PPGQ/CCET PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA INSTITUTO DE QUÍMICA Telefone/Ramal: (84) 3342-2323/136 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgq

Banca de QUALIFICAÇÃO: HELOIZA FERNANDA OLIVEIRA DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: HELOIZA FERNANDA OLIVEIRA DA SILVA
DATA: 15/12/2014
HORA: 14:30
LOCAL: Sala de Aula 3F3
TÍTULO:

NANOPARTÍCULAS DE PRATA CONJUGADAS COM ANTIBIÓTICO: SÍNTESE, CARACTERIZAÇÃO E ATIVIDADE ANTIMICROBIANA


PALAVRAS-CHAVES:

nanopartículas de prata, antibióticos, efeito antimicrobiano.


PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Físico-Química
ESPECIALIDADE: Química do Estado Condensado
RESUMO:

Nanopartículas de prata têm sido amplamente utilizadas com a finalidade da inibição do crescimento de microrganismos. O objetivo deste trabalho foi aplicar nanopartículas de prata (NPsAg) para a inibição do crescimento de bactérias gram-positivas e gram-negativas. As NPsAg foram sintetizadas por meio de uma rota verde que consiste na redução dos íons prata pelo glicerol em meio básico. Posteriormente, as NPsAg foram combinadas com hiclato de doxiciclina (HDOX), uma antibiótico da classe das tetraciclinas, e avaliou-se o potencial antibacteriano do combinado NPsAg -HDOX. Como técnicas de caracterização das nanopartículas utilizaram-se a espectroscopia na região do UV-Vis, espalhamento de luz dinâmico (DLS), espalhamento de raios-x em baixos ângulos, SAXS, espectroscopia de infravermelho por reflectância atenuada total (FTIR-ATR), espectroscopia de fluorescência e microscopia eletrônica de transmissão (TEM). O efeito antibacteriano foi avaliado por meio da técnica de difusão em ágar (variação poço). O DLS foi utilizado como ferramenta ara avaliação da influência dos parâmetros de síntese no tamanho e distribuição das NPsAg. Por meio de um planejamento fatorial 22 determinou-se que ambas as concentrações de íons prata e do estabilizador polivinilpirrolidona (PVP) foram importantes na determinação dos tamanhos. Os resultados de UV-Vis confirmaram a obtenção das NPsAg com o máximo de absorbância entre 400-424 nm dependendo da condição de síntese. Os experimentos de SAXS mostraram bom grau de dispersão das NPsAg em solução.  Com relação à conjugação das NpsAg com HDOX, observou-se uma supressão gradativa do sinal de fluorescência das NPsAg com o aumento da concentração de  HDOX. No entanto, os tempos de vida de fluorescência tanto para as NPsAg como para as NPsAg -HDOX foram praticamente os mesmos, sugerindo que o HDOX não estava diretamente adsorvida na superfície do metal. A hipótese de o HDOX ter se ligado ao polímero foi então investigada e confirmada por FTIR-ATR, que mostrou deslocamento da banda amida do HDOX para menores números de onda quando ao HDOX foram adicionados tanto NPsAg como o polímero puro. Ademais, os resultados de UV-vis indicaram   que a banda de absorção do HDOX sofre um deslocamento batocrômico, de 346 nm para 362 nm,  quando combinado com as NPsAg. No tocante à estabilidade das NPsAg frente a adição de HDOX, a análise por SAXS não mostrou desestabilização quando as medidas foram conduzidas em até 2 h após a adição de HDOX às NPsAg. No entanto as micrografias de TEM mostraram que acima de 72 horas de adição houve um aumento significativo do tamanho das NPsAg. O efeito antimicrobiano do conjugado NPsAg -HDOX foi então avaliado para E. coli S. aureus. Para ambas bactérias o conjugado foi mais eficaz do que as respectivas nanopartículas. O resultado mais expressivo foi para as NPsAg produzidas com baixa concentração de íons prata, as quais não produziram nenhum efeito antimicrobiano sozinhas. No entanto, a conjugarmos aquelas partículas com HDOX o resultado foi bastante significativo, com a atividade sendo maior do que o HDOX puro para a E. coli.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1958858 - LUIZ HENRIQUE DA SILVA GASPAROTTO
Interno - 1198847 - JOSE LUIS CARDOZO FONSECA
Interno - 1714946 - KASSIO MICHELL GOMES DE LIMA
Notícia cadastrada em: 12/12/2014 10:56
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao