Banca de QUALIFICAÇÃO: ROMARIO CEZAR PEREIRA DA COSTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ROMARIO CEZAR PEREIRA DA COSTA
DATA : 02/07/2019
HORA: 10:00
LOCAL: a definir
TÍTULO:

Síntese e caracterização de transportadores sólidos de oxigênio a base de Cu e Mn suportados em minerais para utilização em tecnologia de recirculação química com captura de CO2.


PALAVRAS-CHAVES:

Captura de CO2. Recirculação química. CLC. Cobre. Manganês. Diatomita. Caulim.


PÁGINAS: 90
RESUMO:

Nos últimos anos tem sido amplamente investigado sobre as causas e consequências à cerca das mudanças climáticas, em favor da quantidade de gases antropogênicos que são emitidos na atmosfera. Um dos grandes causadores do efeito estufa é o CO2, o qual tem sido produzido, em maior parte, a partir da queima de combustíveis fósseis. No intuito de minimizar as emissões, bem como as graves consequências ocasionadas por esse gás, vários pesquisadores em todo o mundo tem desenvolvido mecanismos de captura e armazenamento de dióxido de carbono. Os meios convencionais de captura de CO2 utilizam-se de grande quantidade de energia para que haja a separação dos gases envolvidos nos processos de combustão. Entretanto, a captura de CO2 via processo de combustão por recirculação química, do inglês Chemical Looping Combustion (CLC), se destaca por não apresentar penalidade energética. Em vista disto, esta Tese de doutorado teve como objetivo sintetizar e avaliar transportadores sólidos de oxigênio a base de cobre e manganês suportados em diatomita e caulim a fim de produzir energia por meio da queima indireta de combustíveis fósseis. Os transportadores foram analisados via DRX, MEV-EDS e EDX, resistência mecânica, testes de atrito (AJI), TPR e testes de reatividade por termogravimetria, além de verificar a capacidade de transporte de oxigênio que cada material possui (Roc). De acordo com os resultados de DRX, foi constatado que os óxidos de cobre (CuO) e manganês (Mn3O4), ou seja, as fases ativas, foram formadas, corroborando com os resultados gerados por TPR, que apresentou características de materiais compostos por estes óxidos, além de avaliar a redutibilidade de cada transportador. De uma forma geral, foram observados consideráveis valores de resistência mecânica dos transportadores, sendo ideais para uso em CLC. A reatividade das amostras foram avaliadas via termogravimetria, onde foram realizados ciclos de redução e oxidação, os quais constataram alta reatividade e capacidade de transporte de oxigênio de, pelo menos, dois desses materiais. Melhores valores de conversão dos combustíveis H2 e CH4 foram observados pelas amostras de cobre, em especial Cu/diatomita. As amostras a base de cobre se destacaram por terem atendido praticamente todos os requisitos necessários para serem utilizados nos processos de combustão por recirculação química (CLC).


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 349770 - DULCE MARIA DE ARAUJO MELO
Externo ao Programa - 2302898 - ELEDIR VITOR SOBRINHO
Externa ao Programa - 1979301 - RENATA MARTINS BRAGA
Externo à Instituição - RODOLFO LUIZ BEZERRA DE ARAÚJO MEDEIROS - UFRN
Notícia cadastrada em: 21/06/2019 09:41
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa26-producao.info.ufrn.br.sigaa26-producao