Banca de QUALIFICAÇÃO: EWERTON RICHARD FERNANDES TEIXEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : EWERTON RICHARD FERNANDES TEIXEIRA
DATA : 07/07/2017
HORA: 14:30
LOCAL: a definir
TÍTULO:

VEICULAÇÃO DE ÓLEOS OBTIDOS DE Syzigium aromaticum L. EM SISTEMA MICROEMULSIONADO, DERIVATIZAÇÕES DESTE SISTEMA PADRÃO, CARACTERIZAÇÕES FÍSICO-QUÍMICAS E AVALIAÇÕES DAS SUAS EFICÁCIAS FARMACOLÓGICAS NA VIABILIDADE CELULAR E ATIVIDADES ANTIOXIDANTE E ANTINOCICEPTIVA


PALAVRAS-CHAVES:

Syzigium aromaticum L.; óleo de cravo; microemulsão; caracterizações físico-químicas; efeito antioxidante; viabilidade celular; atividade antinociceptiva.


PÁGINAS: 150
RESUMO:

Na presente pesquisa sistemas microemulsionados a base de óleo de cravo (Syzigium aromaticum L.) foram  preparados objetivando-se o desenvolvimento biotecnológico de produtos microestruturados aplicados na área da saúde. O formulado padrão denominado SEWOCR, apresenta a seguinte característica: valor fixo de tensoativo não iônico, variação das fases óleo (Fo, 2% - 3%) e aquosa  (83% - 84%). A quantidade mínima de surfactante necessária para preparar o sistema padrão SEWOCR, foi determinada pela concentração de diluição limitante (C.D.L). A fase óleo variou em função da origem do óleo de cravo utilizado, tais como: óleo de cravo extraído a frio ou extraído a quente, e uma amostra de óleo de cravo comercial. A partir da região de microemulsão (Winsor IV) no diagrama ternário, foram obtidos  formulados derivativos (SEWOCR1a, SEWOCR2, SEWOCR2a e SEWOCR3a), cujas propriedades físico-químicas foram avaliadas via tensão superficial, C.D.L, viscosidade, diâmetro de gotícula, densidade e potencial zeta. O estudo da tensão superficial mostrou pequenas variações entre os sistemas derivativos. No entanto, para o formulado contendo 3% de Fo, observou-se  elevações significantes nos valores da tensão superficial, C.D.L (0,0015 g/mL) e diluição limite (27,26 vezes). O formulado com menor concentração de FO, apresentou C.D.L (0,0010 g/mL) e diluição limite (49,07 vezes). Para as análises de reologia o resultado foi diretamente proporcional ao aumento da concentração da fase óleo, com valor máximo 103,8 cP, para o formulado contendo 3% de Fo. Os demais sistemas contendo os menores valores de Fo, apresentaram valores inferiores que variaram entre 1,9 cP e 15 cP. A análise comparativa do diâmetro de gotícula mostrou comportamento similar, em que o aumento do percentual da concentração da Fo prova elevação no diâmetro de gotícula, com valor máximo 25,61 nm, para o formulado contendo 3% de Fo, enquanto os demais sistemas apresentaram valores na faixa 9,55 nm - 16,54 nm. No estudo de densidade, todos os formulados avaliados  apresentam valores semelhantes variando, apenas, na terceira casa decimal. Em função da variação dos óleos utilizados, não observou-se variações de estabilidade, detectada na análise do potencial zeta. De acordo com as caracterizações físico-químicas observou-se que independente da origem do óleo (Syzigium aromaticum) utilizado, os formulados contendo menores concentrações de Fo apresentam resultados mais satisfatórios, tais como: baixa tensão superficial e viscosidade, reduzido valor do diâmetro de gotícula e da C.D.L. A caracterização fitoquímica dos óleos utilizados foi feita via estudo de CG-EM, tendo sido evidenciado variação dos seguintes componentes eugenol (63,75% - 61,36%), β-cariofileno (16,98% - 14,21%) e acetil eugenol (10,61% - 9,54%), em função da origem do óleo. A quantificação do biomarcador eugenol nos sistemas microemulsionados foi realizada via espectroscopia de RAMAN. A eficácia farmacológica dos sistemas SEWOCR1a, SEWOCR2, SEWOCR2a e SEWOCR3a foi avaliada em experimentos in vitro antioxidantes e na viabilidade de células tronco da polpa dentária (Dental PulpStemCells), bem como em experimento in vivo antinociceptivo, tendo sido observado ação eficaz. A eficácia antioxidante foi comprovada nos testes de atividade antioxidante total, poder redutor e sequestro de radicais hidroxilas. O efeito analgésico via teste das contorções abdominais induzidas pelo ácido acético


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 5329168 - EDUARDO PEREIRA DE AZEVEDO
Interno - 2203888 - MARCIA RODRIGUES PEREIRA
Externo à Instituição - MARIA APARECIDA MEDEIROS MACIEL - UnP
Presidente - 347057 - TEREZA NEUMA DE CASTRO DANTAS
Notícia cadastrada em: 26/06/2017 09:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao