PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de DEFESA: TAIZA NAYARA DA SILVA CARIDADE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : TAIZA NAYARA DA SILVA CARIDADE
DATA : 27/07/2018
HORA: 09:30
LOCAL: Auditório do Química 3
TÍTULO:

ESTUDO FITOQUÍMICO E BIOLÓGICO DE QUATRO DIFERENTES ESPÉCIES DO GÊNERO Waltheria


PALAVRAS-CHAVES:

Waltheria. Malvaceae. Flavonoides. Auranamida. Artemia salina. DPPH


PÁGINAS: 120
RESUMO:

O gênero Waltheria pertence à família Malvaceae, que é composta por 243 gêneros e 4225 espécies distribuidas em diferentes regiões do mundo, principalmente em regiões tropicais da América do Sul. Seu uso popular é vasto, e suas espécies são  utilizadas no tratamento de úlceras, hemorroidas, asma, diarreia, além de apresentar alta atividade antioxidante, anticâncer, antiinflamatória e anticonvulsiva. Espécies deste gênero são ricas em flavonoides, terpenos, alcaloides, ciclopeptídeos, dentre outros metabólitos secundários.  O estudo fitoquímico das partes aéreas e caule de diferentes espécies de Waltheria conduziu ao isolamento de um triterpeno pentaciclíco do tipo lupano, o ácido 3-oxolup-20(29)-en-28-óico (ácido betulônico), quatro flavonoides:  5-hidroxi-3,3’,4’,7-tetrametoxiflavona (retusina), 5-hidroxi-3,7,4’-trimetoxiflavona, canferol-3-O-β-glicopiranosídeo,glicopiranosídeo e canferol-3-O-β-(6''-cumaroil)-glicopiranosídeo (tilirosídeo), ambos inéditos para as espécies estudada. Além do dipeptídeo N-benzoil-L-fenilalaninato de N-benzoil-2- amino-3-fenilpropila conhecido como auranamida, inédito para o gênero estudado. O estudo de dereplicação dosestratos estudados mostrou que os flavonoides são metabólitos majoritários nas espécies coletadas no nordeste, divergindo do estudo realizado no sul do país, podendo ser relacionado com a influência dos fatores abióticos. Um ensaio preliminar de toxidade dos extratos com Artemia salina revelou a baixa toxicidade das espécies estudadas com DL50 superiores a 1000 ug/mL, além de alta atividade antioxidante frente ao radical DPPH, com destaque para Waltheria douradinha, que apresentou atividade superior as demais espécies estudadas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1569526 - RENATA MENDONÇA ARAUJO
Interno - 2140775 - LIVIA NUNES CAVALCANTI
Externo à Instituição - ROSA VIRGÍNIA SOARES MAMEDE - UESPI
Notícia cadastrada em: 25/07/2018 16:05
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa15-producao.info.ufrn.br.sigaa15-producao