PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de QUALIFICAÇÃO: THUANNY MOURA DE SOUSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : THUANNY MOURA DE SOUSA
DATA : 14/12/2018
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 3H9
TÍTULO:

DESENVOLVIMENTO E REATIVIDADE DE UM NOVO NITROSILO COMPLEXO DE RUTÊNIO COM POSSÍVEL AÇÃO ANTIBACTERIANA


PALAVRAS-CHAVES:

Nitrosilo Complexos. Rutênio. Pseudomonas aeruginosa.


PÁGINAS: 92
RESUMO:

O presente trabalho tem como finalidade o desenvolvimento de nitrosilo complexos de rutênio capazes de atuarem como doador de óxido nítrico em sistemas biológicos, uma vez que esta molécula atua em uma diversidade de processos fisiológicos tais como a neurotransmissão, regulação da pressão arterial e participação na capacidade do sistema imunológico de destruir células tumorais e parasitas intracelulares. Por esta razão, apresenta-se a síntese, caracterização, reatividade e ensaios antibacterianos do complexo cis-[Ru(bpy)(phen)(TU)(NO)](PF6)3 em que TU = tiouréia, bpy = 2,2’-bipiridina e phen = 1,10’-fenantrolina. O nitrosilo complexo foi obtido em acetona por borbulhamento contínuo de NO(g) a partir da tiouréia e do complexo precursor cis-[Ru(bpy)(phen)Cl2. Através da técnica de UV-Vis foi possível identificar as bandas de transferência de carga do metal para os ligantes polipiridínicos nos valores de 330 e 409 nm em água e metanol, respectivamente, como para o ligante nitrosilo na faixa de 450-500 nm. Em relação ao espectro de infravermelho, os valores de ѵ(NH2) assimétrico e simétrico em 3411 e 3126 cm-1 indicaram a coordenação do ligante tiouréia como também a existência de uma banda em 1113 cm-1 referente ao ѵ(C-N) indicou a coordenação deste ligante via átomo de enxofre. Adicionalmente, foram observadas bandas na faixa de 1600 a 1450 cm-1 referentes aos n(C=C) e n(C=N) dos ligantes polipiridínicos bem como uma banda em 1926 cm-1 referente ao n(NO+) indicando a coordenação do óxido nítrico na sua forma linear. Analisando o voltamograma cíclico em NaTFA 0,1 mol/L e pH 3,5 verificou-se um processo quase reversível em 37,5 mV referente ao par redox NO+/0. Com relação ao estudo da reatividade, o complexo mostrou ter capacidade de liberar o óxido nítrico por redução fotoquímica e que a reação de interconversão nitrosil-nitrito ocorre em pH 6,70. Ao verificar a labilização do óxido nítrico por voltametria de onda quadrada sugeriu que a sua liberação ocorre através de uma reação química, em que ao reduzir o ligante NO+ para NO0 este é liberadodevido a fraca interação Ru-NO0 coordenando em seu lugar uma molécula de água. Além disso, a atividade antibacteriana do nitrosilo complexo foi investigada frente às bactérias Pseudomonas aeruginosa ATCC – 9027. O teste revelou um MIC no valor de 121,5 μM indicando que o composto em estudo possui capacidade de inibir o crescimento destas bactérias.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1945343 - FRANCISCO ORDELEI NASCIMENTO DA SILVA
Externo ao Programa - 1530500 - ANA CRISTINA FACUNDO DE BRITO PONTES
Externo ao Programa - 1715109 - DANIEL DE LIMA PONTES
Notícia cadastrada em: 13/12/2018 16:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao