PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARLIZIA ADJA LOPES DE OLIVEIRA PINHEIRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARLIZIA ADJA LOPES DE OLIVEIRA PINHEIRO
DATA : 26/06/2019
HORA: 10:00
LOCAL: Sala de aula do LAPET
TÍTULO:

SÍNTESE E CARACTERIZAÇÃO DE NANOGÉIS TERMORRESPONSIVOS À BASE DE AMIDO DE MANGA


PALAVRAS-CHAVES:

Nanogel; Amido; Reação de Acoplamento; Poli(N-isopropilacrilamida)


PÁGINAS: 60
RESUMO:

Copolímeros termorresponsivos apresentam amplas aplicações biomédicas, incluindo encapsulamento e transplante de células, cicatrização de feridas e liberação controlada de fármacos. Nesse cenário, a presença de polissacarídeo como matriz polimérica é vantajosa, pois combina sua origem renovável, abundância, biocompatibilidade e biodegradabilidade, com a rápida resposta à temperatura de polímeros termorresponsivos, como a poli(N-isopropilacrilamida) (PNIPAM). Sendo assim, neste trabalho, o amido, obtido a partir do caroço da manga, foi reticulado com glutaraldeído e, em seguida, carboximetilado com ácido monocloacético, produzindo nanopartículas de carboximetilamido. Essas nanopartículas foram então enxertadas com cadeias de poli(N-isopropilacrilamida) com terminação amino (PNIPAM-NH2) via reação de acoplamento, usando os reagentes cloridrato de 1-etil-3-[3-(dimetilamino)propil] carbodiimida (EDC) e N-hidroxissuccinimida (NHS). Análise elementar, junto com os resultados das técnicas espectroscópicas de RMN de 1H e de infravermelho com transformada de Fourier revelaram os aspectos estruturais e composição dos materiais, evidenciando o sucesso na produção das partículas de carboximetilamido enxertadas com PNIPAM. A análise termogravimétrica mostrou que a enxertia de cadeias de PNIPAM tornou os produtos termicamente mais estáveis que o amido não modificado. Através das técnicas de MEV e DLS foi constado que as nanopartículas apresentaram elevado poder de intumescimento que, aliado à propriedade termorresponsiva, faz desses materiais candidatos promissores para uso em sistemas de liberação controlada de medicamentos.


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 2212519 - JULIANA DE SOUZA NUNES
Interna - 2203888 - MARCIA RODRIGUES PEREIRA
Presidente - 1149440 - ROSANGELA DE CARVALHO BALABAN
Notícia cadastrada em: 04/06/2019 09:22
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao