Banca de DEFESA: SIMONE ALVES SERAFIM ROCHA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SIMONE ALVES SERAFIM ROCHA
DATA : 28/02/2023
HORA: 14:00
LOCAL: videoconferência
TÍTULO:

Contribuição ao conhecimento químico e biológico das espécies: Marsdenia megalantha (Apocynaceae) e Varronia dardani (Boraginaceae)


PALAVRAS-CHAVES:

Marsdenia megalantha; Polioxipregnanos; Apocynaceae; Varronia dardani; cordiaquinonas


PÁGINAS: 164
RESUMO:

A Caatinga é um patrimônio único no planeta, seu clima semiárido possibilita a imensas variedades de paisagens e biodiversidades exclusivas. Com o intuito de contribuir para o conhecimento químico e biológico das espécies pertencente a flora da Caatinga além de auxiliar na descoberta de novos fármacos para a cura de doenças, esse estudo descreve o estudo fitoquímico e a investigação de algumas propriedades e biológicas de duas espécies de plantas endêmicas desse ecossistema: Marsdenia megalantha e a Varronia dardani. M. megalantha, conhecida como “mata-calado”, tem sido alvo de estudos devido provocar envenenamento em animais após a ingestão de suas raízes. O estudo químico do extrato hidroalcóolico das raízes de M. megalantha permitiu o isolamento cinco compostos: a Megalanthosideo A, B e C e o 24-metil-polinast-5, 23-dien-3,15-diol, sendo relatados pela primeira vez na literatura, além do Lanosterol, revelando que esta espécie é fonte promissora de saponinas com esqueleto pregnano, substâncias que apresentam propriedades citotóxica, antidislipidemica, antioxidante e anti-HIV reportadas na literatura.  V. dardani, conhecido popularmente como “moleque-duro”, possibilitou o estudo químico do extrato etanólico das raízes de V. dardani resultando no isolamento e identificação estrutural de duas naftoquinonas: o 2-etoxi-cordiaquinonas A, sendo inédita na literatura e a Cordiaquinona B. Todos os constituintes químicos isolados foram caracterizados por técnicas espectroscópicas como ressonância magnética nuclear de hidrogênio (RMN1H) e carbono (RMN 13C), incluindo técnicas bidimensionais (COSY, HMQC, HMBC e NOESY) e os espectros comparados com dados disponíveis na literatura. Os compostos isolados de V. dardani foram submetidos a teste de citotoxicidade e que inibiram 50% do crescimento das linhagens de células (IC50) frente as células de linhagens tumorais humanas apresentando respectivamente IC50 de 2,7 - 4,2 g.mL-1 e 1,0 – 1,4 g.mL-1 para o HCT-116 (adenocarcinoma colorretal) e IC50 3,0 - 4,2 g.mL-1 e 1,6 – 2,3 g.mL-1 para o MDA-MB-231 (adenocarcinoma de Mama) respectivamente, demonstrando um forte potencial de atividade citotóxica e estimulando a continuidade deste estudo com perspectiva na descoberta de moléculas anticâncer. O óleo essencial das folhas de V. dardani, obtido por hidrodestilação, foi analisado e caracterizado quimicamente por Cromatografia gasosa acoplado ao espectrofotômetro de massa (CG-MS) e Cromatografia gasosa com detector de ionização em chamas (CG-FID). A análise resultou na identificação de vinte e cinco (25) constituintes químicos, correspondendo a um total de 99,9% da composição química do óleo, consistindo basicamente em monoterpenos e sesquiterpenos. Este óleo essencial mostrou atividade antimicrobiana contra a Staphylococcus aureus, Escherichia coli e Pseudomonas aeruginosa e atividade antifúngica contra duas leveduras, Candida albicans e Candida parapsilosis. Além disso o óleo essencial também foi submetido a bioensaios larvicida, apresentando um LC50 de 97,93 (± 1,25). Este estudo contribuiu para o conhecimento químico e biológico de duas espécies endêmicas da Caatinga, possibilitando a descoberta de novas substâncias desconhecidas em M. megalantha, além de ensaios biológicos inéditos relacionados as atividades antimicrobianas, antifúngica, larvicida e citotóxicas na espécie V. dardani.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1569526 - RENATA MENDONÇA ARAUJO
Interno - 1803692 - FABRICIO GAVA MENEZES
Externa ao Programa - 1490222 - SILVANA MARIA ZUCOLOTTO LANGASSNER - UFRNExterno à Instituição - ANDERSSON BARRISON - UFSCAR
Externa à Instituição - CALINE GOMES FERRAZ - UFBA
Notícia cadastrada em: 27/02/2023 08:57
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao