Banca de QUALIFICAÇÃO: TAMIRES FERREIRA DA COSTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TAMIRES FERREIRA DA COSTA
DATA: 05/07/2013
HORA: 10:00
LOCAL: Auditório do CCET
TÍTULO:

Aplicações do índice de aromaticidade D3BIA (density, degeneracy, delocalization-based index of aromaticity)


PALAVRAS-CHAVES:

QTAIM, DFT, DIU, D3BIA, aromaticidade.


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Físico-Química
ESPECIALIDADE: Química Teórica
RESUMO:

Esse presente trabalho objetivo estudar a aromaticidade utilizando-se dos resultados topológicos obtidos na teoria quântica de átomos e moléculas (QTAIM), levando em consideração alguns índices de aromaticidade como: HOMA, NICS, PDI e D3BIA, pois com esses índices podemos determinar se uma molécula é aromática, não-aromática ou anti-aromático. A aromaticidade pode ser dividida em quatro critérios: estrutural, energético, magnético e eletrônico. O índice D3BIA baseia-se na densidade do anel, na degenerescência e nos índices de deslocalização dos átomos no anel. O D3BIA foi inspirado pela teoria do VB moderno, em seus estudos sobre a aromaticidade e algumas particularidades de alguns compostos orgânicos. Os pontos que foram estudados neste trabalho são índices de aromaticidade de acenos, relação entre o índice de deslocalização da uniformidade (DIU) e a ∆Gf; e a aromaticidade das espécies bisnoradamantenyl e bisnoradamantanyl dicátions. No primeiro capítulo foram investigadas as possíveis correlações lineares entre os índices de aromaticidade HOMA, NICS e PDI com o D3BIA, encontrando apenas uma boa correlação linear entre o HOMA e o D3BIA. No segundo capítulo estudamos pares de cátion e ânion que apresentavam pequena diferença na geometria, sendo isômeros ou apresentam planos de simetria similares, nos casos estudados observamos que quanto maior o DIU, menor a energia livre de Gibbs da molécula, assim podemos dizer que o DIU pode ser usado como fator de estabilidade, assim como outros fatores já conhecidos na literatura. No terceiro capítulo, foi investigado a existência de ligações multicêntricas nos sistemas estudados, nos casos do catíon e dicatíon bisnoradamantenyl ambos apresentaram ligações multicêntricas, sendo 3c-2e e 4c-2e, respectivamente. No caso do dicátion bisnoradamantanyl a análise QTAIM indica que existem dois sistemas de ligações multicêntricas. A correlação linear entre D3BIA e o NICS apresentou resultados satisfatórios. Os resultados obtidos pelo NICS e D3BIA indicaram que o dicátion bisnoradamantenila é o mais homoaromático em relação ao cátion bisnoradamantenyl e bisnoradamantene, assim a homoaromaticidade diminui à medida que a densidade eletrônica no sítio aromático é reduzido.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1714867 - CAIO LIMA FIRME
Externo ao Programa - 1893445 - EUZEBIO GUIMARAES BARBOSA
Interno - 1958858 - LUIZ HENRIQUE DA SILVA GASPAROTTO
Externo à Instituição - REGIANE DE CÁSSIA MARITANUGULINO DE ARAÚJO - UFPB
Notícia cadastrada em: 21/06/2013 09:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao