inserção do Turismo Religioso em outros locais. Foi realizada, ainda, análise de discurso das falas dos Stakeholders da cidade de Santa Cruz/RN para compreensão da realidade local. Na pesquisa bibliográfica foram realizadas leituras de livros, artigos, dissertações e teses que tratavam da temática, tendo sido necessário a utilização de dados de sites. Quanto aos meios a pesquisa foi de campo com caráter qualitativo, com base teórica principal nos autores: Abumanssur (2003); Krippendorf (1989, Alves (2005, 2007), Ambrósio (2009), Beni (2006), Carvalho (2004), Christoffoli (2007), Dias (2010, 2003), Pinto (2011), Ribeiro (2010), Sanchis (2006), Sánchez et. al. (2012), Santos (2011), Silveira (2007) e Steil e Carneiro (2008). O Objetivo geral do trabalho foi analisar a cidade de Santa Cruz frente aos impactos das transformações provocados pela inserção do Turismo Religioso com a construção do Complexo Turístico Religioso Alto de Santa Rita, sendo os objetivos específicos: Identificar as atividades econômicas desenvolvidas a partir da construção do Complexo Turístico Religioso Alto de Santa Rita com o monumento de Santa Rita de Cássia; Descrever o cenário da pesquisa ao longo do período de observações no que se refere às tradições, rituais e a nova organização espacial da cidade; e avaliar os impactos provocados através da construção do Complexo Turístico Religioso mediante movimentação de capital humano e econômico propiciado através do Turismo Religioso. Ao final da pesquisa, concluiu-se que a cidade de Santa Cruz sofreu impactos em todos os âmbitos estudados, sejam eles: socioeconômico e culturais, em decorrência, especialmente, pela falta de um planejamento turístico previamente elaborado.

4
  • CRISTIANE SOARES CARDOSO DANTAS GOMES
  • Geoparque Seridó: Valores Turísticos e Gestão

  • Orientador : CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • MARCOS ANTONIO LEITE DO NASCIMENTO
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • JASMINE CARDOZO MOREIRA
  • Data: 26/08/2013

  • Mostrar Resumo
  • O reconhecimento da geodiversidade na interferência de ecossistemas e habitat resultou na sua discussão e estudo, surgindo assim ações para a sua proteção através da geoconservação. Assim, medidas geoconservacionistas foram desenvolvidas e dentre elas encontra-se o geoturismo. Este novo segmento do turismo promove a proteção e conservação do patrimônio geológico, sua interpretação e valorização e os geoparques são espaços onde são valorizadas atrações turísticas locais com ênfase nos aspectos geológicos. O estudo voltado para o Geoparque Seridó tem como objetivo geral avaliar os valores Turísticos e a viabilidade da implantação do Geoparque Seridó, seguido dos seguintes objetivos específicos, quantificar os valores turísticos e de uso/gestão dos geossitios do geoparque seridó; Validar os parâmetros turísticos e de uso/gestão do modelo de quantificação do patrimônio geológico proposto por Pereira 2010; Avaliar modelos de gestão de geoparques nacionais e internacionais; Sugerir um modelo de gestão mais adequado para o Geoparque Seridó.  Quanto sua abordagem a pesquisa caracteriza-se de cunho qualitativo por meio de um estudo de caso e quantitativo por fazer uso da metodologia de quantificação dos geossitios. Portanto, a pesquisa apontou dez geossitios acima da média para categoria de valor intrínseco, quinze geossitios para categoria de valor científico, dez geossitios para a categoria de valor turístico e quinze para categoria de uso/gestão. Quanto aos seus usos, quatorze geossitios apresentaram valores acima da média para a categoria de uso científico, onze geossitios para categoria de valor de uso turístico, doze geossitios para categoria de valor de conservação e onze geossitios expressaram valores acima da média para categoria Ranking de Relevância com 2 geossitios de relevância internacional e nove de relevância internacional. Entre os planos de gestão avaliados o do Geoparque Arouca mostrou-se o mais completo por atrelar ferramentas da administração e aspectos geológicos.  Com base nos resultados recomenda-se a estrutura organizacional matricial equilibrada para o Geoparque Seridó com uma gestão estrutura em um comitê gestor, diretoria executiva, área administrativa, jurídica, onde a diretoria executiva constituirá frentes de trabalho nas áreas de marketing e comunicação, turismo, científica e cultura e comunidade.  Desse modo Geoparque Seridó apresentou geossitios com valores turísticos acima da média obtida com a pesquisa e de relevância internacional e nacional, o que comprovou a viabilidade da implantação do geoparque.


  • Mostrar Abstract
  • O reconhecimento da geodiversidade na interferência de ecossistemas e habitat resultou na sua discussão e estudo, surgindo assim ações para a sua proteção através da geoconservação. Assim, medidas geoconservacionistas foram desenvolvidas e dentre elas encontra-se o geoturismo. Este novo segmento do turismo promove a proteção e conservação do patrimônio geológico, sua interpretação e valorização e os geoparques são espaços onde são valorizadas atrações turísticas locais com ênfase nos aspectos geológicos. O estudo voltado para o Geoparque Seridó tem como objetivo geral avaliar os valores Turísticos e a viabilidade da implantação do Geoparque Seridó, seguido dos seguintes objetivos específicos, quantificar os valores turísticos e de uso/gestão dos geossitios do geoparque seridó; Validar os parâmetros turísticos e de uso/gestão do modelo de quantificação do patrimônio geológico proposto por Pereira 2010; Avaliar modelos de gestão de geoparques nacionais e internacionais; Sugerir um modelo de gestão mais adequado para o Geoparque Seridó.  Quanto sua abordagem a pesquisa caracteriza-se de cunho qualitativo por meio de um estudo de caso e quantitativo por fazer uso da metodologia de quantificação dos geossitios. Portanto, a pesquisa apontou dez geossitios acima da média para categoria de valor intrínseco, quinze geossitios para categoria de valor científico, dez geossitios para a categoria de valor turístico e quinze para categoria de uso/gestão. Quanto aos seus usos, quatorze geossitios apresentaram valores acima da média para a categoria de uso científico, onze geossitios para categoria de valor de uso turístico, doze geossitios para categoria de valor de conservação e onze geossitios expressaram valores acima da média para categoria Ranking de Relevância com 2 geossitios de relevância internacional e nove de relevância internacional. Entre os planos de gestão avaliados o do Geoparque Arouca mostrou-se o mais completo por atrelar ferramentas da administração e aspectos geológicos.  Com base nos resultados recomenda-se a estrutura organizacional matricial equilibrada para o Geoparque Seridó com uma gestão estrutura em um comitê gestor, diretoria executiva, área administrativa, jurídica, onde a diretoria executiva constituirá frentes de trabalho nas áreas de marketing e comunicação, turismo, científica e cultura e comunidade.  Desse modo Geoparque Seridó apresentou geossitios com valores turísticos acima da média obtida com a pesquisa e de relevância internacional e nacional, o que comprovou a viabilidade da implantação do geoparque.

5
  • SHIRLEY DE LIMA CUNHA SANTOS
  • ATRATIVIDADE CULTURAL E POTENCIALIDADE TURÍSTICA: análise do evento Auto de Natal (Natal – RN)

  • Orientador : MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • SEVERINO ALVES DE LUCENA FILHO
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • JULIE ANTOINETTE CAVIGNAC
  • Data: 13/09/2013

  • Mostrar Resumo
  • Inserido na programação natalina da capital do Rio Grande do Norte, Natal, o espetáculo Auto de Natal mescla a história do nascimento de Jesus Cristo a aspectos do patrimônio cultural e natural do Estado, possibilitando a integração de profissionais de diversas áreas, dentre elas, literatura, teatro, dança e música. Importante para a identidade local, o Auto de Natal integra elementos do patrimônio imaterial potiguar. Nesse contexto, a pesquisa visou analisar a percepção dos agentes envolvidos na produção, encenação e gestão do evento, concebido enquanto atrativo cultural e turístico. Para isso, utilizou-se do método descritivo-exploratório, realizando pesquisa de campo, bibliográfica e documental. Técnicas qualitativas foram aplicadas para a interpretação das entrevistas realizadas, enquanto técnicas quantitativas foram utilizadas para a análise dos questionários. A pesquisa constatou que o Auto de Natal tem potencial turístico para agregar valor ao Turismo Cultural, diversificando a oferta de produtos turísticos. Observou-se que a maioria dos respondentes reconhece o Auto de Natal como patrimônio imaterial. Concluiu-se que a temática natalina alusiva à nomenclatura do destino, se bem trabalhada, atrairá mais turistas para vivenciar o Natal em Natal.


  • Mostrar Abstract
  • Inserido na programação natalina da capital do Rio Grande do Norte, Natal, o espetáculo Auto de Natal mescla a história do nascimento de Jesus Cristo a aspectos do patrimônio cultural e natural do Estado, possibilitando a integração de profissionais de diversas áreas, dentre elas, literatura, teatro, dança e música. Importante para a identidade local, o Auto de Natal integra elementos do patrimônio imaterial potiguar. Nesse contexto, a pesquisa visou analisar a percepção dos agentes envolvidos na produção, encenação e gestão do evento, concebido enquanto atrativo cultural e turístico. Para isso, utilizou-se do método descritivo-exploratório, realizando pesquisa de campo, bibliográfica e documental. Técnicas qualitativas foram aplicadas para a interpretação das entrevistas realizadas, enquanto técnicas quantitativas foram utilizadas para a análise dos questionários. A pesquisa constatou que o Auto de Natal tem potencial turístico para agregar valor ao Turismo Cultural, diversificando a oferta de produtos turísticos. Observou-se que a maioria dos respondentes reconhece o Auto de Natal como patrimônio imaterial. Concluiu-se que a temática natalina alusiva à nomenclatura do destino, se bem trabalhada, atrairá mais turistas para vivenciar o Natal em Natal.

6
  • SAULO GOMES BATISTA
  • DETERMINANTES DE COMPETITIVIDADE DE DESTINOS TURÍSTICOS APLICADOS AOS ROTEIROS REGIONAIS: UMA AVALIAÇÃO DO ROTEIRO SERIDO/RN

  • Orientador : ROSANA MARA MAZARO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ROSANA MARA MAZARO
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • SIDCLEY DSORDI ALVES ALEGRINI DA SILVA
  • Data: 25/09/2013

  • Mostrar Resumo
  • A atividade turística vem ganhando representatividade por movimentar e estimular a economia, sobretudo, por possibilitar a geração de emprego e renda, possibilitando assim oportunidades de crescimento para as localidades onde o turismo se desenvolve. Diante disso o presente estudo intitulado, determinantes de competitividade de destinos turísticos aplicados aos roteiros regionais: uma avaliação do Roteiro Seridó/RN, aborda a temática da competitividade no turismo e tenta compreender o cenário desta, presente no referido roteiro em questão. O objetivo central do estudo é avaliar as condições da competitividade turística no Roteiro Seridó/RN, tendo como objetivos específicos a) Definir o modelo de referência para avaliação de competitividade do roteiro Seridó/RN; b) Aplicar o modelo de avaliação nos municípios de Cerro Corá, Lagoa Nova, Currais Novos, Acari, Carnaúba dos Dantas, Parelhas, Jardim do Seridó e Caicó.; e c) Analisar em que medida os indicadores atendem aos padrões globais de competitividade de destinos turísticos. O tipo de pesquisa realizada foi de caráter exploratório-descritivo e utilizou de metodologia qualitativa, com aplicação do instrumento de avaliação denominado Compet&enible Model (Mazaro, 2006). Visitas técnicas, levantamento de dados primários e pesquisa documental foram as técnicas de pesquisa utilizadas na coleta e a analise dos dados que se valeu de analise de conteúdo e de técnicas de estatísticas descritiva simples. Os resultados permitiram conhecer as reais condições de competitividade do roteiro frente aos atributos de competitividade global do destino que abordou a dimensão governança e competitividade conforme instrumento metodológico, onde a governança foi avaliada como estando em estruturação e na dimensão competitividade foi considerada moderada. Sendo assim, apesar do potencial existente na região do Seridó se faz necessário uma participação mais enérgica e efetiva dos atores que compõem a cadeia produtiva do turismo e em especial no Roteiro Seridó/RN, para que assim o destino possa competir em dimensão local e global. 


  • Mostrar Abstract
  • A atividade turística vem ganhando representatividade por movimentar e estimular a economia, sobretudo, por possibilitar a geração de emprego e renda, possibilitando assim oportunidades de crescimento para as localidades onde o turismo se desenvolve. Diante disso o presente estudo intitulado, determinantes de competitividade de destinos turísticos aplicados aos roteiros regionais: uma avaliação do Roteiro Seridó/RN, aborda a temática da competitividade no turismo e tenta compreender o cenário desta, presente no referido roteiro em questão. O objetivo central do estudo é avaliar as condições da competitividade turística no Roteiro Seridó/RN, tendo como objetivos específicos a) Definir o modelo de referência para avaliação de competitividade do roteiro Seridó/RN; b) Aplicar o modelo de avaliação nos municípios de Cerro Corá, Lagoa Nova, Currais Novos, Acari, Carnaúba dos Dantas, Parelhas, Jardim do Seridó e Caicó.; e c) Analisar em que medida os indicadores atendem aos padrões globais de competitividade de destinos turísticos. O tipo de pesquisa realizada foi de caráter exploratório-descritivo e utilizou de metodologia qualitativa, com aplicação do instrumento de avaliação denominado Compet&enible Model (Mazaro, 2006). Visitas técnicas, levantamento de dados primários e pesquisa documental foram as técnicas de pesquisa utilizadas na coleta e a analise dos dados que se valeu de analise de conteúdo e de técnicas de estatísticas descritiva simples. Os resultados permitiram conhecer as reais condições de competitividade do roteiro frente aos atributos de competitividade global do destino que abordou a dimensão governança e competitividade conforme instrumento metodológico, onde a governança foi avaliada como estando em estruturação e na dimensão competitividade foi considerada moderada. Sendo assim, apesar do potencial existente na região do Seridó se faz necessário uma participação mais enérgica e efetiva dos atores que compõem a cadeia produtiva do turismo e em especial no Roteiro Seridó/RN, para que assim o destino possa competir em dimensão local e global. 

7
  • ANA CAROLINA DE ARAUJO MAGALHÃES
  • Fatores que influenciam na efetivação de ações para o desenvolvimento do turismo municipal: uma análise da regionalização do turismo no Rio Grande do Norte no ano de 2012.

  • Orientador : LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • ANTONIO JANIO FERNANDES
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • Data: 03/12/2013

  • Mostrar Resumo
  • Com o crescimento da atividade turística nas cidades brasileiras, surge a necessidade de ferramentas que possam ordenar o desenvolvimento da atividade de maneira eficiente e eficaz. Tal necessidade leva à preocupação de elaboração de diagnósticos que auxiliem os destinos na prática do turismo, principalmente quando dados identificam falhas no planejamento e gestão municipal nos destinos turísticos em nível nacional. Nesse contexto, o Estado brasileiro intervém na área, através da elaboração de políticas de turismo. Com isso, a presente pesquisa tem como objetivo estudar os municípios participantes dos cinco “Polos Turísticos do Estado do Rio Grande do Norte”, a fim de identificar fatores que possam influenciar na implementação ou não das sete ações municipais sugeridas pelo Ministério do Turismo, contidas no Programa de Regionalização do Turismo - PRT. Para a realização da pesquisa, foi realizado um estudo exploratório-descritivo de abordagem quantitativa, a partir da coleta de dados em 49 municípios pesquisados, sendo o questionário estruturado, fonte de instrumento de pesquisa. Através dos dados coletados verificou-se que, de modo geral, os municípios conseguem atender as sugestões. Referente ao planejamento e execução de ações turísticas, os municípios ainda não realizam as ações sugeridas em sua totalidade, e quando verificado quais os possíveis fatores que levam a essa não realização, identificou-se oito dimensões possíveis para tal questionamento, bem como a posição de cada município em relação às dimensões. Conclui-se que, de forma geral, os municípios se encontram entre as posições intermediária e menos favorável, o que indica que para a realização das ações municipais estes ainda necessitam de melhores desempenhos.


  • Mostrar Abstract
  • Com o crescimento da atividade turística nas cidades brasileiras, surge a necessidade de ferramentas que possam ordenar o desenvolvimento da atividade de maneira eficiente e eficaz. Tal necessidade leva à preocupação de elaboração de diagnósticos que auxiliem os destinos na prática do turismo, principalmente quando dados identificam falhas no planejamento e gestão municipal nos destinos turísticos em nível nacional. Nesse contexto, o Estado brasileiro intervém na área, através da elaboração de políticas de turismo. Com isso, a presente pesquisa tem como objetivo estudar os municípios participantes dos cinco “Polos Turísticos do Estado do Rio Grande do Norte”, a fim de identificar fatores que possam influenciar na implementação ou não das sete ações municipais sugeridas pelo Ministério do Turismo, contidas no Programa de Regionalização do Turismo - PRT. Para a realização da pesquisa, foi realizado um estudo exploratório-descritivo de abordagem quantitativa, a partir da coleta de dados em 49 municípios pesquisados, sendo o questionário estruturado, fonte de instrumento de pesquisa. Através dos dados coletados verificou-se que, de modo geral, os municípios conseguem atender as sugestões. Referente ao planejamento e execução de ações turísticas, os municípios ainda não realizam as ações sugeridas em sua totalidade, e quando verificado quais os possíveis fatores que levam a essa não realização, identificou-se oito dimensões possíveis para tal questionamento, bem como a posição de cada município em relação às dimensões. Conclui-se que, de forma geral, os municípios se encontram entre as posições intermediária e menos favorável, o que indica que para a realização das ações municipais estes ainda necessitam de melhores desempenhos.

8
  • AUGUSTO MARCELO ALCÂNTARA COSTA
  • TURISMO E POBREZA: PERCEPÇÕES DOS GUIAS DE TURISMO MORADORES E NÃO MORADORES QUE TRABALHAM NA FAVELA DA ROCINHA - RIO DE JANEIRO

  • Orientador : MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO JANIO FERNANDES
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • Data: 03/12/2013

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo refere-se a um tema um tanto controverso, na medida em que focaliza um lado menos reconhecido e valorizado, embora a dinâmica do turismo passe a dar outra visualização, que não se pode de antemão considerar favorável ou desfavorável. Analisa-se o fenômeno do turismo relacionado à concepção ou percepção de pobreza partir dos guias de turismo moradores e não-moradores da favela da Rocinha, no Rio de Janeiro. É um assunto com objeto de pesquisa um tanto polêmico, mas sobre o qual já existe uma preocupação acadêmica e científica e que merece um olhar investigador. Enquadra-se como estudo qualitativo, cujo procedimento metodológico baseado em entrevistas e observação participante, sendo o recorte geográfico escolhido a Favela da Rocinha, pela sua expressividade e por ser pioneira nessa modalidade de turismo, teve-se a realização de trabalho de campo com a duração de seis meses, onde acompanhou-se por no mínimo quatro horas a pé o trabalho de dezesseis guias de turismo, sendo oito moradores e oito  não-moradores pela comunidade, que trabalham para diferentes agências de viagens e turismo. Ao final de cada tour, todos os guias de turismo responderam a um questionário semiestruturado, contendo dezenove perguntas. A maioria dos guias de turismo entrevistados autorizou gravar entrevista, fato que possibilitou fazer uma análise do discurso através da linguagem falada. Neste turismo, os turistas estrangeiros são o alvo principal, embora, também conte raramente, com a participação de turistas nacionais. Constata que, a relação entre favela e pobreza, a partir das percepções de guias de turismo moradores reflete melhor a realidade da favela comparado com os guias não moradores, uma vez que eles conhecem inteiramente todos os meandros e melhor todas as dificuldades por que passaram e ainda passam, no que diz respeito à questão da estigmatizarão pela qual vem sofrendo pela  sociedade brasileira, em relação a viver na favela, além de terem que apresentar o seu lugar de moradia como atração turística. Ainda que apresentem a realidade social da Rocinha de modo coerente durante seu trabalho, os guias não moradores preocupam-se em ser o mais natural possível com os turistas, tanto quanto os moradores ao mostrar a favela, do mesmo modo em que evitam autorizarem os turistas a tirarem fotos comprometedoras e que venham expor a intimidade dos moradores da comunidade. Conclui que, apesar de reconhecer a relevância de elevação à categoria de atração turística e suas promissoras perspectivas, requer atenção e prioridade, em face da maior precarização da condição humana, em relação às áreas nobres em que está inserida, devendo o turismo ser um vetor de desenvolvimento, não um mascaramento da realidade.


  • Mostrar Abstract
  • O presente estudo refere-se a um tema um tanto controverso, na medida em que focaliza um lado menos reconhecido e valorizado, embora a dinâmica do turismo passe a dar outra visualização, que não se pode de antemão considerar favorável ou desfavorável. Analisa-se o fenômeno do turismo relacionado à concepção ou percepção de pobreza partir dos guias de turismo moradores e não-moradores da favela da Rocinha, no Rio de Janeiro. É um assunto com objeto de pesquisa um tanto polêmico, mas sobre o qual já existe uma preocupação acadêmica e científica e que merece um olhar investigador. Enquadra-se como estudo qualitativo, cujo procedimento metodológico baseado em entrevistas e observação participante, sendo o recorte geográfico escolhido a Favela da Rocinha, pela sua expressividade e por ser pioneira nessa modalidade de turismo, teve-se a realização de trabalho de campo com a duração de seis meses, onde acompanhou-se por no mínimo quatro horas a pé o trabalho de dezesseis guias de turismo, sendo oito moradores e oito  não-moradores pela comunidade, que trabalham para diferentes agências de viagens e turismo. Ao final de cada tour, todos os guias de turismo responderam a um questionário semiestruturado, contendo dezenove perguntas. A maioria dos guias de turismo entrevistados autorizou gravar entrevista, fato que possibilitou fazer uma análise do discurso através da linguagem falada. Neste turismo, os turistas estrangeiros são o alvo principal, embora, também conte raramente, com a participação de turistas nacionais. Constata que, a relação entre favela e pobreza, a partir das percepções de guias de turismo moradores reflete melhor a realidade da favela comparado com os guias não moradores, uma vez que eles conhecem inteiramente todos os meandros e melhor todas as dificuldades por que passaram e ainda passam, no que diz respeito à questão da estigmatizarão pela qual vem sofrendo pela  sociedade brasileira, em relação a viver na favela, além de terem que apresentar o seu lugar de moradia como atração turística. Ainda que apresentem a realidade social da Rocinha de modo coerente durante seu trabalho, os guias não moradores preocupam-se em ser o mais natural possível com os turistas, tanto quanto os moradores ao mostrar a favela, do mesmo modo em que evitam autorizarem os turistas a tirarem fotos comprometedoras e que venham expor a intimidade dos moradores da comunidade. Conclui que, apesar de reconhecer a relevância de elevação à categoria de atração turística e suas promissoras perspectivas, requer atenção e prioridade, em face da maior precarização da condição humana, em relação às áreas nobres em que está inserida, devendo o turismo ser um vetor de desenvolvimento, não um mascaramento da realidade.

9
  • MARILIA BARBOSA GONÇALVES
  • CRIATIVIDADE EM CAMPO: USO DAS MIDIAS SOCIAIS COMO FERRAMENTA DE MARKETING DE DESTINOS TURISTICOS SEDES DA COPA 2014

  • Orientador : ROSANA MARA MAZARO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • Nelsio Rodrigues de Abreu
  • ROSANA MARA MAZARO
  • Data: 20/12/2013

  • Mostrar Resumo
  • A vida nunca mais será a mesma depois do boom das mídias sociais, nem para indivíduos, nem para organizações. Por combinar uma porção de atributos de atratividades aos usuários, logo as mídias sociais se transformaram num instrumento de comunicação poderoso. Disciplinas como o marketing rapidamente incorporaram o uso das mídias como ferramentas de promoção, comunicação e relacionamento com seus públicos.  O turismo é um dos setores que se apropriaram dessas mídias. Para grandes organizações empresariais do setor, o uso das mídias sociais já se tornou questão estratégica. Por sua vez, os destinos turísticos parecem responder com menos celeridade, porém a tendência é de que sua participação no composto de marketing das destinações seja predominante frente às mídias convencionais. Os estudos sobre o uso das mídias em turismo estão centrados tanto na perspectiva do consumidor, como é o caso de Fotis (2012), Xiang & Gretzel (2009), como na perspectiva organizacional e de utilização pelos destinos, em que se destacam pesquisadores como Lee (2010), Lange-Faria e Elliot (2012), entre outros. Mas o grande nome neste campo teórico da pesquisa em Tecnologia da Informação e Turismo, sem dúvidas, é o de Buhalis, que vem dando grande ênfase em suas publicações às mídias sociais e turismo.  A pesquisa foi baseada num modelo de monitoramento proposto por Hays, Page e Buhalis (2012), que buscou explorar o uso das mídias sociais como ferramenta estratégica de marketing de destinos pelas DMOs dos top 10 países mais visitados por turistas no mundo. Nesta mesma perspectiva e interesse, tem-se como objetivo compreender e estabelecer padrões de uso mais efetivo das mídias sociais como ferramenta de marketing dos destinos turísticos brasileiros, utilizando como mostra as 12 cidades-sedes da Copa 2014. A pesquisa tem caráter exploratório-descritivo, utiliza de fontes bibliográficas e eletrônicas, e segue em sua metodologia uma abordagem quali-quantitativa. A coleta e tabulação dos dados foram realizadas através de instrumento de coleta manual e do software Microsoft Excel, respectivamente. Aplica as técnicas de Avinash Kaushik e do próprio Facebook para medir o nível de engajamento dos usuários. Dentre os principais pontos analisados estão: formas de uso, identidade visual da página e engajamento dos usuários. Por se tratar de pesquisa em ambiente virtual, os sujeitos da pesquisa foram representados pelas 12 cidades-sedes da Copa e suas respectivas fan pages oficiais de turismo ou de prefeituras no Facebook. Os resultados obtidos permitem identificar as principais características das formas de uso das fan pages oficiais dos destinos, além de demonstrar que estas poderiam ser melhor exploradas, a fim de gerar maior audiência e engajamento dos usuários.


  • Mostrar Abstract
  • A vida nunca mais será a mesma depois do boom das mídias sociais, nem para indivíduos, nem para organizações. Por combinar uma porção de atributos de atratividades aos usuários, logo as mídias sociais se transformaram num instrumento de comunicação poderoso. Disciplinas como o marketing rapidamente incorporaram o uso das mídias como ferramentas de promoção, comunicação e relacionamento com seus públicos.  O turismo é um dos setores que se apropriaram dessas mídias. Para grandes organizações empresariais do setor, o uso das mídias sociais já se tornou questão estratégica. Por sua vez, os destinos turísticos parecem responder com menos celeridade, porém a tendência é de que sua participação no composto de marketing das destinações seja predominante frente às mídias convencionais. Os estudos sobre o uso das mídias em turismo estão centrados tanto na perspectiva do consumidor, como é o caso de Fotis (2012), Xiang & Gretzel (2009), como na perspectiva organizacional e de utilização pelos destinos, em que se destacam pesquisadores como Lee (2010), Lange-Faria e Elliot (2012), entre outros. Mas o grande nome neste campo teórico da pesquisa em Tecnologia da Informação e Turismo, sem dúvidas, é o de Buhalis, que vem dando grande ênfase em suas publicações às mídias sociais e turismo.  A pesquisa foi baseada num modelo de monitoramento proposto por Hays, Page e Buhalis (2012), que buscou explorar o uso das mídias sociais como ferramenta estratégica de marketing de destinos pelas DMOs dos top 10 países mais visitados por turistas no mundo. Nesta mesma perspectiva e interesse, tem-se como objetivo compreender e estabelecer padrões de uso mais efetivo das mídias sociais como ferramenta de marketing dos destinos turísticos brasileiros, utilizando como mostra as 12 cidades-sedes da Copa 2014. A pesquisa tem caráter exploratório-descritivo, utiliza de fontes bibliográficas e eletrônicas, e segue em sua metodologia uma abordagem quali-quantitativa. A coleta e tabulação dos dados foram realizadas através de instrumento de coleta manual e do software Microsoft Excel, respectivamente. Aplica as técnicas de Avinash Kaushik e do próprio Facebook para medir o nível de engajamento dos usuários. Dentre os principais pontos analisados estão: formas de uso, identidade visual da página e engajamento dos usuários. Por se tratar de pesquisa em ambiente virtual, os sujeitos da pesquisa foram representados pelas 12 cidades-sedes da Copa e suas respectivas fan pages oficiais de turismo ou de prefeituras no Facebook. Os resultados obtidos permitem identificar as principais características das formas de uso das fan pages oficiais dos destinos, além de demonstrar que estas poderiam ser melhor exploradas, a fim de gerar maior audiência e engajamento dos usuários.

10
  • MESSALINA KAROLINE OLIVEIRA LOD
  • QUALIDADE DA EDUCAÇÃO DO CURSO TÉCNICO DE GUIA DE TURISMO DO IFRN: PERCEPÇÕES DOS EDUCADORES, EX-ALUNOS E EMPREGADORES

  • Orientador : WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SERGIO RODRIGUES LEAL
  • WILKER RICARDO DE MENDONCA NOBREGA
  • JULIANA VIEIRA DE ALMEIDA
  • EDUARDO BRAULIO WANDERLEY NETTO
  • Data: 20/12/2013

  • Mostrar Resumo
  • Diante de uma realidade na qual a pesquisa científica em turismo encontra-se ainda carente de estudos relacionados à qualidade da educação técnica que é oferecida aos futuros profissionais deste setor, este trabalho propôs fazer uma análise a partir das percepções dos educadores, ex-alunos e empregadores quanto à qualidade da educação técnica dos cursos de Guia de Turismo oferecidos pelo IFRN, realizados entre os anos de 2008 e 2012. Para tanto, foram definidos os seguintes objetivos específicos: identificar e avaliar os fatores positivos e negativos relacionados à qualidade da educação técnica do curso de guia de turismo do IFRN a partir das percepções de cada ator envolvido no processo; descrever o perfil sócio-econômico dos ex-discentes, docentes e empregadores participantes da pesquisa e, por fim, sugerir melhorias na educação técnica de guias de turismo do IFRN a partir das percepções analisadas. O trabalho foi desenvolvido a partir de uma análise teórica baseada em Kluge (2008), Cooper, Shepherd e Westlake (1994), Tribe (1997, 2002), Panosso e Lohmann (2008) e Jafari e Ritchie (1981). Este trabalho, quanto à metodologia, caracteriza-se como sendo uma pesquisa descritivo-exploratória,com abordagem quali-quantitativa, onde utilizou-se da pesquisa bibliográfica, documental e de campo. Em relação à quantidade de alunos egressos, utilizou-se a amostragem aleatória simples, onde através de um cálculo (Scheaffer at al., 1995), definiu-se a quantidade mínima de alunos egressos dos cursos de Guia de Turismo, tanto da modalidade subsequente quanto da modalidade integrada que participaram da pesquisa. Quanto aos empregadores, optou-se por não definir-se uma amostra, pois obteve-se uma participação significativa das grandes empresas contratantes de guias do mercado receptivo da região metropolitana de Natal. Em relação aos docentes, apenas 14 dos docentes atuantes no ensino do curso de Guia de Turismo da instituição mencionada participaram da pesquisa. A formulação do instrumento de coleta de dados utilizado baseou-se principalmente em conceitos do Sistema de Certificação TEDQUAL, utilizado pela Organização Mundial do Turismo (OMT) e Themis Foundation. Esta pesquisa possui uma abordagem tanto qualitativa quanto quantitativa, onde os dados qualitativos coletados foram avaliados através de técnicas de análise de conteúdo (Bardin, 2009 e Rocha e Deusdará, 2005) e os quantitativos através de estatística descritiva e inferencial, por exemplo. Dentre os principais resultados obtidos, percebeu-se que existe uma clara necessidade quanto ao estímulo à pratica profissional e estudo de idiomas  durante a realização do curso, frente às necessidades do mercado quanto a guias bem preparados. No entanto, enfrenta-se a desmotivação em relação a essa área profissional pela maioria dos alunos, onde uma quase unanimidade não permanece na área após a conclusão do curso.  Dentre os aspectos positivos, podem ser citados o domínio do conteúdo pelos docentes e uma pequena parcela de professores experientes na área. Os participantes ficaram bastante divididos quanto à uma definição geral se o curso teria qualidade ou não.


  • Mostrar Abstract
  • Diante de uma realidade na qual a pesquisa científica em turismo encontra-se ainda carente de estudos relacionados à qualidade da educação técnica que é oferecida aos futuros profissionais deste setor, este trabalho propôs fazer uma análise a partir das percepções dos educadores, ex-alunos e empregadores quanto à qualidade da educação técnica dos cursos de Guia de Turismo oferecidos pelo IFRN, realizados entre os anos de 2008 e 2012. Para tanto, foram definidos os seguintes objetivos específicos: identificar e avaliar os fatores positivos e negativos relacionados à qualidade da educação técnica do curso de guia de turismo do IFRN a partir das percepções de cada ator envolvido no processo; descrever o perfil sócio-econômico dos ex-discentes, docentes e empregadores participantes da pesquisa e, por fim, sugerir melhorias na educação técnica de guias de turismo do IFRN a partir das percepções analisadas. O trabalho foi desenvolvido a partir de uma análise teórica baseada em Kluge (2008), Cooper, Shepherd e Westlake (1994), Tribe (1997, 2002), Panosso e Lohmann (2008) e Jafari e Ritchie (1981). Este trabalho, quanto à metodologia, caracteriza-se como sendo uma pesquisa descritivo-exploratória,com abordagem quali-quantitativa, onde utilizou-se da pesquisa bibliográfica, documental e de campo. Em relação à quantidade de alunos egressos, utilizou-se a amostragem aleatória simples, onde através de um cálculo (Scheaffer at al., 1995), definiu-se a quantidade mínima de alunos egressos dos cursos de Guia de Turismo, tanto da modalidade subsequente quanto da modalidade integrada que participaram da pesquisa. Quanto aos empregadores, optou-se por não definir-se uma amostra, pois obteve-se uma participação significativa das grandes empresas contratantes de guias do mercado receptivo da região metropolitana de Natal. Em relação aos docentes, apenas 14 dos docentes atuantes no ensino do curso de Guia de Turismo da instituição mencionada participaram da pesquisa. A formulação do instrumento de coleta de dados utilizado baseou-se principalmente em conceitos do Sistema de Certificação TEDQUAL, utilizado pela Organização Mundial do Turismo (OMT) e Themis Foundation. Esta pesquisa possui uma abordagem tanto qualitativa quanto quantitativa, onde os dados qualitativos coletados foram avaliados através de técnicas de análise de conteúdo (Bardin, 2009 e Rocha e Deusdará, 2005) e os quantitativos através de estatística descritiva e inferencial, por exemplo. Dentre os principais resultados obtidos, percebeu-se que existe uma clara necessidade quanto ao estímulo à pratica profissional e estudo de idiomas  durante a realização do curso, frente às necessidades do mercado quanto a guias bem preparados. No entanto, enfrenta-se a desmotivação em relação a essa área profissional pela maioria dos alunos, onde uma quase unanimidade não permanece na área após a conclusão do curso.  Dentre os aspectos positivos, podem ser citados o domínio do conteúdo pelos docentes e uma pequena parcela de professores experientes na área. Os participantes ficaram bastante divididos quanto à uma definição geral se o curso teria qualidade ou não.

11
  • BERNARDO MEISTER GEHRKE
  • DESCOBRINDO NOVAS OFERTAS: recursos histórico-culturais e oportunidades de inovação em turismo para a região do Marco/RN


  • Orientador : ROSANA MARA MAZARO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRÉ LUIZ PIVA DE CARVALHO
  • ROSANA MARA MAZARO
  • MARCOS ANTONIO LEITE DO NASCIMENTO
  • Data: 20/12/2013

  • Mostrar Resumo
  • Fatos históricos relevantes e herança cultural incalculável, fatores de grande atração para o turismo, têm sofrido grande descaso quando se pensa na totalidade da oferta turística do estado do Rio Grande do Norte, apesar de toda a diversidade e riqueza de recursos endógenos encontrados em suas diferentes regiões. Tendo como referência os fundamentos dos sistemas regionais de inovação (RIS) e nas diretrizes políticas definidas no programa de regionalização implantado pelo governo federal, este estudo se concentrou na análise da denominada "Região do Marco", litoral norte do Polo Costa das Dunas-RN, a fim de indicar de que forma os recursos histórico-culturais podem fundamentar inovação no turismo na região, aqui representada pelos municípios de Pedra Grande e São Miguel do Gostoso. A pesquisa tem caráter descritivo, utilizando métodos qualitativos de levantamento e análise de informações, configurando-se, ainda, como um estudo de caso. Os dados foram levantados a partir de pesquisa bibliográfica, documental, entrevista semiestruturada e, principalmente, pela observação participante. Os resultados mostram uma grande diversidade de recursos culturais na região, tanto materiais como imateriais, que contudo se encontram desarticulados, e precisam ser trabalhados para que possam ser incluídos na cadeia produtiva do turismo. A principal oportunidade de inovação diz respeito à volta do Marco à região, com a construção de um memorial. Pela relevância do monumento e pela evidenciação da região, concluímos que a volta do Marco ao seu local de origem, em articulação com os demais recursos culturais, poderá atrair um fluxo de turistas culturais, caracterizando-se assim, como sugere a teoria, como inovação de mercado ou nicho, em um região dominada pelo turismo de sol e mar e de esportes à vela.


  • Mostrar Abstract
  • Fatos históricos relevantes e herança cultural incalculável, fatores de grande atração para o turismo, têm sofrido grande descaso quando se pensa na totalidade da oferta turística do estado do Rio Grande do Norte, apesar de toda a diversidade e riqueza de recursos endógenos encontrados em suas diferentes regiões. Tendo como referência os fundamentos dos sistemas regionais de inovação (RIS) e nas diretrizes políticas definidas no programa de regionalização implantado pelo governo federal, este estudo se concentrou na análise da denominada "Região do Marco", litoral norte do Polo Costa das Dunas-RN, a fim de indicar de que forma os recursos histórico-culturais podem fundamentar inovação no turismo na região, aqui representada pelos municípios de Pedra Grande e São Miguel do Gostoso. A pesquisa tem caráter descritivo, utilizando métodos qualitativos de levantamento e análise de informações, configurando-se, ainda, como um estudo de caso. Os dados foram levantados a partir de pesquisa bibliográfica, documental, entrevista semiestruturada e, principalmente, pela observação participante. Os resultados mostram uma grande diversidade de recursos culturais na região, tanto materiais como imateriais, que contudo se encontram desarticulados, e precisam ser trabalhados para que possam ser incluídos na cadeia produtiva do turismo. A principal oportunidade de inovação diz respeito à volta do Marco à região, com a construção de um memorial. Pela relevância do monumento e pela evidenciação da região, concluímos que a volta do Marco ao seu local de origem, em articulação com os demais recursos culturais, poderá atrair um fluxo de turistas culturais, caracterizando-se assim, como sugere a teoria, como inovação de mercado ou nicho, em um região dominada pelo turismo de sol e mar e de esportes à vela.

12
  • LORENA KALLYNI SILVA ROCHA
  • ATIVOS INTANGÍVEIS (MODELO RBV) COMO RECURSO ESTRATÉGICO E COMPETITIVO: UM ESTUDO EM HOTÉIS DE PEQUENO PORTE (ZONA SUL, NATAL/RN)

  • Orientador : MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SIDCLEY DSORDI ALVES ALEGRINI DA SILVA
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MARIA VALERIA PEREIRA DE ARAUJO
  • Data: 27/12/2013

  • Mostrar Resumo
  • O estudo tem como objetivo analisar a percepção dos gestores sobre os ativos intangíveis como recursos estratégicos e competitivos em hotéis de pequeno porte em Natal/RN, através da teoria da Visão Baseada em Recursos (RBV). Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo exploratória e descritiva, realizada com os gestores (gerentes e proprietários) dos meios de hospedagem de pequeno porte da capital do Rio Grande do Norte por meio de entrevistas semiestruturadas, onde foi aplicada, posteriormente, a técnica da análise de conteúdo (e análise de discurso) com base nos resultados das informações obtidas nas entrevistas. Assim, a pesquisa mostrou que os gestores dos hotéis de pequeno porte visitados (A, B e C) não possuem conhecimento suficiente e satisfatório para definir os seus ativos intangíveis como sendo exclusivos da empresa e faz uso deles, de maneira ocasional, sem compreender ou entender em essência o seu verdadeiro valor quanto um recurso que pode ser utilizado de forma estratégica para obter vantagem competitiva sustentável no mercado hoteleiro de Natal/RN. Isso significa que os gestores não sabem como criar novos atributos e utilizá-los estrategicamente. E precisam ampliar suas parcerias com os Stakeholders. Haja vista a importância do tema da pesquisa em pauta, as informações alcançadas por esta análise poderão contribuir com o fornecimento de informações para estabelecer um panorama atual no que diz respeito à importância atribuída ao conhecimento e uso de recursos (ativos intangíveis) como fonte estratégica e competitiva para a gestão interna da empresa pelos gestores e com isso, possibilitar um diferencial e maior lucro econômico ao longo do tempo neste segmento.


  • Mostrar Abstract
  • O estudo tem como objetivo analisar a percepção dos gestores sobre os ativos intangíveis como recursos estratégicos e competitivos em hotéis de pequeno porte em Natal/RN, através da teoria da Visão Baseada em Recursos (RBV). Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo exploratória e descritiva, realizada com os gestores (gerentes e proprietários) dos meios de hospedagem de pequeno porte da capital do Rio Grande do Norte por meio de entrevistas semiestruturadas, onde foi aplicada, posteriormente, a técnica da análise de conteúdo (e análise de discurso) com base nos resultados das informações obtidas nas entrevistas. Assim, a pesquisa mostrou que os gestores dos hotéis de pequeno porte visitados (A, B e C) não possuem conhecimento suficiente e satisfatório para definir os seus ativos intangíveis como sendo exclusivos da empresa e faz uso deles, de maneira ocasional, sem compreender ou entender em essência o seu verdadeiro valor quanto um recurso que pode ser utilizado de forma estratégica para obter vantagem competitiva sustentável no mercado hoteleiro de Natal/RN. Isso significa que os gestores não sabem como criar novos atributos e utilizá-los estrategicamente. E precisam ampliar suas parcerias com os Stakeholders. Haja vista a importância do tema da pesquisa em pauta, as informações alcançadas por esta análise poderão contribuir com o fornecimento de informações para estabelecer um panorama atual no que diz respeito à importância atribuída ao conhecimento e uso de recursos (ativos intangíveis) como fonte estratégica e competitiva para a gestão interna da empresa pelos gestores e com isso, possibilitar um diferencial e maior lucro econômico ao longo do tempo neste segmento.

2012
Dissertações
1
  • QUEILA PAHIM DA SILVA
  • CONTRIBUIÇÃO DA TEORIA DO CAOS PARA A GESTÃO DO TURISMO: uma análise a partir da percepção dos gestores da Hotelaria de Natal/RN

  • Orientador : MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO JANIO FERNANDES
  • LORE FORTES
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • Data: 28/02/2012

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo tem como objetivo analisar como os gestores da hotelaria percebem a relação da teoria do caos e turismo, descrever como é pensada e concebida a gestão do turismo; mostrar as características caopléxicas do turismo e sua gestão e identificar os elementos do padrão estratégico de gestão e planejamento na visão dos gestores dos Meios de Hospedagem. Os dados foram obtidos através da observação direta intensiva e aplicação de entrevistas aplicadas junto aos hoteleiros da cidade de Natal/RN. Constata que as teorias da mudança e do caos proporcionam visão do conjunto de relações, aspectos e implicações do turismo, com base nas incertezas e instabilidades ambientais e de mercado. Mostra que a maioria dos modelos de análise, planejamento e gestão do turismo ainda é limitada, em razão do seu caráter linear e unidimensional. Destaca que o objetivo da teoria do caos é fornecer explicações dos fenômenos, não é fazer  previsões, pois é impossível prever o futuro a longo prazo. Trata das estratégias de gestão como geradoras de novas fontes de incerteza, pois a realidade não pode ser completamente representada por modelos. Ter consciência desses fatos significa, entretanto, considerar o campo de múltiplas possibilidades e oportunidades da mudança e do caos na gestão do desenvolvimento do turismo. Essas idéias foram aplicadas à análise da gestão do turismo na localidade investigada. Os questionamentos levantados no estudo pautaram-se em pesquisa bibliográfica, fundamentada, principalmente, em autores como Beni, Prahalad, Mintzberg, Ritto, Senge e Hamel. Conclui-se que na era do conhecimento, as organizações que continuam presas ao paradigma mecanicista têm dificuldade de acompanhar as mudanças do mercado e sendo a hotelaria uma indústria de serviços que tem características organizacionais complexas e adaptativas, é imprescindível que os empreendimentos hoteleiros funcionem como sistemas interativos, que acompanhem as mudanças de um mercado tão turbulento e instável tendo na teoria do caos e da complexidade uma das possibilidades de compreender a realidade fora do modelo mecanicista.


  • Mostrar Abstract
  • O presente estudo tem como objetivo analisar como os gestores da hotelaria percebem a relação da teoria do caos e turismo, descrever como é pensada e concebida a gestão do turismo; mostrar as características caopléxicas do turismo e sua gestão e identificar os elementos do padrão estratégico de gestão e planejamento na visão dos gestores dos Meios de Hospedagem. Os dados foram obtidos através da observação direta intensiva e aplicação de entrevistas aplicadas junto aos hoteleiros da cidade de Natal/RN. Constata que as teorias da mudança e do caos proporcionam visão do conjunto de relações, aspectos e implicações do turismo, com base nas incertezas e instabilidades ambientais e de mercado. Mostra que a maioria dos modelos de análise, planejamento e gestão do turismo ainda é limitada, em razão do seu caráter linear e unidimensional. Destaca que o objetivo da teoria do caos é fornecer explicações dos fenômenos, não é fazer  previsões, pois é impossível prever o futuro a longo prazo. Trata das estratégias de gestão como geradoras de novas fontes de incerteza, pois a realidade não pode ser completamente representada por modelos. Ter consciência desses fatos significa, entretanto, considerar o campo de múltiplas possibilidades e oportunidades da mudança e do caos na gestão do desenvolvimento do turismo. Essas idéias foram aplicadas à análise da gestão do turismo na localidade investigada. Os questionamentos levantados no estudo pautaram-se em pesquisa bibliográfica, fundamentada, principalmente, em autores como Beni, Prahalad, Mintzberg, Ritto, Senge e Hamel. Conclui-se que na era do conhecimento, as organizações que continuam presas ao paradigma mecanicista têm dificuldade de acompanhar as mudanças do mercado e sendo a hotelaria uma indústria de serviços que tem características organizacionais complexas e adaptativas, é imprescindível que os empreendimentos hoteleiros funcionem como sistemas interativos, que acompanhem as mudanças de um mercado tão turbulento e instável tendo na teoria do caos e da complexidade uma das possibilidades de compreender a realidade fora do modelo mecanicista.

2
  • JULIANA CRISTINA DE MOURA SOARES
  • INOVAÇÃO NOS EMPREENDIMENTOS TURÍSTICOS: UMA ANÁLISE DAS PRÁTICAS NA CADEIA PRODUTIVA TURÍSTICA DO MUNICÍPIO DE TIBAU DO SUL, RIO GRANDE DO NORTE, BRASIL

  • Orientador : ROSANA MARA MAZARO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • WAYNE THOMAS ENDERS
  • ANTONIO JANIO FERNANDES
  • Data: 28/02/2012

  • Mostrar Resumo
  • Os empreendimentos e destinações turísticas cada vez mais tentam sobreviver em um ambiente globalizado e competitivo, no qual é preciso criar estratégias e captar oportunidades a fim de buscar a diferenciação. Nesse sentido, a inovação, considerada uma ferramenta do empreendedorismo, pode auxiliar tanto na criação de valor e eficiência dos produtos, serviços e administração, quanto na sustentabilidade das empresas e destinos. Com isso, o objetivo principal deste estudo consistiu em analisar as práticas de inovação nos empreendimentos da cadeia produtiva turística no município de Tibau do Sul/RN. Para alcançá-lo foram definidos os seguintes objetivos específicos: caracterizar a cadeia produtiva do turismo de Tibau do Sul; identificar as formas de inovação nos empreendimentos da cadeia produtiva do turismo no município; identificar fatores relacionados com o tipo e nível de inovação; descrever o ambiente em relação à inovação e situar a inovação nos empreendimentos da cadeia produtiva do turismo em Tibau do Sul à luz da literatura relevante existente. Foram investigadas trinta empresas pertencentes aos segmentos da cadeia produtiva do turismo: agenciamento, gastronomia, hospedagem, lazer e entretenimento, transporte, eventos e outros, que correspondeu a uma consultoria turística. No que concerne à metodologia empregada, o presente estudo se caracterizou como sendo uma pesquisa descritivo-exploratória, com abordagem quali-quantitativa, feita através de pesquisa bibliográfica, documental e de campo. Quanto as técnicas utilizadas, estas foram: frequência, média, porcentagem, análise de conglomerados, correlação, análise de variância, Teste T e a técnica não paramétrica de Kruskal Wallis. Os resultados da pesquisa indicaram que: não foi possível identificar com precisão o tamanho e características dos segmentos de atividade pertencentes à cadeia produtiva do turismo de Tibau do Sul devido à carência de informações por parte dos órgãos e instituições ligadas à atividade; os empreendedores se consideram relativamente mais inovadores em produto, serviço, administração e desempenho global, quando comparados aos seus concorrentes locais, por meio de práticas implementadas nos últimos dois anos, relacionadas, principalmente, a inovação em produto; o segmento que mais inovou em produto foi agenciamento, em serviço foi a consultoria, em administração foi hospedagem e em desempenho global da inovação foi, outra vez, a consultoria turística; diversos fatores como tempo de funcionamento, idade do entrevistado e participação no mercado estão relacionados com o nível e tipo de inovação; no geral, os empreendedores pretendem investir em algum tipo de inovação nos próximos anos e possuem interesse sobre o tema; foi possível estabelecer uma relação entre as aplicações dos empreendedores e os conceitos de inovação enfocados na literatura, apesar das percepções ainda serem incipientes quanto ao real significado da inovação e práticas empreendedoras. Face ao exposto, os empreendimentos da cadeia produtiva de Tibau do Sul devem explorar melhor o elemento inovação, aliando suas ações às tendências do perfil do consumidor para que possam, assim, ser mais competitivos e sustentáveis.


  • Mostrar Abstract
  • Os empreendimentos e destinações turísticas cada vez mais tentam sobreviver em um ambiente globalizado e competitivo, no qual é preciso criar estratégias e captar oportunidades a fim de buscar a diferenciação. Nesse sentido, a inovação, considerada uma ferramenta do empreendedorismo, pode auxiliar tanto na criação de valor e eficiência dos produtos, serviços e administração, quanto na sustentabilidade das empresas e destinos. Com isso, o objetivo principal deste estudo consistiu em analisar as práticas de inovação nos empreendimentos da cadeia produtiva turística no município de Tibau do Sul/RN. Para alcançá-lo foram definidos os seguintes objetivos específicos: caracterizar a cadeia produtiva do turismo de Tibau do Sul; identificar as formas de inovação nos empreendimentos da cadeia produtiva do turismo no município; identificar fatores relacionados com o tipo e nível de inovação; descrever o ambiente em relação à inovação e situar a inovação nos empreendimentos da cadeia produtiva do turismo em Tibau do Sul à luz da literatura relevante existente. Foram investigadas trinta empresas pertencentes aos segmentos da cadeia produtiva do turismo: agenciamento, gastronomia, hospedagem, lazer e entretenimento, transporte, eventos e outros, que correspondeu a uma consultoria turística. No que concerne à metodologia empregada, o presente estudo se caracterizou como sendo uma pesquisa descritivo-exploratória, com abordagem quali-quantitativa, feita através de pesquisa bibliográfica, documental e de campo. Quanto as técnicas utilizadas, estas foram: frequência, média, porcentagem, análise de conglomerados, correlação, análise de variância, Teste T e a técnica não paramétrica de Kruskal Wallis. Os resultados da pesquisa indicaram que: não foi possível identificar com precisão o tamanho e características dos segmentos de atividade pertencentes à cadeia produtiva do turismo de Tibau do Sul devido à carência de informações por parte dos órgãos e instituições ligadas à atividade; os empreendedores se consideram relativamente mais inovadores em produto, serviço, administração e desempenho global, quando comparados aos seus concorrentes locais, por meio de práticas implementadas nos últimos dois anos, relacionadas, principalmente, a inovação em produto; o segmento que mais inovou em produto foi agenciamento, em serviço foi a consultoria, em administração foi hospedagem e em desempenho global da inovação foi, outra vez, a consultoria turística; diversos fatores como tempo de funcionamento, idade do entrevistado e participação no mercado estão relacionados com o nível e tipo de inovação; no geral, os empreendedores pretendem investir em algum tipo de inovação nos próximos anos e possuem interesse sobre o tema; foi possível estabelecer uma relação entre as aplicações dos empreendedores e os conceitos de inovação enfocados na literatura, apesar das percepções ainda serem incipientes quanto ao real significado da inovação e práticas empreendedoras. Face ao exposto, os empreendimentos da cadeia produtiva de Tibau do Sul devem explorar melhor o elemento inovação, aliando suas ações às tendências do perfil do consumidor para que possam, assim, ser mais competitivos e sustentáveis.

3
  • FELICIDADE DA JULIANA CHICICO
  • O TURISMO DE BASE LOCAL COMO UM POSSÍVEL INDUTOR DE DESENVOLVIMENTO RURAL – uma análise da realidade e das potencialidades no distrito de Dondo-Moçambique

  • Orientador : FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CELSO DONIZETE LOCATEL
  • ANTONIO JANIO FERNANDES
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • Data: 13/03/2012

  • Mostrar Resumo
  • O atual debate sobre desenvolvimento rural focaliza a abordagem territorial, reconhecendo o caráter multifuncional do espaço rural. Enfatiza o aproveitamento das forças endógenas, a necessidade de implementação de políticas que valorizem as especificidades locais, a participação dos atores sociais na dinamização e revitalização do espaço rural. É neste contexto que o turismo entra como um dos possíveis meios para induzir uma nova dinâmica ao espaço rural, visto que a atividade é tida como um canal para a revalorização dos recursos naturais e culturais, bem como do modo de vida rural. Este estudo trata do turismo de base local como indutor de desenvolvimento rural, traduzindo-se numa análise da realidade e das potencialidades no distrito de Dondo. Nele se propôs analisar as potencialidades para a implantação do turismo de base local no Distrito de Dondo, avaliando até que ponto a realidade local possibilita a inclusão da comunidade na gestão dos recursos turísticos locais. Para tal mostrou-se a inserção do turismo de base local no atual contexto de desenvolvimento rural; identificou-se e organizou-se sistematicamente os fatores que condicionam a implementação do turismo de base comunitária na área de estudo; e verificou-se até que ponto a área estudada corresponde aos condicionantes identificados, mostrando como o turismo de base local pode ser melhor incentivado. Adotou-se um percurso metodológico a abordagem qualitativa, tanto pelos procedimentos e tratamento de dados, como também, pela abordagem crítica, com recurso a pesquisa bibliográfica, documental, entrevistas semi-estruturadas direcionadas ao grupo de gestores públicos que atuam em turismo e lideres comunitários. A análise critica foi feita com base nos princípios de sustentabilidade, nomeadamente sustentabilidade ecológica, social, cultural, econômica e espacial, para além da análise dos aspectos político-institucionais. Os resultados da pesquisa mostram que o distrito de Dondo apresenta um potencial para implementação de um modelo de desenvolvimento de turismo de base local, pois ele é rico em recursos naturais e culturais, beneficia-se de uma boa rede de acessibilidade no contexto do mercado da região, a população vive segundo os seus hábitos e costumes e valorizam a sua identidade. Constata-se também uma boa cooperação entre os membros da comunidade, embora não seja em turismo, fato que se observa através do nível de participação da comunidade em associações, cooperativas e núcleos atuando em áreas como agricultura, pesca, extração de carvão vegetal, ambiente, educação cívica, etc. Possui também fontes de financiamento públicas para incrementar ou estimular o investimento local. Apesar de obstáculos como inexistência de políticas e planos locais para o desenvolvimento do turismo, falta de consciência em relação ao turismo, insuficiência em infra-estruturas básicas, bem como em equipamentos e meios de apoio ao turismo, denota-se que estes problemas podem ser solucionados por meio de um comprometimento tanto do setor público, como da comunidade através de uma planificação conjunta e participativa.


  • Mostrar Abstract
  • O atual debate sobre desenvolvimento rural focaliza a abordagem territorial, reconhecendo o caráter multifuncional do espaço rural. Enfatiza o aproveitamento das forças endógenas, a necessidade de implementação de políticas que valorizem as especificidades locais, a participação dos atores sociais na dinamização e revitalização do espaço rural. É neste contexto que o turismo entra como um dos possíveis meios para induzir uma nova dinâmica ao espaço rural, visto que a atividade é tida como um canal para a revalorização dos recursos naturais e culturais, bem como do modo de vida rural. Este estudo trata do turismo de base local como indutor de desenvolvimento rural, traduzindo-se numa análise da realidade e das potencialidades no distrito de Dondo. Nele se propôs analisar as potencialidades para a implantação do turismo de base local no Distrito de Dondo, avaliando até que ponto a realidade local possibilita a inclusão da comunidade na gestão dos recursos turísticos locais. Para tal mostrou-se a inserção do turismo de base local no atual contexto de desenvolvimento rural; identificou-se e organizou-se sistematicamente os fatores que condicionam a implementação do turismo de base comunitária na área de estudo; e verificou-se até que ponto a área estudada corresponde aos condicionantes identificados, mostrando como o turismo de base local pode ser melhor incentivado. Adotou-se um percurso metodológico a abordagem qualitativa, tanto pelos procedimentos e tratamento de dados, como também, pela abordagem crítica, com recurso a pesquisa bibliográfica, documental, entrevistas semi-estruturadas direcionadas ao grupo de gestores públicos que atuam em turismo e lideres comunitários. A análise critica foi feita com base nos princípios de sustentabilidade, nomeadamente sustentabilidade ecológica, social, cultural, econômica e espacial, para além da análise dos aspectos político-institucionais. Os resultados da pesquisa mostram que o distrito de Dondo apresenta um potencial para implementação de um modelo de desenvolvimento de turismo de base local, pois ele é rico em recursos naturais e culturais, beneficia-se de uma boa rede de acessibilidade no contexto do mercado da região, a população vive segundo os seus hábitos e costumes e valorizam a sua identidade. Constata-se também uma boa cooperação entre os membros da comunidade, embora não seja em turismo, fato que se observa através do nível de participação da comunidade em associações, cooperativas e núcleos atuando em áreas como agricultura, pesca, extração de carvão vegetal, ambiente, educação cívica, etc. Possui também fontes de financiamento públicas para incrementar ou estimular o investimento local. Apesar de obstáculos como inexistência de políticas e planos locais para o desenvolvimento do turismo, falta de consciência em relação ao turismo, insuficiência em infra-estruturas básicas, bem como em equipamentos e meios de apoio ao turismo, denota-se que estes problemas podem ser solucionados por meio de um comprometimento tanto do setor público, como da comunidade através de uma planificação conjunta e participativa.

4
  • EDILENE ADELINO PEQUENO
  • ENSINO SUPERIOR EM TURISMO: UMA ANÁLISE DA RELAÇÃO DOS CURSOS ACADÊMICOS DE TURISMO DA CIDADE DO NATAL-RN E O MERCADO DE TRABALHO NA PERCEPÇÃO DOS EGRESSOS DOS ANOS DE 2009 E 2010

  • Orientador : FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SERGIO RODRIGUES LEAL
  • WAYNE THOMAS ENDERS
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • JULIANA VIEIRA DE ALMEIDA
  • Data: 11/04/2012

  • Mostrar Resumo
  • O processo de desenvolvimento de qualquer área está estreitamente ligado ao ensino e à pesquisa e no turismo não é diferente. Dessa forma, nessa área – na qual a prestação de serviços é um dos fatores intrinsecamente relacionado ao seu sucesso – percebe-se a necessidade de pessoas com formação crítica e mais aprofundada nos diversos aspectos da atividade atuando no setor. Porém, nota-se a existência de diferenças entre o que é oferecido pela academia e o que é exigido pelo mercado. Assim sendo, constitui objetivo desta pesquisa, verificar a relação entre o ensino superior em turismo e o mercado de trabalho na percepção do bacharel da área formado na cidade de Natal-RN, posto que é o turismólogo quem faz o elo entre os dois campos.  A cidade já apresentou oito cursos superiores de turismo, mas atualmente apresenta apenas cinco Instituições de Nível Superior - IES oferecendo essas graduações.  Para conhecimento da percepção dos turismólogo foi necessário realizar a aplicação de um questionário com os egressos formados nos anos de 2009 e 2010. Em conformidade com o objetivo desse estudo, a pesquisa foi exploratório-descritivo. Quanto aos procedimentos técnicos, tratou-se de uma pesquisa documental, bibliográfica e de campo. Para análise, foram aplicadas técnicas qualitativas e quantitativas conforme os objetivos específicos e os tipos de dados coletados. Como resposta as análises pode-se concluir que: os egressos, são maioria do sexo feminino, uma pequena parte está trabalhando na área em que se formou e nem todos recebem grandes salários; as matrizes curriculares dos cursos em atividades são generalistas e os próprios egressos a consideram assim. A IES onde estudou não foi fator decisório para que os egressos conseguissem um emprego. Ademais, muitos dos entrevistados, não tem perspectivas positivas quanto ao futuro enquanto turismólogos  e se pudessem mudar algo em sua trajetórioa profissional teriam optado por fazer outro curso superior . Embora exista essa percepção negativa, quase metade dos respondentes acreditam que o curso atendeu as necessidades do mercado. Todavia, os que não estão trabalhando tiveram  uma visão mais positiva com relação a essa aplicabilidade do ensino superior no mercado de trabalho, enquanto os que já trabalharam na área tem uma visão mais negativa e não acreditam que o curso atenda as necessidades do mercado.


  • Mostrar Abstract
  • O processo de desenvolvimento de qualquer área está estreitamente ligado ao ensino e à pesquisa e no turismo não é diferente. Dessa forma, nessa área – na qual a prestação de serviços é um dos fatores intrinsecamente relacionado ao seu sucesso – percebe-se a necessidade de pessoas com formação crítica e mais aprofundada nos diversos aspectos da atividade atuando no setor. Porém, nota-se a existência de diferenças entre o que é oferecido pela academia e o que é exigido pelo mercado. Assim sendo, constitui objetivo desta pesquisa, verificar a relação entre o ensino superior em turismo e o mercado de trabalho na percepção do bacharel da área formado na cidade de Natal-RN, posto que é o turismólogo quem faz o elo entre os dois campos.  A cidade já apresentou oito cursos superiores de turismo, mas atualmente apresenta apenas cinco Instituições de Nível Superior - IES oferecendo essas graduações.  Para conhecimento da percepção dos turismólogo foi necessário realizar a aplicação de um questionário com os egressos formados nos anos de 2009 e 2010. Em conformidade com o objetivo desse estudo, a pesquisa foi exploratório-descritivo. Quanto aos procedimentos técnicos, tratou-se de uma pesquisa documental, bibliográfica e de campo. Para análise, foram aplicadas técnicas qualitativas e quantitativas conforme os objetivos específicos e os tipos de dados coletados. Como resposta as análises pode-se concluir que: os egressos, são maioria do sexo feminino, uma pequena parte está trabalhando na área em que se formou e nem todos recebem grandes salários; as matrizes curriculares dos cursos em atividades são generalistas e os próprios egressos a consideram assim. A IES onde estudou não foi fator decisório para que os egressos conseguissem um emprego. Ademais, muitos dos entrevistados, não tem perspectivas positivas quanto ao futuro enquanto turismólogos  e se pudessem mudar algo em sua trajetórioa profissional teriam optado por fazer outro curso superior . Embora exista essa percepção negativa, quase metade dos respondentes acreditam que o curso atendeu as necessidades do mercado. Todavia, os que não estão trabalhando tiveram  uma visão mais positiva com relação a essa aplicabilidade do ensino superior no mercado de trabalho, enquanto os que já trabalharam na área tem uma visão mais negativa e não acreditam que o curso atenda as necessidades do mercado.

5
  • CHRISTIANO HENRIQUE DA SILVA MARANHÃO
  • TURISMO, CAPITAL SOCIAL E PRODUÇÃO DO ESPAÇO: UMA LEITURA A PARTIR DO MUNICÍPIO DE NATAL/RN NO PERÍODO DE 1980 A 2012

  • Orientador : FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • JULIANA VIEIRA DE ALMEIDA
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • CELSO DONIZETE LOCATEL
  • Data: 20/04/2012

  • Mostrar Resumo
  • Na conjuntura contemporânea, a fase do desenvolvimento do turismo vivenciada em Natal/RN é intitulada de internacionalização do turismo e denota um modelo turístico que apresenta um planejamento e uma gestão pautados nas necessidades dos visitantes. Tal processo tem evidenciado que tanto a produção, quanto a (re) produção dos espaços municipais com o intuito de condicioná-los para o turismo, geralmente exclui de sua composição, as relações sociais que permeiam o local, sobretudo concernentes a população autóctone, e que são inerentes à própria produção do espaço. Desse modo, a pesquisa surge da percepção do turismo como uma atividade com significativo poder de transformação dos espaços sócio-naturais, com forte apelo exógeno, observando a ocorrência de maneira relacionada, de uma baixa participação do residente nos direcionamentos da atividade turística no município de Natal. No Entanto, a despeito desta realidade, já é possível notar que parte da sociedade civil natalense ora organizada, chamada nesta pesquisa de capital social, inicia ainda que de forma tímida, certa mobilização com vistas a desenvolver ações coletivas que combatam os impactos negativos provocados pelo mau planejamento e ineficiente gestão do turismo, buscando efetivar o direito da participação local nos direcionamentos da atividade. Diante desse panorama é que se busca saber nesta dissertação, de que forma a ação mobilizadora do capital social constituído em Natal/RN tem contribuído para redirecionar o processo de produção espacial, inerente ao processo de expansão do turismo no município de Natal/RN?O estudo apresenta um recorte temporal que inicia no ano de 1980, data que marca a primeira intervenção estatal efetiva com a finalidade de desenvolver o turismo na capital, contemplando ainda uma análise da contemporaneidade, isto é, 2012.  Já como recorte espacial, a pesquisa abarca as praias de Natal que concentram critérios e ações como: visitação, apelo turístico e foco de investimentos nos fixos, destacando-se as praias de: Ponta Negra, Areia Preta, Praia dos Artistas, Praia do Meio, Praia do Forte e Redinha. Este estudo se caracteriza como descritivo-exploratório quanto aos seus objetivos, e no que se refere ao tratamento do objeto, nomeia-se como qualitativo.  As informações coletadas junto à amostra foram por meio das entrevistas estruturadas, com questões abertas. Ainda sobre as opções metodológicas, utiliza-se a análise de conteúdo de Bardin (2004) e também foi empregada a metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo (LEFÉVRE, LEFÉVRE, 2005). Os resultados evidenciam que ainda inexiste em Natal um capital social expressivo ligado ao turismo, capaz de redirecionar em totalidade a produção espacial voltada para a atividade e que caiba nos moldes mencionados por Putnam (2006), onde elementos como a confiança e o civismo se unem na busca do bem comum. É pertinente dizer que o capital social de Natal apresenta dificuldades quanto ao incentivo à confiança, à cooperação espontânea e à participação cívica, fundamentos para a formação de um capital social efetivo, fato este, que dificulta uma articulação mais expressiva na realidade natalense. É oportuno divulgar, como respostas às questões levantadas por esta pesquisa, que o turismo em Natal/RN não é includente, fato que fomenta uma segregação socioespacial expressiva, valorizando primordialmente a ação dos agentes hegemônicos (Estado e Mercado), deixando para a participação da sociedade, pífias oportunidades. Nota-se que as ações continuam sendo encaminhadas num contexto de notória ausência de participação popular. Por isso, afirma-se que o capital social constituído em Natal/RN ainda não contribui, de forma ideal, para um redirecionamento mais justo da produção espacial voltada para o desenvolvimento do turismo potiguar e para o bem comum da população natalense. Com base nesses descompassos, considera-se que esta participação existe, mas de forma pontual, não sendo suficiente para provocar um redirecionamento significativo nas ações que o turismo de Natal necessita na atualidade.


  • Mostrar Abstract
  • Na conjuntura contemporânea, a fase do desenvolvimento do turismo vivenciada em Natal/RN é intitulada de internacionalização do turismo e denota um modelo turístico que apresenta um planejamento e uma gestão pautados nas necessidades dos visitantes. Tal processo tem evidenciado que tanto a produção, quanto a (re) produção dos espaços municipais com o intuito de condicioná-los para o turismo, geralmente exclui de sua composição, as relações sociais que permeiam o local, sobretudo concernentes a população autóctone, e que são inerentes à própria produção do espaço. Desse modo, a pesquisa surge da percepção do turismo como uma atividade com significativo poder de transformação dos espaços sócio-naturais, com forte apelo exógeno, observando a ocorrência de maneira relacionada, de uma baixa participação do residente nos direcionamentos da atividade turística no município de Natal. No Entanto, a despeito desta realidade, já é possível notar que parte da sociedade civil natalense ora organizada, chamada nesta pesquisa de capital social, inicia ainda que de forma tímida, certa mobilização com vistas a desenvolver ações coletivas que combatam os impactos negativos provocados pelo mau planejamento e ineficiente gestão do turismo, buscando efetivar o direito da participação local nos direcionamentos da atividade. Diante desse panorama é que se busca saber nesta dissertação, de que forma a ação mobilizadora do capital social constituído em Natal/RN tem contribuído para redirecionar o processo de produção espacial, inerente ao processo de expansão do turismo no município de Natal/RN?O estudo apresenta um recorte temporal que inicia no ano de 1980, data que marca a primeira intervenção estatal efetiva com a finalidade de desenvolver o turismo na capital, contemplando ainda uma análise da contemporaneidade, isto é, 2012.  Já como recorte espacial, a pesquisa abarca as praias de Natal que concentram critérios e ações como: visitação, apelo turístico e foco de investimentos nos fixos, destacando-se as praias de: Ponta Negra, Areia Preta, Praia dos Artistas, Praia do Meio, Praia do Forte e Redinha. Este estudo se caracteriza como descritivo-exploratório quanto aos seus objetivos, e no que se refere ao tratamento do objeto, nomeia-se como qualitativo.  As informações coletadas junto à amostra foram por meio das entrevistas estruturadas, com questões abertas. Ainda sobre as opções metodológicas, utiliza-se a análise de conteúdo de Bardin (2004) e também foi empregada a metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo (LEFÉVRE, LEFÉVRE, 2005). Os resultados evidenciam que ainda inexiste em Natal um capital social expressivo ligado ao turismo, capaz de redirecionar em totalidade a produção espacial voltada para a atividade e que caiba nos moldes mencionados por Putnam (2006), onde elementos como a confiança e o civismo se unem na busca do bem comum. É pertinente dizer que o capital social de Natal apresenta dificuldades quanto ao incentivo à confiança, à cooperação espontânea e à participação cívica, fundamentos para a formação de um capital social efetivo, fato este, que dificulta uma articulação mais expressiva na realidade natalense. É oportuno divulgar, como respostas às questões levantadas por esta pesquisa, que o turismo em Natal/RN não é includente, fato que fomenta uma segregação socioespacial expressiva, valorizando primordialmente a ação dos agentes hegemônicos (Estado e Mercado), deixando para a participação da sociedade, pífias oportunidades. Nota-se que as ações continuam sendo encaminhadas num contexto de notória ausência de participação popular. Por isso, afirma-se que o capital social constituído em Natal/RN ainda não contribui, de forma ideal, para um redirecionamento mais justo da produção espacial voltada para o desenvolvimento do turismo potiguar e para o bem comum da população natalense. Com base nesses descompassos, considera-se que esta participação existe, mas de forma pontual, não sendo suficiente para provocar um redirecionamento significativo nas ações que o turismo de Natal necessita na atualidade.

6
  • SINTHYA PINHEIRO COSTA
  • O PLANEJAMENTO TURÍSTICO E O COMÉRCIO AMBULANTE: UMA ANÁLISE À LUZ DA TEORIA DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS

  • Orientador : KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JULIANA VIEIRA DE ALMEIDA
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • Data: 26/04/2012

  • Mostrar Resumo
  • A Teoria das Representações Sociais fornece subsídios para analisar cientificamente o que se chama de senso comum, sugerindo que seja dada credibilidade ao pensamento do indivíduo, a partir da atribuição de lógica ao mesmo. As Representações Sociais permitem interpretar, compreender, explicar e assim, classificar as informações, os acontecimentos e os indivíduos. Neste sentido, o presente estudo objetivou analisar de que maneira as representações sociais dos atores do comércio ambulante que atuam na praia de Ponta Negra/RN podem ser utilizadas como elemento para o planejamento turístico. Para se alcançar os objetivos almejados, foi realizada uma pesquisa de abordagem qualitativa, a partir de um estudo descritivo, utilizando como métodos de coleta de dados a pesquisa bibliográfica, a Técnica de Associação Livre de Palavras e o questionário, aplicados com 90 comerciantes ambulantes que atuam na Praia de Ponta Negra/RN. Como instrumentos de análise dos dados utilizaram-se a análise bibliográfica, o software EVOC e SPHINX. Esta pesquisa revelou a predominância no comércio ambulante de pessoas do sexo masculino, entre 18 e 28 anos, com ensino fundamental incompleto, não contribuintes da previdência social e que trabalham 7 dias na semana. O núcleo central das representações traz elementos que explanam que seu conhecimento está pautado nos saberes coletivamente partilhados pela cultura do turismo, sendo este visto como algo que gera benefícios econômicos (dinheiro) para a sociedade, a partir da viagem e da diversão. O planejamento representa o pensamento no futuro, pautado na elaboração de planos que busquem melhorias e organização. Quanto a estrutura e funcionamento do planejamento turístico em Natal/RN, não foi verificado nenhuma representatividade dos comerciantes ambulantes. Conclui-se que, a compreensão das necessidades dos comerciantes ambulantes fornece subsídios para elaboração de estratégias que visem o desenvolvimento do turismo. Isto é conseguido a partir de sua inclusão no planejamento turístico, já que possibilita aos gestores da atividade turística entender como eles estão captando, interpretando e agindo em sua realidade próxima, já que essas representações são fundamentais na formação de opiniões e no estabelecimento de atitudes individuais e coletivas. Desta forma, se constitui como uma importante teoria a ser utilizada para subsidiar pesquisas sociais com indivíduos que vivem a realidade e as necessidades locais, mas que se encontram a margem dos processos decisórios das atividades econômicas brasileiras.


  • Mostrar Abstract
  • A Teoria das Representações Sociais fornece subsídios para analisar cientificamente o que se chama de senso comum, sugerindo que seja dada credibilidade ao pensamento do indivíduo, a partir da atribuição de lógica ao mesmo. As Representações Sociais permitem interpretar, compreender, explicar e assim, classificar as informações, os acontecimentos e os indivíduos. Neste sentido, o presente estudo objetivou analisar de que maneira as representações sociais dos atores do comércio ambulante que atuam na praia de Ponta Negra/RN podem ser utilizadas como elemento para o planejamento turístico. Para se alcançar os objetivos almejados, foi realizada uma pesquisa de abordagem qualitativa, a partir de um estudo descritivo, utilizando como métodos de coleta de dados a pesquisa bibliográfica, a Técnica de Associação Livre de Palavras e o questionário, aplicados com 90 comerciantes ambulantes que atuam na Praia de Ponta Negra/RN. Como instrumentos de análise dos dados utilizaram-se a análise bibliográfica, o software EVOC e SPHINX. Esta pesquisa revelou a predominância no comércio ambulante de pessoas do sexo masculino, entre 18 e 28 anos, com ensino fundamental incompleto, não contribuintes da previdência social e que trabalham 7 dias na semana. O núcleo central das representações traz elementos que explanam que seu conhecimento está pautado nos saberes coletivamente partilhados pela cultura do turismo, sendo este visto como algo que gera benefícios econômicos (dinheiro) para a sociedade, a partir da viagem e da diversão. O planejamento representa o pensamento no futuro, pautado na elaboração de planos que busquem melhorias e organização. Quanto a estrutura e funcionamento do planejamento turístico em Natal/RN, não foi verificado nenhuma representatividade dos comerciantes ambulantes. Conclui-se que, a compreensão das necessidades dos comerciantes ambulantes fornece subsídios para elaboração de estratégias que visem o desenvolvimento do turismo. Isto é conseguido a partir de sua inclusão no planejamento turístico, já que possibilita aos gestores da atividade turística entender como eles estão captando, interpretando e agindo em sua realidade próxima, já que essas representações são fundamentais na formação de opiniões e no estabelecimento de atitudes individuais e coletivas. Desta forma, se constitui como uma importante teoria a ser utilizada para subsidiar pesquisas sociais com indivíduos que vivem a realidade e as necessidades locais, mas que se encontram a margem dos processos decisórios das atividades econômicas brasileiras.

7
  • SUENIA DE FATIMA SILVA GALVÃO
  • Interfaces cultural, política e organizacional do Projeto “Caminhos do Frio – Rota Cultural” no contexto da regionalização do turismo no Brejo Paraibano

  • Orientador : MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • SEVERINO ALVES DE LUCENA FILHO
  • Data: 07/05/2012

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo consiste na análise das interfaces político, cultural e organizacional do projeto “Caminhos do Frio - Rota Cultural” no contexto da regionalização do turismo no Brejo Paraibano e apresenta a caracterização, roteirização e inventariamento dos 6 municípios componentes do projeto Caminhos do Frio – Rota Cultural, a identificação dos elementos culturais de uso turístico utilizados na roteirização do brejo, a investigação da articulação política e organizacional do projeto e a verificação da participação de cada agente produtor do turismo resultante no desenvolvimento do brejo paraibano. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório, de caráter qualitativo, que utiliza-se do paradigma interpretativista para realizar uma análise do ambiente no qual ocorre a regionalização do turismo no brejo da Paraíba e como os atores sociais participam do processo, de forma a buscar o desenvolvimento da região através da cultura e turismo, com a coleta in loco nos 6 municípios partícipes do Projeto coletadas através de entrevistas aos gestores, comunidade, órgãos públicos  e trade turístico, além do uso da técnica da observação direta. Desta feita, com a análise dos dados pôde-se estabelecer a situação da produção cultural e turística e seu desenvolvimento na região do brejo (PB), onde a cultura apresenta-se um instrumento desenvolvimentista dentro da atividade turística devido ao seu potencial de inovação. Foi possível ratificar a inquestionável vocação do turismo cultural da região em questão, já sendo desenvolvidos outros projetos com a utilização dos recursos culturais tendo uma forte influência nas políticas do turismo regional. Assim, como principal resultado vê-se que o desenvolvimento regional desencadeou um processo de refuncionalização/ reapropriação do espaço que acabou reconstruindo uma nova ordenação territorial através do desenvolvimento de uma autonomia regional de gestão, de uma capacidade de apropriação e uso coletivo do excedente econômico, de um processo espontâneo de inclusão social, assim como de conscientização e mobilização turística (mesmo que inicial e tímido), de uma valorização dos bens naturais e culturais por todos os agentes envolvidos e principalmente de uma identificação da população com sua região e sua cultura, pois para se atingir o desenvolvimento regional não basta apenas o incremento econômico, mas, sobretudo a promoção dos fatores sociais endógenos como a mudança nos valores sociais e culturais e a integração dos atores sociais neste processo. Por fim, levando-se em conta as definições de sustentabilidade, considera-se que não se pode afirmar que o modelo de desenvolvimento visto no brejo paraibano é sustentável, porém é um modelo de desenvolvimento regional baseado nas características singulares que cada município possui e que cria uma identidade regional e têm correspondido às expectativas/ resultados almejados e portanto, a viabilidade da região ao desenvolvimento através do turismo cultural ficou comprovada.


  • Mostrar Abstract
  • O presente estudo consiste na análise das interfaces político, cultural e organizacional do projeto “Caminhos do Frio - Rota Cultural” no contexto da regionalização do turismo no Brejo Paraibano e apresenta a caracterização, roteirização e inventariamento dos 6 municípios componentes do projeto Caminhos do Frio – Rota Cultural, a identificação dos elementos culturais de uso turístico utilizados na roteirização do brejo, a investigação da articulação política e organizacional do projeto e a verificação da participação de cada agente produtor do turismo resultante no desenvolvimento do brejo paraibano. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório, de caráter qualitativo, que utiliza-se do paradigma interpretativista para realizar uma análise do ambiente no qual ocorre a regionalização do turismo no brejo da Paraíba e como os atores sociais participam do processo, de forma a buscar o desenvolvimento da região através da cultura e turismo, com a coleta in loco nos 6 municípios partícipes do Projeto coletadas através de entrevistas aos gestores, comunidade, órgãos públicos  e trade turístico, além do uso da técnica da observação direta. Desta feita, com a análise dos dados pôde-se estabelecer a situação da produção cultural e turística e seu desenvolvimento na região do brejo (PB), onde a cultura apresenta-se um instrumento desenvolvimentista dentro da atividade turística devido ao seu potencial de inovação. Foi possível ratificar a inquestionável vocação do turismo cultural da região em questão, já sendo desenvolvidos outros projetos com a utilização dos recursos culturais tendo uma forte influência nas políticas do turismo regional. Assim, como principal resultado vê-se que o desenvolvimento regional desencadeou um processo de refuncionalização/ reapropriação do espaço que acabou reconstruindo uma nova ordenação territorial através do desenvolvimento de uma autonomia regional de gestão, de uma capacidade de apropriação e uso coletivo do excedente econômico, de um processo espontâneo de inclusão social, assim como de conscientização e mobilização turística (mesmo que inicial e tímido), de uma valorização dos bens naturais e culturais por todos os agentes envolvidos e principalmente de uma identificação da população com sua região e sua cultura, pois para se atingir o desenvolvimento regional não basta apenas o incremento econômico, mas, sobretudo a promoção dos fatores sociais endógenos como a mudança nos valores sociais e culturais e a integração dos atores sociais neste processo. Por fim, levando-se em conta as definições de sustentabilidade, considera-se que não se pode afirmar que o modelo de desenvolvimento visto no brejo paraibano é sustentável, porém é um modelo de desenvolvimento regional baseado nas características singulares que cada município possui e que cria uma identidade regional e têm correspondido às expectativas/ resultados almejados e portanto, a viabilidade da região ao desenvolvimento através do turismo cultural ficou comprovada.

8
  • JOSE AGOSTINHO BARBOSA DE SOUZA
  • GESTÃO AMBIENTAL E COMPETITIVIDADE EM DESTINOS TURÍSTICOS: Percepção dos gestores de pequenos meios de hospedagem de Natal/RN sobre o uso de práticas ambientais como fator de competitividade.

  • Orientador : SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MARLI DE FATIMA FERRAZ DA SILVA TACCONI
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • Data: 15/05/2012

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo do trabalho foi investigar a percepção dos gestores de pequenos meios de hospedagem de Natal/RN sobre o uso de práticas ambientais como fator de competitividade. O estudo foi caracterizado como sendo exploratório e descritivo no qual foi utilizada amostra probabilística aleatória, seguida de aplicação de instrumento de coleta de dados (questionários). Foram objetos da pesquisa os pequenos meios de hospedagem localizados no município de Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte, onde foram respondidos um total de 35 questionários. Pode-se concluir com os dados dispostos no trabalho que dentre os indicadores apresentados, o desenvolvimento de programas ambientais no empreendimento, se mostra o menos importante para a escolha do meio de hospedagem pelos clientes, a partir da perspectiva dos empreendimentos. Como principal conclusão do trabalho pode-se então inferir que de acordo com os proprietários e gestores entrevistados, os hóspedes em sua maioria ainda não buscam por empreendimentos que implementam práticas ambientais como fator de decisão na escolha do hotel, porém mesmo assim os entrevistados acreditam que o uso destas práticas pode gerar grande vantagem competitiva em relação aos seus concorrentes. Haja vista a importância do tema da pesquisa em pauta, as informações obtidas por esta investigação poderão contribuir com o fornecimento de dados para estabelecer um panorama atual no que diz respeito à importância atribuída pelos gestores ao uso de práticas ambientais em pequenos meios de hospedagem do município de Natal, onde através do correto uso destas informações, podem ser geradas possibilidades de maior competitividade neste segmento.


  • Mostrar Abstract
  • O objetivo do trabalho foi investigar a percepção dos gestores de pequenos meios de hospedagem de Natal/RN sobre o uso de práticas ambientais como fator de competitividade. O estudo foi caracterizado como sendo exploratório e descritivo no qual foi utilizada amostra probabilística aleatória, seguida de aplicação de instrumento de coleta de dados (questionários). Foram objetos da pesquisa os pequenos meios de hospedagem localizados no município de Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte, onde foram respondidos um total de 35 questionários. Pode-se concluir com os dados dispostos no trabalho que dentre os indicadores apresentados, o desenvolvimento de programas ambientais no empreendimento, se mostra o menos importante para a escolha do meio de hospedagem pelos clientes, a partir da perspectiva dos empreendimentos. Como principal conclusão do trabalho pode-se então inferir que de acordo com os proprietários e gestores entrevistados, os hóspedes em sua maioria ainda não buscam por empreendimentos que implementam práticas ambientais como fator de decisão na escolha do hotel, porém mesmo assim os entrevistados acreditam que o uso destas práticas pode gerar grande vantagem competitiva em relação aos seus concorrentes. Haja vista a importância do tema da pesquisa em pauta, as informações obtidas por esta investigação poderão contribuir com o fornecimento de dados para estabelecer um panorama atual no que diz respeito à importância atribuída pelos gestores ao uso de práticas ambientais em pequenos meios de hospedagem do município de Natal, onde através do correto uso destas informações, podem ser geradas possibilidades de maior competitividade neste segmento.

9
  • JEFFERSON CAVALCANTE FERREIRA
  • PERFIS ESTRATÉGICOS E PERCEPÇÃO DA QUALIDADE: UM ESTUDO EM ESTABELECIMENTOS DO SETOR DE RESTAURAÇÃO (NATAL- RN)

  • Orientador : MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SEVERINO ALVES DE LUCENA FILHO
  • CARLOS ALBERTO FREIRE MEDEIROS
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • Data: 28/05/2012

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho consiste no estudo da gestão estratégica dos estabelecimentos de restauração na rota turística da cidade de Natal, através do estudo do perfil estratégico do gestor e o nível de satisfação da qualidade dos serviços oferecidos. Identifica o perfil estratégico prevalente no setor estudado, mede o nível de satisfação do cliente com os serviços prestados e associa os dois constructos para distinguir os serviços prestados por perfil estratégico. Utiliza população de 33 restaurantes, construída por conveniência, a partir de uma lista  composta com os estabelecimentos associados na Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – ABRASEL, revista Veja Natal comer e beber 2011/2012 e informações de nativos. Apresenta metodologia estatística empregada de natureza descritiva quantitativa complementada pela análise bivariada dos dados. O quantitativo populacional demonstra características da não normalidade verificada  através do teste de Shapiro-Wilks. Utiliza os testes de Kruskal-Wallis para a realização da associação das variáveis e do teste de Mann-Whitney para a realização do pós-teste. Mostra que o perfil estratégico prevalente no setor da restauração em Natal é o analisador ,embora tenham sido detectadas as demais tipologias. Constata que o nível de satisfação com a qualidade dos serviços prestados é elevado obtendo pontuação aproximada de 5 pontos em uma escala Likert de 6 pontos. Demonstra que o cliente consegue distinguir a qualidade dos serviços entre os perfis estratégicos distintos. Identifica distinção entre os serviços prestados pelo perfil prospector em relação aos demais perfis, indicando a dimensão aspectos tangíveis como a que apresenta diferença perceptível. Atesta que variáveis presentes no ambiente do restaurante interferem na construção do perfil estratégico e refletem na prestação do serviço prestado.  Conclui que a qualidade dos serviços prestados pelos estabelecimentos de restauração é influenciada pelo do tipo do perfil estratégico do estabelecimento e que o estudo desta relação oferta aos estabelecimentos oportunidade de desenvolvimento e aprimoramento da qualidade dos seus serviços.


  • Mostrar Abstract
  • Este trabalho consiste no estudo da gestão estratégica dos estabelecimentos de restauração na rota turística da cidade de Natal, através do estudo do perfil estratégico do gestor e o nível de satisfação da qualidade dos serviços oferecidos. Identifica o perfil estratégico prevalente no setor estudado, mede o nível de satisfação do cliente com os serviços prestados e associa os dois constructos para distinguir os serviços prestados por perfil estratégico. Utiliza população de 33 restaurantes, construída por conveniência, a partir de uma lista  composta com os estabelecimentos associados na Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – ABRASEL, revista Veja Natal comer e beber 2011/2012 e informações de nativos. Apresenta metodologia estatística empregada de natureza descritiva quantitativa complementada pela análise bivariada dos dados. O quantitativo populacional demonstra características da não normalidade verificada  através do teste de Shapiro-Wilks. Utiliza os testes de Kruskal-Wallis para a realização da associação das variáveis e do teste de Mann-Whitney para a realização do pós-teste. Mostra que o perfil estratégico prevalente no setor da restauração em Natal é o analisador ,embora tenham sido detectadas as demais tipologias. Constata que o nível de satisfação com a qualidade dos serviços prestados é elevado obtendo pontuação aproximada de 5 pontos em uma escala Likert de 6 pontos. Demonstra que o cliente consegue distinguir a qualidade dos serviços entre os perfis estratégicos distintos. Identifica distinção entre os serviços prestados pelo perfil prospector em relação aos demais perfis, indicando a dimensão aspectos tangíveis como a que apresenta diferença perceptível. Atesta que variáveis presentes no ambiente do restaurante interferem na construção do perfil estratégico e refletem na prestação do serviço prestado.  Conclui que a qualidade dos serviços prestados pelos estabelecimentos de restauração é influenciada pelo do tipo do perfil estratégico do estabelecimento e que o estudo desta relação oferta aos estabelecimentos oportunidade de desenvolvimento e aprimoramento da qualidade dos seus serviços.

10
  • FLAVIA LUANA SOUZA DE MELO ANDRADE
  • ÉTICA NA PESQUISA EM TURISMO: PERCEPÇÃO DE DISCENTES DE PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TURISMO.

  • Orientador : MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SILVANA MARIA BITENCOURT
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • Data: 24/08/2012

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo consiste na análise da percepção da ética por parte dos discentes de pós-graduação em Turismo, no desenvolvimento de suas pesquisas acadêmicas. Caracteriza-se como exploratório-descritivo, sendo considerado quantitativo com alguns elementos analisados de forma qualitativa. Os dados foram coletados através de um questionário eletrônico, originado no google docs e enviado via e-mail para 54 alunos de três Programas de pós-graduação em Turismo: o Mestrado em Turismo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN); o Mestrado em Turismo e Hotelaria da Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI); e o Mestrado em Turismo da Universidade de Caxias do Sul (UCS), obtendo-se 22 respostas. O estudo apresenta o perfil das pesquisas de dissertação dos alunos de pós-graduação, a percepção dos mesmos sobre a ética em pesquisa, bem como as dificuldades enfrentadas no processo de pesquisa. Observa que as pesquisas de dissertação estão voltadas, em sua maioria, para os aspectos histórico-culturais do turismo e a escolha dos temas das dissertações se deu em primeiro lugar, devido à influência das linhas de pesquisa dos orientadores e, em segundo lugar, devido à relevância social. Os métodos mais utilizados nas pesquisas de pós-graduação são o descritivo, o bibliográfico e o exploratório. Observa ainda que a maior parte dos alunos de pós-graduação em turismo (81%) atribui grande valor à ética na realização das suas pesquisas de dissertação, os alunos afirmam que a ética traz credibilidade e seriedade às pesquisas. Além disso, percebeu-se que os mesmos não têm conhecimento sobre a prática de condutas impróprias de pesquisadores na área do Turismo. Demonstra que o principal desafio ético encontrado pelos alunos está no relacionamento com o sujeito da pesquisa, que acontece na fase de coleta de dados. Constata ainda que nenhum dos entrevistados enviou qualquer projeto para ser avaliado por um Comitê de Ética em Pesquisa (CEP), ademais, a maioria não conhece a Resolução 196/96, que possui as principais orientações sobre ética em pesquisa a nível nacional. Conclui que os discentes de pós-graduação em turismo possuem pouco conhecimento quanto às normas e orientações sobre ética em pesquisa. Os mesmos demonstram desconhecer os benefícios que a ética em pesquisa traz com relação à proteção e preservação do participante, bem como quanto aos benefícios que gera à sociedade.


  • Mostrar Abstract
  • O presente estudo consiste na análise da percepção da ética por parte dos discentes de pós-graduação em Turismo, no desenvolvimento de suas pesquisas acadêmicas. Caracteriza-se como exploratório-descritivo, sendo considerado quantitativo com alguns elementos analisados de forma qualitativa. Os dados foram coletados através de um questionário eletrônico, originado no google docs e enviado via e-mail para 54 alunos de três Programas de pós-graduação em Turismo: o Mestrado em Turismo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN); o Mestrado em Turismo e Hotelaria da Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI); e o Mestrado em Turismo da Universidade de Caxias do Sul (UCS), obtendo-se 22 respostas. O estudo apresenta o perfil das pesquisas de dissertação dos alunos de pós-graduação, a percepção dos mesmos sobre a ética em pesquisa, bem como as dificuldades enfrentadas no processo de pesquisa. Observa que as pesquisas de dissertação estão voltadas, em sua maioria, para os aspectos histórico-culturais do turismo e a escolha dos temas das dissertações se deu em primeiro lugar, devido à influência das linhas de pesquisa dos orientadores e, em segundo lugar, devido à relevância social. Os métodos mais utilizados nas pesquisas de pós-graduação são o descritivo, o bibliográfico e o exploratório. Observa ainda que a maior parte dos alunos de pós-graduação em turismo (81%) atribui grande valor à ética na realização das suas pesquisas de dissertação, os alunos afirmam que a ética traz credibilidade e seriedade às pesquisas. Além disso, percebeu-se que os mesmos não têm conhecimento sobre a prática de condutas impróprias de pesquisadores na área do Turismo. Demonstra que o principal desafio ético encontrado pelos alunos está no relacionamento com o sujeito da pesquisa, que acontece na fase de coleta de dados. Constata ainda que nenhum dos entrevistados enviou qualquer projeto para ser avaliado por um Comitê de Ética em Pesquisa (CEP), ademais, a maioria não conhece a Resolução 196/96, que possui as principais orientações sobre ética em pesquisa a nível nacional. Conclui que os discentes de pós-graduação em turismo possuem pouco conhecimento quanto às normas e orientações sobre ética em pesquisa. Os mesmos demonstram desconhecer os benefícios que a ética em pesquisa traz com relação à proteção e preservação do participante, bem como quanto aos benefícios que gera à sociedade.

11
  • ZWYLA ALICE CABRAL GOUVEIA
  • O QUE DIZEM AS TESES E DISSERTAÇÕES EM TURISMO? ANÁLISE DAS TENDÊNCIAS EPISTEMOLÓGICAS DAS PRODUÇÕES (PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - UFRN).

  • Orientador : MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • SILVANA MARIA BITENCOURT
  • Data: 24/08/2012

  • Mostrar Resumo
  • O estudo consiste numa análise das pesquisas com temáticas em turismo, em nível de mestrado e doutorado, investigando suas tendências epistemológicas, no que concerne ao tipo de estudo que vem sendo produzido e aos métodos utilizados. Caracteriza-se como exploratório, documental e bibliográfico, tendo empreendido uma pesquisa transversal que compreende o período de 2007 a 2011. Analisa o contexto das produções acadêmicas em turismo, a natureza dessas pesquisas, os aspectos metodológicos adotados nessas teses e dissertações, as inclinações filosóficas e a coerência e contribuição das mesmas. Utiliza como meio para coleta de dados a Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD) e as secretarias dos Centros Acadêmicos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Emprega a técnica de amostragem por julgamento, e empreende a investigação nos diversos Centros Acadêmicos da UFRN, fazendo uso do método de análise de conteúdo. Mostra que, das 643 pesquisas analisadas, 43 delas possuem temáticas relacionadas ao turismo, o que caracterizou a amostra do presente estudo. Constata que o PPGA é o maior produtor de pesquisas com temáticas em turismo, estando à frente do PPGTur, que ocupa o terceiro lugar, neste  aspecto. Observa que todas as pesquisas analisadas são transversais e a temática mais investigada, com 21% da amostra, está relacionada aos aspectos mercadológicos do turismo, com tema “Administração de Hotéis e Restaurantes (AHR)”. Demonstra que todas as pesquisas da amostra fazem uso de entrevistas, sendo essas, em sua maioria, estruturadas. Percebe que a maior parte desses estudos, com 21% da amostra, emprega o método de análise de conteúdo. Pesquisam-se cerca de cinco vezes mais referências em português que em outros idiomas. Avalia que mais da metade da amostra caracteriza-se como positivista, associada aos aspectos do funcionalismo. Uma minoria de 21% dessas pesquisas busca identificar e recomendar soluções às problemáticas do turismo, ou mesmo representar parte delas. Conclui que os estudos em turismo são, em sua maioria, unifocais, sendo movidos por temáticas relacionadas ao trade turístico. O PPGTur produz um número ainda pouco representativo  de estudos. As teses e dissertações da amostra são limitadas e/ou impossibilitadas de analisar as mudanças do fenômeno provocadas pelo tempo. Apresentam critérios e se utilizam de outros métodos e técnicas para associar-se às entrevistas e à análise de conteúdo, obtendo dados e resultados mais sólidos e confiáveis. Utilizam um baixo número de referências em outros idiomas que não o português. A maior parte dessas pesquisas, caracterizadas como positivista-funcionalistas, investiga o funcionamento de organizações, planejamento, coordenação e expectativas, deixando de lado outras temáticas, também relevantes do turismo. É pouco expressivo o número de estudos que busca identificar soluções às problemáticas do turismo, ou mesmo, que representa parte delas.


  • Mostrar Abstract
  • O estudo consiste numa análise das pesquisas com temáticas em turismo, em nível de mestrado e doutorado, investigando suas tendências epistemológicas, no que concerne ao tipo de estudo que vem sendo produzido e aos métodos utilizados. Caracteriza-se como exploratório, documental e bibliográfico, tendo empreendido uma pesquisa transversal que compreende o período de 2007 a 2011. Analisa o contexto das produções acadêmicas em turismo, a natureza dessas pesquisas, os aspectos metodológicos adotados nessas teses e dissertações, as inclinações filosóficas e a coerência e contribuição das mesmas. Utiliza como meio para coleta de dados a Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD) e as secretarias dos Centros Acadêmicos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Emprega a técnica de amostragem por julgamento, e empreende a investigação nos diversos Centros Acadêmicos da UFRN, fazendo uso do método de análise de conteúdo. Mostra que, das 643 pesquisas analisadas, 43 delas possuem temáticas relacionadas ao turismo, o que caracterizou a amostra do presente estudo. Constata que o PPGA é o maior produtor de pesquisas com temáticas em turismo, estando à frente do PPGTur, que ocupa o terceiro lugar, neste  aspecto. Observa que todas as pesquisas analisadas são transversais e a temática mais investigada, com 21% da amostra, está relacionada aos aspectos mercadológicos do turismo, com tema “Administração de Hotéis e Restaurantes (AHR)”. Demonstra que todas as pesquisas da amostra fazem uso de entrevistas, sendo essas, em sua maioria, estruturadas. Percebe que a maior parte desses estudos, com 21% da amostra, emprega o método de análise de conteúdo. Pesquisam-se cerca de cinco vezes mais referências em português que em outros idiomas. Avalia que mais da metade da amostra caracteriza-se como positivista, associada aos aspectos do funcionalismo. Uma minoria de 21% dessas pesquisas busca identificar e recomendar soluções às problemáticas do turismo, ou mesmo representar parte delas. Conclui que os estudos em turismo são, em sua maioria, unifocais, sendo movidos por temáticas relacionadas ao trade turístico. O PPGTur produz um número ainda pouco representativo  de estudos. As teses e dissertações da amostra são limitadas e/ou impossibilitadas de analisar as mudanças do fenômeno provocadas pelo tempo. Apresentam critérios e se utilizam de outros métodos e técnicas para associar-se às entrevistas e à análise de conteúdo, obtendo dados e resultados mais sólidos e confiáveis. Utilizam um baixo número de referências em outros idiomas que não o português. A maior parte dessas pesquisas, caracterizadas como positivista-funcionalistas, investiga o funcionamento de organizações, planejamento, coordenação e expectativas, deixando de lado outras temáticas, também relevantes do turismo. É pouco expressivo o número de estudos que busca identificar soluções às problemáticas do turismo, ou mesmo, que representa parte delas.

12
  • SYLVANA KELLY MARQUES DA SILVA
  • CENTELHAS DE UMA CIDADE TURÍSTICAS NOS CARTÕES-POSTAIS DE JAECI GALVÃO (1940-1980)

  • Orientador : MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • RAIMUNDO PEREIRA ALENCAR ARRAIS
  • SUSANA DE ARAÚJO GASTAL
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • Data: 18/10/2012

  • Mostrar Resumo
  • O cartão-postal é um meio de comunicação que ganhou popularidade no momento em que a fotografia foi vinculada a seu suporte. Circulou privilegiando, principalmente, as vistas das cidades. Assim, compôs uma tríade entre a paisagem, a fotografia e o turismo. A visualidade que carrega articula-se entre indícios de representações, relações, formas de consciência coletiva e de maneiras de ver o mundo. Em Natal, o fotógrafo Jaeci Emerenciano Galvão registrou as transformações urbanas e sociais, com foco nas intervenções que enfatizavam os centros urbanos, como espaço social e de progresso e a natureza como espaço de contemplação e fruição. São imagens com questões sociais e culturais muito claras, já que a fotografia existe a partir de um processo de criação que consiste em escolhas e decisões sobre o que merece ser fotografado. Assim sendo, a presente pesquisa investiga o papel das fotografias evidenciadas nos cartões-postais, de Jaeci, tendo em vista a inserção do turismo nos espaços natalenses e a visualidade assumida no contexto de sua própria identidade. O arcabouço teórico que compõe as discussões a respeito da paisagem, da cidade, do turismo e da representação fotográfica nos cartões-postais, está focada na pesquisa bibliográfica fundamentada nas ideias de Schama (1996), Corbin (1989), Cosgrove (1998), Kossoy (2003; 2006; 2009), entre outros. Essa investigação, contribuiu para interpretar e compreender a construção simbólica apresentada nos cartões-postais. Metodologicamente o trabalho foi elaborado, também, através de pesquisa em acervos, jornais, levantamento dos cartões-postais, entrevistas e a análise iconográfica e iconológica proposta por Kossoy. Ao final, conclui-se que os cartões-postais de Jaeci Galvão estabeleceram-se como elementos essenciais para a representação simbólica das paisagens turísticas em Natal.


  • Mostrar Abstract
  • O cartão-postal é um meio de comunicação que ganhou popularidade no momento em que a fotografia foi vinculada a seu suporte. Circulou privilegiando, principalmente, as vistas das cidades. Assim, compôs uma tríade entre a paisagem, a fotografia e o turismo. A visualidade que carrega articula-se entre indícios de representações, relações, formas de consciência coletiva e de maneiras de ver o mundo. Em Natal, o fotógrafo Jaeci Emerenciano Galvão registrou as transformações urbanas e sociais, com foco nas intervenções que enfatizavam os centros urbanos, como espaço social e de progresso e a natureza como espaço de contemplação e fruição. São imagens com questões sociais e culturais muito claras, já que a fotografia existe a partir de um processo de criação que consiste em escolhas e decisões sobre o que merece ser fotografado. Assim sendo, a presente pesquisa investiga o papel das fotografias evidenciadas nos cartões-postais, de Jaeci, tendo em vista a inserção do turismo nos espaços natalenses e a visualidade assumida no contexto de sua própria identidade. O arcabouço teórico que compõe as discussões a respeito da paisagem, da cidade, do turismo e da representação fotográfica nos cartões-postais, está focada na pesquisa bibliográfica fundamentada nas ideias de Schama (1996), Corbin (1989), Cosgrove (1998), Kossoy (2003; 2006; 2009), entre outros. Essa investigação, contribuiu para interpretar e compreender a construção simbólica apresentada nos cartões-postais. Metodologicamente o trabalho foi elaborado, também, através de pesquisa em acervos, jornais, levantamento dos cartões-postais, entrevistas e a análise iconográfica e iconológica proposta por Kossoy. Ao final, conclui-se que os cartões-postais de Jaeci Galvão estabeleceram-se como elementos essenciais para a representação simbólica das paisagens turísticas em Natal.

13
  • ARTUR MANUEL MARULO
  • TURISMO E MEIO AMBIENTE: uma análise do ecoturismo e sua contribuição sócio-ambiental no Distrito de Matutuine: Caso da Reserva Especial de Maputo - Moçambique.

  • Orientador : SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MARLI DE FATIMA FERRAZ DA SILVA TACCONI
  • Data: 14/11/2012

  • Mostrar Resumo
  • Moçambique é detentor de um potencial para o desenvolvimento do turismo, principalmente para o turismo de natureza, devido a existencia de áreas de conservação por quase todo o País. A Reserva Especial de Maputo (REM) configura-se como uma das mais importantes unidades de conservação e tem beneficiado de investimento por forma a dinamizar o desenvolvimento do turismo na região. Atualmente assiste-se a aumento substancial na demanda de visitantes que se deslocam para REM com a intenção de desenvolver uma serie de atividades de natureza recreativa relacionados ao ecoturismo. Atualmente o desafio reside na forma de otimização das oportunidades para o desenvolvimento do turismo com vista a atingir um nível de desenvolvimento econômico que conduza à redução da pobreza, sem degradar o meio ambiente. O ecoturismo face as demandas e discussões ambientais vem se assumindo como uma alternativa para o mercado turístico focado em áreas protegidas, pois acredita-se que este segmento é capaz de conciliar o desenvolvimento do turismo e simultaneamente contribuir para melhorar a conservação do meio natural e ainda garantir a valorização das comunidades locais e promovendo o seu bem estar. Este estudo se propõe a fazer uma abordagem partindo da percepção das comunidades locais sobre o ecoturismo e sua contribuição sócio-ambiental no Distrito de Matutuine, caso da Reserva Especial de Maputo em Moçambique. A pesquisa buscou averiguar as relações entre desenvolvimento do ecoturismo na região e a geração de benefícios de âmbito sócio-ambiental para as comunidades residentes. Para alcançar o objetivo proposto, realizou-se uma analise crítica acerca da geração de benefícios sócio-ambientais versus ecoturismo no qual optou-se por uma abordagem quali-quantitativas procurando-se estabelecer o grau de concordância e discordância em relação os benefícios gerados pelo ecoturismo através de entrevistas aos membros da comunidade.


  • Mostrar Abstract
  • Moçambique é detentor de um potencial para o desenvolvimento do turismo, principalmente para o turismo de natureza, devido a existencia de áreas de conservação por quase todo o País. A Reserva Especial de Maputo (REM) configura-se como uma das mais importantes unidades de conservação e tem beneficiado de investimento por forma a dinamizar o desenvolvimento do turismo na região. Atualmente assiste-se a aumento substancial na demanda de visitantes que se deslocam para REM com a intenção de desenvolver uma serie de atividades de natureza recreativa relacionados ao ecoturismo. Atualmente o desafio reside na forma de otimização das oportunidades para o desenvolvimento do turismo com vista a atingir um nível de desenvolvimento econômico que conduza à redução da pobreza, sem degradar o meio ambiente. O ecoturismo face as demandas e discussões ambientais vem se assumindo como uma alternativa para o mercado turístico focado em áreas protegidas, pois acredita-se que este segmento é capaz de conciliar o desenvolvimento do turismo e simultaneamente contribuir para melhorar a conservação do meio natural e ainda garantir a valorização das comunidades locais e promovendo o seu bem estar. Este estudo se propõe a fazer uma abordagem partindo da percepção das comunidades locais sobre o ecoturismo e sua contribuição sócio-ambiental no Distrito de Matutuine, caso da Reserva Especial de Maputo em Moçambique. A pesquisa buscou averiguar as relações entre desenvolvimento do ecoturismo na região e a geração de benefícios de âmbito sócio-ambiental para as comunidades residentes. Para alcançar o objetivo proposto, realizou-se uma analise crítica acerca da geração de benefícios sócio-ambientais versus ecoturismo no qual optou-se por uma abordagem quali-quantitativas procurando-se estabelecer o grau de concordância e discordância em relação os benefícios gerados pelo ecoturismo através de entrevistas aos membros da comunidade.

2011
Dissertações
1
  • ARTEMISIA DOS SANTOS SOARES
  • O ECOTURISMO SOB A ÉGIDE DA SOCIEDADE DO CONSUMO: um estudo das Unidades de Conservação de uso sustentável do RN.

  • Orientador : FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • ZYSMAN NEIMAN
  • Data: 14/04/2011

  • Mostrar Resumo
  • O ecoturismo, face às demandas e discussões ambientais, tem alcançado proeminência no mercado turístico e amplo desenvolvimento mundial, ensejando uma preocupação quanto à necessidade de um aprofundamento científico através de uma abordagem crítica das dinâmicas de consumo e conservação que permeiam essa prática. Este estudo aborda o ecoturismo sob a égide da sociedade do consumo, na qual se percebe que este se constituiu numa prática contestadora da sociedade na qual está inserida, mas que, todavia tem se submetido à lógica do capital através da mercantilização da natureza. Objetivando a compreensão da realidade apresentada, este estudo teve como recorte geográfico duas Unidades de Conservação de Uso Sustentável do estado do Rio Grande do Norte: a Área de Proteção Ambiental Jenipabu (APAJ) e a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Estadual Ponta do Tubarão (RDSEPT). A pesquisa buscou averiguar as relações entre conservação e consumo e suas influências no ecoturismo realizado nas Unidades de Conservação (UCs) de uso sustentável selecionadas para este estudo. Para tanto, realizou-se uma reflexão crítica acerca da relação conservação versus consumo constante na prática do ecoturismo em UCs no contexto da atual sociedade, analisando-se o processo histórico de formação das UCs de uso sustentável do RN à luz do par contraditório conservação-consumo, bem como buscando-se apreender a percepção sobre o ecoturismo dos atores envolvidos com esta prática. Teve-se como percurso metodológico uma abordagem qualitativa sob uma perspectiva crítica, baseada em pesquisa bibliográfica e documental e realização de entrevistas semi-estruturadas com três grupos de atores, a saber: gestores/técnicos, comunidade e ecoturistas envolvidos com o ecoturismo nas UCs selecionadas. A análise foi realizada a partir de duas unidades de análise basilares (consumo e conservação) e doze categorias. Para a definição das unidades de análise e categorias foram tomados como referência os autores Santos (1987; 1988; 1994; 2001; 2006), Guerreiro Ramos (1989) e A. B. Rodrigues (1996; 2003), que realizam crítica à sociedade do consumo e descrevem as principais características do meio técnico-científico-informacional predominante; e Diegues (1998; 2000), A. B. Rodrigues (2001), Pires (2002) e Neiman e Rabinovici (2010), que discorrem histórica e cientificamente acerca da ênfase na conservação constante nas origens e no discurso do ecoturismo, descrevendo também suas características fundantes. Os principais resultados revelam que o uso mercadológico do prefixo “eco” tem atuado como uma nova roupagem para o que na realidade ainda se revela antigo, ou seja, usa-se a conservação como justificativa para mais um novo tipo de consumo. Os resultados também evidenciam que apesar da coexistência de intencionalidades mercantis e simbólicas em ambas UCs, é possível observar a predominância de características da sociedade do consumo no processo de criação e nas atividades produtivas da APAJ, enquanto na RDSEPT nota-se a predominância das características conservacionistas apregoadas pelo ecoturismo. Pode-se inferir, portanto, que o turismo realizado na APAJ não pode ser denominado de ecoturismo, enquanto as práticas observadas na RDSEPT evidenciam um alinhamento com as diretrizes do ecoturismo.


  • Mostrar Abstract
  • O ecoturismo, face às demandas e discussões ambientais, tem alcançado proeminência no mercado turístico e amplo desenvolvimento mundial, ensejando uma preocupação quanto à necessidade de um aprofundamento científico através de uma abordagem crítica das dinâmicas de consumo e conservação que permeiam essa prática. Este estudo aborda o ecoturismo sob a égide da sociedade do consumo, na qual se percebe que este se constituiu numa prática contestadora da sociedade na qual está inserida, mas que, todavia tem se submetido à lógica do capital através da mercantilização da natureza. Objetivando a compreensão da realidade apresentada, este estudo teve como recorte geográfico duas Unidades de Conservação de Uso Sustentável do estado do Rio Grande do Norte: a Área de Proteção Ambiental Jenipabu (APAJ) e a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Estadual Ponta do Tubarão (RDSEPT). A pesquisa buscou averiguar as relações entre conservação e consumo e suas influências no ecoturismo realizado nas Unidades de Conservação (UCs) de uso sustentável selecionadas para este estudo. Para tanto, realizou-se uma reflexão crítica acerca da relação conservação versus consumo constante na prática do ecoturismo em UCs no contexto da atual sociedade, analisando-se o processo histórico de formação das UCs de uso sustentável do RN à luz do par contraditório conservação-consumo, bem como buscando-se apreender a percepção sobre o ecoturismo dos atores envolvidos com esta prática. Teve-se como percurso metodológico uma abordagem qualitativa sob uma perspectiva crítica, baseada em pesquisa bibliográfica e documental e realização de entrevistas semi-estruturadas com três grupos de atores, a saber: gestores/técnicos, comunidade e ecoturistas envolvidos com o ecoturismo nas UCs selecionadas. A análise foi realizada a partir de duas unidades de análise basilares (consumo e conservação) e doze categorias. Para a definição das unidades de análise e categorias foram tomados como referência os autores Santos (1987; 1988; 1994; 2001; 2006), Guerreiro Ramos (1989) e A. B. Rodrigues (1996; 2003), que realizam crítica à sociedade do consumo e descrevem as principais características do meio técnico-científico-informacional predominante; e Diegues (1998; 2000), A. B. Rodrigues (2001), Pires (2002) e Neiman e Rabinovici (2010), que discorrem histórica e cientificamente acerca da ênfase na conservação constante nas origens e no discurso do ecoturismo, descrevendo também suas características fundantes. Os principais resultados revelam que o uso mercadológico do prefixo “eco” tem atuado como uma nova roupagem para o que na realidade ainda se revela antigo, ou seja, usa-se a conservação como justificativa para mais um novo tipo de consumo. Os resultados também evidenciam que apesar da coexistência de intencionalidades mercantis e simbólicas em ambas UCs, é possível observar a predominância de características da sociedade do consumo no processo de criação e nas atividades produtivas da APAJ, enquanto na RDSEPT nota-se a predominância das características conservacionistas apregoadas pelo ecoturismo. Pode-se inferir, portanto, que o turismo realizado na APAJ não pode ser denominado de ecoturismo, enquanto as práticas observadas na RDSEPT evidenciam um alinhamento com as diretrizes do ecoturismo.

2
  • MICHEL JAIRO VIEIRA DA SILVA
  • SEGREGAÇÃO SOCIOESPACIAL E TURISMO: SEMELHANÇAS E DISPARIDADES NA REPRESENTAÇÃO FÍLMICA DE NATAL (CIDADE DO SOL) / RN ATRAVÉS DO OLHAR DO TURISTA E DO RESIDENTE

    

  • Orientador : LORE FORTES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUZIA NEIDE MENEZES TEIXEIRA CORIOLANO
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • LORE FORTES
  • Data: 09/06/2011

  • Mostrar Resumo
  • A partir de um apontamento de Ítalo Calvino, em seu romance Cidades Invisíveis, em que o mesmo aconselha a se evitar dizer “que algumas vezes cidades diferentes sucedem-se no mesmo solo e com mesmo nome, nascem e morrem sem se conhecer, incomunicáveis entre si”, é que se inquieta, e se desdobra este trabalho de caráter transdisciplinar (pressupostos sociologia, antropologia, geografia e comunicação). Diante da reflexão acerca da segregação socioespacial e turismo: pobreza-riqueza, centro-periferia, tradição-espetacularização, visitante-visitado, essa pesquisa, ao mapear o circuito turístico, discute o fenômeno sitiando a cidade real e turística: Natal e “Cidade do Sol” – Rio Grande do Norte, através de vídeos produzidos por residentes (documentários) e turistas (registros postados na Internet). Ao fazer uma análise comparativa entre as realidades vividas entre esses dois sujeitos (residente e turista), a pesquisa destaca poucas semelhanças, muitas disparidades de experiência com o urbano, evidenciando a existência de duas realidades bastante distintas (região turística X região da periferia). Baseado na corrente teórica da fenomenologia, da representação social, e se utilizando da análise de conteúdo fílmico, esta dissertação acaba por entender o turismo em Natal enquanto atividade que direciona e concentra os investimentos públicos infra-estruturais à região turística, em detrimento de áreas mais carentes da cidade. A experiência turística promove ao visitante uma viagem segmentada e desintegrada do cotidiano, da cultura e do contato com o residente. Residente esse que em grande parte é morador de área desassistida e carente, sem perspectiva de vida (representada pela Comunidade Novo Horizonte). O confinamento e segregação ocorre até em seus momentos de lazer e expressões culturais (representado pela Praia da Redinha), visto que as áreas privadas e públicas de lazer turístico indiretamente impedem o acesso daqueles que não podem contribuir à atividade de consumo presente nessas regiões.

    


  • Mostrar Abstract
  • A partir de um apontamento de Ítalo Calvino, em seu romance Cidades Invisíveis, em que o mesmo aconselha a se evitar dizer “que algumas vezes cidades diferentes sucedem-se no mesmo solo e com mesmo nome, nascem e morrem sem se conhecer, incomunicáveis entre si”, é que se inquieta, e se desdobra este trabalho de caráter transdisciplinar (pressupostos sociologia, antropologia, geografia e comunicação). Diante da reflexão acerca da segregação socioespacial e turismo: pobreza-riqueza, centro-periferia, tradição-espetacularização, visitante-visitado, essa pesquisa, ao mapear o circuito turístico, discute o fenômeno sitiando a cidade real e turística: Natal e “Cidade do Sol” – Rio Grande do Norte, através de vídeos produzidos por residentes (documentários) e turistas (registros postados na Internet). Ao fazer uma análise comparativa entre as realidades vividas entre esses dois sujeitos (residente e turista), a pesquisa destaca poucas semelhanças, muitas disparidades de experiência com o urbano, evidenciando a existência de duas realidades bastante distintas (região turística X região da periferia). Baseado na corrente teórica da fenomenologia, da representação social, e se utilizando da análise de conteúdo fílmico, esta dissertação acaba por entender o turismo em Natal enquanto atividade que direciona e concentra os investimentos públicos infra-estruturais à região turística, em detrimento de áreas mais carentes da cidade. A experiência turística promove ao visitante uma viagem segmentada e desintegrada do cotidiano, da cultura e do contato com o residente. Residente esse que em grande parte é morador de área desassistida e carente, sem perspectiva de vida (representada pela Comunidade Novo Horizonte). O confinamento e segregação ocorre até em seus momentos de lazer e expressões culturais (representado pela Praia da Redinha), visto que as áreas privadas e públicas de lazer turístico indiretamente impedem o acesso daqueles que não podem contribuir à atividade de consumo presente nessas regiões.

    

3
  • DARLYNE FONTES VIRGINIO
  • GESTÃO PÚBLICA DO TURISMO: UMA ANÁLISE DOS IMPACTOS DA POLÍTICA MACRO DE REGIONALIZAÇÃO TURÍSTICA NO PERÍODO 2004-2011 NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, BRASIL.

  • Orientador : LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JULIANA VIEIRA DE ALMEIDA
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • Data: 01/08/2011

  • Mostrar Resumo
  • O turismo impulsiona e incrementa relações nas diversas atividades socioeconômicas com que interage, o que pode induzir certo desenvolvimento em localidades com potencial para sua realização. Muitas transformações sociais, políticas, econômicas, ambientais e culturais, são processadas em sua decorrência, é nesse contexto, que surge a necessidade de um planejamento turístico. Com isso, evidencia-se a necessidade de envolver diretamente nesse processo, entidades públicas, órgãos privados e a sociedade civil organizada, para tanto, a existência de políticas específicas para o setor do turismo se fazem fundamentais para seu desenvolvimento. Dentro desse contexto, o Ministério do Turismo adotou um modelo de gestão voltado para a disseminação dessa atividade nos demais municípios e regiões do Brasil e, sendo o turismo no Rio Grande do Norte um dos setores mais promissores, integra como parte de suas políticas públicas o Macroprograma de Regionalização do Turismo com vistas a interiorizar essa atividade. Com base nisso, o atual trabalho propôs avaliar se o macroPRT é uma importante política de desenvolvimento para o estado. Tem como método de abordagem a dialética, e um método de procedimento funcional com viés crítico, para tanto, foi utilizada uma metodologia do tipo descritivo-exploratória de natureza qualitativa, fez uso de entrevistas estruturadas com gestores estaduais, regionais e municipais de turismo. Assim como, utilizou um índice que visa identificar a implementação da regionalização do turismo no estado, construído a partir dos módulos operacionais que constituem e disseminam as etapas dessa política. Dentre as conclusões possíveis nesse estudo, vale destacar que importantes avanços como a criação das 05 regiões turísticas e de seus conselhos de turismo proporcionam um ambiente que se mostra articulado, porém ainda não está sensibilizado e/ou mobilizado em grande parte dos municípios que estão inseridos nessas regiões. De modo geral, não se pode dizer que a implementação da regionalização ocorra de forma plena no estado, isso está longe de acontecer. A formulação da política é boa, mas a ineficiência na gestão por diversos fatores, prejudica sua implementação. Diante desse cenário, torna-se desafiador pensar num turismo com bases na regionalização que venha a mudar a paisagem rumo a um desenvolvimento social, econômico, político e ambiental nos moldes da sustentabilidade como o próprio MTur difunde.


  • Mostrar Abstract
  • O turismo impulsiona e incrementa relações nas diversas atividades socioeconômicas com que interage, o que pode induzir certo desenvolvimento em localidades com potencial para sua realização. Muitas transformações sociais, políticas, econômicas, ambientais e culturais, são processadas em sua decorrência, é nesse contexto, que surge a necessidade de um planejamento turístico. Com isso, evidencia-se a necessidade de envolver diretamente nesse processo, entidades públicas, órgãos privados e a sociedade civil organizada, para tanto, a existência de políticas específicas para o setor do turismo se fazem fundamentais para seu desenvolvimento. Dentro desse contexto, o Ministério do Turismo adotou um modelo de gestão voltado para a disseminação dessa atividade nos demais municípios e regiões do Brasil e, sendo o turismo no Rio Grande do Norte um dos setores mais promissores, integra como parte de suas políticas públicas o Macroprograma de Regionalização do Turismo com vistas a interiorizar essa atividade. Com base nisso, o atual trabalho propôs avaliar se o macroPRT é uma importante política de desenvolvimento para o estado. Tem como método de abordagem a dialética, e um método de procedimento funcional com viés crítico, para tanto, foi utilizada uma metodologia do tipo descritivo-exploratória de natureza qualitativa, fez uso de entrevistas estruturadas com gestores estaduais, regionais e municipais de turismo. Assim como, utilizou um índice que visa identificar a implementação da regionalização do turismo no estado, construído a partir dos módulos operacionais que constituem e disseminam as etapas dessa política. Dentre as conclusões possíveis nesse estudo, vale destacar que importantes avanços como a criação das 05 regiões turísticas e de seus conselhos de turismo proporcionam um ambiente que se mostra articulado, porém ainda não está sensibilizado e/ou mobilizado em grande parte dos municípios que estão inseridos nessas regiões. De modo geral, não se pode dizer que a implementação da regionalização ocorra de forma plena no estado, isso está longe de acontecer. A formulação da política é boa, mas a ineficiência na gestão por diversos fatores, prejudica sua implementação. Diante desse cenário, torna-se desafiador pensar num turismo com bases na regionalização que venha a mudar a paisagem rumo a um desenvolvimento social, econômico, político e ambiental nos moldes da sustentabilidade como o próprio MTur difunde.

4
  • RAQUEL FERNANDES DE MACEDO
  • FATORES DE SUCESSO OU INSUCESSO DO TURISMO AMBIENTALMENTE SUSTENTÁVEL: PERCEPÇÃO DAS AUTORIDADES PÚBLICAS NO PÓLO COSTA DAS DUNAS DO RIO GRANDE DO NORTE

  • Orientador : KERLEI ENIELE SONAGLIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WAYNE THOMAS ENDERS
  • FLAVIO JOSE DE LIMA SILVA
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • Data: 09/08/2011

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho tem como objetivo geral conhecer os fatores que contribuem para o sucesso ou o insucesso do poder público municipal no planejamento do turismo ambientalmente sustentável no Pólo Costa das Dunas. Para alcançá-lo foram traçados os seguintes objetivos específicos: identificar a importância que os representantes do poder público municipal do meio ambiente e de turismo atribuem ao meio ambiente; identificar os fatores humanos que influem no sucesso ou insucesso do planejamento municipal para um turismo ambientalmente sustentável; descobrir quais as ações que as prefeituras estão tomando para atingir a sustentabilidade ambiental nos municípios e identificar os principais desafios a sustentabilidade ambiental, relevantes a atividade turística. Foram investigados vinte e oito representantes públicos, onde vinte seis são dos municípios e dois são dos órgãos estaduais de turismo e meio ambiente, nos meses de setembro a novembro de 2010. Quanto à metodologia, a pesquisa foi caracterizada como descritiva, com uma abordagem qualitativa por utilizar técnicas de entrevista e observação do seu conteúdo. Todavia, também foram utilizados alguns elementos quantitativos para medição estatística através de técnicas como: freqüências, médias, desvio padrão, análise de conglomerados, Correlação de Pearson, Correlação de Spearman, Teste-T, técnicas para casos resumidos de respostas múltiplas e técnicas para casos resumidos de questões fechadas. Os resultados da pesquisa indicaram que: a maioria dos municípios dizem estar bem informados sobre as legislações ambientais, tendo colaborado com órgãos estaduais e federais que lidam com o meio ambiente, como IDEMA e IBAMA. Além disso, na percepção da maior parte dos municípios, eles vêm investindo nas questões ambientais para o desenvolvimento do turismo. Observa-se que há fatores humanos do planejamento municipal que contribuem para o sucesso ou o insucesso do turismo ambientalmente sustentável como as pessoas que fazem parte da política partidária de nível municipal e estadual, os vereadores que colaboram para aprovação de leis e os vereadores que impedem a implantação de algum projeto por interesse político e a descontinuidade das pessoas em posições relevantes, que termina por prejudicar o andamento de alguns projetos ou mesmo se renova com novas idéias trazidas por uma outra pessoa. Quanto às ações das prefeituras para se alcançar a sustentabilidade ambiental do turismo percebe-se que a maioria possui um Plano Diretor e um grupo constituído para tratar das questões ambientais e do turismo. No que diz respeito, aos desafios ambientais o saneamento básico tem sido o principal desafio para os municípios e os principais causadores da degradação ambiental são: a coleta de lixo deficiente, esgotos clandestinos e criação de camarão em alguns municípios. Concluiu-se que melhorias devem ser feitas quanto às questões ambientais para tornar os municípios mais sustentáveis, como por exemplo, ajustes em alguns Planos Diretores que não condiz com a realidade da localidade turística, construção de um novo aterro sanitário, visto que ainda existem municípios que tem somente um lixão e comprometimento das autoridades públicas da outra gestão no fornecimento de informações para a nova gestão, buscando dessa forma, maximinizar os fatores de sucesso dessas localidades turísticas, de modo que possam em conjunto alcançar um melhor nível de sustentabilidade ambiental do turismo no Pólo.


  • Mostrar Abstract
  • O presente trabalho tem como objetivo geral conhecer os fatores que contribuem para o sucesso ou o insucesso do poder público municipal no planejamento do turismo ambientalmente sustentável no Pólo Costa das Dunas. Para alcançá-lo foram traçados os seguintes objetivos específicos: identificar a importância que os representantes do poder público municipal do meio ambiente e de turismo atribuem ao meio ambiente; identificar os fatores humanos que influem no sucesso ou insucesso do planejamento municipal para um turismo ambientalmente sustentável; descobrir quais as ações que as prefeituras estão tomando para atingir a sustentabilidade ambiental nos municípios e identificar os principais desafios a sustentabilidade ambiental, relevantes a atividade turística. Foram investigados vinte e oito representantes públicos, onde vinte seis são dos municípios e dois são dos órgãos estaduais de turismo e meio ambiente, nos meses de setembro a novembro de 2010. Quanto à metodologia, a pesquisa foi caracterizada como descritiva, com uma abordagem qualitativa por utilizar técnicas de entrevista e observação do seu conteúdo. Todavia, também foram utilizados alguns elementos quantitativos para medição estatística através de técnicas como: freqüências, médias, desvio padrão, análise de conglomerados, Correlação de Pearson, Correlação de Spearman, Teste-T, técnicas para casos resumidos de respostas múltiplas e técnicas para casos resumidos de questões fechadas. Os resultados da pesquisa indicaram que: a maioria dos municípios dizem estar bem informados sobre as legislações ambientais, tendo colaborado com órgãos estaduais e federais que lidam com o meio ambiente, como IDEMA e IBAMA. Além disso, na percepção da maior parte dos municípios, eles vêm investindo nas questões ambientais para o desenvolvimento do turismo. Observa-se que há fatores humanos do planejamento municipal que contribuem para o sucesso ou o insucesso do turismo ambientalmente sustentável como as pessoas que fazem parte da política partidária de nível municipal e estadual, os vereadores que colaboram para aprovação de leis e os vereadores que impedem a implantação de algum projeto por interesse político e a descontinuidade das pessoas em posições relevantes, que termina por prejudicar o andamento de alguns projetos ou mesmo se renova com novas idéias trazidas por uma outra pessoa. Quanto às ações das prefeituras para se alcançar a sustentabilidade ambiental do turismo percebe-se que a maioria possui um Plano Diretor e um grupo constituído para tratar das questões ambientais e do turismo. No que diz respeito, aos desafios ambientais o saneamento básico tem sido o principal desafio para os municípios e os principais causadores da degradação ambiental são: a coleta de lixo deficiente, esgotos clandestinos e criação de camarão em alguns municípios. Concluiu-se que melhorias devem ser feitas quanto às questões ambientais para tornar os municípios mais sustentáveis, como por exemplo, ajustes em alguns Planos Diretores que não condiz com a realidade da localidade turística, construção de um novo aterro sanitário, visto que ainda existem municípios que tem somente um lixão e comprometimento das autoridades públicas da outra gestão no fornecimento de informações para a nova gestão, buscando dessa forma, maximinizar os fatores de sucesso dessas localidades turísticas, de modo que possam em conjunto alcançar um melhor nível de sustentabilidade ambiental do turismo no Pólo.

5
  • BRUNA RAQUEL ALVES PINHEIRO
  • FOTOGRAFIA E MARKETING: UMA ANÁLISE DOS ATRATIVOS TURÍSTICOS DA CIDADE DE JOÃO PESSOA (PB).

  • Orientador : MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • ITAMAR DE MORAIS NOBRE
  • THALES WALTENIOR TRIGO JUNIOR
  • Data: 12/08/2011

  • Mostrar Resumo
  • A fotografia é um dos recursos mais utilizados e eficientes do marketing, como também é uma arte ambígua e inesgotável de sentido; por isso permite diferentes leituras. Mesmo assim, existem aqueles que, por meio do controle e enquadramento, tentam organizar o seu significado. Haja vista a publicidade e a propaganda. Outros, como é o caso dos artistas, incumbem os observadores de suas obras de atribuir algum entendimento.  Recorrendo a uma iconografia fotográfica dos atrativos turísticos da cidade de João Pessoa (PB), este trabalho elegeu imagens publicadas em catálogos apoiados pelo Fundo de Incentivo à Cultura (FIC) e pela Empresa Paraibana de Turismo (PBTUR). O objetivo desta pesquisa qualitativa foi o de discutir, por meio das fotos, como as características ambientais e socioculturais são mercantilizadas por estes órgãos que possuem finalidades diferentes não excludentes, haja vista que o FIC apoia a arte e a PBTUR patrocina o Turismo, no período de 2005 a 2010.  Além da iconografia utilizada para a catalogação e análise fotográfica, foram realizadas entrevistas por meio do método de narrativas visuais, no intuito de aproximar os dados com a opinião dos turistas e dos fotógrafos. Em que resultou em uma reflexão acerca dos atuais processos imagéticos que envolvem a divulgação dos destinos turísticos de forma que se permitisse uma leitura crítica acerca da produção fotográfica como recursos mercadológicos para se fomentar o marketing e a arte do Estado da Paraíba. Observou-se que tanto a fotografia de arte quanto a de marketing adquirem valores simbólicos diferenciados no que diz respeito aos seus mercados promovidos pelos catálogos analisados.


  • Mostrar Abstract
  • A fotografia é um dos recursos mais utilizados e eficientes do marketing, como também é uma arte ambígua e inesgotável de sentido; por isso permite diferentes leituras. Mesmo assim, existem aqueles que, por meio do controle e enquadramento, tentam organizar o seu significado. Haja vista a publicidade e a propaganda. Outros, como é o caso dos artistas, incumbem os observadores de suas obras de atribuir algum entendimento.  Recorrendo a uma iconografia fotográfica dos atrativos turísticos da cidade de João Pessoa (PB), este trabalho elegeu imagens publicadas em catálogos apoiados pelo Fundo de Incentivo à Cultura (FIC) e pela Empresa Paraibana de Turismo (PBTUR). O objetivo desta pesquisa qualitativa foi o de discutir, por meio das fotos, como as características ambientais e socioculturais são mercantilizadas por estes órgãos que possuem finalidades diferentes não excludentes, haja vista que o FIC apoia a arte e a PBTUR patrocina o Turismo, no período de 2005 a 2010.  Além da iconografia utilizada para a catalogação e análise fotográfica, foram realizadas entrevistas por meio do método de narrativas visuais, no intuito de aproximar os dados com a opinião dos turistas e dos fotógrafos. Em que resultou em uma reflexão acerca dos atuais processos imagéticos que envolvem a divulgação dos destinos turísticos de forma que se permitisse uma leitura crítica acerca da produção fotográfica como recursos mercadológicos para se fomentar o marketing e a arte do Estado da Paraíba. Observou-se que tanto a fotografia de arte quanto a de marketing adquirem valores simbólicos diferenciados no que diz respeito aos seus mercados promovidos pelos catálogos analisados.

6
  • ANDRÉA DO NASCIMENTO BARBOSA CACHO
  • ANÁLISE DA INFORMAÇÃO EM WEBSITES TURÍSTICOS DE CIDADES-SEDE DA COPA 2014

  • Orientador : MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • ALEXANDRE AUGUSTO BIZ
  • APUENA VIEIRA GOMES
  • SERGIO RODRIGUES LEAL
  • Data: 19/08/2011

  • Mostrar Resumo
  • Trata da análise de informações disponibilizadas em websites turísticos oficiais das cidades-sede brasileiras da Copa do Mundo de 2014, seguindo o modelo e os critérios de avaliação estabelecidos na metodologia desenvolvida por Díaz (2005). Dentre os principais aspectos a serem analisados, tem-se: informação sobre o destino e serviços locais disponibilizados nas webpages turísticas; capacidade de comercialização e distribuição dos serviços turísticos; capacidade de comunicação e interação dos sites com seus usuários; existência de versões das webs em outros idiomas. Descreve a relação entre turismo e sociedade da informação, enfatizando a importância do uso das Tecnologias da Informação e Comunicação em disponibilizar informações confiáveis, atualizadas e de baixo custo acerca dos destinos em questão. Por se tratar de pesquisa em ambiente virtual, os sujeitos da pesquisa aqui são representados pelas 12 cidades-sedes da Copa e seus respectivos websites oficiais de turismo (municipais, estaduais e convention bureau), mais o portal brasileiro de turismo, totalizando assim um número de 36 páginas webs a serem analisadas. A metodologia caracteriza-se como exploratório-descritiva, quantitativa, bibliográfica e documental. Aplica técnicas estatísticas paramétricas e não paramétricas, tais como: análise de variância (ANOVA e KRUSKAL-WALLIS) para medir a variação entre as médias dos grupos em combinação com testes de comparações múltiplas de Tukey e Games Howell; teste de correlação não paramétrico Tau de Kendall; e análise de cluster. Para a coleta de dados, utiliza os softwares Microsoft Excel, e o SPSS para a tabulação, tratamento e análise dos dados, através da aplicação de técnicas quantitativas. Conclui que as informações disponibilizadas nos websites estão, em sua maioria, incompleta, pois de acordo com os dados obtidos, verificou-se que os mesmos não são capazes, por si só, de fornecer aos usuários/turistas todos os dados necessários para se planejar uma viagem.


  • Mostrar Abstract
  • Trata da análise de informações disponibilizadas em websites turísticos oficiais das cidades-sede brasileiras da Copa do Mundo de 2014, seguindo o modelo e os critérios de avaliação estabelecidos na metodologia desenvolvida por Díaz (2005). Dentre os principais aspectos a serem analisados, tem-se: informação sobre o destino e serviços locais disponibilizados nas webpages turísticas; capacidade de comercialização e distribuição dos serviços turísticos; capacidade de comunicação e interação dos sites com seus usuários; existência de versões das webs em outros idiomas. Descreve a relação entre turismo e sociedade da informação, enfatizando a importância do uso das Tecnologias da Informação e Comunicação em disponibilizar informações confiáveis, atualizadas e de baixo custo acerca dos destinos em questão. Por se tratar de pesquisa em ambiente virtual, os sujeitos da pesquisa aqui são representados pelas 12 cidades-sedes da Copa e seus respectivos websites oficiais de turismo (municipais, estaduais e convention bureau), mais o portal brasileiro de turismo, totalizando assim um número de 36 páginas webs a serem analisadas. A metodologia caracteriza-se como exploratório-descritiva, quantitativa, bibliográfica e documental. Aplica técnicas estatísticas paramétricas e não paramétricas, tais como: análise de variância (ANOVA e KRUSKAL-WALLIS) para medir a variação entre as médias dos grupos em combinação com testes de comparações múltiplas de Tukey e Games Howell; teste de correlação não paramétrico Tau de Kendall; e análise de cluster. Para a coleta de dados, utiliza os softwares Microsoft Excel, e o SPSS para a tabulação, tratamento e análise dos dados, através da aplicação de técnicas quantitativas. Conclui que as informações disponibilizadas nos websites estão, em sua maioria, incompleta, pois de acordo com os dados obtidos, verificou-se que os mesmos não são capazes, por si só, de fornecer aos usuários/turistas todos os dados necessários para se planejar uma viagem.

7
  • VIVIANE COSTA FONSECA DE ALMEIDA MEDEIROS
  • Turismo e Economia Solidária: uma análise nas cooperativas e associações de artesanato do Roteiro Seridó norte-rio-grandense

  • Orientador : MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PAULO ROBERTO PALHANO SILVA
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • Data: 10/10/2011

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo aborda as questões que envolvem a Economia Solidária e o Turismo, suas perspectivas e contribuições para o processo de desenvolvimento das comunidades locais, bem como o ponto de ligação entre ambos. Este estudo avaliou em que medida a Economia Solidária, através do cooperativismo e associativismo no turismo, tem gerado melhorias socioeconômicas para os artesãos do Roteiro Turístico do Seridó. Quanto aos seus objetivos, o estudo realizado é de caráter exploratório-descritivo, pois envolveu tanto técnicas padronizadas de coleta de dados, questionários e observação sistemática, quanto pesquisas secundárias e estudos de caso, o que caracteriza uma pesquisa exploratória Castro (2008). Os resultados apontam para melhorias significativas proporcionadas pela inserção dos membros nos grupos (associações e cooperativas) em aspectos referentes à saúde, à educação, ao relacionamento interpessoal, acesso ao consumo e crédito para os artesãos. Por intermédio deste estudo, também foi possível constatar que a inserção dos produtos e serviços na atividade turística não é fator relevante para as melhorias socioeconômicas observadas, pois há presença elevada de atravessadores no processo de comercialização.


  • Mostrar Abstract
  • O presente estudo aborda as questões que envolvem a Economia Solidária e o Turismo, suas perspectivas e contribuições para o processo de desenvolvimento das comunidades locais, bem como o ponto de ligação entre ambos. Este estudo avaliou em que medida a Economia Solidária, através do cooperativismo e associativismo no turismo, tem gerado melhorias socioeconômicas para os artesãos do Roteiro Turístico do Seridó. Quanto aos seus objetivos, o estudo realizado é de caráter exploratório-descritivo, pois envolveu tanto técnicas padronizadas de coleta de dados, questionários e observação sistemática, quanto pesquisas secundárias e estudos de caso, o que caracteriza uma pesquisa exploratória Castro (2008). Os resultados apontam para melhorias significativas proporcionadas pela inserção dos membros nos grupos (associações e cooperativas) em aspectos referentes à saúde, à educação, ao relacionamento interpessoal, acesso ao consumo e crédito para os artesãos. Por intermédio deste estudo, também foi possível constatar que a inserção dos produtos e serviços na atividade turística não é fator relevante para as melhorias socioeconômicas observadas, pois há presença elevada de atravessadores no processo de comercialização.

8
  • ANNA KARENINA CHAVES DELGADO
  • PERCEPÇÃO DOS STAKEHOLDERS SOBRE A RELAÇÃO ENTRE TURISMO E MEIO AMBIENTE: UM ESTUDO EM JOÃO PESSOA (PB)

  • Orientador : MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BENNY KRAMER COSTA
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • MARIA VALERIA PEREIRA DE ARAUJO
  • Data: 17/10/2011

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo tem como objetivo entender como se dá a percepção da relação entre a atividade turística e a gestão ambiental numa perspectiva gerencial na visão de seus stakeholders em João Pessoa (PB). Trata-se de uma pesquisa qualitativa, transversal, do tipo exploratória e descritiva, realizada com os principais stakeholders de turismo e meio ambiente da capital Paraíba por meio de entrevistas estruturadas e da análise das atas do conselho municipal de turismo. Por meio das entrevistas e da análise das atas mostrou-se que os stakeholders de meio ambiente apresentam uma formação acadêmica maior que os de turismo, enquanto estes últimos possuem maior tempo de atuação profissional, de forma geral, a utilização dos recursos ambientais pelo turismo é vista de forma positiva pelos grupos de interesse de turismo em decorrência de conseguir equilibrar o desenvolvimento do turismo com a preservação ambiental, enquanto para os stakeholders de meio ambiente é vista de forma intermediaria já que não utilizam os recursos ambientes relacionados aos resquícios de Mata Atlântica ou as unidades de conservação do estado. Os principais impactos ambientais destacados pelos stakeholders (de turismo e de meio ambiente) foram a degradação dos ambientais recifais, a poluição das praias e a construção de equipamentos de turismo em áreas que deveriam ser protegidas, no entanto, houve stakeholder de turismo que acredita que o desenvolvimento do turismo no estado é tão incipiente que não é capaz de causar impactos no núcleo receptor, também foram considerados omissos ou inconsistentes a atuação da SETDE, PBTUR e SUDEMA por alguns dos grupos de interesse entrevistados. Os representantes das ONG’s destacaram que a relação entre turismo e meio ambiente só poderá ocorrer de forma harmoniosa na cidade se houver uma mudança de paradigma por parte do empresariado e da população local. Apesar da aparente relação harmoniosa estabelecida entre turismo e meio ambiente em João Pessoa, algumas ações dos órgãos de turismo e do Governo do estado vem deixando descontentes alguns stakeholders importantes de meio ambiente indicando que a relação entre turismo e meio ambiente na cidade está se tornando mais tensa.


  • Mostrar Abstract
  • O presente estudo tem como objetivo entender como se dá a percepção da relação entre a atividade turística e a gestão ambiental numa perspectiva gerencial na visão de seus stakeholders em João Pessoa (PB). Trata-se de uma pesquisa qualitativa, transversal, do tipo exploratória e descritiva, realizada com os principais stakeholders de turismo e meio ambiente da capital Paraíba por meio de entrevistas estruturadas e da análise das atas do conselho municipal de turismo. Por meio das entrevistas e da análise das atas mostrou-se que os stakeholders de meio ambiente apresentam uma formação acadêmica maior que os de turismo, enquanto estes últimos possuem maior tempo de atuação profissional, de forma geral, a utilização dos recursos ambientais pelo turismo é vista de forma positiva pelos grupos de interesse de turismo em decorrência de conseguir equilibrar o desenvolvimento do turismo com a preservação ambiental, enquanto para os stakeholders de meio ambiente é vista de forma intermediaria já que não utilizam os recursos ambientes relacionados aos resquícios de Mata Atlântica ou as unidades de conservação do estado. Os principais impactos ambientais destacados pelos stakeholders (de turismo e de meio ambiente) foram a degradação dos ambientais recifais, a poluição das praias e a construção de equipamentos de turismo em áreas que deveriam ser protegidas, no entanto, houve stakeholder de turismo que acredita que o desenvolvimento do turismo no estado é tão incipiente que não é capaz de causar impactos no núcleo receptor, também foram considerados omissos ou inconsistentes a atuação da SETDE, PBTUR e SUDEMA por alguns dos grupos de interesse entrevistados. Os representantes das ONG’s destacaram que a relação entre turismo e meio ambiente só poderá ocorrer de forma harmoniosa na cidade se houver uma mudança de paradigma por parte do empresariado e da população local. Apesar da aparente relação harmoniosa estabelecida entre turismo e meio ambiente em João Pessoa, algumas ações dos órgãos de turismo e do Governo do estado vem deixando descontentes alguns stakeholders importantes de meio ambiente indicando que a relação entre turismo e meio ambiente na cidade está se tornando mais tensa.

9
  • PETRÔNIO MACIEL DE SOUSA
  • TURISMO, TERRITÓRIO E POLÍTICAS PÚBLICAS. UMA ANÁLISE DO DESTINO JOÃO PESSOA/PB

  • Orientador : MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WAYNE THOMAS ENDERS
  • MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • SÉRGIO FERNANDES ALONSO
  • Data: 27/10/2011

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo apresenta uma abordagem da atividade turística sob a perspectiva do território, analisando a importância do papel do Estado e das políticas públicas para o desenvolvimento do turismo. A atividade turística na Região Nordeste começa a ter sua ascensão a partir do final da década de 1970, através de políticas publicas de turismo, cujo objetivo era proporcionar à região condições necessárias para que a atividade pudesse se desenvolver. As políticas públicas de turismo se apresentam como elementos-chave no processo de produção de territórios turísticos na região. Na Paraíba, o poder público elegeu o litoral como atrativo principal e a capital do estado, João Pessoa, como lócus de desenvolvimento da atividade, passando a cidade a ser contemplada com por uma série de políticas públicas de turismo. Nesse contexto, a presente pesquisa tem por objetivo analisar o processo de desenvolvimento de três especificas políticas públicas para o desenvolvimento da atividade turística em João Pessoa: O (mega)Projeto Costa do Sol (1988), o PRODETUR/PB I e II (1997 e 2005) e o Plano Estratégico de Desenvolvimento do Turismo na Paraíba, o Plano Amanhecer (2000). O estudo orientou-se pela problemática de que mesmo tendo sido contemplada pelas políticas públicas de turismo em questão, João Pessoa encontra-se em situação periférica no mercado turístico regional. Como hipótese para tal problemática temos que a falta de continuidade administrativa tem dificultado o poder público em implementar efetivamente as políticas públicas turismo, prejudicando o desenvolvimento turístico de João Pessoa. Os procedimentos metodológicos para realização deste estudo foram pesquisas bibliográfica, documental e aplicação de entrevistas semi-estruturadas com os gestores públicos do turismo e representantes do trade turístico local. A pesquisa veio a comprovar que a descontinuidade entre as administrações governamentais dificultou o processo de implantação das políticas públicas de turismo estudadas. Observou-se que a implementação de políticas públicos de turismo, em longo prazo, depende da interação entre os governos, assim como a vontade política coletiva em se desenvolver o turismo em João Pessoa.


  • Mostrar Abstract
  • Este estudo apresenta uma abordagem da atividade turística sob a perspectiva do território, analisando a importância do papel do Estado e das políticas públicas para o desenvolvimento do turismo. A atividade turística na Região Nordeste começa a ter sua ascensão a partir do final da década de 1970, através de políticas publicas de turismo, cujo objetivo era proporcionar à região condições necessárias para que a atividade pudesse se desenvolver. As políticas públicas de turismo se apresentam como elementos-chave no processo de produção de territórios turísticos na região. Na Paraíba, o poder público elegeu o litoral como atrativo principal e a capital do estado, João Pessoa, como lócus de desenvolvimento da atividade, passando a cidade a ser contemplada com por uma série de políticas públicas de turismo. Nesse contexto, a presente pesquisa tem por objetivo analisar o processo de desenvolvimento de três especificas políticas públicas para o desenvolvimento da atividade turística em João Pessoa: O (mega)Projeto Costa do Sol (1988), o PRODETUR/PB I e II (1997 e 2005) e o Plano Estratégico de Desenvolvimento do Turismo na Paraíba, o Plano Amanhecer (2000). O estudo orientou-se pela problemática de que mesmo tendo sido contemplada pelas políticas públicas de turismo em questão, João Pessoa encontra-se em situação periférica no mercado turístico regional. Como hipótese para tal problemática temos que a falta de continuidade administrativa tem dificultado o poder público em implementar efetivamente as políticas públicas turismo, prejudicando o desenvolvimento turístico de João Pessoa. Os procedimentos metodológicos para realização deste estudo foram pesquisas bibliográfica, documental e aplicação de entrevistas semi-estruturadas com os gestores públicos do turismo e representantes do trade turístico local. A pesquisa veio a comprovar que a descontinuidade entre as administrações governamentais dificultou o processo de implantação das políticas públicas de turismo estudadas. Observou-se que a implementação de políticas públicos de turismo, em longo prazo, depende da interação entre os governos, assim como a vontade política coletiva em se desenvolver o turismo em João Pessoa.

2010
Dissertações
1
  • PAMELA DE MEDEIROS BRANDÃO
  • ANÁLISE DA REDE POLÍTICA DO TURISMO BRASILEIRO

  • Orientador : MARIANA BALDI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIANA BALDI
  • FERNANDO DIAS LOPES
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • Data: 19/02/2010

  • Mostrar Resumo
  • A dissertação analisa a influência das
    relações entre atores da Rede Política do Turismo Brasileiro que compõem o
    Conselho Nacional de Turismo no processo de elaboração dos Planos Nacionais de
    Turismo (PNT 2003/2007 e PNT 2007/2010), centrando-se em dois principais tipos
    de interação: cooperação e intercâmbio de informações. Para tanto, o estudo
    parte do entendimento de que a concepção do turismo como um fenômeno humano,
    conforma-se como uma base conceitual imprescindível para a elaboração,
    implementação e análise de suas políticas públicas. A aplicação da Teoria de Redes e
    da Análise
    de Redes Sociais, funciona como uma ferramenta analítica, além disso, o uso dos
    conceitos de Rede Política (Policy
    Networks), permitiram interpretar por meio de aspectos diferenciados, a
    realidade social presente no turismo de forma mais precisa e detalhada. O
    estudo teve um corte seccional com perspectiva longitudinal e adotou o estudo
    de caso, permitindo aplicar o modelo de análise de redes sociais e a abordagem
    qualitativa. Através da pesquisa realizada, constatou-se que o processo de
    elaboração dos Planos Nacionais de Turismo foi resultado da interação de uma
    complexa rede de atores públicos e privados, os quais compõem o Conselho
    Nacional de Turismo, e que o poder de influência deles se deu simultaneamente,
    mas não simetricamente, pela sua atuação/ intervenção nas reuniões, e pela
    posse de recursos econômicos e organizacionais. Assim sendo, o estabelecimento
    de parcerias e as trocas de informações entre os atores foram subjacentes ao
    processo de elaboração dos PNTs, tanto na percepção e inserção de problemas na
    agenda governamental, quanto na realização de propostas que os solucionassem,
    norteando assim a construção dos macroprogramas e programas contidos em ambos
    os planos investigados.

  • Mostrar Abstract
  • A dissertação analisa a influência das
    relações entre atores da Rede Política do Turismo Brasileiro que compõem o
    Conselho Nacional de Turismo no processo de elaboração dos Planos Nacionais de
    Turismo (PNT 2003/2007 e PNT 2007/2010), centrando-se em dois principais tipos
    de interação: cooperação e intercâmbio de informações. Para tanto, o estudo
    parte do entendimento de que a concepção do turismo como um fenômeno humano,
    conforma-se como uma base conceitual imprescindível para a elaboração,
    implementação e análise de suas políticas públicas. A aplicação da Teoria de Redes e
    da Análise
    de Redes Sociais, funciona como uma ferramenta analítica, além disso, o uso dos
    conceitos de Rede Política (Policy
    Networks), permitiram interpretar por meio de aspectos diferenciados, a
    realidade social presente no turismo de forma mais precisa e detalhada. O
    estudo teve um corte seccional com perspectiva longitudinal e adotou o estudo
    de caso, permitindo aplicar o modelo de análise de redes sociais e a abordagem
    qualitativa. Através da pesquisa realizada, constatou-se que o processo de
    elaboração dos Planos Nacionais de Turismo foi resultado da interação de uma
    complexa rede de atores públicos e privados, os quais compõem o Conselho
    Nacional de Turismo, e que o poder de influência deles se deu simultaneamente,
    mas não simetricamente, pela sua atuação/ intervenção nas reuniões, e pela
    posse de recursos econômicos e organizacionais. Assim sendo, o estabelecimento
    de parcerias e as trocas de informações entre os atores foram subjacentes ao
    processo de elaboração dos PNTs, tanto na percepção e inserção de problemas na
    agenda governamental, quanto na realização de propostas que os solucionassem,
    norteando assim a construção dos macroprogramas e programas contidos em ambos
    os planos investigados.
2
  • MARCIO MARREIRO DAS CHAGAS
  • ANÁLISE DA RELAÇÃO CASUAL ENTRE IMAGEM DE DESTINOS, QUALIDADE, SATISFAÇÃO E FIDELIDADE: UM ESTUDO DE ACORDO COM A PERCEPÇÃO DO TURISTA NACIONAL NO DESTINO TURÍSTICO NATAL
  • Orientador : SERGIO MARQUES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ROSANA MARA MAZARO
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • ALEXANDRE PANOSSO NETTO
  • Data: 05/04/2010

  • Mostrar Resumo
  • Esta dissertação pretendeu analisar a relação causal existente entre a qualidade dos serviços turísticos, a satisfação com os atributos e de forma global, a
    fidelidade e a imagem de destinos turísticos. Para tanto, se realizou um estudo exploratório-descritivo, do tipo Survey, com enfoque analítico quantitativo. A
    coleta de dados foi realizada através de questionário aplicado junto aos turistas nacionais no Aeroporto Internacional Augusto Severo e na Rodoviária da
    Cidade do Natal, principais locais de entrada e saída de turistas. A composição amostral foi aleatória simples chegando-se ao número final de 400 turistas
    entrevistados. Dentre os principais resultados, encontra-se um diagnóstico da qualidade dos componentes do destino turístico Natal. Observou-se que são noves as dimensões
    da percepção de qualidade dos produtos e serviços turísticos de Sol e Praia, ou seja, Praias e Facilidades, Equipamentos Públicos, Restauração, Serviços de
    Transportes, Equipamentos do Hotel, Serviços do Hotel, Entretenimento e Atrativos, Acesso ao Hotel e Hospitalidade. Além disso, concluiu-se que a
    Imagem Prévia do Destino Turístico exerce pouca influência direta junto a Satisfação do Consumidor, e apenas indireta no Comportamento Pós-Compra.
    Enquanto que a Imagem Complexa exerce influência forte e direta tanto no processo de Satisfação do Consumidor quanto no de Fidelização dele, as
    dimensões da qualidade encontradas também se apresentaram como fortes influenciadoras de ambos os fatores.

  • Mostrar Abstract
  • Esta dissertação pretendeu analisar a relação causal existente entre a qualidade dos serviços turísticos, a satisfação com os atributos e de forma global, a
    fidelidade e a imagem de destinos turísticos. Para tanto, se realizou um estudo exploratório-descritivo, do tipo Survey, com enfoque analítico quantitativo. A
    coleta de dados foi realizada através de questionário aplicado junto aos turistas nacionais no Aeroporto Internacional Augusto Severo e na Rodoviária da
    Cidade do Natal, principais locais de entrada e saída de turistas. A composição amostral foi aleatória simples chegando-se ao número final de 400 turistas
    entrevistados. Dentre os principais resultados, encontra-se um diagnóstico da qualidade dos componentes do destino turístico Natal. Observou-se que são noves as dimensões
    da percepção de qualidade dos produtos e serviços turísticos de Sol e Praia, ou seja, Praias e Facilidades, Equipamentos Públicos, Restauração, Serviços de
    Transportes, Equipamentos do Hotel, Serviços do Hotel, Entretenimento e Atrativos, Acesso ao Hotel e Hospitalidade. Além disso, concluiu-se que a
    Imagem Prévia do Destino Turístico exerce pouca influência direta junto a Satisfação do Consumidor, e apenas indireta no Comportamento Pós-Compra.
    Enquanto que a Imagem Complexa exerce influência forte e direta tanto no processo de Satisfação do Consumidor quanto no de Fidelização dele, as
    dimensões da qualidade encontradas também se apresentaram como fortes influenciadoras de ambos os fatores.
3
  • KAREN ANN CAMARA BEZERRA
  • URBANIZAÇÃO TURÍSTICA EM PONTA NEGRA: relações de força e processos sociais no período de 1979-2009

  • Orientador : FERNANDO DIAS LOPES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • ADYR APPARECIDA BALASTRERI RODRIGUES
  • FERNANDO DIAS LOPES
  • Data: 08/04/2010

  • Mostrar Resumo
  • Esta pesquisa teve como objetivo principal investigar de que modo às relações de
    força, operando nos processos sociais do turismo, têm moldado a urbanização do
    bairro de Ponta Negra, Natal, Estado do Rio Grande do Norte – RN. O estudo parte do
    pressuposto de que a produção do espaço resulta de fenômenos globais particularizados por forças
    localizadas – um processo de glocalização. O lócus de análise dessa investigação é o bairro de
    Ponta Negra. Foram utilizados dados primários e secundários e as informações foram tratadas
    através da técnica de análise de conteúdo. A urbanização de Ponta Negra está inserida no
    contexto da reestruturação produtiva mundial deflagrada na década de 1970. O projeto de
    urbanização turística do Parque das Dunas Via Costeira (PD/VC), marca a formação do
    Campo Turístico de Natal a partir de 1979. O recorte espacial contempla o período que vai de
    1979 até 2009. A investigação histórica desse recorte permitiu dividir o Campo do Turismo
    da cidade em quatro grandes cortes temporais: a fase precedente a formação do campo
    (1939-1979); a primeira fase que vai do Projeto PD/VC ao "boom" do turismo nacional
    (1979-1990); a segunda fase que corresponde à internacionalização do campo (1991-2000); a
    terceira fase que vai do primeiro "boom" ao declínio do turismo internacional (2001-2009). Com
    base na evolução histórica do Campo foram eleitos três processos sociais diversos, capazes de
    demonstrar como as relações de forças sociais interpostas no espaço atuam sobre eles e
    contribuem para moldar o processo de urbanização do bairro em questão: a “retirada das
    barracas”, o “Campo do Botafogo Futebol Clube” e os “espigões”. Por fim, cumpre
    sintetizar que a pesquisa identificou interesses e conflitos entre os atores que formam o fio
    condutor das transformações espaciais: conflitos de ordem cultural resultantes da imposição de
    práticas sociais que diferem do gosto dos nativos; enfrentamentos entre grupos distintos que
    refletem a dualidade entre o valor de uso e o valor de troca; e interesses de valorização
    fundiária. Ademais, demonstrou que as relações sociais que implicam no processo de produção do
    espaço são estimuladas por profundos processos societários arraigados historicamente e
    camuflados por relações de mercado e por uma fachada moderna que a cidade tem adquirido
    nos últimos tempos; revelou que os atores se articulam em redes para aumentar seu
    poder de influência e que essa influência oscila, principalmente, de acordo com o poder
    econômico e político que eles ou seus associados detêm.

  • Mostrar Abstract
  • Esta pesquisa teve como objetivo principal investigar de que modo às relações de
    força, operando nos processos sociais do turismo, têm moldado a urbanização do
    bairro de Ponta Negra, Natal, Estado do Rio Grande do Norte – RN. O estudo parte do
    pressuposto de que a produção do espaço resulta de fenômenos globais particularizados por forças
    localizadas – um processo de glocalização. O lócus de análise dessa investigação é o bairro de
    Ponta Negra. Foram utilizados dados primários e secundários e as informações foram tratadas
    através da técnica de análise de conteúdo. A urbanização de Ponta Negra está inserida no
    contexto da reestruturação produtiva mundial deflagrada na década de 1970. O projeto de
    urbanização turística do Parque das Dunas Via Costeira (PD/VC), marca a formação do
    Campo Turístico de Natal a partir de 1979. O recorte espacial contempla o período que vai de
    1979 até 2009. A investigação histórica desse recorte permitiu dividir o Campo do Turismo
    da cidade em quatro grandes cortes temporais: a fase precedente a formação do campo
    (1939-1979); a primeira fase que vai do Projeto PD/VC ao "boom" do turismo nacional
    (1979-1990); a segunda fase que corresponde à internacionalização do campo (1991-2000); a
    terceira fase que vai do primeiro "boom" ao declínio do turismo internacional (2001-2009). Com
    base na evolução histórica do Campo foram eleitos três processos sociais diversos, capazes de
    demonstrar como as relações de forças sociais interpostas no espaço atuam sobre eles e
    contribuem para moldar o processo de urbanização do bairro em questão: a “retirada das
    barracas”, o “Campo do Botafogo Futebol Clube” e os “espigões”. Por fim, cumpre
    sintetizar que a pesquisa identificou interesses e conflitos entre os atores que formam o fio
    condutor das transformações espaciais: conflitos de ordem cultural resultantes da imposição de
    práticas sociais que diferem do gosto dos nativos; enfrentamentos entre grupos distintos que
    refletem a dualidade entre o valor de uso e o valor de troca; e interesses de valorização
    fundiária. Ademais, demonstrou que as relações sociais que implicam no processo de produção do
    espaço são estimuladas por profundos processos societários arraigados historicamente e
    camuflados por relações de mercado e por uma fachada moderna que a cidade tem adquirido
    nos últimos tempos; revelou que os atores se articulam em redes para aumentar seu
    poder de influência e que essa influência oscila, principalmente, de acordo com o poder
    econômico e político que eles ou seus associados detêm.
4
  • SALETE GONCALVES
  • TURISMO EM JOGO: A DINÂMICA DA RETERRITORIALIZAÇÃO EM TIBAU DO SUL/RN

  • Orientador : MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA APARECIDA PONTES DA FONSECA
  • RITA DE CÁSSIA ARIZA DA CRUZ
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • Data: 25/06/2010

  • Mostrar Resumo
  • O trabalho busca compreender o processo de reterritorialização desencadeado pelo desenvolvimento do turismo em Tibau do Sul/RN, observando suas implicações econômicas, socioculturais e políticas para a sociedade local. A atividade turística foi abordada enquanto fenômeno sociocultural, considerando-se o processo de (des) (re) territorialização e as relações de poder entre os agentes produtores do espaço turístico. Tendo em vista a complexidade dessa temática e a necessidade de aprofundar estudos que enfoquem os processos desencadeados pela reterritorialização turística no litoral nordestino, tendo em vista a ação dos agentes envolvidos na construção dos espaços produzidos pelo turismo, justifica-se o trabalho. Para tanto foi realizado um estudo exploratório e qualitativo, através de levantamento de dados secundários e primários, e a realização de entrevistas com as lideranças do poder público, iniciativa privada, terceiro setor e comunidade do município pesquisado. Nesse sentido, constatou-se que o processo de (des)(re)territorialização no município investigado, perpassa por contradições resultantes dos conflitos de poder existentes na localidade e embora traga implicações nas dimensões econômicas e socioculturais, seu cerne é verificado no âmbito político, na relação entre o empresariado – marcado predominantemente por outsiders que possuem negócios em Pipa – e o Poder Público local – integralmente composto por insiders que atuam na sede municipal, que até então, além de deter o poder político também detinham o poder econômico. Dessa forma, compreender a territorialização pelo turismo é analisar suas dimensões econômica, sociocultural e política; remetendo-se à complexidade das relações entre os agentes produtores do espaço. Acredita-se que a reterritorialização pode ser capaz de produzir territorialidades contextualizadas à cultura, à história, à economia e à política local, entendendo que a participação ativa dos nativos vai contribuir para um processo menos perverso, uma vez que essa tem sido uma das faces vividas pela população local.


  • Mostrar Abstract
  • O trabalho busca compreender o processo de reterritorialização desencadeado pelo desenvolvimento do turismo em Tibau do Sul/RN, observando suas implicações econômicas, socioculturais e políticas para a sociedade local. A atividade turística foi abordada enquanto fenômeno sociocultural, considerando-se o processo de (des) (re) territorialização e as relações de poder entre os agentes produtores do espaço turístico. Tendo em vista a complexidade dessa temática e a necessidade de aprofundar estudos que enfoquem os processos desencadeados pela reterritorialização turística no litoral nordestino, tendo em vista a ação dos agentes envolvidos na construção dos espaços produzidos pelo turismo, justifica-se o trabalho. Para tanto foi realizado um estudo exploratório e qualitativo, através de levantamento de dados secundários e primários, e a realização de entrevistas com as lideranças do poder público, iniciativa privada, terceiro setor e comunidade do município pesquisado. Nesse sentido, constatou-se que o processo de (des)(re)territorialização no município investigado, perpassa por contradições resultantes dos conflitos de poder existentes na localidade e embora traga implicações nas dimensões econômicas e socioculturais, seu cerne é verificado no âmbito político, na relação entre o empresariado – marcado predominantemente por outsiders que possuem negócios em Pipa – e o Poder Público local – integralmente composto por insiders que atuam na sede municipal, que até então, além de deter o poder político também detinham o poder econômico. Dessa forma, compreender a territorialização pelo turismo é analisar suas dimensões econômica, sociocultural e política; remetendo-se à complexidade das relações entre os agentes produtores do espaço. Acredita-se que a reterritorialização pode ser capaz de produzir territorialidades contextualizadas à cultura, à história, à economia e à política local, entendendo que a participação ativa dos nativos vai contribuir para um processo menos perverso, uma vez que essa tem sido uma das faces vividas pela população local.

5
  • TATIANA MORITZ
  • TURISMO NO ESPAÇO RURAL E COMUNIDADES TRADICIONAIS: uma análise das percepções da Comunidade do Catu/RN.

  • Orientador : LORE FORTES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LORE FORTES
  • FLAVIO JOSE DE LIMA SILVA
  • MARIA LUCIA BASTOS ALVES
  • Data: 01/10/2010

  • Mostrar Resumo
  • O Turismo no espaço rural se apresenta como uma prática no contexto da pluriatividade que se desenvolve nos espaços rurais, introduzindo o setor de serviços interno à propriedade rural. Nesse contexto surge o turismo rural comunitário como uma opção de desenvolvimento em comunidades rurais que mantêm características étnico-culturais solidificadas, cujo interesse de visitação seja motivado pela cultura. Diante dessa realidade, o presente estudo procurou investigar a relação entre o contexto sociocultural e o desenvolvimento do turismo rural, a partir das percepções da população do Catu. A área pesquisada é uma comunidade rural, cujo rio do mesmo nome a separa geograficamente em dois municípios, Catu/Goianinha-RN e Catu/Canguaretama-RN, que tem como base econômica a agricultura familiar. O potencial turístico rural desta comunidade é significativo, frente aos atrativos culturais e naturais presentes. A comunidade Catu é considerada remanescente da cultura indígena dos Eleotérios no Rio Grande do Norte. Para fins desse estudo, teve-se pro base a fenomenologia, cuja pesquisa de configura como exploratória, de abordagem qualitativa. A estratégia de pesquisa utilizada foi o estudo de caso. O universo da pesquisa foi determinado por uma amostragem não-probabilística intencional e a coleta de dados feita por entrevistas e observação participante. Constatou-se que a comunidade do Catu tem uma relação de pertence quanto a identidade indígena, porém, como manifestação cultural, somente reconhecem a dança do Toré. Poucos são aqueles que compreendem o verdadeiro significado do turismo no espaço rural, mas sabem elencar os atrativos do local como as trilhas na mata, as plantações, casa de farinha e a dança. É um local com consideráveis problemas sociais, mas repleto de satisfação por parte de quem mora no Catu. Para os moradores o turismo é bem vindo, fomentará mudanças e auxiliará na manutenção dos aspectos étnico-cutlurais locais.


  • Mostrar Abstract
  • O Turismo no espaço rural se apresenta como uma prática no contexto da pluriatividade que se desenvolve nos espaços rurais, introduzindo o setor de serviços interno à propriedade rural. Nesse contexto surge o turismo rural comunitário como uma opção de desenvolvimento em comunidades rurais que mantêm características étnico-culturais solidificadas, cujo interesse de visitação seja motivado pela cultura. Diante dessa realidade, o presente estudo procurou investigar a relação entre o contexto sociocultural e o desenvolvimento do turismo rural, a partir das percepções da população do Catu. A área pesquisada é uma comunidade rural, cujo rio do mesmo nome a separa geograficamente em dois municípios, Catu/Goianinha-RN e Catu/Canguaretama-RN, que tem como base econômica a agricultura familiar. O potencial turístico rural desta comunidade é significativo, frente aos atrativos culturais e naturais presentes. A comunidade Catu é considerada remanescente da cultura indígena dos Eleotérios no Rio Grande do Norte. Para fins desse estudo, teve-se pro base a fenomenologia, cuja pesquisa de configura como exploratória, de abordagem qualitativa. A estratégia de pesquisa utilizada foi o estudo de caso. O universo da pesquisa foi determinado por uma amostragem não-probabilística intencional e a coleta de dados feita por entrevistas e observação participante. Constatou-se que a comunidade do Catu tem uma relação de pertence quanto a identidade indígena, porém, como manifestação cultural, somente reconhecem a dança do Toré. Poucos são aqueles que compreendem o verdadeiro significado do turismo no espaço rural, mas sabem elencar os atrativos do local como as trilhas na mata, as plantações, casa de farinha e a dança. É um local com consideráveis problemas sociais, mas repleto de satisfação por parte de quem mora no Catu. Para os moradores o turismo é bem vindo, fomentará mudanças e auxiliará na manutenção dos aspectos étnico-cutlurais locais.

6
  • ANDRE LACERDA BATISTA DE SOUSA
  • O SENSEMAKING E O COMITÊ REGIONAL DAS ASSOCIAÇÕES E COOPERATIVAS DO ARTESANATO SERIDOENSE: BUSCANDO COMPREENDER UM COMPLEXO DE RELAÇÕES.

  • Orientador : FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • MAURO LEMUEL DE OLIVEIRA ALEXANDRE
  • FLAVIO JOSE DE LIMA SILVA
  • Data: 07/10/2010

  • Mostrar Resumo
  • A geração de sentido, sensemaking, é o processo onde os atores organizacionais começam a perceber os eventos ao seu redor estabelecendo e criando significados nas ações que desempenham em seu cotidiano. No momento em que acontecem as interações em uma rede de negócios entre os atores é que o sensemaking é gerado. Um exemplo de uma rede de relacionamento de negócios é o trabalho desenvolvido pelo Comitê de Associações e Cooperativas Regionais de Artesanato do Seridó - CRACAS. Essa organização, com sede na cidade de Caicó - Rio Grande de Norte existe com o objetivo de administrar a rede de artesãos da região do Seridó norteriograndense. A presente investigação teve como objetivo geral compreender a geração de sentido das atividades realizadas pelos atores organizacionais, inseridos no CRACAS em Caicó/RN, voltadas para a utilização dos recursos em seu cotidiano de negócios. Os objetivos específicos foram a) Identificar os recursos utilizados pelos atores organizacionais do CRACAS; b) Apreender a maneira pela qual os artesãos desempenham atividades voltadas para o controle e utilização dos recursos disponíveis em seu ambiente de negócios; c) Identificar o papel desempenhado pelos atores organizacionais (artesãos) em suas atividades cotidianas de negócios; d) Compreender como os atores organizacionais do CRACAS geram sentido de suas atividades de negócios e por fim e) Verificar os princípios que norteiam as interações dos artesãos. Nesse processo de investigação empírica, a metodologia utilizada na investigação consistiu-se em um Estudo de Caso no CRACAS e nas sete Associações das Bordadeiras filiadas a ele. Concluiu-se a geração de sentido acontece durante a realização da atividade como a confecção dos produtos. De acordo com as artesãs os recursos financeiros não provêm do CRACAS. Constatou-se que os sete municípios do bordado interagem como uma rede de negócios do artesanato e que existe uma carência de recursos e infraestrutura nas associações.


  • Mostrar Abstract
  • A geração de sentido, sensemaking, é o processo onde os atores organizacionais começam a perceber os eventos ao seu redor estabelecendo e criando significados nas ações que desempenham em seu cotidiano. No momento em que acontecem as interações em uma rede de negócios entre os atores é que o sensemaking é gerado. Um exemplo de uma rede de relacionamento de negócios é o trabalho desenvolvido pelo Comitê de Associações e Cooperativas Regionais de Artesanato do Seridó - CRACAS. Essa organização, com sede na cidade de Caicó - Rio Grande de Norte existe com o objetivo de administrar a rede de artesãos da região do Seridó norteriograndense. A presente investigação teve como objetivo geral compreender a geração de sentido das atividades realizadas pelos atores organizacionais, inseridos no CRACAS em Caicó/RN, voltadas para a utilização dos recursos em seu cotidiano de negócios. Os objetivos específicos foram a) Identificar os recursos utilizados pelos atores organizacionais do CRACAS; b) Apreender a maneira pela qual os artesãos desempenham atividades voltadas para o controle e utilização dos recursos disponíveis em seu ambiente de negócios; c) Identificar o papel desempenhado pelos atores organizacionais (artesãos) em suas atividades cotidianas de negócios; d) Compreender como os atores organizacionais do CRACAS geram sentido de suas atividades de negócios e por fim e) Verificar os princípios que norteiam as interações dos artesãos. Nesse processo de investigação empírica, a metodologia utilizada na investigação consistiu-se em um Estudo de Caso no CRACAS e nas sete Associações das Bordadeiras filiadas a ele. Concluiu-se a geração de sentido acontece durante a realização da atividade como a confecção dos produtos. De acordo com as artesãs os recursos financeiros não provêm do CRACAS. Constatou-se que os sete municípios do bordado interagem como uma rede de negócios do artesanato e que existe uma carência de recursos e infraestrutura nas associações.

7
  • LIZ RODRIGUES CERQUEIRA
  • COMPETITIVIDADE DE DESTINOS TURÍSTICOS E O IMPERATIVO SUSTENTÁVEL: AVALIAÇÃO DE DIMENSÕES E ATRIBUTOS CONDICIONANTES NO PÓLO COSTA DAS DUNAS, RN, BRASIL.

  • Orientador : ROSANA MARA MAZARO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • ROSANA MARA MAZARO
  • LUIZ GONZAGA GODÓI TRIGO
  • Data: 08/10/2010

  • Mostrar Resumo
  • Estar disponível como destino turístico é uma condição necessária, mas não suficiente para a expansão e êxito da atividade do turismo. Para ser bem-sucedido, o turismo requer investimentos, insumos, planejamento e gestão adequados, como qualquer outra atividade econômica. Um dos objetivos fundamentais da gestão de destino é entender como a competitividade de um destino turístico pode ser melhorada e sustentada. A posição competitiva do turismo pode ser mensurada, medida e avaliada por diversos modelos. Avaliar os indicadores da competitividade de um destino turístico envolve uma análise multivariada, que vai desde aspectos ligados diretamente a atividade do turismo em si a fatores indiretos. Trata-se de elementos que se inter-relacionam e que, juntos, vão apontar a condição competitiva desse destino. A partir da definição e caracterização da competitividade, sustentabilidade e gestão no âmbito dos destinos turísticos, entendidos como os principais conceitos deste estudo, são apresentados os principais modelos teóricos e metodológicos de avaliação de competitividade de destinos turísticos da literatura atual e  representam o estado da questão no tratamento científico do tema. Tais modelos, concebidos por pesquisadores de diversos países e aplicados em diferentes destinos turísticos, são confrontados quanto a sua estrutura, indicadores considerados e localidades em que foram aplicados. O objetivo deste estudo foi conhecer e avaliar a condição de competitividade turística do destino Pólo Costa das Dunas, a partir dos atributos condicionantes de desempenho superior do modelo de avaliação da competitividade turística de destinos Competenible, proposto por Mazaro, e que se adéquam  às exigências do mercado internacional consciente da força e importância da sustentabilidade. A condição de competitividade do destino turístico potiguar Pólo Costa das Dunas foi moderada. As potencialidades e debilidades competitivas do destino Pólo Costa das Dunas reveladas através das dezenas de atributos sustentáveis do modelo Competenible apontaram lineamentos e iniciativas que podem ser tomadas no sentido de orientar decisões estratégicas relacionadas ao seu planejamento e gestão. Nesse sentido, este estudo deve servir como suporte ao planejamento estratégico e de gestão a longo prazo do setor e como instrumento determinante para a tomada de decisões relacionadas às políticas públicas, investimentos setorial, monitoramento dos processos, planejamento estratégico, direcionamento e controle do desenvolvimento turístico local e regional de destinos.


  • Mostrar Abstract
  • Estar disponível como destino turístico é uma condição necessária, mas não suficiente para a expansão e êxito da atividade do turismo. Para ser bem-sucedido, o turismo requer investimentos, insumos, planejamento e gestão adequados, como qualquer outra atividade econômica. Um dos objetivos fundamentais da gestão de destino é entender como a competitividade de um destino turístico pode ser melhorada e sustentada. A posição competitiva do turismo pode ser mensurada, medida e avaliada por diversos modelos. Avaliar os indicadores da competitividade de um destino turístico envolve uma análise multivariada, que vai desde aspectos ligados diretamente a atividade do turismo em si a fatores indiretos. Trata-se de elementos que se inter-relacionam e que, juntos, vão apontar a condição competitiva desse destino. A partir da definição e caracterização da competitividade, sustentabilidade e gestão no âmbito dos destinos turísticos, entendidos como os principais conceitos deste estudo, são apresentados os principais modelos teóricos e metodológicos de avaliação de competitividade de destinos turísticos da literatura atual e  representam o estado da questão no tratamento científico do tema. Tais modelos, concebidos por pesquisadores de diversos países e aplicados em diferentes destinos turísticos, são confrontados quanto a sua estrutura, indicadores considerados e localidades em que foram aplicados. O objetivo deste estudo foi conhecer e avaliar a condição de competitividade turística do destino Pólo Costa das Dunas, a partir dos atributos condicionantes de desempenho superior do modelo de avaliação da competitividade turística de destinos Competenible, proposto por Mazaro, e que se adéquam  às exigências do mercado internacional consciente da força e importância da sustentabilidade. A condição de competitividade do destino turístico potiguar Pólo Costa das Dunas foi moderada. As potencialidades e debilidades competitivas do destino Pólo Costa das Dunas reveladas através das dezenas de atributos sustentáveis do modelo Competenible apontaram lineamentos e iniciativas que podem ser tomadas no sentido de orientar decisões estratégicas relacionadas ao seu planejamento e gestão. Nesse sentido, este estudo deve servir como suporte ao planejamento estratégico e de gestão a longo prazo do setor e como instrumento determinante para a tomada de decisões relacionadas às políticas públicas, investimentos setorial, monitoramento dos processos, planejamento estratégico, direcionamento e controle do desenvolvimento turístico local e regional de destinos.

8
  • ANA JAIMILE DA CUNHA
  • PRINCÍPIOS DE GOVERNANÇA APLICADOS À GESTÃO DE DESTINOS TURÍSTICOS: UMA ANÁLISE PROPOSITIVA NO PÓLO COSTA DAS DUNAS.

  • Orientador : ROSANA MARA MAZARO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ROSANA MARA MAZARO
  • SERGIO MARQUES JUNIOR
  • LUIZ GONZAGA GODÓI TRIGO
  • Data: 08/10/2010

  • Mostrar Resumo
  • Estudos recentes abordam a necessidade de adoção de modelos de gestão de destinos turísticos que melhor respondam às suas características e singularidades como setor complexo, de grande capilaridade e de importantes impactos sobre as localidades, com ênfase nos princípios da cooperação e parceria entre governo e sociedade no gerenciamento das demandas para o desenvolvimento. O estado da arte sobre o tema se fundamenta nos conceitos e premissas da formação de redes, de capital e gestão social que, combinados e alinhados aos princípios característicos da governança, conformam uma nova abordagem para a composição de estruturas e condução de processos aplicados na gestão destinos turísticos. Esta dissertação tem como objetivo analisar a correspondência entre os princípios e características do conceito de governança e o modelo de gestão implementado pelo Pólo Costa das Dunas (RN) enquanto unidade gestora do turismo regional. Caracteriza-se como um estudo descritivo, qualitativo e de caso. O estudo toma como referencia os princípios de governança de participação, cooperação, descentralização de poder e transparência, e como modelo de análise o de governo matricial, que a partir da identificação de elos e composição de estruturas em rede, permite visualizar pontos nodais relacionando organizações, programas, metas e resultados, permitindo identificar como são conduzidos os processos de decisão e implementação de programas, projetos e ações pela instancia de gestão objeto da análise. Os dados e informações foram levantados por meio de pesquisa documental e através de entrevistas de roteiro estruturado com os representantes do Conselho A pesquisa permite inferir que, apesar de haver elementos correspondentes aos princípios da boa governança em sua composição e estrutura, há aspectos críticos na condução dos processos para a proposição e implementação das ações e que ainda impedem sua efetividade.


  • Mostrar Abstract
  • Estudos recentes abordam a necessidade de adoção de modelos de gestão de destinos turísticos que melhor respondam às suas características e singularidades como setor complexo, de grande capilaridade e de importantes impactos sobre as localidades, com ênfase nos princípios da cooperação e parceria entre governo e sociedade no gerenciamento das demandas para o desenvolvimento. O estado da arte sobre o tema se fundamenta nos conceitos e premissas da formação de redes, de capital e gestão social que, combinados e alinhados aos princípios característicos da governança, conformam uma nova abordagem para a composição de estruturas e condução de processos aplicados na gestão destinos turísticos. Esta dissertação tem como objetivo analisar a correspondência entre os princípios e características do conceito de governança e o modelo de gestão implementado pelo Pólo Costa das Dunas (RN) enquanto unidade gestora do turismo regional. Caracteriza-se como um estudo descritivo, qualitativo e de caso. O estudo toma como referencia os princípios de governança de participação, cooperação, descentralização de poder e transparência, e como modelo de análise o de governo matricial, que a partir da identificação de elos e composição de estruturas em rede, permite visualizar pontos nodais relacionando organizações, programas, metas e resultados, permitindo identificar como são conduzidos os processos de decisão e implementação de programas, projetos e ações pela instancia de gestão objeto da análise. Os dados e informações foram levantados por meio de pesquisa documental e através de entrevistas de roteiro estruturado com os representantes do Conselho A pesquisa permite inferir que, apesar de haver elementos correspondentes aos princípios da boa governança em sua composição e estrutura, há aspectos críticos na condução dos processos para a proposição e implementação das ações e que ainda impedem sua efetividade.

9
  • JOSEMERY ARAUJO ALVES
  • POLÍTICAS PÚBLICAS E AS TRANSFORMAÇÕES SOCIOESPACIAIS CORRELACIONADAS AO TURISMO NO MUNICÍPIO DE CAICÓ: UMA ANÁLISE DO PERÍODO 2000 A 2010

  • Orientador : FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FRANCISCO FRANSUALDO DE AZEVEDO
  • MARCOS ANTÔNIO SILVESTRE GOMES
  • LISSA VALERIA FERNANDES FERREIRA
  • Data: 17/12/2010

  • Mostrar Resumo
  • O estudo traz uma abordagem acerca do planejamento, transformações socioespaciais e as políticas públicas de turismo implementadas no período de 2000 a 2010 em Caicó/RN, englobando os atores governamentais, setor privado, bem como a população do município e comerciantes informais que utilizam os equipamentos de lazer e serviços dispostos no lugar. Como objetivo principal, a pesquisa pretende analisar as ações do setor público e privado correlacionadas à atividade turística no município de Caicó e seus reflexos no processo de produção do espaço urbano. O projeto está estruturado de modo a realizar a investigação sobre o papel das políticas públicas para o desenvolvimento de uma localidade com potencial para o turismo, nesse caso, o município de Caicó/RN; investigar políticas públicas implementadas no setor turístico do Rio Grande do Norte, especialmente as ações do PRODETUR-Nordeste voltadas para a interiorização do turismo, atingindo de modo particular a região do Seridó e o município de Caicó, e, por fim, verificar as principais transformações socioespaciais verificadas em Caicó no período compreendido entre 2000 e 2010. Os aspectos culturais, identitários e determinadas belezas naturais podem ser vistos como atrativos capazes de atrair demanda turística, levando em consideração o despertar cada vez mais evidente do turista na busca pelo conhecimento das peculiaridades da região. Vários autores vêm trabalhando nessa perspectiva, apontando os aspectos culturais da região como elementos capazes de impulsionar a atividade turística. Os questionamentos levantados no estudo pautaram-se em pesquisa bibliográfica, fundamentada, principalmente, em autores como Beni, Dias, Cruz, Azevedo e Morais. Para obter os dados necessários à análise, os procedimentos metodológicos utilizados consistiram em observação direta intensiva, com auxílio de entrevistas, aplicadas junto aos representantes públicos que estão atuando a frente das ações políticas referentes ao turismo no município e membros do setor privado ligados aos serviços turísticos, tais como estabelecimentos de hospedagem, alimentação e agenciamento de viagens e, finalmente, a população local e comerciantes informais beneficiados, direta ou indiretamente, com os recursos e estrutura turística. Estes agentes da pesquisa foram investigados por meio de formulários estruturados como suporte para as análises. Foi detectado na pesquisa que os equipamentos de lazer e serviços instalados na última década no município de Caicó têm como foco prioritário a população do município, sendo necessário ressaltar que os moradores entrevistados percebem a importância desses instrumentos para a atividade turística. Constatou-se também, que o setor público é o principal mentor das transformações verificadas. Portanto, mostrou-se relevante estudar a atuação pública, parcerias do setor privado e influências da população, tendo em vista que essa análise poderá contribuir com trabalhos de pesquisadores, gestores públicos e empresários, podendo servir como norteador para o planejamento e desenvolvimento da atividade turística no município de Caicó.


  • Mostrar Abstract
  • O estudo traz uma abordagem acerca do planejamento, transformações socioespaciais e as políticas públicas de turismo implementadas no período de 2000 a 2010 em Caicó/RN, englobando os atores governamentais, setor privado, bem como a população do município e comerciantes informais que utilizam os equipamentos de lazer e serviços dispostos no lugar. Como objetivo principal, a pesquisa pretende analisar as ações do setor público e privado correlacionadas à atividade turística no município de Caicó e seus reflexos no processo de produção do espaço urbano. O projeto está estruturado de modo a realizar a investigação sobre o papel das políticas públicas para o desenvolvimento de uma localidade com potencial para o turismo, nesse caso, o município de Caicó/RN; investigar políticas públicas implementadas no setor turístico do Rio Grande do Norte, especialmente as ações do PRODETUR-Nordeste voltadas para a interiorização do turismo, atingindo de modo particular a região do Seridó e o município de Caicó, e, por fim, verificar as principais transformações socioespaciais verificadas em Caicó no período compreendido entre 2000 e 2010. Os aspectos culturais, identitários e determinadas belezas naturais podem ser vistos como atrativos capazes de atrair demanda turística, levando em consideração o despertar cada vez mais evidente do turista na busca pelo conhecimento das peculiaridades da região. Vários autores vêm trabalhando nessa perspectiva, apontando os aspectos culturais da região como elementos capazes de impulsionar a atividade turística. Os questionamentos levantados no estudo pautaram-se em pesquisa bibliográfica, fundamentada, principalmente, em autores como Beni, Dias, Cruz, Azevedo e Morais. Para obter os dados necessários à análise, os procedimentos metodológicos utilizados consistiram em observação direta intensiva, com auxílio de entrevistas, aplicadas junto aos representantes públicos que estão atuando a frente das ações políticas referentes ao turismo no município e membros do setor privado ligados aos serviços turísticos, tais como estabelecimentos de hospedagem, alimentação e agenciamento de viagens e, finalmente, a população local e comerciantes informais beneficiados, direta ou indiretamente, com os recursos e estrutura turística. Estes agentes da pesquisa foram investigados por meio de formulários estruturados como suporte para as análises. Foi detectado na pesquisa que os equipamentos de lazer e serviços instalados na última década no município de Caicó têm como foco prioritário a população do município, sendo necessário ressaltar que os moradores entrevistados percebem a importância desses instrumentos para a atividade turística. Constatou-se também, que o setor público é o principal mentor das transformações verificadas. Portanto, mostrou-se relevante estudar a atuação pública, parcerias do setor privado e influências da população, tendo em vista que essa análise poderá contribuir com trabalhos de pesquisadores, gestores públicos e empresários, podendo servir como norteador para o planejamento e desenvolvimento da atividade turística no município de Caicó.

SIGAA | Superintendência de Informática - (84) 3215-3148 | Copyright © 2006-2019 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao