PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de DEFESA: CARLOS AUGUSTO CABRAL KRAMER

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CARLOS AUGUSTO CABRAL KRAMER
DATA : 10/02/2017
HORA: 10:00
LOCAL: Sala 3F1
TÍTULO:

OXIDAÇÃO DA PAREDE CELULAR DA MICROALGA CHLAMYDOMONAS SP. PARA EXTRAÇÃO DE LIPÍDIOS E AVALIAÇÃO DA SUA QUALIDADE PARA SÍNTESE DE BIODIESEL


PALAVRAS-CHAVES:

OXIDAÇÃO DA PAREDE CELULAR. BIODIESEL DE MICROALGA. PARÂMETROS DE QUALIDADE


PÁGINAS: 71
RESUMO:

A produção de microalgas para fins energéticos tem se tornado um caminho alternativo à industria do petróleo por oferecer biocombustíveis renováveis como o bioálcool, bio-óleo e o biodiesel. Este último é produzido através da reação de transesterificação do material lipídico que em geral as microalgas produzem naturalmente. Contudo, uma das grandes dificuldades na produção do biodiesel de microalgas em grande escala é a ausência de métodos eficientes e pouco onerosos para extração de lipídios. Assim, o presente trabalho estudou a eficiência da oxidação da parede celular da microalga do gênero chlamydomonas sp. com peróxido de hidrogênio (H2O2) na extração de lipídios, avaliando também os impactos na qualidade dos lipídios extraídos. Percebendo que aumento da concentração de H2O2 promove um aumento de 60% no rendimento lipídico, um indicativo da facilitação do rompimento da parede celular, que foi comprovado pelo perfil termogravimétrico da biomassa residual e pela mudança do formato da célula por microscopia óptica. Porém, notou-se parâmetros de qualidade diminuem após aplicação do método, gerando aumento dos índices de acidez e peróxidos orgânicos, além de uma queda no índice iodo. Contudo, o perfil espectroscópico na região de infravermelho do material lipídico extraído com e sem ação oxidante praticamente são idênticos, indicando que a diminuição dos parâmetros de qualidade não afeta significantemente os principais grupos funcionais que compõe os extratos. O material lipídico obtido após uso do método oxidativo foi na prática totalmente transesterificado, ou seja, convertido em biodiesel, atingindo conversões a cima de 96% comprovadas via análise de cromatografia gasosa.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1530500 - ANA CRISTINA FACUNDO DE BRITO PONTES
Interno - 2087667 - TIAGO PINHEIRO BRAGA
Externo ao Programa - 433663 - MARTA COSTA
Externo à Instituição - NORBERTO DE KASSIO VIEIRA MONTEIRO - UERN
Notícia cadastrada em: 01/02/2017 17:53
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao