Banca de DEFESA: TATIANE POTIGUARA OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : TATIANE POTIGUARA OLIVEIRA
DATA : 25/09/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Química 3
TÍTULO:

UTILIZAÇÃO DO ÓXIDO BIMETÁLICO CaO-TiO2 NA CONVERSÃO CATALÍTICA DO ÓLEO DE ALGODÃO (Gossypium hirsutum L.) EM ÉSTERES ALQUÍLICOS (BIODIESEL) VIA TRANSESTERIFICAÇÃO METÍLICA


PALAVRAS-CHAVES:

CaO-TiO2 ; Biodiesel; Óxido misto; Catalisadores heterogéneos; Transesterificação.


PÁGINAS: 130
RESUMO:

Devido ao aumento na demanda de energia e problemas de poluição causados pelo uso de combustíveis fósseis, tornou-se necessário o desenvolvimento de combustíveis alternativos, bem como outras fontes de energia limpa e renovável. Assim sendo, o biodiesel vem se consolidando como uma excelente alternativa. Para obtenção de biodiesel é necessário um álcool, e um catalisador. O CaO vêm se destacando devido ao baixo custo e alta atividade, porém sua atividade é causada por íons de cálcio na fase polar que sofre lixiviação. Assim a dopagem com metais tem sido investigada, visando melhorar sua atividade. Este estudo investiga a adição de óxido de Titânio ao óxido de Cálcio e o uso do óxido misto, CaO-TiO2, como catalisador heterogêneo básico na transesterificação, a partir do óleo de algodão (Gossypium hirsutum L.) para obter Biodiesel. Estes catalisadores de óxido misto CaO-TiO2 foram preparados através do método convencional do estado sólido, em diferentes proporções molares de Ca: Ti, calcinados a 800ºC e caracterizados por Difração de Raios X(DRX), Termogravimetria (TG), Espectroscopia Raman, Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) acoplada à análise de Energia Dispersiva por Raios X (EDS) e análise de Adsorção e dessorção de N2 . Os catalisadores obtidos foram empregados na reação com relação molar metanol:óleo de 20:1, 10% da quantidade de catalisador; e a temperatura de 60 oC por 5h. O melhor catalisador foi determinado como sendo 0,25Ca-0,75Ti, considerando a sua atividade catalítica, pois obteve a maior conversão (92,2%), e não lixiviou o cálcio. Foram testadas diferentes temperaturas de calcinação (800, 900 e 1000ºC) do 0.25Ca:0.75Ti, além da variação de parâmetros de síntese. As melhores condições de reação foram a razão metanol/óleo 20:1, 10% em peso de catalisador, a 60°C, durante 6 horas de reação para o catalisador 0,25Ca:0,75Ti – 800, calcinado a 800ºC, considerando o alto teor de conversão 94,23% bem próximo do teor permitido pela ANP 45/2014 (96,5%) e a habilidade anti-lixiviação e reutilização. Portanto, o óxido misto CaO-TiO2 têm um grande potencial para obtenção de biodiesel, podendo ainda ser melhoradas as condições de obtenção.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2140818 - AMANDA DUARTE GONDIM
Interno - 348475 - DJALMA RIBEIRO DA SILVA
Externo à Instituição - LUZIA PATRICIA FERNANDES DE CARVALHO GALVAO - UnP
Externo à Instituição - RAFAEL SILVA MENEZES - MCTI
Interno - 1308577 - SIBELE BERENICE CASTELLA PERGHER
Notícia cadastrada em: 24/09/2018 10:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa21-producao.info.ufrn.br.sigaa21-producao