Banca de DEFESA: EWERTON RICHARD FERNANDES TEIXEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: EWERTON RICHARD FERNANDES TEIXEIRA
DATA: 19/10/2012
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório do NUPPRAR
TÍTULO:

Influência da acrilamida e poliacrilamida em sistema microemulsionado visando aplicação na recuperação avançada de petróleo.


PALAVRAS-CHAVES:

Microemulsão, recuperação de petróleo, acrilamida e poliacrilamida.


PÁGINAS: 140
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Orgânica
ESPECIALIDADE: Polímeros e Colóides
RESUMO:

Com a dificuldade de exploração de petróleo decorrente da ineficiência dos métodos convencionais, levou o homem a pesquisar formas de desenvolvimento de novas técnicas para a recuperação de óleo em reservatórios.

Dentre estas, podem ser citados os métodos químicos de recuperação, onde estão divididos em injeção de polímero, tensoativo, solução alcalina, ASP e espumas. Cada método de injeção dependerá de alguns fatores característicos. O mais conhecido é a viscosidade, pois quanto mais viscoso, maior a sua dificuldade de exploração. Uma das formas de facilitar a exploração do petróleo é diminuindo as forças capilares e/ou as tensões superficiais ou interfaciais entre os fluidos ou entre o óleo e a rocha.

Os sistemas microemulsionados proporcionam grande interesse devido as suas amplas potencialidades e aplicabilidades na indústria. No entanto, sistemas microemulsionados têm a capacidade de diminuir as tensões interfaciais e superficiais entre gás/líquido, líquido/líquido ou líquido/sólido, são termodinamicamente estáveis, e se formam a partir de uma aparente solubilização espontânea de dois líquidos imiscíveis (água, óleo) na presença de um tensoativo e, se necessário, um cotensoativo.

Sendo assim, este trabalho tem como objetivo estudar a influência da solubilização do monômero (acrilamida) e de um polímero (poliacrilamida) no sistema microemulsionado, bem como a sua aplicação na recuperação avançada de petróleo.

De acordo com os estudos realizados, foram observados que os sistemas com o monômero apresentaram menores valores tensão superficiais. A sua viscosidade não variava comparando com o sistema microemulsionado, porém, os sistemas microemulsionados com polímero, apresentaram tanto um aumento na tensão superficial, quanto na viscosidade.

O sistema microemulsionado com o polímero apresentou  um percentual de deslocamento avançado de 87,5% e de 96% de recuperação total.

 


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1308273 - EDUARDO LINS DE BARROS NETO
Presidente - 347057 - TEREZA NEUMA DE CASTRO DANTAS
Externo à Instituição - TULIO YTERBIO FERNANDES VALE - PETROBRAS
Externo ao Programa - 1531209 - VANESSA CRISTINA SANTANNA
Notícia cadastrada em: 02/10/2012 10:40
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa16-producao.info.ufrn.br.sigaa16-producao