PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de QUALIFICAÇÃO: HUGO FELIX LIMA DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: HUGO FELIX LIMA DOS SANTOS
DATA: 18/09/2012
HORA: 15:00
LOCAL: Sala de Aula do Laboratório de Química I
TÍTULO:

Estudo da estabilidade dos compostos de coordenação por QTAIM.


PALAVRAS-CHAVES:

QTAIM, Efeito quelato, metalocenos e ligação coordenada.


PÁGINAS: 99
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Físico-Química
ESPECIALIDADE: Química Teórica
RESUMO:

Esse trabalho consiste no estudo dos compostos de coordenação pela teoria quântica de átomos em moléculas (QTAIM) fundamentada na análise topológica da densidade eletrônica dos sistemas moleculares, obtida tanto teoricamente quanto experimentalmente. Na química de coordenação os temas escolhidos para serem estudados são o efeito quelato, metalocenos de titânio de estrutura pseudotetraédrica e a ligação coordenada.

No primeiro capítulo, investigamos o efeito quelato de acordo com parâmetros termodinâmicos e topológicos. A troca de ligantes monodentados por ligantes polidentados de mesma natureza química aumenta a estabilidade do complexo tanto pela contribuição da entropia quanto da entalpia, e, em alguns casos, esta última teve maior participação para a estabilidade do complexo que a entropia. Em todos os íons complexos, a troca de ligantes levou ao aumento dos valores eletrônicos da topologia como densidade eletrônica, Laplaciano da densidade eletrônica e índice de deslocalização.

No segundo capítulo, estudamos os metalocenos de titânio de estrutura pseudotetraédrica com ligantes-π volumosos ciclopentadienila (Cp) e seus derivados. O estudo topológico mostrou a presença de interações secundárias entre os átomos dos ligantes-π ou dos ligantes-σ. Devido às interações secundárias a estabilidade dos metalocenos de titânio variou conforme a natureza retiradora ou doadora de elétrons dos substituintes. Verificou-se que, para o caso dos titanocenos com pequena diferença de simetria pontual e ligantes volumosos, a havia uma relação quase-linear entre a estabilidade e o índice de deslocalização (números de elétrons entre dois átomos) envolvendo átomos de carbono do anel Cp e o titânio dos titanocenos.

O terceiro capítulo trata da ligação química nos compostos de coordenação sob o prisma da QTAIM. A teoria quântica de átomos em moléculas, até então, classifica as ligações e interações químicas em duas categorias: interação de camada fechada (ligação iônica, ligação de hidrogênio, interação de van der Waals, entre outras interações) e interação compartilhada (ligação covalente). Baseado nos parâmetros topológicos como densidade eletrônica, Laplaciano da densidade eletrônica, índice de deslocalização, entre outros, classificamos a ligação coordenada como intermediária entre as interações de camada fechada e interações compartilhadas.

 

MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1714867 - CAIO LIMA FIRME
Interno - 1714946 - KASSIO MICHELL GOMES DE LIMA
Interno - 1108747 - ROBSON FERNANDES DE FARIAS
Externo ao Programa - 1715109 - DANIEL DE LIMA PONTES
Notícia cadastrada em: 11/09/2012 08:40
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa28-producao.info.ufrn.br.sigaa28-producao