Banca de QUALIFICAÇÃO: TERESA CRISTINA EPIFANIO DIOGENES REGO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TERESA CRISTINA EPIFANIO DIOGENES REGO
DATA: 13/02/2015
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do NUPPRAR
TÍTULO:

OTIMIZAÇÃO E VALIDAÇÃO DE METODOLOGIA PARA DETERMINAÇÃO MULTIRRESÍDUOS DE AGROTÓXICOS EM HORTALIÇAS E SOLO EMPREGANDO QuEChERS e LC-MS/MS


PALAVRAS-CHAVES:

Agrotóxicos, hortaliças, solo, QuEChERS, Cromatografia Líquida.


PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Química Analítica
ESPECIALIDADE: Instrumentação Analítica
RESUMO:

Neste trabalho desenvolveu-se uma metodologia analítica para a determinação dos agrotóxicos das classes dos carbamatos (carbaril e carbofurano), organofosforados (dimetoato, malation e metamidofós) e do neonicotinóide acetamiprido em amostras de alface e solo. Para esta finalidade foi empregada a técnica de Cromatografia Líquida de fase reversa acoplada à espectrometria de massas com ionização por electrospray (LC-ESI/MS/MS), operada em modo de Monitoramento de Reações Múltiplas (MRM). Foram otimizadas as condições cromatográficas e do Espectrômetro de Massas, diferentes aditivos em soluções de metanol/água foram testados para o estudo da ionização por electrospray dos compostos, nos modos de íons positivos e negativos e para a avaliação da eluição em colunas de fase reversa. Os íons precursores foram isolados e fragmentados por dissociação induzida por colisão (CID), para obtenção de espectros de massas MS/MS, com o objetivo de otimização dos principais íons produto. Amostras de alface e solo isentas de agrotóxicos foram fortificadas com os analitos para validação do método utilizando a técnica de preparo de amostras QuEChERS de acordo com o AOAC Official Method 2007.01. Estudos de recuperação foram conduzidos em amostras coletadas da região de Gramorezinho, localizada na Zona Norte de Natal, integrante do Projeto Amigo Verde, idealizado e coordenado pelo Ministério Público do RN em parceria com diversas entidades, incluindo a UFRN. Foram obtidas recuperações ao nível de fortificação de 5.0 µg.L-1 para os sete agrotóxicos em amostras de alface, entre 37,8-88,3%, e em solo entre 73,0-120,4%, com coeficientes de variação inferior a 5% para ambas as matrizes; precisão intra-ensaio e precisão intermediária adequadas e limite de quantificação de 1,0 µg.L-1 para os sete agrotóxicos. O método de preparo de amostras QuEChERS com quantificação por LC-MS/MS, demonstrou boa aplicação para determinação de agrotóxicos de vários grupos químicos em amostras de alface e solo, podendo melhor a eficiência da extração, contornando o efeito matriz, que foi evidenciado pelo aumento ou diminuição da resposta do detector para os analitos presentes no extrato da amostra comparado ao mesmo analito em um solvente orgânico nas amostras selecionadas, o que é um desafio comum principalmente quando se utiliza amostras de alimentos. Para demonstrar a aplicabilidade do método em amostra reais, foram analisadas amostras de alface obtidas diretamente de produtores de hortaliças e solo utilizado na horticultura local, nenhum dos padrões de agrotóxicos analisados foi encontrado.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 348475 - DJALMA RIBEIRO DA SILVA
Externo à Instituição - HENRIQUE EDUARDO BEZERRA DA SILVA - UFRR
Interno - 7350310 - MARIA DE FATIMA VITORIA DE MOURA
Interno - 347057 - TEREZA NEUMA DE CASTRO DANTAS
Notícia cadastrada em: 28/01/2015 10:30
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa27-producao.info.ufrn.br.sigaa27-producao