Banca de DEFESA: CAIO VITOR CARVALHO DE SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CAIO VITOR CARVALHO DE SOUZA
DATA : 31/01/2022
HORA: 09:00
LOCAL: videoconferência
TÍTULO:

DEGRADAÇÃO TERMOCATALÍTICA DE RESÍDUO DE POLIPROPILENO UTILIZANDO SILICA BIMODAL MESO MACROPOROSA E CATALISADOR COMERCIAL ZEÓLITA H-Y


PALAVRAS-CHAVES:

Degradação termocatalítica; Zeólita H-Y; Silica meso macroporosa; Polipropileno; Energia de Ativação. 


PÁGINAS: 106
RESUMO:

Os materiais poliméricos, em especial os materiais plásticos, em virtude de suas características e propriedades são amplamente utilizados nos mais diversos setores industriais. O século XX observou um aumento exponencial na não somente na produção, mas nas mais diversas aplicações, desde utensílios de decoração a indústria automobilística e médico hospitalar. Porém o demasiado uso desses materiais, em especial os artigo com tempo de vida curto, ou seja, aqueles que rapidamente são descartados tem atrelado um grande problema, seu descarte inadequado. Dentre as formas de descarte desses materiais nenhuma delas tem como objetivo a recuperação do conteúdo energético desse material, dentre os processos de adequação desses resíduos plásticos a única solução sustentável é a reciclagem química desse tipo de resíduo. A degradação térmica ou termocatalítica se apresenta com uma rota para tal finalidade com a possibilidade de transformação de uma resíduo em produtos de elevado valor agregado na fração combustível por exemplo.  Para tal, o uso de catalisadores se faz necessário  para um aprimoramento dos processos, reduzindo sua energia de ativação, temperatura reacional e proporcionando, a partir do catalisador utilizado, rotas para produtos preferenciais. Atualmente, as zeólitas são amplamente estudadas e utilizadas nos mais diversos processos, em especial na indústria petroquímica, porém esses materiais apresentam baixas taxas de transporte de moléculas volumosas em virtude do pequeno tamanho dos microporos, logo, novos estudos vem sendo realizado para sintetizar novos materiais hierarquizados, ou seja, com tamanho de poros superiores a zeólitas nanométricas com o objetivo de reduzir as limitações estéricas para a conversão de moléculas volumosas. Assim, o catalisador bimodal, com tamanho de poro na ordem meso e macro previamente sintetizado foi estudado para degradação de resíduo de polipropileno e sua atividade catalítica foi comparada com zeólita comercial H-Y a partir da transformação mássica das cargas de resíduo de PP em reator de vaso aberto e em uma balança termo analítica. A partir dos cálculos dos parâmetros cinéticos  bem como a energia de ativação foram realizados a partir da equação de Arrhenius e método Ozawa-Flynn-Wall para processos isotérmicos e não-isotérmicos respectivamente. Sendo assim foi possível avaliar a atividade catalítica dos materiais propostos para o presente trabalho.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 350509 - ANTONIO SOUZA DE ARAUJO
Interna - 2140818 - AMANDA DUARTE GONDIM
Externo à Instituição - JOAO PAULO DA COSTA EVANGELISTA - UnP
Notícia cadastrada em: 26/01/2022 13:34
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao