PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de QUALIFICAÇÃO: SAULO GREGORY CARNEIRO FONSECA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SAULO GREGORY CARNEIRO FONSECA
DATA : 29/06/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do química 3
TÍTULO:

PROPRIEDADES ESTRUTURAIS E MAGNÉTICAS DE FERRITAS DE COBRE E COBALTO DOPADAS COM GADOLÍNIO (Gd3+) SINTETIZADAS PELO MÉTODO DE COMBUSTÃO


PALAVRAS-CHAVES:

Combustão. Ferritas. Gadolínio. Distribuição Catiônica


PÁGINAS: 103
RESUMO:

Nanoferritas de Co e Cu dopadas com íons Gd3+ de fórmula geral Co0.5Cu0.5Fe2-xGdxO4 (x = 0, 0.02, 0.04 e 0.06) foram sintetizadas pelo método da combustão e calcinadas a 900 ºC. As características estruturais foram analisadas por Espectroscopia de Absorção na Região do Infravermelho (FTIR), Difração de Raios – X (DRX)/Método Rietveld, Microscopia eletrônica de Varredura (MEV) e suas propriedades magnéticas estudas por Magnetometria de Amostra Vibrante (MAV). Por FTIR determinou-se que a presença de cátions Gd3+ nas amostras desloca os estiramentos entre Fe3+ – O2- para menores valores. Os resultados das análises de DRX/Método Rietveld indicam que as amostras possuem estruturas cúbicas do tipo espinélio e nas ferritas dopadas com cátions Gd3+ houve a formação de uma segunda fase de estrutura ortorrômbica (GdFeO3), o tamanho dos cristalitos foram calculados pela equação de Scherrer e os valores medidos ficaram na faixa compreendida entre 16.84 – 66.51 nm, também foi encontrado que os valores medidos do parâmetro de rede (a) aumentaram com o incremento de cátions Gd3+. Por MAV determinou-se os parâmetros de MS (Magnetização de Saturação), HC (Coercividade), HR (Campo Remanente), HR/HC (Quadratura), K (Constante de Anisotropia) e o nB (Magnéton de Bohr), o valor de MS inicialmente cresce com aumento da concentração de Gd3+ atingindo um valor máximo para a ferrita Co0.5Cu0.5Fe1.98Gd0.02O4, porém decresce para maiores concentrações de Gd3+, o que pode ser atribuído a migração catiônica entre os sítios octaédricos e tetraédricos dos espinélios, em conjunto com a formação da fase secundária GdFeO3, os valores de Hc e K cresceram em maiores concentrações de Gd3+, enquanto que os valores de HR permaneceram aproximadamente constantes, entretanto os valores de HR/HC medidos ficaram em torno de 0.4 – 0.3 indicando a formação de pseudo-monodomínios magnéticos. Os resultados dos nB’s teóricos e experimentais inicialmente crescem e posteriormente diminuem em concentrações superiores de Gd3+, indicando que os valores dos momentos magnéticos são fortemente influenciados pela distribuição catiônica e pela composição química das ferritas sintetizadas. Os materiais sintetizados no presente trabalho apresentaram características de materiais magnéticos moles.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 350633 - ADEMIR OLIVEIRA DA SILVA
Interno - 1308577 - SIBELE BERENICE CASTELLA PERGHER
Externo à Instituição - ELANIA MARIA FERNANDES SILVA - UFRN
Notícia cadastrada em: 29/06/2018 08:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa24-producao.info.ufrn.br.sigaa24-producao