PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de DEFESA: VITOR RODRIGO DE MELO E MELO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VITOR RODRIGO DE MELO E MELO
DATA: 09/10/2015
HORA: 09:30
LOCAL: Auditório do NUPPRAR
TÍTULO:

SÍNTESE, CARACTERIZAÇÃO E REATIVIDADE DE CARREADORES DE OXIGÊNIO TIPO PEROVSQUITA


PALAVRAS-CHAVES:

Carreadores de oxigênio, CLR, CO2, H2, perovsquita.


PÁGINAS: 130
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Inorgânica
ESPECIALIDADE: Determinação de Estrutura de Compostos Inorgânicos
RESUMO:

O governo brasileiro e a Petrobras têm investido nos últimos dez anos um percentual razoável em pesquisas relacionadas à produção de energias limpas e renováveis que impactem significativamente para a sociedade. Tópicos de pesquisa relacionados à energia e meio ambiente têm crescido significativamente nos últimos anos, com a necessidade de energia própria, como o hidrogênio. A maior parte de hidrogênio é atualmente obtida por reforma do metano ou hidrocarbonetos (vapor, seco, oxidação ou autotérmica), entretanto ocorre a formação indesejada de CO2. Dessa forma, materiais com estrutura tipo perovsquita estão sendo usados para produção de energia limpa com captura de CO2. Uma justificativa para o uso de óxidos estruturados do tipo perovsquita recai principalmente na sua estabilidade térmica e por funcionar como carreador de oxigênio em processos de produção de H2. Na primeira etapa deste trabalho, carreadores de oxigênio à base de níquel e lantânio, dopados com cálcio e bário (LaBa0,5Ca0,5NiO4) foram sintetizados usando ureia e diferentes agentes direcionadores a partir do método via reação de combustão assistida por microondas e calcinados a 800, 900 e 1000°C por 2 horas com o intuito de se escolher a melhor composição da síntese. Na segunda etapa, após a escolha da melhor composição de síntese, carreadores de oxigênio à base de La e Ni, dopados com cálcio e/ou bário (La1,8Ca0,2-xBaxO4; onde x = 0,0 a 0,2) foram sintetizados pelo mesmo método de síntese e calcinados a 900°C/2h. Na terceira etapa, os carreadores foram submetidos a uma sinterização a 1100°C e depositados sobre suportes porosos a base de diatomita, com o intuito de padronizar o tamanho de partícula, para aplicação em reforma por ciclos químicos (CLR). Após essas etapas, os materiais obtidos foram caracterizados por análise térmica (TG-DTA), difração de raios X (DRX), florescência de raios X (FRX), área superficial pelo método BET, microscopia eletrônica de varredura (MEV), redução à temperatura programada (TPR) e oxidação à temperatura programada (TPO). Após todas as caracterizações propostas e a análise de seus resultados pode-se afirmar que os carreadores de oxigênio obtidos apresentaram como fase principal, a estrutura perovsquita do tipo K2NiF4. Pelas características estruturais, morfológicas e pelos testes de reatividade desses materiais é possível inferir-lhes propriedades para sua aplicação em sistemas de reforma por ciclos químicos (CLR).


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1530500 - ANA CRISTINA FACUNDO DE BRITO PONTES
Interno - 348475 - DJALMA RIBEIRO DA SILVA
Presidente - 349770 - DULCE MARIA DE ARAUJO MELO
Externo à Instituição - JUAN ALBERTO CHAVEZ RUIZ - CTGás
Externo à Instituição - MARIA SUELY COSTA DA CAMARA - UFRPE
Notícia cadastrada em: 08/10/2015 17:52
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa18-producao.info.ufrn.br.sigaa18-producao