Banca de DEFESA: HELOIZA FERNANDA OLIVEIRA DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: HELOIZA FERNANDA OLIVEIRA DA SILVA
DATA: 20/07/2015
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do CCET
TÍTULO:

NANOPARTÍCULAS DE PRATA CONJUGADAS COM HICLATO DE DOXICICLINA: síntese, caracterização e avaliação da atividade antimicrobiana.


PALAVRAS-CHAVES:

Nanopartículas de prata, Hiclato de doxiciclina, Efeito antimicrobiano


PÁGINAS: 90
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Físico-Química
ESPECIALIDADE: Química do Estado Condensado
RESUMO:

Nanopartículas de prata, NPsAg têm sido utilizadas no combate à resistência bacteriana. A abordagem de se associar um fármaco ao agente estabilizador é completamente nova. É uma tônica na área de nanomateriais a necessidade de se remover o agente estabilizador da superfície da partícula porque o mesmo consome sítios ativos para outras adsorções. No entanto, no presente trabalho, mostraremos que a presença do agente estabilizante é extremamente benéfica, como observado nos resultados antimicrobianos. O objetivo deste trabalho foi combinar Hiclato de Doxiciclina às NPsAg e avaliar o efeito antimicrobiano. A Espectroscopia na região do UV-Vis mostrou deslocamento batocrômico na banda de absorção das NPsAg livre para as NPsAg-HDOX evidenciando a possível existência de espécie diferente das demais. A Espectroscopia de Fluorescência forneceu a informação que o HDOX atuava como um supressor da emissão das NPsAg, a partir desses dados determinou-se a relação de Stern-Volmer que indicou a presença de HDOX na esfera de ação, ou seja, muito próximo da partícula. A Espectroscopia de Fluorescência Resolvida no Tempo evidenciou que o HDOX não interagiu com a superfície da partícula. A Espectroscopia de Infravermelho por Reflectância Atenuada Total, FTIR-ATR mostrou um deslocamento da banda de estiramento da carbonila de amida de 1680 cm-1 para 1672 cm-1, mostrando que há uma interação entre o HDOX e as NPsAg estabilizadas pelo PVP. As curvas de Espalhamento de Raios-X em baixo ângulo, SAXS mostraram que nas primeiras 3 horas após a adição do HDOX às NPsAg não houve desestabilização das mesmas, já a Microscopia Eletrônica de Transmissão indicou que após 72 horas as partículas sofriam um aumento na distribuição de tamanho. Fornecendo assim, uma base a respeito do envelhecimento do combinado. A avaliação do efeito antimicrobiano foi realizado utilizando o Método de Difusão (variação poço). Os inóculos utilizados foram amostras padrão de Escherichia coli e a Staphylococcus aureus. Os resultados indicaram que todos os combinados NPsAg-HDOX apresentaram efeito antimicrobiano. Entretanto o diferencial foi o efeito contra E. coli que foi maior do que para HDOX livre.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1198847 - JOSE LUIS CARDOZO FONSECA
Presidente - 1958858 - LUIZ HENRIQUE DA SILVA GASPAROTTO
Externo à Instituição - SEVERINO ALVES JUNIOR - UFPE
Notícia cadastrada em: 03/06/2015 15:42
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao