PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de QUALIFICAÇÃO: HELOIZA FERNANDA OLIVEIRA DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : HELOIZA FERNANDA OLIVEIRA DA SILVA
DATA : 23/08/2016
HORA: 09:30
LOCAL: Auditório do Química 3
TÍTULO:

ESTUDO DA COMBINAÇÃO DE NANOPARTÍCULAS DE METAIS NOBRES COM FÁRMACOS


PALAVRAS-CHAVES:

Nanopartículas de ouro, Apoptose de células cancerosas, Atividade anti-inflamatória, Analgesia periférica.


PÁGINAS: 55
RESUMO:

A neoplasia e a resistência bacteriana estão entre os principais desafios na área biomédica atualmente, cenário esse que demanda desenvolvimento de tratamentos alternativos. Durante o período de doutoramento são propostas a síntese e a caracterização de sistemas híbridos de nanopartículas de metais nobres (Ag e Au) e fármacos para aplicação bactericida e antineoplásica. A sugestão de uma rota bioquímica de ação desses sistemas em células bacterianas também faz parte da proposta. Para o exame de qualificação serão apresentados a síntese e caracterização das nanopartículas de ouro (NpsAu) bem como ensaios biológicos anteriores à combinação com fármacos. NPsAu são consideradas como potenciais plataformas para drug delivery. Entretanto, é essencial o entendimento da interação dessas partículas com os organismos vivos antes da sua utilização como nanocarreadores. Para isso, foram estudados os efeitos anti-inflamatório, analgésico e antitumoral das NPsAu, bem como a biodistribuição das mesmas e o seu efeito sobre vários tipos de tecidos. As NPsAu foram sintetizadas por meio de uma rota de baixo impacto ambiental e caracterizadas com microscopia eletrônica de transmissão (TEM)  e espectroscopia na região do UV-Visível (UV-vis). Posteriormente, células HT-29 foram expostas às NpsAu e avaliaram-se a apoptose e a atividade da caspase-3. Em relação a ensaios in vivo, NPsAu foram administradas a camundongos Swiss e ratos machos e fêmeas para posterior avaliação das suas propriedades anti-inflamatórias e analgésicas. A biodistribuição das NPsAu e seu impacto sobre os tecidos foram estudados com espectroscopia de UV-Vis e análise histopatológica, respectivamente. A apoptose das células foi dependente da dose para concentrações de NPsAu entre 40 mg ml-1 e 80 mg ml-1 (p < 0,05). A melhor atividade anti-inflamatória foi observada na dose de 1500 mg kg-1, o que ocasionou uma redução de 49,3% na migração de leucócitos. NPsAu mostraram analgesia periférica na dose de 1500 mg kg-1 e foram encontradas no fígado, baço, rim e pulmão dos animais estudados. O exame histopatológico revelou extravasamento de hemácias no pulmão. Desse modo, é possível destacar as NPsAu obtidas neste estudo como um recurso para a inovação tecnológica nos campos de ação anti-inflamatória, analgésica e antitumoral. Nanopartículas de ouro apresentam efeitos biológicos que merecem investigação para a determinação de sua total interação com sistemas orgânicos.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2941160 - JOSE HERIBERTO OLIVEIRA DO NASCIMENTO
Presidente - 1958858 - LUIZ HENRIQUE DA SILVA GASPAROTTO
Externo ao Programa - 2329140 - RAIMUNDO FERNANDES DE ARAUJO JUNIOR
Notícia cadastrada em: 08/08/2016 09:22
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa04-producao.info.ufrn.br.sigaa04-producao