PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOSÉ AURÉLIO PINHEIRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOSÉ AURÉLIO PINHEIRO
DATA : 10/12/2019
HORA: 10:00
LOCAL: LAPET
TÍTULO:

Nanocristais de celulose responsivos à salinidade e temperatura: Avaliação de aplicabilidade na estabilização de emulsões de água em óleo


PALAVRAS-CHAVES:

Poli(N-isopropilacrilamida), nanocelulose, termorresponsivo, enxertia


PÁGINAS: 100
RESUMO:

Neste estudo, nanocristais de celulose (NCC) foram obtidos a partir hidrólise ácida de uma amostra de celulose de algodão comercial. Em seguida, os NCC foram modificados quimicamente através da inserção de cadeias do polímero termorresponsivo poli(N-isopropilacrilamida) (PNIPAM). A enxertia foi feita por meio do uso do monômero N-isopropilacrilamida (NIPAM), utilizando o par redox persulfato de potássio/N,N,N',N'-tetrametiletilenodiamina como iniciador em temperatura ambiente (~25°C), ou por meio de ativação térmica (60°C) do persulfato de potássio. Os materiais foram caracterizados por Análise Elementar, Espectroscopia na Região do Infravermelho com Transformada de Fourier (FTIR), Espectroscopia por Ressonância Magnética Nuclear (RMN), Difração de Raios-X (DRX) e Análise Termogravimétrica (ATG). As propriedades dos NCC de algodão e seus respectivos NCC modificados em meio aquoso foram avaliadas através de espalhamento de luz dinâmico (DLS) e microscopia confocal. Além disso, foi avaliada a estabilidade visual dos materiais modificados em solventes de diferentes polaridades. A análise elementar revelou a presença de nitrogênio nos nanocristais modificados, que cresceu quando a quantidade de NIPAM no meio reacional foi aumentada. Os espectros no infravermelho apresentaram bandas referentes tanto aos grupos funcionais de NCC quanto de PNIPAM. Espectros de RMN de 13C também apresentaram picos referentes às cadeias de PNIPAM e NCC e ausência da dupla referente ao monômero, indicando que a reação de enxertia foi efetiva. Conforme esperado, o aumento na quantidade de NIPAM no meio reacional levou a uma diminuição na cristalinidade dos NCC. A ATG revelou que os NCC enxertados apresentaram maior temperatura inicial de degradação que os NCC de partida. O raio hidrodinâmico dos NCC modificados variou em função da temperatura da medida, da temperatura de reação e da quantidade de NIPAM adicionada no meio reacional. A microscopia confocal revelou uma mudança no formato de agulha dos NCC para uma estrutura mais ovalada nos NCC enxertados com PNIPAM. Os nanocristais modificados com maiores quantidades de NIPAM no meio reacional apresentaram maior estabilidade nos diferentes solventes. Em função do caráter hidrofóbico da PNIPAM ser aumentado em função da temperatura e da salinidade, os materiais sintetizados apresentam potencial para atuarem como estabilizantes de emulsões inversas do tipo salmoura em óleo.


MEMBROS DA BANCA:
Externa ao Programa - 2203888 - MARCIA RODRIGUES PEREIRA
Presidente - 1149440 - ROSANGELA DE CARVALHO BALABAN
Externa ao Programa - 1523912 - TATIANA DE CAMPOS BICUDO
Notícia cadastrada em: 29/11/2019 17:17
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao