Banca de DEFESA: PEDRO FILIPE ALVES CHAVES DE QUEIROZ

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : PEDRO FILIPE ALVES CHAVES DE QUEIROZ
DATA : 27/10/2023
HORA: 14:00
LOCAL: videoconferência
TÍTULO:

ATIVAÇÃO MECANOQUÍMICA PARA OBTENÇÃO DA ZEÓLITA ZSM-5 HIERÁRQUICA E APLICAÇÃO NA PIRÓLISE DO PLÁSTICO


PALAVRAS-CHAVES:

Moagem de bolas; Polipropileno; ZSM-5 Hierárquica; Pirólise; Combustíveis Sustentáveis


PÁGINAS: 125
RESUMO:

As zeólitas hierárquicas são materiais com uma combinação de microporos, mesoporos e macroporos para facilitar a difusão de moléculas volumosas, preservando as características da zeólita microporosa de origem. Solvente, calor e tempo são usados na síntese hidrotérmica, que é mais cara e produzem resíduos. Esta pesquisa visa evitar a síntese hidrotérmica usando a síntese mecanoquímica, através da técnica de moagem de bolas da zeólita NH4ZSM-5, livre de solvente, com co-templates: brometo de cetiltrimetilamônio (CTMABr) e brometo de tetrapropilamônio (TPABr). O tempo de moagem, diâmetro e quantidade de bolas e a escala de rotação foram otimizados para identificar as melhores condições operacionais do moinho de bolas (IKA ULTRA TURRAX TUBE DRIVE – UTTD), para ativação mecanoquímica da zeólita ZSM-5.  A análise de dados usando Difração de raios X (DRX), Infravermelho com transformada de Fourier (FTIR) e Microscopia eletrônica de Varredura acoplada a Espectroscopia de dispersão de elétrons (MEV/EDS) mostraram as melhores condições do moinho de bolas: utilizando 15 bolas de aço com 6 mm de diâmetro, sem solvente e a análise textural por adsorção e dessorção de N2 revelaram que apenas cinco minutos são necessários para alterar significativamente a estrutura e a forma química, levando à reorganização via recristalização e novas ligações geradas pelos grupos silicatos e aluminatos dos catalisadores. Os dados de análise termogravimétrica das zeó litas mostraram a importância dos templates para o desenvolvimento de mesoporos intercristalinos. Os catalisadores modificados foram aplicados na pirólise do polipropileno e os produtos foram analisados por cromatografia a gás acoplado a espectrometria de massas (CG/EM). Foi observado que a zeólita ZSM-5 com ativação mecanoquímica produziu 94% em massa de compostos na faixa de hidrocarbonetos na faixa de C6  a C9, semelhantes a gasolina e diesel, com seletividade para compostos mono-aromáticos, evidenciando que o material obtido foi efetivo para produção de combustíveis sustentável de alto valor agregado a partir da conversão de plásticos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149328 - VALTER JOSE FERNANDES JUNIOR
Interno - 350509 - ANTONIO SOUZA DE ARAUJO
Externa à Instituição - ARUZZA MABEL DE MORAIS ARAUJO - UFRN
Externo à Instituição - FLORIVAL RODRIGUES DE CARVALHO - UFPE
Notícia cadastrada em: 04/10/2023 12:44
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao