PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de DEFESA: FRANCILENE RUFINO DE LIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FRANCILENE RUFINO DE LIRA
DATA : 13/03/2020
HORA: 14:30
LOCAL: Sala 3F1
TÍTULO:

 Síntese de um Eletrólito Polimérico Sólido em Forma de Membrana Autossustentável - Alginato de Sódio e Perclorato de Lítio.


PALAVRAS-CHAVES:

Alginato de sódio . Perclorato de Lítio . Eletrólito Polimérico Sólido (EPS). Estudo Termocinético.


PÁGINAS: 100
RESUMO:

Membranas autossustentáveis foram sintetizadas baseadas em um eletrólito polimérico sólido (EPS), tendo como matriz hospedeira o alginato de sódio (NaAlg) e como agente dopante o perclorato de lítio (LiClO_4) em diferentes volumes (1, 3, 5 e 7 mL). As membranas foram obtidas utilizando o método de síntese sol-gel e, então, caracterizadas por DRX, FTIR-ATR, MEV, TG/DTG e DSC. Nos difratogramas observa-se que o comportamento amorfo da membrana de alginato de sódio puro predomina nas membranas com o sal. Nos espectros de FTIR-ATR não foi observado deslocamento das bandas, no entanto, as interações físicas entre as cadeias poliméricas e os íons do sal são confirmadas pela variação da área de duas bandas caracterizadas como bandas marcadoras. As imagens morfológicas obtidas por MEV mostraram que todas as membranas, com exceção da AlgL1, apresentam superfícies heterogêneas com aglomerados de diferentes formatos e tamanhos, evidenciando a presença do sal na matriz polimérica. As curvas TG/DTG mostraram o comportamento térmico das membranas evidenciando que o sal não interfere na decomposição do polímero. No entanto, o sal se decompõe em temperaturas menores à medida que se aumenta a sua concentração no eletrólito. Realizou-se, a partir dos dados TG/DTG, um estudo cinético da decomposição térmica das membranas, utilizando os métodos de Coats - Redfern (CR) e Horowitz – Metzger (HM), que sugerem uma cinética de primeira ordem. Obteve-se, então, o fator pré-exponencial A e os parâmetros térmicos de ativação, E*, ΔH*, ΔS* e ΔG*. Através das curvas de DSC observa-se que ocorrem dois eventos exotérmicos sendo o primeiro relacionado com a decomposição do polímero enquanto o segundo está relacionado com a decomposição do sal.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 348475 - DJALMA RIBEIRO DA SILVA
Externa ao Programa - 1149539 - MARIA GORETTE CAVALCANTE
Externa à Instituição - ROBERTA PATRÍCIA MEDEIROS DE MARIA - EEDNM
Interno - 1149328 - VALTER JOSE FERNANDES JUNIOR
Notícia cadastrada em: 03/03/2020 15:54
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao