Banca de DEFESA: THUANNY MOURA DE SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : THUANNY MOURA DE SOUSA
DATA : 02/07/2019
HORA: 14:00
LOCAL: sala 3F6
TÍTULO:

DESENVOLVIMENTO E REATIVIDADE DE NITROSILO COMPLEXOS DE RUTÊNIO COM POSSÍVEL AÇÃO ANTIBACTERIANA


PALAVRAS-CHAVES:

Nitrosilo Complexos. Rutênio. Pseudomonas aeruginosa. Staphylococcus aureus. Staphylococcus epidermidis


PÁGINAS: 105
RESUMO:

O presente trabalho tem como finalidade o desenvolvimento de nitrosilo complexos de rutênio capazes de atuarem como doador de óxido nítrico em sistemas biológicos, tendo em vista que essa molécula atua em uma diversidade de processos fisiológicos tais como a neurotransmissão, regulação da pressão arterial e participação no sistema imunológico no combate a células tumorais e parasitas intracelulares. Por esta razão, apresenta-se a síntese, caracterização, reatividade e ensaios antibacterianos dos complexos do tipo cis-[Ru(bpy)(phen)(L)(NO)](PF6)3 onde L são os ligantes tiouréia e 4-nitroimidazol, bpy = 2,2’-bipiridina e phen = 1,10’-fenantrolina. Os compostos foram obtidos a partir do complexo precursor cis-[Ru(bpy)(phen)Cl2] em água e etanol com adição dos ligantes em estudo. Através da técnica de UV-Vis, em meio aquoso, foi possível identificar as bandas MCLT para os ligantes polipiridínicos como para o ligante nitrosilo na faixa de 420-480 nm. Com relação aos espectros de infravermelho, os complexos exibiram bandas em 1926 e 1942 cm-1 atribuídas ao ѵ(NO+) com tiouréia e 4-nitroimidazol, respectivamente, indicando a coordenação do ligante nitrosil. Os voltamogramas cíclicos obtidos em NaTFA 0,1 mol/L e pH 3,5 mostraram E1/2 em 32 mV para o complexo com tiouréia e 112 mV para o 4-nitroimidazol, ambos referentes ao par redox NO+/0. No que diz respeito à reatividade, os complexos mostraram ter capacidade de liberar o óxido nítrico por redução fotoquímica e que a reação de interconversão nitrosil-nitrito ocorre em pH 6,70 e pH 5,86 para os compostos com tiouréia e 4-nitroimidazol, respetivamente. A atividade antibacteriana dos nitrosilo complexos foi investigada frente às bactérias Pseudomonas aeruginosa (ATCC-9027) e do complexo cis-[Ru(bpy)(phen)(TU)(NO)](PF6)3 frente as bactérias Staphylococcus aureus (ATCC-25923/ATCC-700698) e Staphylococcus epidermidis (ATCC-12228 /ATCC-35984). O teste revelou um MIC de 121,5 μM, do complexo com tiouréia para às Pseudomonas aeruginosa (ATCC-9027) e um MIC de 511 μM para às bactérias Staphylococcus aureus (ATCC-25923/ATCC-700698) e epidermidis (ATCC-12228). Isto indica que o composto em estudo possui capacidade de inibir o crescimento destas bactérias. Além disso, o composto apresentou um MBC de 511 μM para Staphylococcus aureus (ATCC-25923) e Staphylococcus epidermidis (ATCC-35984) sugerindo que o mesmo seja um agente antibacteriano.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1645110 - CARLOS ALBERTO MARTINEZ HUITLE
Externo ao Programa - 1715109 - DANIEL DE LIMA PONTES
Presidente - 1945343 - FRANCISCO ORDELEI NASCIMENTO DA SILVA
Externo à Instituição - TERCIO DE FREITAS PAULO - UFC
Notícia cadastrada em: 05/06/2019 09:30
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa23-producao.info.ufrn.br.sigaa23-producao