PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de DEFESA: ZÓZIMO ALEXANDRE MENDES DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ZÓZIMO ALEXANDRE MENDES DA SILVA
DATA : 28/10/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do química 3
TÍTULO:

POLI(VINILPIRROLIDONA) ADSORVIDA EM PLATINA: Influência na eletro-oxidação de alcoóis


PALAVRAS-CHAVES:

PVP adsorvida, Eletro-oxidação de alcoóis, Platina, Voltametria cíclica, FTIR In Situ.


PÁGINAS: 60
RESUMO:

É amplamente conhecido que catalisadores nanoparticulados são mais eficientes que seus análogos microcristalinos. Uma característica comum à maioria dos materiais nanoparticulados é a presença de um agente estabilizador em sua superfície para evitar agregação e crescimento das partículas. Desse modo, a superfície do catalisador está naturalmente modificada pelo polímero e o impacto deste último nas reações de interesse não pode ser negligenciado. Nessa perspectiva, investigou-se o impacto da poli(vinilpirrolidona) (PVP) adsorvida sobre platina na eletro-oxidação de metanol, etanol, 2-propanol, etilenoglicol e glicerol. A PVP é um polímero largamente utilizado na estabilização de nanopartículas, portanto é de suma importância que se estude sua influência em reações de interesse tecnológico, com as envolvidas em células a combustível. Por meio de voltametria cíclica (CV), observou-se que a presença da PVP sobre a platina causou um aumento do potencial de início da eletro-oxidação de todos os alcoóis estudados, o que indica que o polímero atrasa a formação de óxidos superficiais indispensáveis para a oxidação dos alcoóis. Ademais, a presença da PVP causou um decréscimo das densidades de corrente provenientes das eletro-oxidações dos diversos alcoóis. Por meio de FTIR in situ, observou-se que a alteração da atividade catalítica é, provavelmente, devido às mudanças nas vias de reação induzidas pela presença da PVP. O presente estudo mostra que o agente estabilizador utilizado na síntese impacta profundamente nos processos de interesse, portanto é vital que se entenda seu modo de atuação para uma correta análise dos resultados.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - GIUSEPPE ABÍOLA CÂMARA DA SILVA - UFMS
Presidente - 1958858 - LUIZ HENRIQUE DA SILVA GASPAROTTO
Interno - 1149539 - MARIA GORETTE CAVALCANTE
Notícia cadastrada em: 05/10/2016 15:03
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa23-producao.info.ufrn.br.sigaa23-producao