Banca de QUALIFICAÇÃO: ALINE DE SOUSA MARQUES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ALINE DE SOUSA MARQUES
DATA : 15/12/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do química 3
TÍTULO:

BIOESPECTROSCOPIA ASSOCIADA À QUIMIOMETRIA NO ESTUDO DE BACTÉRIAS


PALAVRAS-CHAVES:

Bioespectroscopia. SPA-LDA. GA-LDA. NIR. ATR-FTIR


PÁGINAS: 65
RESUMO:

Este exame de qualificação é uma contribuição para o desenvolvimento de trabalhos que utilizem a bioespectroscopia em conjunto com ferramentas quimiométicas. Estes dois, em conjunto, englobram técnicas não-invasivas, de alto rendimento, de baixo custo e objetivas, e que possui um enorme potencial na análise de bactérias, complementando ou mesmo substituindo métodos de diagnóstico de doenças convencionalmente conduzidos por especialistas através de métodos padrões de análises custosos e que necessitam de reagentes específicos. Os dados obtidos a partir da bioespectroscopia em amostras biológicas são complexos e apresentam muitas bandas de sobreposição sendo necessária a aplicação de ferramentas matemáticas para superar estas dificuldades. Para isso, algumas ferramentas matemáticas, como as técnicas de seleção de variáveis, que utilizam a análise discriminante linear com algoritmo de projeção sucessiva (SPA-LDA)  e algoritmo genético (GA-LDA), geralmente são utilizadas com a finalidade de resolver estes dados, facilitando a extração de informação.  A espectroscopia na região do infravermelho, em específico infravermelho próximo (NIR) e infravermelho com transfomata de Fourier e reflectância total atenuada (ATR-FTIR), em conjunto com as técnicas de seleção de variáveis (SPA-LDA e GA-LDA) foi utilizada na discriminação de amostras de bactérias (Staphylococus aureus, Klebsciela pneumonieae e Pseudomonas aeruginosa). Foram obtidos prováveis biomarcadores como lipídeos e proteínas em ~1550 cm-1 e 1400 cm-1 e vibrações de DNA em ~1080 cm-1. Valores de sensibilidade de 75% e 95% para modelos de SPA-LDA e 100% e 93% para modelos GA-LDA foram encontrados. Com base nesses resultados, pode-se concluir que o SPALDA e GA-LDA em conjunto com a espectroscopia da região do infravermelho mostram-se ferramentas eficientes melhorando o tempo e custo de diagnóstico possibilitando o tratamento mais rápido em relação aos métodos padrões de diagnóstico e, consequentemente, evitando a evolução de uma possível infecção.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1803692 - FABRICIO GAVA MENEZES
Presidente - 1714946 - KASSIO MICHELL GOMES DE LIMA
Externo ao Programa - 1452833 - MARIA CELESTE NUNES DE MELO
Notícia cadastrada em: 02/12/2016 11:58
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa19-producao.info.ufrn.br.sigaa19-producao