PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de QUALIFICAÇÃO: LUCIANE DE LIRA TEIXEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCIANE DE LIRA TEIXEIRA
DATA: 28/02/2012
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório do NUPPRAR
TÍTULO:

Análises bromatológicas em frutos de Licania tomentosa Benth


PALAVRAS-CHAVES:

fruto; macronutrientes; micronutrientes; fenólicos


PÁGINAS: 105
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Analítica
ESPECIALIDADE: Gravimetria
RESUMO:

O presente trabalho realizou das análises bromatológicas com os frutos da Licania tomentosa Benth que pertence à família Chrysobalanaceae, ordem Rosales e superordem Rosiflorae. As amostras foram coletadas no mês de fevereiro de 2011 no município de Natal – RN. Os frutos foram fracionados em casca, polpa e semente, e com as amostras foram realizadas as determinações de umidade e cinzas por métodos termogravimétricos, açúcares redutores e totais pelo método do DNS, lipídeos por extração com Soxhlet, minerais por ICP/OES e demais análises por medições físicas dos frutos. Os frutos destinados as análises de determinação do teor de flavonóides e fenólicos totais foram secos a 40ºC e triturados. Para as análises de determinação do teor de fenólicos e flavonóis totais se utilizou a espectroscopia na região do visível, sendo também realizada a caracterização dos extratos etanólicos por cromatografia líquida de alta eficiência e teste de atividade antioxidante para os extratos hidroetanólicos. Como resultados obteve-se cerca de 83,9% dos frutos apresentaram comprimento entre 4,0 – 6,0 cm, com relação à determinação do diâmetro dos frutos cerca de 97,4 % dos frutos apresentaram diâmetro entre 2,0 – 4,0 cm, peso médio de 36,14 g(7,86), a casca apresentou 60,5 (1,5)% de umidade, a polpa 72,3 (0,9) e a semente 44,4 (0,4)%, a casca apresentou 0,22(0,00)% de cinzas, a polpa 1,41(0,01)% e a semente 1,18(0,01)%, a casca apresentou 3,73(0,09)mg de lipídeos/ 100 g de amostra, a polpa 0,40(0,04) e a semente 0,05(0,00). Com relação aos teores de açúcares redutores e totais obteve-se os respectivos resultados, 16,23 (0,23) g/100g e 20,70(0,24) g/100g. O fruto do oitizeiro se apresenta com uma boa fonte de nutrientes principalmente carboidratos e lipídeos. As análises de determinação da atividade antioxidante realizadas foram os testes de poder redutor e capacidade antioxidante, a capacidade antioxidante dos extratos hidroetanólicos da casca e da polpa apresentaram resultados semelhantes, sendo entretanto superior as concentrações do extrato hidroetanólico da casca. Com relação ao teor de fenólicos e flavonóides totais o extrato hidroetanílico da casca apresentou valores de concentração superiores. Na caracterização dos extratos por cromatografia líquida de alta eficiência foram identificados os seguintes compostos por meio do tempo de retenção indicado pela corrida dos padrões: catequina, rutina, apigenina no extrato etanólico da casca sem nenhum tratamento de remoção de lipídeos, após o “clean up” foi possível identificar a apigalocatequina, catequina, apigenina, rutina, hiperina e ainda três compostos com tempos de retenção divergentes dos padrões, os mesmo teste foram repetidos para os extratos etanólicos da polpa, nos quais foi possível identificar o ácido clorogênico. Diante dos resultados o fruto da Licania tomentosa Benth pode ser uma alternativa de alimento mediante a análise de seu conteúdo nutricional e por possuir substâncias com ação antioxidante.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 7350310 - MARIA DE FATIMA VITORIA DE MOURA
Interno - 348475 - DJALMA RIBEIRO DA SILVA
Externo ao Programa - 2378605 - CRISTIANE FERNANDES DE ASSIS
Notícia cadastrada em: 24/02/2012 15:38
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa05-producao.info.ufrn.br.sigaa05-producao