Banca de QUALIFICAÇÃO: WESLEY EULÁLIO CABRAL CAVALCANTI

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : WESLEY EULÁLIO CABRAL CAVALCANTI
DATA : 12/12/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Química III
TÍTULO:

Conversão do glicerol na presença de etanol usando catalisadores a base de CoFe2O4/SBA-15.


PALAVRAS-CHAVES:

Glicerol. SBA-15. Ferrita de Cobalto. Conversão. Etanol.


PÁGINAS: 80
RESUMO:

O glicerol é um subproduto do biodiesel, portanto, o crescimento da produção desse biocombustível em escala global tem provocado um aumento na oferta de glicerol, diminuindo drasticamente seu valor de mercado. Com a finalidade de melhorar a eficiência econômica e os padrões ecológicos da produção do biodiesel, têm-se buscado converter o glicerol em produtos de maior valor agregado. Nesse sentido, esse trabalho se propôs a sintetizar e caracterizar o sólido a base de ferrita de cobalto suportada em SBA-15 (CoFeeO4/SBA-15) para atuar como catalisador na reação de conversão do glicerol na presença de etanol. O Suporte foi sintetizado via método hidrotérmico utilizando o P123 como direcionador orgânico e o TEOS como fonte de sílica. Enquanto a síntese do catalisador se deu através da impregnação dos precursores de Fe3+  e Co2+  via método de Pechini. As caracterizações via difração de raios-X (DRX) e espectroscopia FTIR confirmaram as sínteses da SBA-15 e do CoFeeO4/SBA-15. A análise de fisissorção de N2 mostrou uma área superficial de 372 m2/g e um volume de total de poro de 0,65 cm3/g para o catalisador, indicando a presença do óxido na superfície e nos mesocanais do suporte. Através da microscopia eletrônicas  de varredura (MEV) confirmou-se a manutenção da morfologia do suporte após o processo de impregnação. Já a partir da microscopia eletrônica de transmissão (TEM) mediu-se um tamanho médio de partícula de 6,19 nm para a ferrita de cobalto suportada. A espectroscopia Raman permitiu caracterizar a ferrita presente no catalisador como espinélio misto com grau de inversão (δ) estimado em 0,4. A propriedade redox do catalisador foi avaliada via redução a temperatura programa (TPR-H2) que mostrou eventos de redução acima de 400°C referentes a redução do Co2+ e Fe3+. As propriedades ácido-base do catalisador indicaram a presença de sítios básicos fracos, via dessorção de CO2  a temperatura programada (TPD-CO2) e a presença de sítios ácidos de Lewis via adsorção de NO e Piridina seguira de análise de FTIR. A natureza dos sítios ácido/base serão de fundamental importância para a compreensão dos processos ocorridos durante a reação de conversão do glicerol.


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 349770 - DULCE MARIA DE ARAUJO MELO
Externo ao Programa - 1674707 - MARCO ANTONIO MORALES TORRES - nullPresidente - 2087667 - TIAGO PINHEIRO BRAGA
Notícia cadastrada em: 02/12/2022 08:24
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - (84) 3342 2210 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao