PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de DEFESA: MARLIZIA ADJA LOPES DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARLIZIA ADJA LOPES DE OLIVEIRA
DATA : 25/02/2022
HORA: 13:00
LOCAL: VIDEOCONFERÊNCIA
TÍTULO:

NANOGÉIS  TERMORRESPONSIVOS  À  BASE  DE  AMIDO  DE  MANGA  E  SUA  APLICABILIDADE  COMO CARREADOR DE MOLÉCULAS HIDROFÓBICAS


PALAVRAS-CHAVES:

Nanogel, Amido da Manga, Polímeros Termorresponsivos, Curcumina. 


PÁGINAS: 95
RESUMO:

O Nordeste Brasileiro produziu 1.093.864 toneladas de manga em 2019. Estima-se que 40-60% da produção de manga seja rejeitada como resíduo, em formas como cascas e caroços. Quase 60% da massa seca do caroço de manga é devido ao amido. Diante desse cenário, produzir copolímeros à base do amido da manga, que atualmente é descartado como rejeito agroindustrial, na forma de nanogéis termorresponsivos para incorporação de fármacos é uma solução economicamente viável. Além disso, uma problemática enfrentada na área farmacológica é que grande parte dos medicamentos hidrofóbicos tem baixa absorção no corpo humano, em função da sua baixa solubilidade e estabilidade em meio aquoso. Consequentemente, o uso de carreadores específicos para entrega dos medicamentos hidrofóbicos pode aumentar sua eficiência de ação. Portanto, neste trabalho a proposta é a produção de nanoveículos biodegradáveis e termorresponsiveis que sejam eficazes no transporte de fármacos hidrofóbicos. Para tanto, primeiramente, o amido foi reticulado com glutaraldeído, seguido pela carboximetilacação com ácido monocloacético e, finalmente, pela enxertia de cadeias de poli(N-isopropilacrilamida) (PNIPAM). Os resultados obtidos na análise elementar, RMN de hidrogênio e infravermelho com transformada de Fourier revelaram os aspectos estruturais e composição dos materiais, evidenciando o sucesso na produção do carboximetilamido-g-poli(N-isopropilacrilamida) (CMA-g- PNIPAM). Através do MEV e DLS foi constado que as nanopartículas apresentaram elevado poder de intumescimento. A transmitância dos copolímeros em meio aquoso diminuiu abruptamente acima de 33 °C. Os nanogéis não apresentaram toxicidade para células-tronco derivadas de tecido adiposo humano (ADSCs) e hemácias (RBCs). Da mesma forma, os produtos mostraram-se não hemolíticos nos ensaios de LDH, alamarBlue e hemólise. Em virtude dos resultados obtidos, foi avaliada o potencial de matrizes poliméricas à base de CMA-g-PNIPAM como carreadores de fármacos hidrofóbicos, usando a curcumina como fármaco modelo. Os dados da cinética de incorporação da curcumina mostraram que em 8 horas a matriz polimérica conseguiu absorver aproximadamente 25% da curcumina livre disponível, enquadrando-se no modelo de sorção de pseudo-segunda ordem. Com base nos resultados obtidos, conclui-se que os copolímeros sintetizados apresentam características funcionais interessantes para aplicação em sistemas de carreamento de fármacos hidrofóbicos.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - ANA MARIA DA SILVA MAIA - UFT
Interno - 1198847 - JOSE LUIS CARDOZO FONSECA
Externa à Instituição - KEILA DOS SANTOS ALVES - IFRN
Externo à Instituição - LISZT YELTSIN COUTINHO MADRUGA
Presidente - 1149440 - ROSANGELA DE CARVALHO BALABAN
Notícia cadastrada em: 14/02/2022 12:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa25-producao.info.ufrn.br.sigaa25-producao