PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de QUALIFICAÇÃO: RAFAEL VIANA SALES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RAFAEL VIANA SALES
DATA: 30/07/2015
HORA: 16:00
LOCAL: Sala 3F1
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DA DESSULFURIZAÇÃO DE CORRENTES DO REFINO DO PETRÓLEO UTILIZANDO ADSORVENTES FUNCIONALIZADOS COM ÍONS METÁLICOS


PALAVRAS-CHAVES:

Dessulfurização por Adsorção; MCM-41; Impregnação de adsorventes, Planejamento fatorial


PÁGINAS: 90
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Analítica
ESPECIALIDADE: Separação
RESUMO:

A emissão de compostos sulfurados provenientes da combustão de correntes do refino do petróleo, como óleo diesel e gasolina, é responsável por ocasionar danos ambientais, à saúde humana e aumento de custos industriais. Neste trabalho, foram estudados processos adsortivos de compostos sulfurados em correntes da indústria, com elevado teor de enxofre, utilizando peneiras moleculares do tipo MCM-41, que foram sintetizadas por meio de método hidrotérmico, a partir de sílica (MP1) desenvolvida segundo a patente BR1020140252835, e a partir de sílica comercial, sílica gel 60. Os adsorventes sintetizados foram caracterizados através das técnicas de difratometria de raios X - DRX, espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier - FTIR, análises termogravimétricas - TG/DTG, análises texturais pelo método de BET/BJH e microscopia eletrônica de varredura – MEV e Microscopia eletrônica de transmissão - MET. Para os adsorventes, assim como sintetizados, foi avaliada a capacidade de adsorção de enxofre e, posteriormente, os mesmos foram funcionalizados com cátions metálicos. Foi avaliada a influência da composição química dos compostos dos metais, utilizados como óxidos ou como sais, respectivamente: M2+xOy  e My+x(A)x-y  que foram utilizados para formar sítios catalíticos nos adsorventes, por impregnação úmida e dispersão física. Os ensaios de adsorção foram realizados em colunas de leito fixo, com diesel de alto teor de enxofre, proveniente da Refinaria Potiguar Clara Camrão, RPCC, para abatimento de compostos sulfurados, e seguiram o planejamento fatorial do tipo 23, onde foram aplicadas blends dos cátions metálicos para a adsorção de enxofre. Para o monitoramento do teor de enxofre remanescente no diesel, antes e após a adsorção, foi utilizada a técnica de Espectrometria de Fluorescência na Região do Ultravioleta (FUV). Isotermas de Adsorção foram obtidas para avaliação da capacidade máxima de adsorção de enxofre, nos sistemas adsorventes desenvolvidos neste trabalho.  onde as Curvas de breakthrough também foram obtidas. Os dados experimentais foram ajustados aos modelos de equilíbrio de Langmuir e Freundlich. A remoção de enxofre presente no diesel foi significante, variando de 54,3% a 94,9%, em relação a concentração inicial deste contaminante. Através do estudo estatístico, constatou-se que os blends preparados a partir dos adsorventes funcionalizados por sais apresentaram uma capacidade de adsorção maior em relação aos preparados por impregnação de óxidos metálicos, o que pode contribuir para a redução de custos industriais, uma vez que o método de impregnação úmida dispensa uma segunda calcinação.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - JOANA MARIA DE FARIAS BARROS - UFCG
Presidente - 1805556 - LUCIENE DA SILVA SANTOS
Externo ao Programa - 1979301 - RENATA MARTINS BRAGA
Notícia cadastrada em: 24/07/2015 10:42
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa27-producao.info.ufrn.br.sigaa27-producao