Banca de DEFESA: ELISAMA VIEIRA DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ELISAMA VIEIRA DOS SANTOS
DATA: 24/07/2015
HORA: 10:00
LOCAL: Auditório do CCET
TÍTULO:

Aplicação de tratamentos eletroquímicos integrados para remediação de solos e águas contaminadas com petróleo e pesticidas.


PALAVRAS-CHAVES:

Água produzida. Pesticidas. Oxidação eletroquímica. Remediação de solo. Tecnologia integrada.


PÁGINAS: 140
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Físico-Química
ESPECIALIDADE: Eletroquímica
RESUMO:

Tecnologias eletroquímicas têm sido propostas como uma alternativa promissora para o tratamento de águas residuais e solos contaminados. Portanto, este trabalho teve como objetivo estudo de tratamento de solos e efluentes contaminados usando tecnologias eletroquímicas. Assim, o estudo referente ao aumento de escala do sistema eletroquímico de fluxo contínuo para o tratamento de água residuais da indústria petroquímica foi investigado usando eletrodos de platina suportada em titânio (Ti/Pt) e Diamante Dopado com Boro (DDB). Os resultados mostraram claramente que sob as condições operacionais estudadas e os materiais eletrocatalíticos empregados, a melhor eficiência de remoção foi atingida com o eletrodo de BDD reduzindo a demanda química de oxigênio (DQO) de 2746 mg L−1 para 200 mg L−1 em 5 h, consumindo 56.2 kWh m−3. A descontaminação de solos e efluentes por derivados de petróleo foi avaliada, mediante o estudo dos efeitos da remediação eletrocinética para remoção de hidrocarbonetos totais de petróleo (HTP) de solos contaminados com diesel. A eficiência deste processo foi dependente dos eletrólitos usados Na2SO4 (96,46%), ácido cítrico (81,36 %) e NaOH (68,03%) durante 15 dias. Além disso, o efluente gerado após o tratamento do solo foi tratado mediante oxidação eletroquímica, atingindo uma boa eliminação da carga orgânica de poluentes dissolvidos. Em função do comportamento físico dos efluentes contaminados com petróleo (estado emulsionado); efluentes emulsionados com atrazina foram investigados. As principais características dos efluentes produzidos durante a lavagem de solos contaminados foram estudadas, sendo dependentes da dosagem de surfactante usado; o que determinava seu tratamento eletrolítico com BDD. A oxidação eletroquímica do efluente emulsionado com atrazina mostrou-se foi eficiente, mas a chave do tratamento é a redução do tamanho das micelas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1645110 - CARLOS ALBERTO MARTINEZ HUITLE
Interno - 348475 - DJALMA RIBEIRO DA SILVA
Externo à Instituição - ELIANE GONÇALVES DE ARAÚJO - IFRN
Externo à Instituição - JOSEALDO TONHOLO - UFAL
Externo à Instituição - MANUEL ANDRES RODRIGO RODRIGO - UC
Notícia cadastrada em: 17/07/2015 10:23
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa22-producao.info.ufrn.br.sigaa22-producao