PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de QUALIFICAÇÃO: EDJANE FABIULA BURITI DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: EDJANE FABIULA BURITI DA SILVA
DATA: 13/07/2012
HORA: 10:00
LOCAL: Sala de Reunião do LCP
TÍTULO:

Síntese e caracterização estrutural de titanatos nanotubulares submetidos a diferentes  tratamentos de lavagem


PALAVRAS-CHAVES:

Nanotubos; titanatos; síntese hidrotérmica; lavagem ácida; materiais nanoestruturados.


PÁGINAS: 110
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Inorgânica
ESPECIALIDADE: Físico Química Inorgânica
RESUMO:

Materiais nanoestruturados têm se difundido com bastante sucesso ao longo dos últimos anos, isso devido ao seu tamanho e propriedades incomuns, resultando em um crescimento exponencial das atividades de investigação dedicadas à nanociência e nanotecnologia, o que tem estimulado a procura por diferentes métodos que possam controlar as principais propriedades dos nanomateriais a fim de adequá-los para aplicações de alto valor agregado. No final da década de 90 um método alternativo e de baixo custo foi proposto a partir da síntese hidrotérmica alcalina de nanotubos a base de TiO2  sem o uso de direcionador orgânico de estrutura. Através dele diversos óxidos de titânio foram testados com sucesso na produção dos nanotubos. O mecanismo de formação de crescimento dos nanotubos, a influência dos parâmetros de síntese na estrutura final e a composição química ainda são objetos de numerosos estudos. Baseando-se nesse contexto, o objetivo desse trabalho foi preparar diferentes materiais a base de TiO2 anatase utilizando o método de síntese hidrotérmica proposto por Kasuga e submetê-los em seguida a um tratamento de lavagem ácida, com o propósito de verificar  o comportamento estrutural das amostras finais. Essas foram caracterizadas por difratometria de raios X (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV), microscopia eletrônica de transmissão (MET), adsorção/dessorção de N2 (BET), análise térmica (TG/DTA), acidez superficial (via adsorção de n-butilamina) e diferentes métodos espectroscópicos como, espectroscopia de absorção na região do infravermelho (FT-IR), espectroscopia Raman e espectroscopia fotoeletrônica de raios X (XPS). O conjunto de caracterizações se complementou, confirmando a transformação completa do TiO2 anatase de partida em titanatos nanotubulares (TTNT). Ao observar a influência que o tratamento de lavagem ácida exerce na estrutura do mesmo, concluiu-se que os nanotubos são formados durante o tratamento térmico, pois a amostra que não foi submetida ao processo também alcançou uma transformação completa de fase, conforme os resultados de cristalografia e morfologia, entretanto a área superficial deles é praticamente dobrada após a lavagem ácida. Por espectroscopia foi realizada uma minusiosa discussão acerca da composição química desses titanatos, obtendo resultados relevantes que estão de acordo com a literatura. Por fim, ressalta-se que os produtos obtidos nesse trabalho são materiais potenciais para diferentes aplicações em catálise e fotocatálise, levando em consideração a importância de suas propriedades.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 350509 - ANTONIO SOUZA DE ARAUJO
Interno - 345799 - OTOM ANSELMO DE OLIVEIRA
Interno - 1308577 - SIBELE BERENICE CASTELLA PERGHER
Notícia cadastrada em: 03/07/2012 17:24
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao