Banca de QUALIFICAÇÃO: ADRIANA PAULA BATISTA DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ADRIANA PAULA BATISTA DOS SANTOS
DATA : 22/12/2017
HORA: 10:00
LOCAL: Sala de reuniões do NUP-ER
TÍTULO:

Síntese hidrotérmica alcalina de nanotubos de La(OH)3 e nanotubos de CeO2 e estudo da influência dos parâmetros de síntese sobre suas propriedades físico-químicas


PALAVRAS-CHAVES:

Nanotubos, Nanoestruturas, Morfologia, La(OH)3 e CeO2


PÁGINAS: 140
RESUMO:

Nanotubos 1D constituídos de La(OH)3 eCeO2 obtidos por síntese hidrotérmica, tem atraído muito interesse recentemente, em virtude de suas características físico-químicas destacáveis e aplicações potenciais. Em virtude de sua estrutura tubular com três diferentes superfície de contato (superfície interna, externa e as extremidades do tubo), alta área superficial, baixa densidade e boa capacidade de transferência de carga. O método hidrotérmico tem sido largamente utilizado para a obtenção desse tipo de nanoestruturas, pois é uma técnica simples em que as propriedades dos produtos obtidos dependem do mecanismo de formação e das condições hidrotérmicas utilizadas. Desse modo, nanotubos de La(OH)3 e CeO2 foram sintetizados utilizando síntese hidrotérmicas alcalinas, livres de templetes. O efeito das condições de síntese utilizadas, como concentração de NaOH no meio reacional, temperatura e tempo de síntese, bem como as condições de calcinação foram discutidos sobre a formação da morfologia nanotubular e suas propriedades, nos dois tipos de nanotubos. Esta rota para a obtenção de nanoestruturas, além do menor custo, e de se tratar de uma forma ambientalmente mais correta, permite um maior grau de controle sobre o tamanho e propriedades dos nanotubos obtidos. Os resultados desse estudo foram divididos em 3 capítulos, em que o capítulo 1, através de patente de invenção, expõe os resultados obtidos para a síntese dos nanotubos de La(OH)3, com a influência das condições de síntese sobre a morfologia obtida. Os principais resultados, para esse tipo de material, mostraram que em todas as condições de síntese utilizadas, foram obtidos alto rendimento da morfologia nanotubular, em que os materiais em todos os casos eram constituídos de La(OH)3, organizados de forma hexagonal, que se diferenciaram no tamanho dos seus diâmetros externos. Foi observado também que quanto maior foram a temperaturas, os tempo de síntese e a concentração de NaOH, maiores foram as intensidades dos picos de difração, indicando uma maior organização estrutural, quando esses parâmetros foram aumentados. O capítulo 2, mostra um artigo que expõe a influência da calcinação sobre as propriedades físico-químicas de nanotubos de La(OH)3. Os resultados mostraram que a temperatura de calcinação influencia na organização, composição, e nas propriedades texturais dos nanotubos obtidos. O material hidratado constituído de La(OH)3 com estrutura hexagonal foi obtido após a síntese hidrotérmica e se manteve após o processo de calcinação a 750 °C. No entanto, a morfologia nanotubular foi destruída, após esse processo. A calcinação a 450 °C gerou um material de composição La2O2CO3, com uma mistura de simetrias (hexagonal e tetragonal), em que a morfologia nanotubular foi preservada. As nanoestruturas calcinadas apresentaram áreas superficiais específicas de 45 e 25 m2.g-1, quando calcinadas a 450 e 750 °C, respectivamente. Assim, nanotubos constituídos de La(OH)3 podem ser obtidos através de síntese hidrotérmica alcalina, sem templates, que pode ter sua composição e propriedades alteradas, através do processo de calcinação, conforme a sua aplicação catalítica. O capítulo 3 expõe o artigo que mostra a influência dos parâmetros de síntese (concentração de NaOH no meio reacional e temperatura e tempo de síntese) e do processo de calcinação sobre as suas propriedades físico-químicas de nanotubos de Ce. Foram obtidos nanotubos hidratados constituídos de CeO2 com estrutura fluorita cúbica em todos os casos, em que a hidratação, tamanho das nanoestrtuuras, e as vacâncias de oxigênio variaram conforme a condição de síntese utilizadas, proporcionando materiais com diferentes atividades catalíticas. O mecanismo de formação dos nanotubos de CeO2 foi discutido. Contudo, os resultados desses três capítulos mostram pela primeira vez o domínio sobre a formação, composição e o tamanho das morfologias nanotubulares de La(OH)3 e CeO2 obtidas por esta rota, através do controle desses parâmetros de síntese e do processo de calcinação. O que é de fundamental importância, para que se possa obter nanotubos com características conforme as futuras aplicações em catálise, sensores e dispositivos eletrônicos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 350509 - ANTONIO SOUZA DE ARAUJO
Externo à Instituição - JOÃO MARIA SOARES - UERN
Externo à Instituição - LUIZ DI SOUZA - UERN
Interno - 1308577 - SIBELE BERENICE CASTELLA PERGHER
Notícia cadastrada em: 19/12/2017 15:43
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao