Banca de DEFESA: JOÃO PAULO DA COSTA EVANGELISTA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: JOÃO PAULO DA COSTA EVANGELISTA

DATA: 25/02/2011

HORA: 09:00

LOCAL: Sala de treinamento do Núcleo de Pesquisa em Petróleo e Energias Renováveis

TÍTULO:

Obtenção de Biodiesel através da Transesterificação do Óleo de Farelo de Arroz utilizando KI/Al2O3


PALAVRAS-CHAVES:

Al2O3. KI/Al2O3. Óleo de farelo de arroz. Transesterificação. Biodiesel


PÁGINAS: 108

GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra

ÁREA: Química

SUBÁREA: Físico-Química

ESPECIALIDADE: Cinética Química e Catálise

RESUMO:

Esse estudo propõe-se obter um biodiesel a partir da transesterificação do óleo de farelo de arroz com KI/Al2O3 verificando a influência de dois de tipos de alumina (tipo 1 e 2) na conversão em ésteres metílicos. O catalisador foi sintetizado pelo método de impregnação via úmida, como relatado por Xie e Li (2006b). Adicionando 30 mL de uma solução de 35% KI(aq.) em 10 g de alumina, sob agitação constante a 80ºC por 3h. As condições reacionais utilizadas nesse estudo foram otimizadas no trabalho de Xie e Li (2006b), como razão molar de metanol:óleo de 15:1, tempo reacional de 8hs e temperatura de refluxo. A quantidade de catalisador foi variada na faixa de 1 a 5% wt. Os materiais sólidos catalíticos foram analisados por: Difração de raios-X (DRX), análise termogravimétrica (TG/DTG), espectroscopia na região do infravermelho (FTIR), Adsorção/dessorção de nitrogênio, microscopia eletrônica de varredura (MEV) e teste de basicidade para identificação da estrutura e sua composição, verificando a presença de sítios básicos. Os resultados mostraram que Al2O3(1) apresenta uma estrutura amorfa, alta área superficial e uma melhor conversão em biodiesel em relação ao catalisador sintetizado com o suporte Al2O3(2) que mostrou-se uma estrutura mais cristalina, menor área superficial, dificultando a incorporação dos sítios ativos. O biodiesel obtido com 5% wt. KI/Al2O3(1) apresentou propriedades físico-químicas dentro das normas especificadas pela resolução nº7/2008 da ANP e o melhor rendimento da reação com 95,2%, em conformidade com a medida quantitativa a partir da TG, que exibiu 96,2% de conversão em ésteres metílicos. Foi verificado que com o aumento da quantidade de catalisador na reação, aumenta no teor de ésteres obtidos. A massa específica e a viscosidade cinemática foram reduzidas com o aumento da quantidade de catalisador, indicando um aumento na conversão dos triglicerídeos.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANA CATARINA FERNANDES CORIOLANO - UnP
Presidente - 350509 - ANTONIO SOUZA DE ARAUJO
Externo à Instituição - LUIZ DI SOUZA - UERN
Interno - 1308577 - SIBELE BERENICE CASTELLA PERGHER
Notícia cadastrada em: 15/02/2011 17:26
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao